16350
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 6º ano > Unidade

Plano de aula - Os efeitos da expansão urbana na ocorrência de inundações

Plano de aula de Geografia com atividades para 6º ano do Fundamental sobre compreender os efeitos da expansão urbana na ocorrência de inundações.

Plano 02 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Regina Luiza Gouvea

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre o plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre o plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE10 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade diz respeito às diferentes formas de uso do solo (rotação de terras, terraceamento, aterros etc.) e de apropriação dos recursos hídricos (sistema de irrigação, tratamento e redes de distribuição), bem como suas vantagens e desvantagens em diferentes épocas e lugares. Nesta atividade o aluno deve compreender que o crescimento urbano e a conservação dos cursos d’água se relacionam; que o crescimento demográfico urbano é um fator relevante de pressão sobre os recursos hídricos, mas também reflete, muitas vezes, na ocorrência de desastres, como inundações.

Materiais necessários: 1 folha sulfite por dupla (deverá ser entregue pelo professor), lápis, borracha e lápis de cor.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Materiais complementares:

Atividade da ação propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YUsMaxpQGhWgepdw4zD7j34ACgZHFeAdaAYkTyxPy35nacNkZyBK9V4xR3P7/geo6-10und02-acao-propositiva-atividade.pdf

Imagem da ação propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h5faNRWD4NMB4k4fBaRGhuyXW8yBAwNjuGY4BkGXs8WmMWTyUamg4U7dJU9C/geo6-10und02-acao-propositiva-imagem.pdf

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles vão observar as imagens e debater sobre os efeitos do crescimento urbano na ocorrência de inundações.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: As imagens apresentadas nos slides são de uma inundação ocorrida na costa da Alemanha, Holanda e parte da Escandinávia em 25 de dezembro de 1717 e de uma inundação ocorrida em 1914 em Fredericia, na Dinamarca. Projete ou mostre as imagens para os alunos e comente que eventos de cheias e inundações ocorrem ocorrem com certa frequência. Ainda que muitos anos se passem sem que uma localidade próxima a um curso d’água seja afetada por eventos de cheias, os mesmos podem voltar a ocorrer ao longo do tempo. Esta é uma das razões pelas quais deve-se planejar o crescimento das cidades e monitorar a ocupação de áreas de risco. A impermeabilização do solo; a deposição de lixo em locais inapropriados, levando-os a se tornarem obstáculos para os canais de escoamento das águas; e o assoreamento dos cursos d’água, que reduzem os leitos dos rios, são fatores relevantes para a ocorrência de inundações. Destaque que foi na Europa que ocorreu a Peste Negra, oriunda da urina do rato, tal como a leptospirose no Brasil. Tais ocorrências foram fruto das inundações, falta de higiene, de coleta adequada de lixo e de planejamento urbano. Pergunte se as imagens também são observadas nos dias atuais em sua localidade ou em sua região. Caso não aconteça ou não seja frequente tal fenômeno, pergunte se eles já observaram na mídia fatos sobre enchentes.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: As imagens apresentadas nos slides são de uma inundação ocorrida na costa da Alemanha, Holanda e parte da Escandinávia em 25 de dezembro de 1717 e de uma inundação ocorrida em 1914 em Fredericia, na Dinamarca. Projete ou mostre as imagens para os alunos e comente que eventos de cheias e inundações ocorrem ocorrem com certa frequência. Ainda que muitos anos se passem sem que uma localidade próxima a um curso d’água seja afetada por eventos de cheias, os mesmos podem voltar a ocorrer ao longo do tempo. Esta é uma das razões pelas quais deve-se planejar o crescimento das cidades e monitorar a ocupação de áreas de risco. A impermeabilização do solo; a deposição de lixo em locais inapropriados, levando-os a se tornarem obstáculos para os canais de escoamento das águas; e o assoreamento dos cursos d’água, que reduzem os leitos dos rios, são fatores relevantes para a ocorrência de inundações. Destaque que foi na Europa que ocorreu a Peste Negra, oriunda da urina do rato, tal como a leptospirose no Brasil. Tais ocorrências foram fruto das inundações, falta de higiene, de coleta adequada de lixo e de planejamento urbano. Pergunte se as imagens também são observadas nos dias atuais em sua localidade ou em sua região. Caso não aconteça ou não seja frequente tal fenômeno, pergunte se eles já observaram na mídia fatos sobre enchentes.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Fonte: Querência hoje. Disponível em: https://querenciahoje.wordpress.com/2008/11/. Acesso em: 06 de dezembro de 2018.

Fonte: UER. Disponível em: http://www.eng.uerj.br/noticias/1295839633. Acesso em 17 de dezembro de 2018.

Fonte: G1 Globo. Disponível em: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1015263-5605,00-MORADORES+USAM+BARCO+EM+ALAGAMENTO+NA+AVENIDA+ARICANDUVA.html. Acesso em: 03 de dezembro de 2018. Acesso em: 03 de dezembro de 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos.

Orientações: Divida a turma em duplas e, em seguida, apresente as orientações para a análise comparativa das imagens.

Você pode escrever no quadro ou imprimir o arquivo do link a seguir:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YUsMaxpQGhWgepdw4zD7j34ACgZHFeAdaAYkTyxPy35nacNkZyBK9V4xR3P7/geo6-10und02-acao-propositiva-atividade.pdf

Espera-se como resposta sobre as consequências das inundações são danos ambientais, danos econômicos, como interdição e perda de casas, perda de móveis, objetos, entre outros; danos humanos, como contaminação das águas, transmissão de doenças e até mesmo mortes por afogamento.

Oriente os alunos a fazerem anotações em seus cadernos, que serão necessárias para a realização da etapa seguinte.

Cuide para que todas as duplas finalizem a atividade conforme sugerida na orientação. Circule pela sala e acompanhe o trabalho. Tire dúvidas e retome as perguntas feitas na etapa anterior.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

A seguir, entregue as folhas de papel sulfite e demais materiais necessários para que os alunos façam um desenho.

Eles irão planejar a ocupação do solo da área da bacia hidrográfica de forma que as áreas destinadas à ocupação humana não contribuam para a ocorrência de inundações.

Para isso, imprima a imagem da bacia hidrográfica (documento disponível em materiais complementares), partindo do princípio que a área da bacia está totalmente vegetada e passará por um processo de ocupação, ou seja, será desmatada para ser ocupada. As áreas mais escuras correspondem às regiões mais altas.

Os alunos deverão indicar as áreas que devem ser preservadas (com vegetação nativa) e aquelas destinadas à ocupação humana, de modo que os efeitos das cheias decorrentes da expansão do aglomerado urbano sejam reduzidos. Para servir de subsídio, acesse a cartilha do Código Florestal no link http://www.ciflorestas.com.br/cartilha/APP-localizacao-e-limites_protecao-conservacao-dos-recursos-hidricos-dos-ecossistemas-aquaticos.html

Neste link há imagens das faixas marginais consideradas como Áreas de Preservação Permanente (APPs). Tais faixas variam conforme a largura dos cursos d’água. Dessa forma, é possível orientar os alunos sobre as áreas que devem ser preservadas e aquelas que podem ser ocupadas. É importante destacar que os topos de morro também são áreas de APPs. Portanto, não devem ser ocupadas. As normativas das faixas marginais de cursos d’água encontram se no Art. 4 do Capítulo II do Código Florestal, disponível no link: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.htm.

Lembre que o essencial é que eles cheguem ao fim desta atividade identificando o papel da sociedade na redução dos efeitos das inundações nas áreas urbanas.

Materiais complementares

Acesse a imagem para atividade no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h5faNRWD4NMB4k4fBaRGhuyXW8yBAwNjuGY4BkGXs8WmMWTyUamg4U7dJU9C/geo6-10und02-acao-propositiva-imagem.pdf

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Fonte: Agencia Brasil EBC. http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-02/dois-corregos-transbordam-em-sao-paulo-e-alagam-ruas-da-zona-leste-da-capital. Acesso em: 06 de dezembro de 2018.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre o plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF06GE10 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Esta habilidade diz respeito às diferentes formas de uso do solo (rotação de terras, terraceamento, aterros etc.) e de apropriação dos recursos hídricos (sistema de irrigação, tratamento e redes de distribuição), bem como suas vantagens e desvantagens em diferentes épocas e lugares. Nesta atividade o aluno deve compreender que o crescimento urbano e a conservação dos cursos d’água se relacionam; que o crescimento demográfico urbano é um fator relevante de pressão sobre os recursos hídricos, mas também reflete, muitas vezes, na ocorrência de desastres, como inundações.

Materiais necessários: 1 folha sulfite por dupla (deverá ser entregue pelo professor), lápis, borracha e lápis de cor.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Materiais complementares:

Atividade da ação propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YUsMaxpQGhWgepdw4zD7j34ACgZHFeAdaAYkTyxPy35nacNkZyBK9V4xR3P7/geo6-10und02-acao-propositiva-atividade.pdf

Imagem da ação propositiva

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h5faNRWD4NMB4k4fBaRGhuyXW8yBAwNjuGY4BkGXs8WmMWTyUamg4U7dJU9C/geo6-10und02-acao-propositiva-imagem.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Comente com os alunos que nesta aula eles vão observar as imagens e debater sobre os efeitos do crescimento urbano na ocorrência de inundações.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: As imagens apresentadas nos slides são de uma inundação ocorrida na costa da Alemanha, Holanda e parte da Escandinávia em 25 de dezembro de 1717 e de uma inundação ocorrida em 1914 em Fredericia, na Dinamarca. Projete ou mostre as imagens para os alunos e comente que eventos de cheias e inundações ocorrem ocorrem com certa frequência. Ainda que muitos anos se passem sem que uma localidade próxima a um curso d’água seja afetada por eventos de cheias, os mesmos podem voltar a ocorrer ao longo do tempo. Esta é uma das razões pelas quais deve-se planejar o crescimento das cidades e monitorar a ocupação de áreas de risco. A impermeabilização do solo; a deposição de lixo em locais inapropriados, levando-os a se tornarem obstáculos para os canais de escoamento das águas; e o assoreamento dos cursos d’água, que reduzem os leitos dos rios, são fatores relevantes para a ocorrência de inundações. Destaque que foi na Europa que ocorreu a Peste Negra, oriunda da urina do rato, tal como a leptospirose no Brasil. Tais ocorrências foram fruto das inundações, falta de higiene, de coleta adequada de lixo e de planejamento urbano. Pergunte se as imagens também são observadas nos dias atuais em sua localidade ou em sua região. Caso não aconteça ou não seja frequente tal fenômeno, pergunte se eles já observaram na mídia fatos sobre enchentes.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

Slide Plano Aula

Orientações: As imagens apresentadas nos slides são de uma inundação ocorrida na costa da Alemanha, Holanda e parte da Escandinávia em 25 de dezembro de 1717 e de uma inundação ocorrida em 1914 em Fredericia, na Dinamarca. Projete ou mostre as imagens para os alunos e comente que eventos de cheias e inundações ocorrem ocorrem com certa frequência. Ainda que muitos anos se passem sem que uma localidade próxima a um curso d’água seja afetada por eventos de cheias, os mesmos podem voltar a ocorrer ao longo do tempo. Esta é uma das razões pelas quais deve-se planejar o crescimento das cidades e monitorar a ocupação de áreas de risco. A impermeabilização do solo; a deposição de lixo em locais inapropriados, levando-os a se tornarem obstáculos para os canais de escoamento das águas; e o assoreamento dos cursos d’água, que reduzem os leitos dos rios, são fatores relevantes para a ocorrência de inundações. Destaque que foi na Europa que ocorreu a Peste Negra, oriunda da urina do rato, tal como a leptospirose no Brasil. Tais ocorrências foram fruto das inundações, falta de higiene, de coleta adequada de lixo e de planejamento urbano. Pergunte se as imagens também são observadas nos dias atuais em sua localidade ou em sua região. Caso não aconteça ou não seja frequente tal fenômeno, pergunte se eles já observaram na mídia fatos sobre enchentes.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Fonte: Querência hoje. Disponível em: https://querenciahoje.wordpress.com/2008/11/. Acesso em: 06 de dezembro de 2018.

Fonte: UER. Disponível em: http://www.eng.uerj.br/noticias/1295839633. Acesso em 17 de dezembro de 2018.

Fonte: G1 Globo. Disponível em: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1015263-5605,00-MORADORES+USAM+BARCO+EM+ALAGAMENTO+NA+AVENIDA+ARICANDUVA.html. Acesso em: 03 de dezembro de 2018. Acesso em: 03 de dezembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens para os alunos. Os slides apresentam registros da ocorrência de inundação e deslizamento de terra no município de Blumenau/SC, em 2008. Este foi o período de ocorrência de uma catástrofe que deixou vítimas fatais, prejuízos ambientais e econômicos. Ao fundo (Figura 1), observa-se o rio Itajaí-Açu, maior curso d’água da bacia do Rio Itajaí/SC. Por ser uma área urbanizada e em processo de expansão na periferia é de se esperar que áreas sejam desmatadas para dar lugar a novos empreendimentos. Assim, muitas partículas de solo são carregadas para os cursos d’água assoreando os rios e também causando problemas de saúde coletiva, pois os rejeitos depositados em locais impróprios também são levados pelas águas da chuva contaminando a água escoada. Além disso, deslizamentos de terra ocorreram no mesmo período, fruto da ocupação de áreas de risco (Figura 2).

Espera-se como resposta das causas prováveis da ocorrência de inundações: a impermeabilização do solo; existência de solo exposto que favorece o deslocamento das partículas e assoreamento de rios e lagos; deposição de lixo em locais impróprios, que criam obstáculos para a drenagem das águas da chuva, etc.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre as inundações em Santa Catarina, em 2008, e Rio de Janeiro, em 2011 em:

http://www.ceped.ufsc.br/2011-inundacoes-e-deslizamento-na-regiao-serrana-do-rio-de-janeiro/

http://www.ceped.ufsc.br/2008-deslizamentos-e-inundacoes-no-vale-do-itajai-em-santa-catarina/

- Assoreamento: é o acúmulo de sedimentos (areia, entulho, lixo, etc) no leito dos rios e demais cursos d’água, que interfere na topografia dos mesmos e nas áreas sujeitas a inundações.

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 15 minutos.

Orientações: Divida a turma em duplas e, em seguida, apresente as orientações para a análise comparativa das imagens.

Você pode escrever no quadro ou imprimir o arquivo do link a seguir:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/YUsMaxpQGhWgepdw4zD7j34ACgZHFeAdaAYkTyxPy35nacNkZyBK9V4xR3P7/geo6-10und02-acao-propositiva-atividade.pdf

Espera-se como resposta sobre as consequências das inundações são danos ambientais, danos econômicos, como interdição e perda de casas, perda de móveis, objetos, entre outros; danos humanos, como contaminação das águas, transmissão de doenças e até mesmo mortes por afogamento.

Oriente os alunos a fazerem anotações em seus cadernos, que serão necessárias para a realização da etapa seguinte.

Cuide para que todas as duplas finalizem a atividade conforme sugerida na orientação. Circule pela sala e acompanhe o trabalho. Tire dúvidas e retome as perguntas feitas na etapa anterior.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

A seguir, entregue as folhas de papel sulfite e demais materiais necessários para que os alunos façam um desenho.

Eles irão planejar a ocupação do solo da área da bacia hidrográfica de forma que as áreas destinadas à ocupação humana não contribuam para a ocorrência de inundações.

Para isso, imprima a imagem da bacia hidrográfica (documento disponível em materiais complementares), partindo do princípio que a área da bacia está totalmente vegetada e passará por um processo de ocupação, ou seja, será desmatada para ser ocupada. As áreas mais escuras correspondem às regiões mais altas.

Os alunos deverão indicar as áreas que devem ser preservadas (com vegetação nativa) e aquelas destinadas à ocupação humana, de modo que os efeitos das cheias decorrentes da expansão do aglomerado urbano sejam reduzidos. Para servir de subsídio, acesse a cartilha do Código Florestal no link http://www.ciflorestas.com.br/cartilha/APP-localizacao-e-limites_protecao-conservacao-dos-recursos-hidricos-dos-ecossistemas-aquaticos.html

Neste link há imagens das faixas marginais consideradas como Áreas de Preservação Permanente (APPs). Tais faixas variam conforme a largura dos cursos d’água. Dessa forma, é possível orientar os alunos sobre as áreas que devem ser preservadas e aquelas que podem ser ocupadas. É importante destacar que os topos de morro também são áreas de APPs. Portanto, não devem ser ocupadas. As normativas das faixas marginais de cursos d’água encontram se no Art. 4 do Capítulo II do Código Florestal, disponível no link: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.htm.

Lembre que o essencial é que eles cheguem ao fim desta atividade identificando o papel da sociedade na redução dos efeitos das inundações nas áreas urbanas.

Materiais complementares

Acesse a imagem para atividade no link:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/h5faNRWD4NMB4k4fBaRGhuyXW8yBAwNjuGY4BkGXs8WmMWTyUamg4U7dJU9C/geo6-10und02-acao-propositiva-imagem.pdf

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar imagens antigas e recentes de locais da sua cidade ou cidades próximas que tenham passado por eventos adversos como estes. As imagens podem ser obtidas acessando a internet, o Arquivo Público local ou, até mesmo, obtidas com pessoas da comunidade escolar.

Para você saber mais:

- Confira mais detalhes sobre o processo através da leitura do artigo intitulado HISTÓRICO DA EXPANSÃO URBANA E OCORRÊNCIA DE INUNDAÇÕES NA CIDADE DE CUIABÁ-MT. O artigo trata da expansão do perímetro urbano de forma desordenada e o incremento das inundações, tanto pela intensa impermeabilização como também pela retificação e canalização de córregos urbanos no município, situação que se verifica em diversas localidades do nosso país.

http://www.scielo.br/pdf/sn/v26n1/0103-1570-sn-26-1-0159.pdf

Fonte: Agencia Brasil EBC. http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-02/dois-corregos-transbordam-em-sao-paulo-e-alagam-ruas-da-zona-leste-da-capital. Acesso em: 06 de dezembro de 2018.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Unidade do 6º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06GE10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano