16336
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 7º ano > Formas de representação e pensamento espacial

Plano de aula - A importância da escala em mapas cartográficos

Plano de aula de Geografia com atividades para 7° ano do Fundamental sobre Promover a análise e reflexão do significado e função da escala cartográfica em mapas geográficos escolares

Plano 03 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Allan Fábio Veríssimo Pacheco

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Este plano de aula visa a desenvolver no aluno o entendimento do significado e função das escalas cartográficas nos mapas, contribuindo para uma leitura e interpretação mais aprofundada dos mapas cartográficos.

Materiais necessários: projetor, computador, papel pardo, lápis, borracha, régua, caneta e papel A4.

Para você saber mais:

A geografia, enquanto uma ciência humana, tem o espaço geográfico como seu objeto de estudo que, por sua vez, surge a partir da transformação do homem sobre o meio, da sociedade sobre a natureza. Neste contexto, os mapas adquirem grande importância ao representar espacialmente fenômenos e objetos (naturais e antrópicos) presentes no espaço geográfico. Para tanto, é necessário que os alunos saibam ler e interpretar adequadamente mapas cartográficos.

Ao se trabalhar com mapas nas aulas de geografia, a escala cartográfica talvez seja o ponto em que os alunos tenham maior dificuldade, pois requer um conhecimento matemático prévio, principalmente no que tange ao sistema métrico decimal. Porém, a utilização das escalas não precisa ser algo complicado, muito pelo contrário, poderá se transformar em um momento enriquecedor ao se analisar temas ou fenômenos em diferentes perspectivas espaciais.

Tradicionalmente, a escala cartográfica é vista como uma relação de proporção matemática entre o mapa e a área por ele representada, ou seja, ela realiza uma equivalência entre as distâncias e/ou dimensões presentes no mapa com a “área real” representada. Todavia, uma abordagem mais contemporânea da escala cartográfica considera as múltiplas possibilidades de interação e interpretação que a sua variação poderá promover, aprofundando e ampliando a análise espacial ao variar o grau de detalhamento e as dimensões da área representada, por exemplo, do local ao global.

A escala gráfica aparece no mapa na forma de uma linha reta, dividida em partes iguais. Ela é mais adequada para mapas escolares pois sofre as mesmas modificações (redução ou ampliação) sofridas pelo mapa. A escala numérica, por sua vez, aparece na forma de fração, onde um centímetro no mapa equivale a uma determinada distância também em centímetros da área real representada. Ex.: 1: 5.000 (lê-se um para cinco mil), ou seja, 1 cm no mapa equivale a 5 mil cm da área real representada.

Vale aqui ressaltar, que quanto maior o número de detalhes observados em um mapa, maior será a sua escala. Desta forma, uma planta baixa de uma casa terá uma escala maior que um planisfério. Escalas com o denominador muito elevado (1:500.000; 1:1.000.000; 1:5.000.000) são consideradas pequenas. A s escalas médias possuem denominador entre 1:25.000 e 1: 250.000. Por fim, as escalas grandes possuem um denominador abaixo de 1:25.000.

Material complementar:

Imagens usadas na contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/XYPuKnqVuK3xB662nbmNFjnydb4AuqmzhPzzSEvQybC8fpVNefpqg5PcxqjD/ge07-09un3-contextualizacao.pdf

Imagens da problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tRUDKkz56aCtBvEdbSPrRenCyQSyuzH4CJvuetG6kGFPFHADbgTsZcw7h85C/ge07-09un3-problematizacao.pdf

Imagens da ação propositiva:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S3DbDxKt5z9YQg9JC4wMh574dj6Ef3XthQ52xBaw843GwKMvkttf5vshpJJF/ge07-09un3-acao-propositiva.pdf

Links para os mapas:

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e fácil, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as as possíveis conversões, ou seja, devem saber transformar um determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Sugestões de pesquisa:

Noções cartográficas para base operacional geográfica. IBGE. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81663_v2.pdf >. Acesso em 01 dez. 2018.

PENA, Rodolfo F. Alves. "Escala Cartográfica"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/escalas.htm >. Acesso em 03 dez. de 2018.

MENDONÇA, Cláudio. Escala cartográfica: como interpretar reduções em escala. Uol. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/escala-cartografica-como-interpretar-reducoes-em-mapas.htm> Acesso em 03 dez. 2018.

Pissinati, M. C.; ARCHELA, R. S. Fundamentos da alfabetização cartográfica no ensino de geografia. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/GEOGRAFIA/Artigos/art_cartografia_geo.pdf> Acesso em 10 dez. 2018.

JACONIANO, E.; SALVADOR, T. Unidades de medida. Disponível em: <http://educacao.globo.com/matematica/assunto/matematica-basica/sistemas-de-unidades-de-medidas.html> Acesso em 12 dez. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Este plano de aula tem como objetivo desenvolver a compreensão do significado e função da escala em mapas cartográficos. Ele se inicia com uma contextualização da função da escala a partir da análise de diferentes imagens do Google Earth. Depois disso, como problematização, ele promove uma comparação entre mapas de diferentes escalas e entre a escala gráfica e a numérica. Como ação propositiva, ele desafia o aluno a elaborar um mapa da sua sala de aula, tendo uma escala padrão como base. Por fim, este plano termina incentivando uma construção coletiva e colaborativa do conceito de escala e sua importância nos mapas cartográficos.

Para iniciar a aula, solicite que seus alunos se organizem em grupos de até 4 pessoas. Projete as imagens e mapas presentes nos próximos slides. Certifique-se de que cada grupo tenha em mãos os materiais que serão utilizados para esta aula: caneta, lápis, borracha, régua, e papel A4.

Você poderá projetar o Google Earth diretamente no quadro. Inicie com a projeção do planeta e vá aproximando até o ponto em que a escola esteja visível. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula, imprimí-las e distribuí-las a cada grupo de alunos.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir os mapas utilizados neste plano por outros que contemplem o bairro, município e estado onde a escola está localizada. A utilização de mapas em escalas diferentes é fundamental para que o aluno entenda o papel da escala nos mapas.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: este é o momento de incitar a dúvida no aluno. Inicie propondo esta associação entre o ato de dar mais ou menos zoom na câmera do celular, para melhor enquadrar um objeto pessoa ou lugar, ao aumento ou diminuição da escala de um mapa como forma de melhor representar um determinado fenômeno. Estimule a reflexão dos seus alunos mas sem oferecer as respostas. Então, inicie com as projeções e solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas nas imagens e quais transformações estão ocorrendo entre elas.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir os mapas utilizados neste plano por outros que contemplem o bairro, município e estado onde a escola está localizada. A utilização de mapas em escalas diferentes é fundamental para que o aluno entenda o papel da escala nos mapas cartográficos.

Material complementar:

Imagens usadas na contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/XYPuKnqVuK3xB662nbmNFjnydb4AuqmzhPzzSEvQybC8fpVNefpqg5PcxqjD/ge07-09un3-contextualizacao.pdf

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você ainda poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você ainda poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Ao final desta etapa, os alunos terão percebido que houve um “zoom” entre uma imagem e outra nos slides, saindo da escala planetária até chegar na esplanada dos ministérios, em Brasília, e que, apesar da redução da área projetada ao longo desta sucessão das imagens, houve um aumento significativo de detalhes visíveis entre elas. A partir de agora, você deverá falar em escala cartográfica e que, assim como as imagens utilizadas nesta etapa, os mapas também são capazes de oferecer um maior ou menor grau de detalhamento, basta que se altere a escala utilizada por eles.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Solicite aos alunos que informem quais são as principais diferenças existentes entre os mapas deste slide. Pergunte qual mapa deste slide possui o maior “zoom”. Informe que o mapa que possui o maior zoom na verdade é aquele que possui uma maior escala. Esclareça que é o grau de detalhamento do mapa que dirá quem tem uma maior ou menor escala, ou seja, quanto maior o “zoom” do mapa maior será a sua escala, visto que possuirá uma maior quantidade de detalhes visíveis. Dito isto, peça que identifiquem qual deles possui a maior escala.

Feita esta abordagem inicial, você agora poderá analisar as escalas utilizadas por ambos os mapas. Solicite a turma que observe e diga quais informações estão contidas nas escalas de ambos os mapas.

Informe que o mapa do Brasil foi elaborado com escala onde 1 cm equivale a 250 km enquanto no mapa de Tocantins 1 cm equivale a 40 km. Desenhe essas escalas gráficas no quadro. Esclareça que, por mostrar uma área maior, 1 cm no mapa do Brasil equivalerá a uma distância maior que a do mapa de tocantins.

Como adequar à sua realidade: As imagens e mapas utilizadas neste plano de aula poderão ser substituídos por mapas existentes na escola, atlas ou no livro didático do aluno, desde de que permita a comparação entre um mapa feito em escala menor (mapa mundi, mapa do Brasil ou mapa regional) com um outro de maior escala que represente o estado ou município onde se localiza a escola.

Material complementar: Imagens e mapas da problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tRUDKkz56aCtBvEdbSPrRenCyQSyuzH4CJvuetG6kGFPFHADbgTsZcw7h85C/ge07-09un3-problematizacao.pdf

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e objetiva, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as conversões, ou seja, devem saber transformar um determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: analise, junto com os alunos, os dados da tabela e fluxograma. Informe que existem dois tipos de escalas (gráfica e a numérica) utilizadas em mapas cartográficos. Se necessário, utilize o sistema métrico decimal (slide 14) e peça que transformem 40 km em cm e 4.000.000 cm em km. Deixe que percebam que, ao final, as duas escalas presentes na tabela chegam no mesmo lugar.

Como adequar à sua realidade: você poderá utilizar mapas do município onde a escola está localizada e comparar com o mapa de seu estado. Compare os mapas e as suas escalas.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: escolha um aluno(a) da turma, de preferência de baixa estatura, e o(a) oriente a se deitar sobre uma folha de papel pardo. Certifique-se que esta pessoa esteja vestida adequadamente para a atividade. Peça que toda a turma preste atenção no que você estará fazendo. Com um giz de cera, hidrocor ou piloto preto, contorne este aluno(a) da forma mais precisa possível. Depois cole este desenho no quadro para promover uma reflexão com a turma.

Problematize a atividade. Você poderá realizar as seguintes perguntas para a turma:

  • Qual é a relação entre o desenho e a pessoa que foi contornada?
  • Houve um “zoom” ao realizar este desenho?
  • Um centímetro do desenho equivale a quantos centímetros do aluno desenhado?

Deixe os alunos refletirem sobre isso. Feito isso, informe que, por se tratar de um desenho em tamanho real, 1 cm deste equivale a 1 cm da pessoa desenhada, por isso, a escala utilizada foi de 1:1 ou 1/1, ou seja, não houve redução.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir esta atividade solicitando que um aluno de cada grupo contorne uma das mãos, pés ou um objeto qualquer (livro, caneta, borracha, etc.).

Imagens da ação propositiva: As imagens e tabela utilizadas nesta etapa do plano estão contidas no link abaixo, podendo ser impressas e distribuídas a cada grupo.

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S3DbDxKt5z9YQg9JC4wMh574dj6Ef3XthQ52xBaw843GwKMvkttf5vshpJJF/ge07-09un3-acao-propositiva.pdf

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e fácil, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as as possíveis conversões, ou seja, devem saber transformar uma determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: solicite que os alunos desenhem um mapa da sala de aula seguindo as medidas contidas no exemplo. Se necessário, aproveite este momento para trabalhar com o sistema métrico decimal, convertendo algumas medidas: de metros para centímetros (e vice e versa); de quilômetros para metros, etc.

Como adequar à sua realidade: você poderá desenhar a sua sala de aula na lousa. Faça uma rápida medida, na frente da turma, utilizando passos largos onde, cada passo equivale a um metro. Após desenhar a sala na lousa e pôr medidas reais aproximadas, solicite aos alunos façam o mapa da sala utilizando a escala 1:25.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: a imagem do slide anterior se repete, assim como as orientações. A tabela com o sistema métrico decimal auxiliará os alunos a realizar a atividade. Oriente que, na escala proposta, 1 cm no mapa equivale a 25 cm da área real, isto significa que a sala de aula será reduzida 25 vezes. Com estes dados em mãos, os alunos deverão calcular quantos centímetros serão necessários para criar o mapa da sala de acordo com a escala indicada.

Você poderá construir um outro caminho para que os alunos realizem esta atividade. Coloque a fórmula no quadro E= d/D. Dividindo o numerador pelo denominador (1/25) chegamos ao seguinte resultado: 0,04 (metros). Multiplicando 0,04 por 5 e por 6, teremos como resultado 0,2 e 0,24 metros, respectivamente. Transformando essas medidas em centímetros e teremos 20 cm e 24 cm, que serão as medidas que o mapa deverá ter, de acordo com essa escala.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: deixe cada grupo responsável por refletir e responder uma das questões contidas no slide. Estipule um tempo de dois minutos para isto. Então, solicite que cada grupo exponha para a turma a questão que lhe foi atribuída. Neste momento é esperado que o aluno entenda a função da escala no mapa, ou seja, a maneira como o mapa e a sua área real representada estão relacionados.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF07GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Este plano de aula visa a desenvolver no aluno o entendimento do significado e função das escalas cartográficas nos mapas, contribuindo para uma leitura e interpretação mais aprofundada dos mapas cartográficos.

Materiais necessários: projetor, computador, papel pardo, lápis, borracha, régua, caneta e papel A4.

Para você saber mais:

A geografia, enquanto uma ciência humana, tem o espaço geográfico como seu objeto de estudo que, por sua vez, surge a partir da transformação do homem sobre o meio, da sociedade sobre a natureza. Neste contexto, os mapas adquirem grande importância ao representar espacialmente fenômenos e objetos (naturais e antrópicos) presentes no espaço geográfico. Para tanto, é necessário que os alunos saibam ler e interpretar adequadamente mapas cartográficos.

Ao se trabalhar com mapas nas aulas de geografia, a escala cartográfica talvez seja o ponto em que os alunos tenham maior dificuldade, pois requer um conhecimento matemático prévio, principalmente no que tange ao sistema métrico decimal. Porém, a utilização das escalas não precisa ser algo complicado, muito pelo contrário, poderá se transformar em um momento enriquecedor ao se analisar temas ou fenômenos em diferentes perspectivas espaciais.

Tradicionalmente, a escala cartográfica é vista como uma relação de proporção matemática entre o mapa e a área por ele representada, ou seja, ela realiza uma equivalência entre as distâncias e/ou dimensões presentes no mapa com a “área real” representada. Todavia, uma abordagem mais contemporânea da escala cartográfica considera as múltiplas possibilidades de interação e interpretação que a sua variação poderá promover, aprofundando e ampliando a análise espacial ao variar o grau de detalhamento e as dimensões da área representada, por exemplo, do local ao global.

A escala gráfica aparece no mapa na forma de uma linha reta, dividida em partes iguais. Ela é mais adequada para mapas escolares pois sofre as mesmas modificações (redução ou ampliação) sofridas pelo mapa. A escala numérica, por sua vez, aparece na forma de fração, onde um centímetro no mapa equivale a uma determinada distância também em centímetros da área real representada. Ex.: 1: 5.000 (lê-se um para cinco mil), ou seja, 1 cm no mapa equivale a 5 mil cm da área real representada.

Vale aqui ressaltar, que quanto maior o número de detalhes observados em um mapa, maior será a sua escala. Desta forma, uma planta baixa de uma casa terá uma escala maior que um planisfério. Escalas com o denominador muito elevado (1:500.000; 1:1.000.000; 1:5.000.000) são consideradas pequenas. A s escalas médias possuem denominador entre 1:25.000 e 1: 250.000. Por fim, as escalas grandes possuem um denominador abaixo de 1:25.000.

Material complementar:

Imagens usadas na contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/XYPuKnqVuK3xB662nbmNFjnydb4AuqmzhPzzSEvQybC8fpVNefpqg5PcxqjD/ge07-09un3-contextualizacao.pdf

Imagens da problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tRUDKkz56aCtBvEdbSPrRenCyQSyuzH4CJvuetG6kGFPFHADbgTsZcw7h85C/ge07-09un3-problematizacao.pdf

Imagens da ação propositiva:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S3DbDxKt5z9YQg9JC4wMh574dj6Ef3XthQ52xBaw843GwKMvkttf5vshpJJF/ge07-09un3-acao-propositiva.pdf

Links para os mapas:

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e fácil, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as as possíveis conversões, ou seja, devem saber transformar um determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Sugestões de pesquisa:

Noções cartográficas para base operacional geográfica. IBGE. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81663_v2.pdf >. Acesso em 01 dez. 2018.

PENA, Rodolfo F. Alves. "Escala Cartográfica"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/escalas.htm >. Acesso em 03 dez. de 2018.

MENDONÇA, Cláudio. Escala cartográfica: como interpretar reduções em escala. Uol. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/escala-cartografica-como-interpretar-reducoes-em-mapas.htm> Acesso em 03 dez. 2018.

Pissinati, M. C.; ARCHELA, R. S. Fundamentos da alfabetização cartográfica no ensino de geografia. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/GEOGRAFIA/Artigos/art_cartografia_geo.pdf> Acesso em 10 dez. 2018.

JACONIANO, E.; SALVADOR, T. Unidades de medida. Disponível em: <http://educacao.globo.com/matematica/assunto/matematica-basica/sistemas-de-unidades-de-medidas.html> Acesso em 12 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Este plano de aula tem como objetivo desenvolver a compreensão do significado e função da escala em mapas cartográficos. Ele se inicia com uma contextualização da função da escala a partir da análise de diferentes imagens do Google Earth. Depois disso, como problematização, ele promove uma comparação entre mapas de diferentes escalas e entre a escala gráfica e a numérica. Como ação propositiva, ele desafia o aluno a elaborar um mapa da sua sala de aula, tendo uma escala padrão como base. Por fim, este plano termina incentivando uma construção coletiva e colaborativa do conceito de escala e sua importância nos mapas cartográficos.

Para iniciar a aula, solicite que seus alunos se organizem em grupos de até 4 pessoas. Projete as imagens e mapas presentes nos próximos slides. Certifique-se de que cada grupo tenha em mãos os materiais que serão utilizados para esta aula: caneta, lápis, borracha, régua, e papel A4.

Você poderá projetar o Google Earth diretamente no quadro. Inicie com a projeção do planeta e vá aproximando até o ponto em que a escola esteja visível. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula, imprimí-las e distribuí-las a cada grupo de alunos.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir os mapas utilizados neste plano por outros que contemplem o bairro, município e estado onde a escola está localizada. A utilização de mapas em escalas diferentes é fundamental para que o aluno entenda o papel da escala nos mapas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: este é o momento de incitar a dúvida no aluno. Inicie propondo esta associação entre o ato de dar mais ou menos zoom na câmera do celular, para melhor enquadrar um objeto pessoa ou lugar, ao aumento ou diminuição da escala de um mapa como forma de melhor representar um determinado fenômeno. Estimule a reflexão dos seus alunos mas sem oferecer as respostas. Então, inicie com as projeções e solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas nas imagens e quais transformações estão ocorrendo entre elas.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir os mapas utilizados neste plano por outros que contemplem o bairro, município e estado onde a escola está localizada. A utilização de mapas em escalas diferentes é fundamental para que o aluno entenda o papel da escala nos mapas cartográficos.

Material complementar:

Imagens usadas na contextualização: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/XYPuKnqVuK3xB662nbmNFjnydb4AuqmzhPzzSEvQybC8fpVNefpqg5PcxqjD/ge07-09un3-contextualizacao.pdf

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você ainda poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você ainda poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Projete as imagens contidas ao longo desta etapa aos grupos. Solicite aos alunos que digam quais informações estão contidas em cada imagem e quais transformações estão ocorrendo entre elas. Você também poderá projetar o Google Earth no quadro, iniciando com a escala planetária e ir aproximando até o ponto em que a escola esteja visível, seguindo o mesmo raciocínio proposto ao longo dos slides. Você também poderá baixar as imagens e mapas utilizadas neste plano de aula e distribuir a cada grupo de alunos.

Slide Plano Aula

Orientações: Ao final desta etapa, os alunos terão percebido que houve um “zoom” entre uma imagem e outra nos slides, saindo da escala planetária até chegar na esplanada dos ministérios, em Brasília, e que, apesar da redução da área projetada ao longo desta sucessão das imagens, houve um aumento significativo de detalhes visíveis entre elas. A partir de agora, você deverá falar em escala cartográfica e que, assim como as imagens utilizadas nesta etapa, os mapas também são capazes de oferecer um maior ou menor grau de detalhamento, basta que se altere a escala utilizada por eles.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Solicite aos alunos que informem quais são as principais diferenças existentes entre os mapas deste slide. Pergunte qual mapa deste slide possui o maior “zoom”. Informe que o mapa que possui o maior zoom na verdade é aquele que possui uma maior escala. Esclareça que é o grau de detalhamento do mapa que dirá quem tem uma maior ou menor escala, ou seja, quanto maior o “zoom” do mapa maior será a sua escala, visto que possuirá uma maior quantidade de detalhes visíveis. Dito isto, peça que identifiquem qual deles possui a maior escala.

Feita esta abordagem inicial, você agora poderá analisar as escalas utilizadas por ambos os mapas. Solicite a turma que observe e diga quais informações estão contidas nas escalas de ambos os mapas.

Informe que o mapa do Brasil foi elaborado com escala onde 1 cm equivale a 250 km enquanto no mapa de Tocantins 1 cm equivale a 40 km. Desenhe essas escalas gráficas no quadro. Esclareça que, por mostrar uma área maior, 1 cm no mapa do Brasil equivalerá a uma distância maior que a do mapa de tocantins.

Como adequar à sua realidade: As imagens e mapas utilizadas neste plano de aula poderão ser substituídos por mapas existentes na escola, atlas ou no livro didático do aluno, desde de que permita a comparação entre um mapa feito em escala menor (mapa mundi, mapa do Brasil ou mapa regional) com um outro de maior escala que represente o estado ou município onde se localiza a escola.

Material complementar: Imagens e mapas da problematização:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/tRUDKkz56aCtBvEdbSPrRenCyQSyuzH4CJvuetG6kGFPFHADbgTsZcw7h85C/ge07-09un3-problematizacao.pdf

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e objetiva, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as conversões, ou seja, devem saber transformar um determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Slide Plano Aula

Orientações: analise, junto com os alunos, os dados da tabela e fluxograma. Informe que existem dois tipos de escalas (gráfica e a numérica) utilizadas em mapas cartográficos. Se necessário, utilize o sistema métrico decimal (slide 14) e peça que transformem 40 km em cm e 4.000.000 cm em km. Deixe que percebam que, ao final, as duas escalas presentes na tabela chegam no mesmo lugar.

Como adequar à sua realidade: você poderá utilizar mapas do município onde a escola está localizada e comparar com o mapa de seu estado. Compare os mapas e as suas escalas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: escolha um aluno(a) da turma, de preferência de baixa estatura, e o(a) oriente a se deitar sobre uma folha de papel pardo. Certifique-se que esta pessoa esteja vestida adequadamente para a atividade. Peça que toda a turma preste atenção no que você estará fazendo. Com um giz de cera, hidrocor ou piloto preto, contorne este aluno(a) da forma mais precisa possível. Depois cole este desenho no quadro para promover uma reflexão com a turma.

Problematize a atividade. Você poderá realizar as seguintes perguntas para a turma:

  • Qual é a relação entre o desenho e a pessoa que foi contornada?
  • Houve um “zoom” ao realizar este desenho?
  • Um centímetro do desenho equivale a quantos centímetros do aluno desenhado?

Deixe os alunos refletirem sobre isso. Feito isso, informe que, por se tratar de um desenho em tamanho real, 1 cm deste equivale a 1 cm da pessoa desenhada, por isso, a escala utilizada foi de 1:1 ou 1/1, ou seja, não houve redução.

Como adequar à sua realidade: você poderá substituir esta atividade solicitando que um aluno de cada grupo contorne uma das mãos, pés ou um objeto qualquer (livro, caneta, borracha, etc.).

Imagens da ação propositiva: As imagens e tabela utilizadas nesta etapa do plano estão contidas no link abaixo, podendo ser impressas e distribuídas a cada grupo.

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/S3DbDxKt5z9YQg9JC4wMh574dj6Ef3XthQ52xBaw843GwKMvkttf5vshpJJF/ge07-09un3-acao-propositiva.pdf

Contextos prévios: para tornar a aprendizagem da escala cartográfica mais rápida e fácil, os alunos deverão estar familiarizados com o sistema métrico decimal e com as as possíveis conversões, ou seja, devem saber transformar uma determinada medida em km para m, em m para cm, de km para cm; etc.

Slide Plano Aula

Orientações: solicite que os alunos desenhem um mapa da sala de aula seguindo as medidas contidas no exemplo. Se necessário, aproveite este momento para trabalhar com o sistema métrico decimal, convertendo algumas medidas: de metros para centímetros (e vice e versa); de quilômetros para metros, etc.

Como adequar à sua realidade: você poderá desenhar a sua sala de aula na lousa. Faça uma rápida medida, na frente da turma, utilizando passos largos onde, cada passo equivale a um metro. Após desenhar a sala na lousa e pôr medidas reais aproximadas, solicite aos alunos façam o mapa da sala utilizando a escala 1:25.

Slide Plano Aula

Orientações: a imagem do slide anterior se repete, assim como as orientações. A tabela com o sistema métrico decimal auxiliará os alunos a realizar a atividade. Oriente que, na escala proposta, 1 cm no mapa equivale a 25 cm da área real, isto significa que a sala de aula será reduzida 25 vezes. Com estes dados em mãos, os alunos deverão calcular quantos centímetros serão necessários para criar o mapa da sala de acordo com a escala indicada.

Você poderá construir um outro caminho para que os alunos realizem esta atividade. Coloque a fórmula no quadro E= d/D. Dividindo o numerador pelo denominador (1/25) chegamos ao seguinte resultado: 0,04 (metros). Multiplicando 0,04 por 5 e por 6, teremos como resultado 0,2 e 0,24 metros, respectivamente. Transformando essas medidas em centímetros e teremos 20 cm e 24 cm, que serão as medidas que o mapa deverá ter, de acordo com essa escala.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: deixe cada grupo responsável por refletir e responder uma das questões contidas no slide. Estipule um tempo de dois minutos para isto. Então, solicite que cada grupo exponha para a turma a questão que lhe foi atribuída. Neste momento é esperado que o aluno entenda a função da escala no mapa, ou seja, a maneira como o mapa e a sua área real representada estão relacionados.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Formas de representação e pensamento espacial do 7º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07GE09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano