10230
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Maquete: Nossa sala de aula

Plano de aula de Matemática com atividades para o 3º ano do Fundamental sobre localização espacial

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carla Thomaz Meira

ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Ana Carla Thomaz Meira

Mentor: Daniela Pannuti

Especialista de área: Pricilla Cerqueira

Habilidade da BNCC

(EF03MA12) Descrever e representar esboços de trajetos, croquis e maquetes a movimentação de pessoas ou de objetos no espaço, incluindo direção e sentido com base em vários pontos de referência.

Objetivos específicos:

Estabelecer pontos de referência para posicionar-se no espaço bem como para identificar relações de posição;

Desenvolver a observação do espaço e reconstruir o espaço de vivência em tamanho reduzido.

Vocabulário:

Esquerda,direita,longe,perto,em frente, atrás,ao lado.

Conceito-chave:

Localização espacial.

Recursos necessários:

  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
  • Caixas de tamanhos diversos: sapato, remédio, perfumes, pasta de dentes, sabonetes, papelão, cartolina, isopor, copinho descartável de café e refrigerante;
  • Papel pardo ou quadro;
  • Cola;
  • Etiquetas adesivas.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia ou projete o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Discuta com a turma: Proponha a seguinte reflexão:

  • Será que é possível reconstruir os espaços do nosso cotidiano em tamanho reduzido?

Aquecimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça aos alunos que observem por alguns minutos e com bastante atenção a sala de aula: a posição das mesas, carteiras, mesa da professora, armários e demais objetos.

Proponha então algumas reflexões sobre o tamanho da sala de aula, onde se localiza a mesa da professora, o armário ou outro objeto que julgar pertinente.

Leia ou projete o slide. Discuta com a turma seria possível representar a realidade da sala de aula em um modelo reduzido. Após a discussão e partindo dos conhecimentos prévios que alunos têm sobre o tema, proponha algumas questões.

Após a discussão realizada, confirme a hipótese dos alunos explicando que essa representação é possível. A maquete é uma das maneiras que temos para representar de maneira reduzida os espaços de convívio. Pergunte para os alunos se já viram ou possuem alguma miniatura em casa.

Leia ou projete o slide 4 e desafie os alunos a sugerirem os objetos da sala de aula que poderão ser representados em uma maquete.

Propósito: Observar o espaço da sala de aula.

Discuta com a turma:

  • A nossa sala de aula é grande ou pequena? Em relação à escola ela é grande ou pequena? E em relação à você?
  • Onde fica localizada a mesa da professora? Ela fica próxima à lousa ou distante?
  • Quem se senta próximo a porta? Quem senta próximo ao armário?

  • Como seria possível representar nossa sala de aula de forma reduzida?
  • Quem já viu um espaço real representado de forma reduzida? Qual espaço era este?
  • Que tipo de material é usado para compor essas formas de representação dos objetos?

  • De que outras maneiras poderíamos representar alguns espaços de forma reduzida? (Desenhos e fotografias são bons exemplos).

  • Nós precisamos representar todos os objetos da sala de aula na nossa maquete? (Comente com os alunos que a representação pode ser parcial ou completa).

Aquecimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Peça aos alunos que observem por alguns minutos e com bastante atenção a sala de aula: a posição das mesas, carteiras, mesa da professora, armários e demais objetos.

Proponha então algumas reflexões sobre o tamanho da sala de aula, onde se localiza a mesa da professora, o armário ou outro objeto que julgar pertinente.

Leia ou projete o slide. Discuta com a turma seria possível representar a realidade da sala de aula em um modelo reduzido. Após a discussão e partindo dos conhecimentos prévios que alunos têm sobre o tema, proponha algumas questões.

Após a discussão realizada, confirme a hipótese dos alunos explicando que essa representação é possível. A maquete é uma das maneiras que temos para representar de maneira reduzida os espaços de convívio. Pergunte para os alunos se já viram ou possuem alguma miniatura em casa.

Leia ou projete o slide 4 e desafie os alunos a sugerirem os objetos da sala de aula que poderão ser representados em uma maquete.

Propósito: Discutir com a turma sobre os elementos que podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • A nossa sala de aula é grande ou pequena? Em relação à escola ela é grande ou pequena? E em relação à você?
  • Onde fica localizada a mesa da professora? Ela fica próxima à lousa ou distante?
  • Quem se senta próximo a porta? Quem senta próximo ao armário?

  • Como seria possível representar nossa sala de aula de forma reduzida?
  • Quem já viu um espaço real representado de forma reduzida? Qual espaço era este?
  • Que tipo de material é usado para compor essas formas de representação dos objetos?

  • De que outras maneiras poderíamos representar alguns espaços de forma reduzida? (Desenhos e fotografias são bons exemplos).

  • Nós precisamos representar todos os objetos da sala de aula na nossa maquete? (Comente com os alunos que a representação pode ser parcial ou completa).

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de Intervenção

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Painel de discussões select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: A partir do registro da tabela feito pela professora proponha aos alunos reavaliarem algumas representações, caso isso seja necessário.

No exemplo deste slide os alunos não perceberam a noção de proporção dos elementos. Aproveite esses momentos onde os “erros” servirão para questionamentos e reflexão do grupo.

O registro coletivo poderá ser afixado em um mural, varal ou cantinho da matemática para futuras consultas e apreciação.

Propósito: Verificar os conhecimentos adquiridos na aula a partir da situação proposta.

Discuta com a turma:

  • O que vocês acharam da representação escolhida pelos alunos?
  • Com quais materiais você representaria esses objetos (lixeira e mesa da professora)?

Título: Sistematização do Conceito select-down

Slide Plano Aula Título: Sistematização do Conceito

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Leia ou projete o slide para retomar os conhecimentos adquiridos na aula.

Propósito: Retomar os conhecimentos adquiridos.

Discuta com a turma:

  • Que outros espaços de convívio podemos representar por meio da maquete ?

Título: Encerramento select-down

Slide Plano Aula Título: Encerramento

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Leia ou projete o slide de encerramento para turma.

Propósito: Refletir sobre os conhecimentos adquiridos na aula.

Discuta com a turma:

  • Hoje vocês trabalharam em duplas, observaram a sala de aula, a localização mobília e escolheram a forma de representação dos objetos: agora nós vamos pensar no processo de discussão da nossa maquete coletiva.
  • Quais são os desafios de confeccionar essa maquete? (Os alunos devem perceber que todos precisam participar e aproveitar esse momento de aprendizagem para isso alguns acordos precisam ser feitos: saber ouvir, argumentar, respeitar a os colegas, chegar a um consenso em uma situação de conflito ).

Título: Raio X select-down

Slide Plano Aula Título: Raio X

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Leia ou projete o slide para a turma incentivando-os a expor a maquete confeccionada coletivamente.

O texto produzido pelos alunos garante a autoria e esse material pode ficar acessível a todos em um mural, varal, painel, etc…

Propósito: Organizar, investigar e verificar a aprendizagem dos alunos a partir da produção de texto individual.

Discuta com a turma:

  • Vamos refletir sobre o que aprendemos na aula de hoje?
  • Alguém gostaria de contar ou ler a sua produção?

Materiais complementares para impressão:

Atividade de Raio X

Resolução do Raio X

Atividade Complementar

Resolução da Atividade Complementar

Referências Bibliográficas:

ALVES,E .M.S. A Ludicidade e o ensino de matemática :uma prática possível. Campinas, SP: Papirus,2001.

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Geometria / Ministério da Educação. – Brasília: MEC/SEB, 2014.

Guerreiro, Ana Lúcia Araújo. Alfabetização e letramento cartográfico na geografia escolar. São Paulo: Edições SM, 2012.- (Somos Mestres)

SIMIELLl, M. Primeiros mapas. São Paulo: Anglo, 2011.

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Leia ou projete o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Discuta com a turma: Proponha a seguinte reflexão:

  • Será que é possível reconstruir os espaços do nosso cotidiano em tamanho reduzido?

  • Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

    Autor: Ana Carla Thomaz Meira

    Mentor: Daniela Pannuti

    Especialista de área: Pricilla Cerqueira

    Habilidade da BNCC

    (EF03MA12) Descrever e representar esboços de trajetos, croquis e maquetes a movimentação de pessoas ou de objetos no espaço, incluindo direção e sentido com base em vários pontos de referência.

    Objetivos específicos:

    Estabelecer pontos de referência para posicionar-se no espaço bem como para identificar relações de posição;

    Desenvolver a observação do espaço e reconstruir o espaço de vivência em tamanho reduzido.

    Vocabulário:

    Esquerda,direita,longe,perto,em frente, atrás,ao lado.

    Conceito-chave:

    Localização espacial.

    Recursos necessários:

    • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
    • Caixas de tamanhos diversos: sapato, remédio, perfumes, pasta de dentes, sabonetes, papelão, cartolina, isopor, copinho descartável de café e refrigerante;
    • Papel pardo ou quadro;
    • Cola;
    • Etiquetas adesivas.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Peça aos alunos que observem por alguns minutos e com bastante atenção a sala de aula: a posição das mesas, carteiras, mesa da professora, armários e demais objetos.

Proponha então algumas reflexões sobre o tamanho da sala de aula, onde se localiza a mesa da professora, o armário ou outro objeto que julgar pertinente.

Leia ou projete o slide. Discuta com a turma seria possível representar a realidade da sala de aula em um modelo reduzido. Após a discussão e partindo dos conhecimentos prévios que alunos têm sobre o tema, proponha algumas questões.

Após a discussão realizada, confirme a hipótese dos alunos explicando que essa representação é possível. A maquete é uma das maneiras que temos para representar de maneira reduzida os espaços de convívio. Pergunte para os alunos se já viram ou possuem alguma miniatura em casa.

Leia ou projete o slide 4 e desafie os alunos a sugerirem os objetos da sala de aula que poderão ser representados em uma maquete.

Propósito: Observar o espaço da sala de aula.

Discuta com a turma:

  • A nossa sala de aula é grande ou pequena? Em relação à escola ela é grande ou pequena? E em relação à você?
  • Onde fica localizada a mesa da professora? Ela fica próxima à lousa ou distante?
  • Quem se senta próximo a porta? Quem senta próximo ao armário?

  • Como seria possível representar nossa sala de aula de forma reduzida?
  • Quem já viu um espaço real representado de forma reduzida? Qual espaço era este?
  • Que tipo de material é usado para compor essas formas de representação dos objetos?

  • De que outras maneiras poderíamos representar alguns espaços de forma reduzida? (Desenhos e fotografias são bons exemplos).

  • Nós precisamos representar todos os objetos da sala de aula na nossa maquete? (Comente com os alunos que a representação pode ser parcial ou completa).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Peça aos alunos que observem por alguns minutos e com bastante atenção a sala de aula: a posição das mesas, carteiras, mesa da professora, armários e demais objetos.

Proponha então algumas reflexões sobre o tamanho da sala de aula, onde se localiza a mesa da professora, o armário ou outro objeto que julgar pertinente.

Leia ou projete o slide. Discuta com a turma seria possível representar a realidade da sala de aula em um modelo reduzido. Após a discussão e partindo dos conhecimentos prévios que alunos têm sobre o tema, proponha algumas questões.

Após a discussão realizada, confirme a hipótese dos alunos explicando que essa representação é possível. A maquete é uma das maneiras que temos para representar de maneira reduzida os espaços de convívio. Pergunte para os alunos se já viram ou possuem alguma miniatura em casa.

Leia ou projete o slide 4 e desafie os alunos a sugerirem os objetos da sala de aula que poderão ser representados em uma maquete.

Propósito: Discutir com a turma sobre os elementos que podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • A nossa sala de aula é grande ou pequena? Em relação à escola ela é grande ou pequena? E em relação à você?
  • Onde fica localizada a mesa da professora? Ela fica próxima à lousa ou distante?
  • Quem se senta próximo a porta? Quem senta próximo ao armário?

  • Como seria possível representar nossa sala de aula de forma reduzida?
  • Quem já viu um espaço real representado de forma reduzida? Qual espaço era este?
  • Que tipo de material é usado para compor essas formas de representação dos objetos?

  • De que outras maneiras poderíamos representar alguns espaços de forma reduzida? (Desenhos e fotografias são bons exemplos).

  • Nós precisamos representar todos os objetos da sala de aula na nossa maquete? (Comente com os alunos que a representação pode ser parcial ou completa).

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de Intervenção

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos

Orientações: Organize os alunos em duplas.

  • Explique que os alunos em duplas devem preencher a tabela pensando nos objetos e nos materiais que podemos utilizar.
  • Circule pelos grupos observando as formas de representação que os alunos estão escolhendo para os objetos.
  • Nesse momento avise a turma que a maquete será construída em uma caixa de sapatos que servirá como a estrutura física da sala de aula.

Projete a tabela, copie no quadro ou no papel pardo para nesse momento preenchê-la com os alunos de acordo com suas respostas. Para começar a discussão das soluções, peça que cada dupla relate um objeto e o material escolhido para representá-lo.

  • Análise com a turma, verificando a pertinência das respostas e registre na tabela (quadro ou papel pardo).
  • Na análise das respostas, quando um objeto não for adequado ou sua representação não for a “ ideal” peça a dupla para explicar o seu raciocínio para aquela resposta, problematize com o grupo e só então registre a resposta.

Separe com antecedência os materiais para a confecção da maquete. Exemplo: caixa de sapatos grande, caixa de cereal ou um pedaço de isopor em medidas parecidas com as caixas, caixinhas de fósforo (o suficiente para representar as carteiras dos alunos), de pasta de dente, de remédios, perfumes, tampinhas, copinho de refrigerante e copinho de descartável de café, canudinhos, etc.). Enfim, sucatas variadas.

  • Providencie etiquetas adesivas para que os alunos possam escrever seus nomes antes de colar na caixa o elemento escolhido.
  • Diversifique os materiais escolhidos e separados previamente; coloque caixas, objetos de tamanhos variados, mesmo sabendo que nem todos os materiais serão necessários ou ideais para essa atividade. A ideia é mesmo que as crianças possam buscar as peças mais adequadas, exercitando a dedução e problematização.
  • Objetos como porta, armário e cesto de lixo, devem ser escolhidos e afixados na caixa em comum acordo.
  • Durante a atividade observe com atenção os objetos escolhidos pelos alunos e a identificação de sua localização na maquete; não dê respostas ou dicas mas lance perguntas que façam os alunos avançarem em sua hipóteses. A atividade trata de perceber se os alunos conseguem se localizar dentro do espaço em que estão inseridos.Observe:
  • O aluno escolheu o material adequado para representar sua localização (ideia de proporção);
  • O aluno consegue fornecer informações a respeito de sua localização;
  • A representação da sua localização foi afixada no lugar correto.

Propósito: Refletir sobre os objetos que compõe a sala de aula e como podem ser representados em uma maquete.

Discuta com a turma:

  • Pensando que a estrutura física da nossa sala de aula será uma caixa de sapatos será que eu posso usar qualquer material para representar os objetos? Lance as reflexões mas não peça as respostas, deixe que as crianças construam suas hipóteses para preencherem a tabela proposta na atividade.
  • Eu posso representar objetos de diferentes tamanhos com o mesmo material? Por quê?
  • Você pensou na sua localização dentro da sala de aula quando fez a maquete? Quem se senta à sua frente? E quem se senta atrás de você? Qual aluno senta-se próximo à porta?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: A partir do registro da tabela feito pela professora proponha aos alunos reavaliarem algumas representações, caso isso seja necessário.

No exemplo deste slide os alunos não perceberam a noção de proporção dos elementos. Aproveite esses momentos onde os “erros” servirão para questionamentos e reflexão do grupo.

O registro coletivo poderá ser afixado em um mural, varal ou cantinho da matemática para futuras consultas e apreciação.

Propósito: Verificar os conhecimentos adquiridos na aula a partir da situação proposta.

Discuta com a turma:

  • O que vocês acharam da representação escolhida pelos alunos?
  • Com quais materiais você representaria esses objetos (lixeira e mesa da professora)?
Slide Plano Aula
Título: Sistematização do Conceito

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Leia ou projete o slide para retomar os conhecimentos adquiridos na aula.

Propósito: Retomar os conhecimentos adquiridos.

Discuta com a turma:

  • Que outros espaços de convívio podemos representar por meio da maquete ?

Slide Plano Aula
Título: Encerramento

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Leia ou projete o slide de encerramento para turma.

Propósito: Refletir sobre os conhecimentos adquiridos na aula.

Discuta com a turma:

  • Hoje vocês trabalharam em duplas, observaram a sala de aula, a localização mobília e escolheram a forma de representação dos objetos: agora nós vamos pensar no processo de discussão da nossa maquete coletiva.
  • Quais são os desafios de confeccionar essa maquete? (Os alunos devem perceber que todos precisam participar e aproveitar esse momento de aprendizagem para isso alguns acordos precisam ser feitos: saber ouvir, argumentar, respeitar a os colegas, chegar a um consenso em uma situação de conflito ).

Slide Plano Aula
Título: Raio X

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Leia ou projete o slide para a turma incentivando-os a expor a maquete confeccionada coletivamente.

O texto produzido pelos alunos garante a autoria e esse material pode ficar acessível a todos em um mural, varal, painel, etc…

Propósito: Organizar, investigar e verificar a aprendizagem dos alunos a partir da produção de texto individual.

Discuta com a turma:

  • Vamos refletir sobre o que aprendemos na aula de hoje?
  • Alguém gostaria de contar ou ler a sua produção?

Materiais complementares para impressão:

Atividade de Raio X

Resolução do Raio X

Atividade Complementar

Resolução da Atividade Complementar

Referências Bibliográficas:

ALVES,E .M.S. A Ludicidade e o ensino de matemática :uma prática possível. Campinas, SP: Papirus,2001.

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Geometria / Ministério da Educação. – Brasília: MEC/SEB, 2014.

Guerreiro, Ana Lúcia Araújo. Alfabetização e letramento cartográfico na geografia escolar. São Paulo: Edições SM, 2012.- (Somos Mestres)

SIMIELLl, M. Primeiros mapas. São Paulo: Anglo, 2011.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Geometria do 3º ano :

Com o plano de aula sobre geometria, os alunos aprendem a descrever e localizar a movimentação de pessoas ou objetos no espaço e representá-los através de desenhos, croquis e maquetes; compor e decompor triângulos e quadriláteros associando-os a figuras planas de três e quatro lados; construir e identificar figuras simétricas; reconhecer elementos de prismas e pirâmides em perspectivas ou planificações.

MAIS AULAS DE Matemática do 3º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03MA12 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano