16449
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 6º ano > Lógicas de organização política

Plano de aula - Escassez alimentar e a crise do Império Romano

Plano de aula de História com atividades para 6º ano do EF sobre Escassez alimentar e a crise do Império Romano

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ivonilda Ferreira De Andrade

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI14 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para realizar a aula serão utilizados projetor ou lousa digital (que poderá precisar também do computador), quadro, pincéis (atômico e para quadro branco) e algumas cópias impressas. Em caso de não dispor dos recursos audiovisuais, faça a impressão dos materiais, ou utilize o quadro ou cartaz, de acordo com as orientações contidas no plano.

Material complementar:

Link para as imagens dos slides:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mMFz5d9eFujAZfPhVrfYmaKChmMvtcPCaQ39ZQmxcENFCcpYG2sSek3fMbVT/his6-14und01-imagens.pdf

Link para o documento da Atividade 1:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Jh2p9YMc8cwjKcfW38u3XE9hRtKnevbVDxdeqcvSBXx8d9sqzMr7F8zYnRgx/his06-14und01-atividade-1.pdf

Referência: IDÁCIO. Crónica. Versão e anotações de José Cardoso. Universidade do Minho: Braga, 1982.

Link para o documento da Atividade 2:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JUhVt3tDbheNyeK59jCbbtgMsBVHBFzVJD9ucFPBwv8YnhgUZJ85z8Mh3s3B/his06-14und01-atividade-2.pdf

Link para a tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RY6MaTKQv5J424pQ5sQw4d4nvFuvck7nkq863mKCR95MPthqKMgZs7sdHbs/his06-14und01-tabela-de-registros.pdf

Para você saber mais:

DOM TOTAL. Os refugiados da fome. 2018. Disponível em: <http://domtotal.com/noticia/1244886/2018/04/os-refugiados -da-fome/> Acesso em 20 out. 2018.

IMAGO HISTÓRIA. Crise do Império Romano. 2017. Disponível em: <https://imagohistoria.blogspot.com/2012/08/roma- 9-de-9-criso-do-imperio-romano.html> Acesso em 18 out. 2018.

O Globo e AFP. Cinco milhões de crianças estão ameaçadas de fome na guerra do Iêmen. 2018. Disponível em: <https:// oglobo.globo.com/mundo/cinco-milhoes-de-criancas-estao-ameacadas-de-fome-na-guerra-do-iemen-23082184> Acesso em 20 out. 2018.

SILVA, José Graziano da. O Brasil e o Mapa da Fome. Jornal do Brasil, 2018. Disponível em: <https://www.jb.com.br/pais/ artigo/ 2018/09/3191-o-brasil-e-o-mapa-da-fome.html> Acesso em 18 out. 2018.

SILVA, Marcelo Cândido da. Os agentes públicos e a fome nos primeiros séculos da Idade Média. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 32, n. 60, p. 779-805, set/dez 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/vh/v32n60/1982-4343-vh-32- 60-00779.pdf> Acesso em 19 out. 2018.

UOL. Fome cresce no mundo; no Brasil, afeta 5 milhões, segundo relatório da ONU. Disponível em: <https://noticias.uol. com.br/internacional/ultimas-noticias/2018/09/11/fome-cresce-no-mundo-e-no-brasil-afeta-5-da-populacao-segundo-relatorio-da-onu.htm> Acesso em 20 out. 2018.

WELLE, Deutsche. Índice global aponta aumento da fome no Brasil. Carta Capital, 2018. Disponível em: <https://www. cartacapital.com.br/sociedade/indice-global-aponta-aumento-da-fome-no-brasil>

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É muito importante começar com essa apresentação para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para garantir o protagonismo dos alunos, é necessário não ir diretamente para a razão que motivou a formulação desta atividade (entender a escassez alimentar como elemento significativo na promoção de deslocamentos producentes de novas formas de organização social, política, econômica, cultural no Império Romano do Séc. V).

Por isso, busque fazer as intervenções passo a passo, conforme descrito abaixo.

  • Divida a turma em quartetos e peça que observem as imagens projetadas (a organização em grupos permanecerá até o final da aula);
  • Apresente aos estudantes as questões seguintes, registrando no quadro palavras-chave das respostas dadas:

1- O que essas imagens representam? (aqui as falas dos estudantes, possivelmente, conduzirão à segunda questão)

2- O que o alimento representa em nossas vidas?

É esperado que surjam falas que reportem a alimentação como condição fundamental para nossa sobrevivência. Caso isso não apareça nas falas inicialmente, é preciso estimulá-los com novas perguntas, sem, no entanto, responder às questões apresentadas. Por exemplo: a) é possível sobrevivermos sem o alimento? ; b) por que nos alimentamos diariamente, várias vezes?; c) se uma pessoa passa fome o que acontece com ela?

Após os registros desse primeiro momento, exiba as imagens do slide seguinte.

Link para as imagens dos slides:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mMFz5d9eFujAZfPhVrfYmaKChmMvtcPCaQ39ZQmxcENFCcpYG2sSek3fMbVT/his6-14und01-imagens.pdf

Referências das imagens usadas no slide 1:

NOVA ESCOLA. Alimentos. Banco de Imagens. Acesso em 05 Nov 2018.

LOMBANA. Comida típica nariñense. 2013. Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Comid a _t%C3%ADpica_ nari%C3%B1ense.JPG>. Acesso em 11 Nov 2018.

EcoDebate . 2014. Fotografia. Disponível em: <https://i2.wp.com/www.agenciajovem.org/wp/wp-content/ uploads/2014/07/alimenta%C3%A7%C3%A3o.jpg>. Acesso em 11 Nov 2018.

Como adequar à sua realidade: Caso não disponha de recursos audiovisuais, como projetor ou tela interativa, imprima as imagens na quantidade suficiente para distribuir uma cópia para cada grupo. Se mesmo a impressão for algo difícil, conduza uma discussão com a turma a partir das questões apresentadas.

Para você saber mais:

SILVA, José Graziano da. O Brasil e o Mapa da Fome. Jornal do Brasil, 2018. Disponível em: <https://www.jb.com.br/pais/ artigo/ 2018/09/3191-o-brasil-e-o-mapa-da-fome.html> Acesso em 18 out. 2018.

UOL. Fome cresce no mundo; no Brasil, afeta 5 milhões, segundo relatório da ONU. Disponível em: <https://noticias.uol. com.br/internacional/ultimas-noticias/2018/09/11/fome-cresce-no-mundo-e-no-brasil-afeta-5-da-populacao-segundo-relatorio-da-onu.htm> Acesso em 20 out. 2018.

WELLE, Deutsche. Índice global aponta aumento da fome no Brasil. Carta Capital, 2018. Disponível em: <https://www. cartacapital.com.br/sociedade/indice-global-aponta-aumento-da-fome-no-brasil>

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Da mesma forma que na exibição anterior, siga o passo a passo, sempre tendo o cuidado de não antecipar respostas as quais os próprios estudantes deverão chegar:

  • Peça que observem as imagens projetadas.
  • Apresente aos estudantes as questões seguintes, registrando no quadro palavras-chave das respostas dadas (lembre-se de fazer uma pergunta de cada vez):

1- O que as imagens retratam?

2- Quais situações podem provocar a falta de alimentos?

3- O que ocorre quando falta o alimento para grande parte das pessoas?

4- Alguma mudança pode ocorrer?

5- Qual(is) solução(ões) imaginam que as pessoas têm para resolver essa questão da falta de alimentos?

Caso não seja levantada alguma questão relativa ao deslocamento das pessoas como forma de resolver o problema da falta de alimentos, recomenda-se que o pensamento acerca disso seja estimulado pela importância no conteúdo proposto. Para tanto, lance algumas questões complementares, como por exemplo:

- em situações difíceis as pessoas costumam permanecer no mesmo lugar? , ou:

- sair do lugar em busca de alternativas pode ajudar a resolver a falta de comida?, ou, ainda:

- vocês acham que as pessoas que não têm comida costumam procurar formas de conseguí-la em outros lugares?

Obs.: Lembre-se de não apagar as anotações feitas no quadro. Elas serão retomadas na finalização da atividade.

Referências das imagens usadas no slide 2:

THE ILLUSTRATED LONDON NEWS. The famine in India: Natives Waiting for Relief at Bangalore. 1877. Ilustração. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Famines_in_India#/media/File:Famine_in_India_Natives_ Waiting_for_Relief_in_Bangalore.jpg>. Acesso em 10 Nov. 2018.

A fome na Índia: nativos à espera de socorro em Bangalore (legenda original). Digitalização de imagem do The Illustrated London News (sem artista dado), sábado, 20 de outubro de 1877. Esta é a imagem completa. A fome que a imagem representa é a Grande Fome de 1876 a 1878

WADDINGTON, Rod. Olhos da fome, Simien Mtns. 2011. Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/ wiki/File:Hunger_Eyes,_Simien_Mtns_(13886163710).jpg>. Acesso em 10 Nov 2018.

CASAL JR, Marcello (Agência Brasil). Seca em Sobradinho. 2015. 7 Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikime dia.org/wiki/File:Seca_em_Sobradinho_07.jpg>. Acesso em 11 Nov 2018.

Remanso (BA) - Com a falta de chuva na nascente do Rio São Francisco, o reservatório de Sobradinho vive a maior seca de sua história.

Para você saber mais:

DOM TOTAL. Os refugiados da fome. 2018. Disponível em: <http://domtotal.com/noticia/1244886/2018/04/os-refugiados -da-fome/> Acesso em 20 out. 2018.

O Globo e AFP. Cinco milhões de crianças estão ameaçadas de fome na guerra do Iêmen. 2018. Disponível em: <https:// oglobo.globo.com/mundo/cinco-milhoes-de-criancas-estao-ameacadas-de-fome-na-guerra-do-iemen-23082184> Acesso em 20 out. 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: É muito importante fornecer todas as orientações antes de iniciar essa etapa (sugere-se o uso de 3 min para isso).

  • Distribua uma cópia da Tabela de Registro para cada grupo. Explique que a tabela será utilizada até o final da aula. Mostre cada parte, esclarecendo como deverão registrar as informações, chamando a atenção para as orientações que já estão no material.

Mostre que os comandos da tabela estão divididos de acordo com a análise que deve ser feita de cada documento ao qual terão acesso. Constarão na tabela algumas informações importantes sobre cada um dos documentos, para que entendam melhor a sua origem e finalidade.

  • Em seguida, distribua uma cópia da Atividade 1 para cada grupo.
  • Deixe claro que nessa primeira etapa os grupos deverão ler os trechos e registrar o entendimento do grupo na parte da tabela referente às crônicas .
  • Explique que a crônica é um texto narrativo curto que, neste caso, apresenta uma sucessão de fatos históricos. Informe que o material distribuído refere-se à biografia de Hidácio, que foi bispo de Chaves (região da Galiza – noroeste da Península Ibérica) e escreveu uma Crônica para relatar os acontecimentos ocorridos na Hispânia entre os anos de 379 a 469, com enfoque para as invasões bárbaras.
  • Chame a atenção para as palavras do glossário, como forma de facilitar a compreensão dos textos.

Sugere-se o tempo de 10 minutos para a primeira atividade.

Lembre-se que a análise de fontes documentais como essas não é algo familiar para estudantes de 6º ano, mesmo sendo pequenos trechos. Por isso, é muito importante acompanhar a atividade, estimulando a reflexão e orientando quanto ao uso do glossário, sem, no entanto, desconsiderar o protagonismo dos estudantes.

É possível sugerir que substituam as palavras que estão no glossário para facilitar a compreensão.

Outra forma de ajudar a reflexão é chamar a atenção para o direcionamento contido na própria tabela de registros, levantando algumas perguntas:

- O que tem nesses relatos que vocês enxergam que seria um problema se estivessem lá em Roma naquele período?

- O que poderia acontecer por causa dessa situação que está sendo apresentada?

- A vida dos moradores parecia fácil? Por quê?

Link para o documento da Atividade 1:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Jh2p9YMc8cwjKcfW38u3XE9hRtKnevbVDxdeqcvSBXx8d9sqzMr7F8zYnRgx/his06-14und01-atividade-1.pdf

Referência: IDÁCIO. Crónica. Versão e anotações de José Cardoso. Universidade do Minho: Braga, 1982.

Link para a tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RY6MaTKQv5J424pQ5sQw4d4nvFuvck7nkq863mKCR95MPthqKMgZs7sdHbs/his06-14und01-tabela-de-registros.pdf

Como adequar à sua realidade: Caso não tenha como imprimir os materiais, sugere-se que anote previamente os trechos da atividade em cartolina, papel metro ou papel 18 kg, expondo os cartazes para que cada grupo possa fazer a leitura e análise, pedindo que façam as anotações no caderno. Nesse caso, será necessário ler as orientações contidas na tabela de registros, para que saibam exatamente o que deverão anotar sobre as observações feitas. Outra opção, ainda, é anotar no quadro cada trecho, procedendo a mesma orientação para a leitura dos cartazes.

Para você saber mais: A proposta é feita considerando-se a possibilidade de pensar movimentos históricos com motivações relacionadas a um ato cotidiano, muitas vezes desconsiderado diante do político, econômico e social. Assim, se evidencia a problemática que pode estar relacionada ao atendimento dessa necessidade básica que é a alimentação e que é, além disso, ligada a diversos aspectos de interesse dos historiadores. É também uma forma de aproximar a discussão da realidade dos estudantes.

Caso deseje saber mais acerca desse assunto, acesse outros materiais, disponíveis nos links abaixo:

SILVA, Marcelo Cândido da. Os agentes públicos e a fome nos primeiros séculos da Idade Média. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 32, n. 60, p. 779-805, set/dez 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/vh/v32n60/1982-4343-vh-32- 60-00779.pdf> Acesso em 19 out. 2018.

IMAGO HISTÓRIA. Crise do Império Romano. 2017. Disponível em: <https://imagohistoria.blogspot.com/2012/08/roma- 9-de-9-criso-do-imperio-romano.html> Acesso em 18 out. 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia da Atividade 2 para cada grupo.
  • Esclareça que nesse segundo momento deverão ler os trechos e observar a imagem, registrando as impressões do grupo na parte da tabela referente às cartas e à imagem.
  • Lembre que uma carta é uma forma de se comunicar com alguém, enviando notícias sobre algo. Nos trechos apresentados, são cartas enviadas por pessoas da Igreja Católica, informando sobre a situação em Roma, em decorrência da presença dos povos considerados bárbaros pelos romanos. Lembre a respeito do glossário.
  • É importante também falar sobre a imagem, que representa pessoas que estão se deslocando em decorrência da escassez alimentar. Peça para que observem o movimento que elas estão fazendo, a expressão facial, o cenário em volta, o que a imagem sugere, sem, no entanto, direcionar as respostas.

(sugere-se o tempo de 10 minutos para a segunda atividade)

Link para o documento da Atividade 2:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JUhVt3tDbheNyeK59jCbbtgMsBVHBFzVJD9ucFPBwv8YnhgUZJ85z8Mh3s3B/his06-14und01-atividade-2.pdf

Referência dos trechos apresentados:

FREITAS, Gustavo de. 900 textos e documentos de história. 2. ed. Lisboa: Plátano Editora, 1977. Vol. 1

Referência da imagem:

LONDON NEWS. Nativos angustiados indo para programas humanitários- a fome em Bengala, 1874. Ilustração. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/w/index.php?search=Distressed+Natives+Going+to+the+Relief+Works &title=Special%3ASearch&go=Go#/media/File:%22Distressed_Natives_Going_to_the_Relief_Works-_the_Famine_in_Bengal,%22_from_the_Illustrated_London_News,_1874.jpg > . Acesso em 10 Nov. 2018.

Como adequar à sua realidade: Caso não tenha como imprimir os materiais, sugere-se que anote os trechos da atividade em cartolina, papel metro ou papel 18 kg, expondo os cartazes para que cada grupo possa fazer a leitura e análise. Outra opção, ainda, é anotar no quadro cada trecho, procedendo a mesma orientação para a leitura dos cartazes. No caso da imagem, é possível fazer uma descrição para a turma, transformando-a em uma pequena narrativa sobre pessoas que são obrigadas a sair de onde vivem por causa da falta de comida. Oriente-os a registrar as impressões do grupo no caderno. Da mesma forma que na etapa anterior, leia as orientações contidas na tabela de registros, para que saibam exatamente o que deverão anotar sobre as observações feitas.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Antes de iniciar essa etapa final da aula, fixe dois pedaços de papel metro, 18 kg ou cartolina em um local da sala visível para todos.

  • Peça que cada equipe defina um estudante para participar da atividade final.
  • Divida o total de estudantes indicados em dois grupos.
  • Peça que escolham qual a questão que será respondida por cada grupo.
  • Estabeleça um número para cada integrante do grupo, em ordem crescente.
  • Solicite ao estudante número 1 do primeiro grupo para iniciar uma resposta para a primeira questão apresentada. Ao mesmo tempo, o estudante número 1 do segundo grupo deverá iniciar uma resposta para a segunda questão apresentada.

Na sequência, os demais integrantes de cada grupo irão, um de cada vez, completando o parágrafo que responderá à pergunta feita.

Ao terminar esse registro, o grupo deverá finalizar a escrita da resposta, reformulando, acrescentando ou retirando informações, com a ajuda dos colegas que integraram as equipes das quais fizeram parte inicialmente.

Peça a alguém do grupo para ler a pergunta e a resposta.

Em seguida, abra uma discussão com a turma para fazerem as observações e/ou ajustes que acharem pertinentes.

Espera-se que apareçam nas respostas questões que evidenciem a importância que aspectos ligados à escassez alimentar tiveram nas mudanças ocorridas na dinâmica interna do Império Romano, culminando na sua fragmentação. Isso deixa claro como algo que está vinculado ao nosso cotidiano, corriqueiro, é afetado, mas também pode impactar de maneira determinante todo o contexto de um grupo social. É importante também a observação que essa questão da fome não foi a única ou a mais importante questão a delinear a crise em Roma. Em alguns momentos foi efeito, em outros, a causa de uma série de problemas enfrentados pelas pessoas. Nesse sentido, é importante levantar essa questão para que a turma possa se posicionar a respeito. Enquanto estiverem finalizando a atividade, perguntar:

  • A falta de comida foi a causa dos problemas em Roma ou foram outros fatores ligados à crise que provocaram a fome? Por quê?
  • Qual a relação entre a escassez de alimentos e a mudança das pessoas para fora da cidade?

É válido ainda perguntar acerca de problemas atuais vinculados à escassez alimentar em diferentes lugares do mundo, que atingem milhões de pessoas:

  • É possível encontrar problemas parecidos com o que foi estudado nos dias de hoje?
  • Qual a relação que vocês fazem entre o que foi estudado e o problema dos refugiados no mundo atual?

Como adequar à sua realidade: Em caso de ter disponíveis alguns recursos tecnológicos mais avançados, o momento da elaboração do texto em grupo pode ser proposto no ambiente virtual, podendo até mesmo serem compartilhadas as produções de cada grupo com a turma toda, ou mesmo outros colegas fazerem suas intervenções por escrito.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06HI14 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Para realizar a aula serão utilizados projetor ou lousa digital (que poderá precisar também do computador), quadro, pincéis (atômico e para quadro branco) e algumas cópias impressas. Em caso de não dispor dos recursos audiovisuais, faça a impressão dos materiais, ou utilize o quadro ou cartaz, de acordo com as orientações contidas no plano.

Material complementar:

Link para as imagens dos slides:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mMFz5d9eFujAZfPhVrfYmaKChmMvtcPCaQ39ZQmxcENFCcpYG2sSek3fMbVT/his6-14und01-imagens.pdf

Link para o documento da Atividade 1:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Jh2p9YMc8cwjKcfW38u3XE9hRtKnevbVDxdeqcvSBXx8d9sqzMr7F8zYnRgx/his06-14und01-atividade-1.pdf

Referência: IDÁCIO. Crónica. Versão e anotações de José Cardoso. Universidade do Minho: Braga, 1982.

Link para o documento da Atividade 2:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JUhVt3tDbheNyeK59jCbbtgMsBVHBFzVJD9ucFPBwv8YnhgUZJ85z8Mh3s3B/his06-14und01-atividade-2.pdf

Link para a tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RY6MaTKQv5J424pQ5sQw4d4nvFuvck7nkq863mKCR95MPthqKMgZs7sdHbs/his06-14und01-tabela-de-registros.pdf

Para você saber mais:

DOM TOTAL. Os refugiados da fome. 2018. Disponível em: <http://domtotal.com/noticia/1244886/2018/04/os-refugiados -da-fome/> Acesso em 20 out. 2018.

IMAGO HISTÓRIA. Crise do Império Romano. 2017. Disponível em: <https://imagohistoria.blogspot.com/2012/08/roma- 9-de-9-criso-do-imperio-romano.html> Acesso em 18 out. 2018.

O Globo e AFP. Cinco milhões de crianças estão ameaçadas de fome na guerra do Iêmen. 2018. Disponível em: <https:// oglobo.globo.com/mundo/cinco-milhoes-de-criancas-estao-ameacadas-de-fome-na-guerra-do-iemen-23082184> Acesso em 20 out. 2018.

SILVA, José Graziano da. O Brasil e o Mapa da Fome. Jornal do Brasil, 2018. Disponível em: <https://www.jb.com.br/pais/ artigo/ 2018/09/3191-o-brasil-e-o-mapa-da-fome.html> Acesso em 18 out. 2018.

SILVA, Marcelo Cândido da. Os agentes públicos e a fome nos primeiros séculos da Idade Média. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 32, n. 60, p. 779-805, set/dez 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/vh/v32n60/1982-4343-vh-32- 60-00779.pdf> Acesso em 19 out. 2018.

UOL. Fome cresce no mundo; no Brasil, afeta 5 milhões, segundo relatório da ONU. Disponível em: <https://noticias.uol. com.br/internacional/ultimas-noticias/2018/09/11/fome-cresce-no-mundo-e-no-brasil-afeta-5-da-populacao-segundo-relatorio-da-onu.htm> Acesso em 20 out. 2018.

WELLE, Deutsche. Índice global aponta aumento da fome no Brasil. Carta Capital, 2018. Disponível em: <https://www. cartacapital.com.br/sociedade/indice-global-aponta-aumento-da-fome-no-brasil>

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo para a turma. É muito importante começar com essa apresentação para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas desde o começo. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para garantir o protagonismo dos alunos, é necessário não ir diretamente para a razão que motivou a formulação desta atividade (entender a escassez alimentar como elemento significativo na promoção de deslocamentos producentes de novas formas de organização social, política, econômica, cultural no Império Romano do Séc. V).

Por isso, busque fazer as intervenções passo a passo, conforme descrito abaixo.

  • Divida a turma em quartetos e peça que observem as imagens projetadas (a organização em grupos permanecerá até o final da aula);
  • Apresente aos estudantes as questões seguintes, registrando no quadro palavras-chave das respostas dadas:

1- O que essas imagens representam? (aqui as falas dos estudantes, possivelmente, conduzirão à segunda questão)

2- O que o alimento representa em nossas vidas?

É esperado que surjam falas que reportem a alimentação como condição fundamental para nossa sobrevivência. Caso isso não apareça nas falas inicialmente, é preciso estimulá-los com novas perguntas, sem, no entanto, responder às questões apresentadas. Por exemplo: a) é possível sobrevivermos sem o alimento? ; b) por que nos alimentamos diariamente, várias vezes?; c) se uma pessoa passa fome o que acontece com ela?

Após os registros desse primeiro momento, exiba as imagens do slide seguinte.

Link para as imagens dos slides:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/mMFz5d9eFujAZfPhVrfYmaKChmMvtcPCaQ39ZQmxcENFCcpYG2sSek3fMbVT/his6-14und01-imagens.pdf

Referências das imagens usadas no slide 1:

NOVA ESCOLA. Alimentos. Banco de Imagens. Acesso em 05 Nov 2018.

LOMBANA. Comida típica nariñense. 2013. Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Comid a _t%C3%ADpica_ nari%C3%B1ense.JPG>. Acesso em 11 Nov 2018.

EcoDebate . 2014. Fotografia. Disponível em: <https://i2.wp.com/www.agenciajovem.org/wp/wp-content/ uploads/2014/07/alimenta%C3%A7%C3%A3o.jpg>. Acesso em 11 Nov 2018.

Como adequar à sua realidade: Caso não disponha de recursos audiovisuais, como projetor ou tela interativa, imprima as imagens na quantidade suficiente para distribuir uma cópia para cada grupo. Se mesmo a impressão for algo difícil, conduza uma discussão com a turma a partir das questões apresentadas.

Para você saber mais:

SILVA, José Graziano da. O Brasil e o Mapa da Fome. Jornal do Brasil, 2018. Disponível em: <https://www.jb.com.br/pais/ artigo/ 2018/09/3191-o-brasil-e-o-mapa-da-fome.html> Acesso em 18 out. 2018.

UOL. Fome cresce no mundo; no Brasil, afeta 5 milhões, segundo relatório da ONU. Disponível em: <https://noticias.uol. com.br/internacional/ultimas-noticias/2018/09/11/fome-cresce-no-mundo-e-no-brasil-afeta-5-da-populacao-segundo-relatorio-da-onu.htm> Acesso em 20 out. 2018.

WELLE, Deutsche. Índice global aponta aumento da fome no Brasil. Carta Capital, 2018. Disponível em: <https://www. cartacapital.com.br/sociedade/indice-global-aponta-aumento-da-fome-no-brasil>

Slide Plano Aula

Orientações: Da mesma forma que na exibição anterior, siga o passo a passo, sempre tendo o cuidado de não antecipar respostas as quais os próprios estudantes deverão chegar:

  • Peça que observem as imagens projetadas.
  • Apresente aos estudantes as questões seguintes, registrando no quadro palavras-chave das respostas dadas (lembre-se de fazer uma pergunta de cada vez):

1- O que as imagens retratam?

2- Quais situações podem provocar a falta de alimentos?

3- O que ocorre quando falta o alimento para grande parte das pessoas?

4- Alguma mudança pode ocorrer?

5- Qual(is) solução(ões) imaginam que as pessoas têm para resolver essa questão da falta de alimentos?

Caso não seja levantada alguma questão relativa ao deslocamento das pessoas como forma de resolver o problema da falta de alimentos, recomenda-se que o pensamento acerca disso seja estimulado pela importância no conteúdo proposto. Para tanto, lance algumas questões complementares, como por exemplo:

- em situações difíceis as pessoas costumam permanecer no mesmo lugar? , ou:

- sair do lugar em busca de alternativas pode ajudar a resolver a falta de comida?, ou, ainda:

- vocês acham que as pessoas que não têm comida costumam procurar formas de conseguí-la em outros lugares?

Obs.: Lembre-se de não apagar as anotações feitas no quadro. Elas serão retomadas na finalização da atividade.

Referências das imagens usadas no slide 2:

THE ILLUSTRATED LONDON NEWS. The famine in India: Natives Waiting for Relief at Bangalore. 1877. Ilustração. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Famines_in_India#/media/File:Famine_in_India_Natives_ Waiting_for_Relief_in_Bangalore.jpg>. Acesso em 10 Nov. 2018.

A fome na Índia: nativos à espera de socorro em Bangalore (legenda original). Digitalização de imagem do The Illustrated London News (sem artista dado), sábado, 20 de outubro de 1877. Esta é a imagem completa. A fome que a imagem representa é a Grande Fome de 1876 a 1878

WADDINGTON, Rod. Olhos da fome, Simien Mtns. 2011. Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/ wiki/File:Hunger_Eyes,_Simien_Mtns_(13886163710).jpg>. Acesso em 10 Nov 2018.

CASAL JR, Marcello (Agência Brasil). Seca em Sobradinho. 2015. 7 Fotografia. Disponível em: <https://commons.wikime dia.org/wiki/File:Seca_em_Sobradinho_07.jpg>. Acesso em 11 Nov 2018.

Remanso (BA) - Com a falta de chuva na nascente do Rio São Francisco, o reservatório de Sobradinho vive a maior seca de sua história.

Para você saber mais:

DOM TOTAL. Os refugiados da fome. 2018. Disponível em: <http://domtotal.com/noticia/1244886/2018/04/os-refugiados -da-fome/> Acesso em 20 out. 2018.

O Globo e AFP. Cinco milhões de crianças estão ameaçadas de fome na guerra do Iêmen. 2018. Disponível em: <https:// oglobo.globo.com/mundo/cinco-milhoes-de-criancas-estao-ameacadas-de-fome-na-guerra-do-iemen-23082184> Acesso em 20 out. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações: É muito importante fornecer todas as orientações antes de iniciar essa etapa (sugere-se o uso de 3 min para isso).

  • Distribua uma cópia da Tabela de Registro para cada grupo. Explique que a tabela será utilizada até o final da aula. Mostre cada parte, esclarecendo como deverão registrar as informações, chamando a atenção para as orientações que já estão no material.

Mostre que os comandos da tabela estão divididos de acordo com a análise que deve ser feita de cada documento ao qual terão acesso. Constarão na tabela algumas informações importantes sobre cada um dos documentos, para que entendam melhor a sua origem e finalidade.

  • Em seguida, distribua uma cópia da Atividade 1 para cada grupo.
  • Deixe claro que nessa primeira etapa os grupos deverão ler os trechos e registrar o entendimento do grupo na parte da tabela referente às crônicas .
  • Explique que a crônica é um texto narrativo curto que, neste caso, apresenta uma sucessão de fatos históricos. Informe que o material distribuído refere-se à biografia de Hidácio, que foi bispo de Chaves (região da Galiza – noroeste da Península Ibérica) e escreveu uma Crônica para relatar os acontecimentos ocorridos na Hispânia entre os anos de 379 a 469, com enfoque para as invasões bárbaras.
  • Chame a atenção para as palavras do glossário, como forma de facilitar a compreensão dos textos.

Sugere-se o tempo de 10 minutos para a primeira atividade.

Lembre-se que a análise de fontes documentais como essas não é algo familiar para estudantes de 6º ano, mesmo sendo pequenos trechos. Por isso, é muito importante acompanhar a atividade, estimulando a reflexão e orientando quanto ao uso do glossário, sem, no entanto, desconsiderar o protagonismo dos estudantes.

É possível sugerir que substituam as palavras que estão no glossário para facilitar a compreensão.

Outra forma de ajudar a reflexão é chamar a atenção para o direcionamento contido na própria tabela de registros, levantando algumas perguntas:

- O que tem nesses relatos que vocês enxergam que seria um problema se estivessem lá em Roma naquele período?

- O que poderia acontecer por causa dessa situação que está sendo apresentada?

- A vida dos moradores parecia fácil? Por quê?

Link para o documento da Atividade 1:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Jh2p9YMc8cwjKcfW38u3XE9hRtKnevbVDxdeqcvSBXx8d9sqzMr7F8zYnRgx/his06-14und01-atividade-1.pdf

Referência: IDÁCIO. Crónica. Versão e anotações de José Cardoso. Universidade do Minho: Braga, 1982.

Link para a tabela de registros:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/3RY6MaTKQv5J424pQ5sQw4d4nvFuvck7nkq863mKCR95MPthqKMgZs7sdHbs/his06-14und01-tabela-de-registros.pdf

Como adequar à sua realidade: Caso não tenha como imprimir os materiais, sugere-se que anote previamente os trechos da atividade em cartolina, papel metro ou papel 18 kg, expondo os cartazes para que cada grupo possa fazer a leitura e análise, pedindo que façam as anotações no caderno. Nesse caso, será necessário ler as orientações contidas na tabela de registros, para que saibam exatamente o que deverão anotar sobre as observações feitas. Outra opção, ainda, é anotar no quadro cada trecho, procedendo a mesma orientação para a leitura dos cartazes.

Para você saber mais: A proposta é feita considerando-se a possibilidade de pensar movimentos históricos com motivações relacionadas a um ato cotidiano, muitas vezes desconsiderado diante do político, econômico e social. Assim, se evidencia a problemática que pode estar relacionada ao atendimento dessa necessidade básica que é a alimentação e que é, além disso, ligada a diversos aspectos de interesse dos historiadores. É também uma forma de aproximar a discussão da realidade dos estudantes.

Caso deseje saber mais acerca desse assunto, acesse outros materiais, disponíveis nos links abaixo:

SILVA, Marcelo Cândido da. Os agentes públicos e a fome nos primeiros séculos da Idade Média. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 32, n. 60, p. 779-805, set/dez 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/vh/v32n60/1982-4343-vh-32- 60-00779.pdf> Acesso em 19 out. 2018.

IMAGO HISTÓRIA. Crise do Império Romano. 2017. Disponível em: <https://imagohistoria.blogspot.com/2012/08/roma- 9-de-9-criso-do-imperio-romano.html> Acesso em 18 out. 2018.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia da Atividade 2 para cada grupo.
  • Esclareça que nesse segundo momento deverão ler os trechos e observar a imagem, registrando as impressões do grupo na parte da tabela referente às cartas e à imagem.
  • Lembre que uma carta é uma forma de se comunicar com alguém, enviando notícias sobre algo. Nos trechos apresentados, são cartas enviadas por pessoas da Igreja Católica, informando sobre a situação em Roma, em decorrência da presença dos povos considerados bárbaros pelos romanos. Lembre a respeito do glossário.
  • É importante também falar sobre a imagem, que representa pessoas que estão se deslocando em decorrência da escassez alimentar. Peça para que observem o movimento que elas estão fazendo, a expressão facial, o cenário em volta, o que a imagem sugere, sem, no entanto, direcionar as respostas.

(sugere-se o tempo de 10 minutos para a segunda atividade)

Link para o documento da Atividade 2:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/JUhVt3tDbheNyeK59jCbbtgMsBVHBFzVJD9ucFPBwv8YnhgUZJ85z8Mh3s3B/his06-14und01-atividade-2.pdf

Referência dos trechos apresentados:

FREITAS, Gustavo de. 900 textos e documentos de história. 2. ed. Lisboa: Plátano Editora, 1977. Vol. 1

Referência da imagem:

LONDON NEWS. Nativos angustiados indo para programas humanitários- a fome em Bengala, 1874. Ilustração. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/w/index.php?search=Distressed+Natives+Going+to+the+Relief+Works &title=Special%3ASearch&go=Go#/media/File:%22Distressed_Natives_Going_to_the_Relief_Works-_the_Famine_in_Bengal,%22_from_the_Illustrated_London_News,_1874.jpg > . Acesso em 10 Nov. 2018.

Como adequar à sua realidade: Caso não tenha como imprimir os materiais, sugere-se que anote os trechos da atividade em cartolina, papel metro ou papel 18 kg, expondo os cartazes para que cada grupo possa fazer a leitura e análise. Outra opção, ainda, é anotar no quadro cada trecho, procedendo a mesma orientação para a leitura dos cartazes. No caso da imagem, é possível fazer uma descrição para a turma, transformando-a em uma pequena narrativa sobre pessoas que são obrigadas a sair de onde vivem por causa da falta de comida. Oriente-os a registrar as impressões do grupo no caderno. Da mesma forma que na etapa anterior, leia as orientações contidas na tabela de registros, para que saibam exatamente o que deverão anotar sobre as observações feitas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Antes de iniciar essa etapa final da aula, fixe dois pedaços de papel metro, 18 kg ou cartolina em um local da sala visível para todos.

  • Peça que cada equipe defina um estudante para participar da atividade final.
  • Divida o total de estudantes indicados em dois grupos.
  • Peça que escolham qual a questão que será respondida por cada grupo.
  • Estabeleça um número para cada integrante do grupo, em ordem crescente.
  • Solicite ao estudante número 1 do primeiro grupo para iniciar uma resposta para a primeira questão apresentada. Ao mesmo tempo, o estudante número 1 do segundo grupo deverá iniciar uma resposta para a segunda questão apresentada.

Na sequência, os demais integrantes de cada grupo irão, um de cada vez, completando o parágrafo que responderá à pergunta feita.

Ao terminar esse registro, o grupo deverá finalizar a escrita da resposta, reformulando, acrescentando ou retirando informações, com a ajuda dos colegas que integraram as equipes das quais fizeram parte inicialmente.

Peça a alguém do grupo para ler a pergunta e a resposta.

Em seguida, abra uma discussão com a turma para fazerem as observações e/ou ajustes que acharem pertinentes.

Espera-se que apareçam nas respostas questões que evidenciem a importância que aspectos ligados à escassez alimentar tiveram nas mudanças ocorridas na dinâmica interna do Império Romano, culminando na sua fragmentação. Isso deixa claro como algo que está vinculado ao nosso cotidiano, corriqueiro, é afetado, mas também pode impactar de maneira determinante todo o contexto de um grupo social. É importante também a observação que essa questão da fome não foi a única ou a mais importante questão a delinear a crise em Roma. Em alguns momentos foi efeito, em outros, a causa de uma série de problemas enfrentados pelas pessoas. Nesse sentido, é importante levantar essa questão para que a turma possa se posicionar a respeito. Enquanto estiverem finalizando a atividade, perguntar:

  • A falta de comida foi a causa dos problemas em Roma ou foram outros fatores ligados à crise que provocaram a fome? Por quê?
  • Qual a relação entre a escassez de alimentos e a mudança das pessoas para fora da cidade?

É válido ainda perguntar acerca de problemas atuais vinculados à escassez alimentar em diferentes lugares do mundo, que atingem milhões de pessoas:

  • É possível encontrar problemas parecidos com o que foi estudado nos dias de hoje?
  • Qual a relação que vocês fazem entre o que foi estudado e o problema dos refugiados no mundo atual?

Como adequar à sua realidade: Em caso de ter disponíveis alguns recursos tecnológicos mais avançados, o momento da elaboração do texto em grupo pode ser proposto no ambiente virtual, podendo até mesmo serem compartilhadas as produções de cada grupo com a turma toda, ou mesmo outros colegas fazerem suas intervenções por escrito.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Lógicas de organização política do 6º ano :

MAIS AULAS DE História do 6º ano:

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06HI14 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano