16331
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 6º ano > O sujeito e seu lugar no mundo

Plano de aula - Temporalidade e Usos dos lugares

Plano de aula de Geografia com atividades para 6º ano do Fundamental sobre interpretar as mudanças de diferentes lugares e seus usos, em diferentes tempos através da análise de fotos antigas, comparando-as com as mudanças do lugar de vivência do aluno.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maria Catarina Donzelli Pereira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF06GE01) de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

A habilidade EF06GE07 pode ser relacionada a esta aula e ser explorada nas aulas em que se discutir as transformações das paisagens naturais e antrópicas.

Para trabalhar essa habilidade, faremos uso de imagens para interpretar os diferentes usos dos lugares em diferentes épocas e comparar as mudanças ocorridas com as mudanças dos lugares de vivência dos alunos.

Aplicamos a coleta (das fotos), análise, registro e publicação de resultados das atividades em um jornal mural, como técnicas de estudo e divulgação de conhecimento. Serão abordadas as mudanças nos usos do lugar onde está o Porto do Rio, no Rio de Janeiro que ocorreram ao longo do tempo e durante o avanço da urbanização e modernização da sociedade carioca. Depois, os alunos deverão aplicar esse conhecimento na interpretação da paisagem de lugares que eles frequentam (o exemplo utilizado aqui é Presidente Prudente, em São Paulo) e que passaram por reformas e revitalizações há pouco tempo.

Materiais necessários: Metade de uma folha de sulfite por dupla, lápis preto, régua e borracha.

Cópias das imagens apresentadas nos slides e das atividades propostas.

Projetor, pendrive.

Um Jornal mural disponível ou preparado por você com antecedência.

Para você saber mais:O conceito de lugar está ligado à ideia de significação, de afeto e percepção do sujeito, do fenômeno das dinâmicas do espaço geográfico. Baseado nisso, mudanças na arquitetura de praças e espaços de lazer têm sido pensados no sentido de adaptar esses locais à compreensão e percepção das pessoas à ideia que elas tenham de como deve ser seu lugar” (Rodolfo F. Alves Pena).

1 - Confira mais detalhes sobre o conceito de lugar no texto O conceito de lugar para a Geografia, de Rodolfo F. Alves Pena. Disponível em: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/o-conceito-lugar-para-geografia.htm. Acesso em 16 de novembro de 2018.

2 - Para saber mais sobre os lugares de preferência da população de Presidente Prudente (SP):

Material complementar: Atividade da Ação Propositiva - Tabela para análise das mudanças do lugar onde você vive. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6evyxzvGVAwX9ACvp5vVrVXdb4nnabaEbVg9hsV6RR6dak5FQg5auJctAWC/geo6-1und01-atividade-de-sistematizacao.pdf

Fontes das Imagens:

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma que nessa aula eles irão interpretar mudanças na paisagem dos lugares, identificando seus usos ao longo do tempo através da análise de fotos antigas e atuais de diversos lugares, inclusive do lugar onde vivem. Depois, deverão levantar hipóteses sobre essas mudanças e propor novas adequações ou novos usos para esses lugares. Os estudantes deverão anotar essas informações numa tabela e compartilhar num jornal mural.

Para você saber mais:

-Sobre como usar imagens para ensinar Geografia:

Análise da paisagem local através da leitura de imagens. In: Cadernos PDE, Os desafios da escola pública na perspectiva do professor - PDE: Produções didático-pedagógicas, Pontal do Paraná-PR, vol. II: Secretaria do Estado da Educação, 2013 de Maria Joana Franco Andrade. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_ufpr_geo_pdp_maria_joana_franco_andrade.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Contextos prévios: Para esta aula acontecer, é necessário que os alunos já dominem os conceitos de paisagem, lugar e espaço geográfico.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações: As imagens de 1 e 2 apresentadas no slide são do Porto do Rio de Janeiro, nos anos 1608 e 1710, quando o núcleo urbano ainda era embrionário. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar.

Pergunte se acham que as duas imagens representam o mesmo lugar. Se sim, pergunte quais mudanças, em termos de usos desse lugar, eles notaram. Se não, peça que falem o porquê. É provável que notem o aumento de construções e o aparecimento do trânsito de barcos menores indicando o início da atividade portuária, na imagem 2.

Como adequar à sua realidade: Junte pares de fotografias de diferentes lugares do planeta e determinados lugares conhecidos pelos alunos de algumas décadas anteriores e atuais. Elas podem estar em repositórios tradicionais de preservação da memória coletiva, com moradores antigos, fotógrafos ou ainda, em revistas, jornais ou peças de propaganda (folhinhas, calendários, rótulos, etc) e internet. Essas imagens devem oferecer referenciais para os alunos, em escalas local, estadual ou nacional, partindo do geral, para depois chegar ao seu lugar de vivência.

Pode-se também usar outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas a que você tiver acesso, em livros didáticos, internet etc. O importante é que tragam um sentido de referencial para o aluno. Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Para você saber mais:

Sobre a história da urbanização do Rio de Janeiro acesse o documento: O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca, disponível em: http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Fonte imagens 1 e 2 : O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca. Verena Andreatta; Maria Pace Chiavari; Helena Rego - SMU/Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Disponível em http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: As imagens de 3 e 4 apresentadas no slide são do Porto do Rio de Janeiro, nos anos 1817 e 2002, quando a cidade deu um grande salto urbanístico, de urbanização e modernidade. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar.

Pergunte se acham que as duas imagens representam o mesmo lugar. Se sim, pergunte quais mudanças, em termos de usos desse lugar, eles notaram. Se não, peça que falem o porquê. É provável que notem o crescimento da cidade, o surgimento de novas construções e adequações à atividade portuária e o aparecimento de outras funções mais complexas e outras características de uma grande metrópole. Aqui a percepção de mudança é bem clara e reforça os objetivos de aprendizagem para essa aula e das habilidades em destaque.

Como adequar à sua realidade: Mais uma vez, você pode explorar recursos da sua cidade, estado ou região, em livros didáticos, internet etc., que ofereçam imagens referenciais para os alunos, em escalas estadual ou nacional. O importante é que ampliem o conhecimento a respeito de lugares e seus usos de forma mais ampla, ou geral, e depois chegar ao seu lugar de vivência. Essas imagens devem oferecer referenciais para os alunos.

Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fonte das imagens 3 e 4: O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca. Verena Andreatta; Maria Pace Chiavari; Helena Rego - SMU/Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Disponível em http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Essa é uma fotografia aérea da cidade de Presidente Prudente, no extremo Oeste paulista. Pergunte sobre as diferenças de usos dessa paisagem em relação às da última foto do Porto do Rio. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar. Essa percepção é um bom gancho para passar à próxima etapa.

Como adequar à sua realidade: Você pode consultar repositórios da sua cidade, estado ou região, que ofereçam imagens referenciais para os alunos, em escalas estadual ou nacional. O importante é que ampliem seu conhecimento a respeito de lugares e seus usos de forma mais ampla, ou geral, e depois chegar ao seu lugar de vivência. Pode também usar outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas a que você tiver acesso, desde que tragam esse sentido didático. ou em livros didáticos. Ou em livros didático e internet.Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Para você saber mais: Sobre Presidente Prudente. Nossa Cidade, Prefeitura Municipal de Presidente Prudente - SP, disponívem em http://www.presidenteprudente.sp.gov.br/site/index.xhtml

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Fonte da imagem 5 - Vista Aérea de Presidente Prudente. Prefeitura Municipal de Presidente Prudente[/caption]. Disponível em http://www.causp.gov.br/?s=presidente+prudente&x=0&y=0

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos.

Orientações: Na sequência de imagens nos próximos 3 slides, vê-se a cidade de Presidente Prudente, no extremo Oeste do Estado de São Paulo. Essa é a Praça 9 de Julho, no centro histórico da cidade. Pergunte aos alunos quais mudanças eles notam na paisagem. Pergunte se houve mudança no uso desse lugar. Faça-os levantar hipóteses dos sobre os processos que levaram às transformações do lugar retratado . Caso eles não tenham ideias, pergunte, por exemplo, se é possível afirmar que a população aumentou, se o lugar ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, se mudou os materiais usados nas construções, a vegetação ou se os meios de transporte mudaram.

Como adequar à sua realidade:

Você pode providenciar outras imagens da sua região. Não tem problema se a quantidade de fotos for menor. Para a análise de transformações da paisagem, é importante que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens de um lugar. Outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas também podem ser utilizadas. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes das Imagens:

Imagem 6: Vista da Catedral - Década de 1930 - Presidente Prudente - SP: Autor desconhecido. Museu Histórico Municipal Prefeito Antonio Sandoval Netto.

Imagem 7: Catedral São Sebastião, no centro de Presidente Prudente - 2014. Foto: Reprodução/TV Fronteira. Disponível em http://redeglobo.globo.com/sp/tvfronteira/noticia/2014/01/materia-da-tv-fronteira-informa-o-que-abre-e-fecha-no-feriado-em-prudente.html Acesso em 13 de novembro de 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Nesse slide vemos as imagens do Centro Cultural matarazzo, que leva esse nome por ter sido uma das fábricas de algodão da família Matarazzo que ficou desativada por quase 4 décadas. Pergunte aos alunos quais mudanças eles notam na paisagem. Pergunte se houve no uso desse lugo. Faça-os levantar hipóteses dos sobre os processos que levaram às transformações do lugar retratado. Caso eles não tenham ideias, pergunte, por exemplo, se é possível afirmar que a população mudou o jeito de usar esse lugar, se ele ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, os materiais usados nas construções, a vegetação ou se os meios de transporte mudaram.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar outras imagens da sua região. Não tem problema se a quantidade de fotos for menor. Para a análise de transformações da paisagem, é preferível que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes:

imagem 8 - Antigas IRF Matarazzo - década de 1930. Museu Histórico Municipal Prefeito Antonio Sandoval Netto.

Imagem 9 - Centro Cultural Matarazzo. Foto: Nayara Fernandes. Revista Videre. Autores:Gisele Galindo Letícia Pinheiro Lucyanne Castro Nayara Fernandes, disponível http://tvfacopp.unoeste.br/tvfacopp/online/medias/arquivos/t532008-12-1919-33-21][REVISTA_VIDERE.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Nesse slide é possível explorar um caso de urbanização controverso que é o uso de córregos urbanos apenas para carrear esgoto. No caso retratado, o Córrego do Veado sofreu o enterramento e foi aproveitado, tempos depois, para o uso do lazer, prática de esportes e atividades ao livre. Pergunte aos alunos o que eles acham que ocorreu nesse lugar? Estimule-os a falarem, se é possível afirmar que a população mudou o jeito de usar essa paisagem, se o lugar ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, se os materiais usados nas construções e a vegetação mudaram. Se nenhum aluno notar, pergunte onde está o Córrego do Veado na segunda foto. Esta é uma mudança muito importante para o seu novo uso. O córrego era um problema para o uso desse espaço, mas, a solução foi boa?

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar outras imagens da sua região. Para a análise de transformações da paisagem, é importante que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens de um lugar. Outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas também podem ser utilizadas. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes:

Imagem 10 - Museu Histórico Municipal Antonio Sandoval Netto.

Imagem 11 - .Parque do Povo em Presidente Prudente. Autor: LTS LTS, Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_do_Povo_(Presidente_Prudente)#/media/File:Parque_do_Povo_Prudente.JPG

Acesso em: 16 de novembro de 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos.

Orientações: Divida a turma em duplas e em seguida, peça que escolham um lugar e seu par de imagens. Apresente as orientações para a análise comparativa das imagens, que estão disponíveis neste link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6evyxzvGVAwX9ACvp5vVrVXdb4nnabaEbVg9hsV6RR6dak5FQg5auJctAWC/geo6-1und01-atividade-de-sistematizacao.pdf

Na ausência de projetor de imagens, você pode imprimir ou escrever a tabela de análise no quadro.

Oriente os alunos a completarem a tabela de análise das mudanças do lugar escolhido. Essa tarefa será necessária para a realização da etapa seguinte.

Se necessário, relembre-os de que o conceito de lugar está ligado à ideia de significação, de afeto e percepção do sujeito do fenômeno das dinâmicas do espaço geográfico, seus usos e diversidades. O afeto e percepção são tão mais significativos quanto mais o sujeito usa esse lugar e estabelece laços com ele e pessoas que também o frequentam (amigos, parentes, namorados, etc).

Cuide para que todas as duplas finalizem a atividade conforme sugerida na orientação. Circule pela sala e acompanhe o trabalho. Tire dúvidas e retome as perguntas feitas durante as análises das imagens.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos.

Orientações: Faça com que algumas duplas leiam para a turma a sua resolução.

Depois, peça para que os outros acrescentem coisas que os outros não notaram e vá escrevendo no quadro, fazendo um texto coletivo.

Peça que anotem o texto no caderno (máximo de cinco linhas).

Em seguida, peça que colem seus papéis no mural que você deve preparar com antecedência ou a escola pode possuir como ferramenta didática para os professores.

Essa etapa pode ser feita em uma aula subsequente.

Para você saber mais:

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF06GE01) de Geografia, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

A habilidade EF06GE07 pode ser relacionada a esta aula e ser explorada nas aulas em que se discutir as transformações das paisagens naturais e antrópicas.

Para trabalhar essa habilidade, faremos uso de imagens para interpretar os diferentes usos dos lugares em diferentes épocas e comparar as mudanças ocorridas com as mudanças dos lugares de vivência dos alunos.

Aplicamos a coleta (das fotos), análise, registro e publicação de resultados das atividades em um jornal mural, como técnicas de estudo e divulgação de conhecimento. Serão abordadas as mudanças nos usos do lugar onde está o Porto do Rio, no Rio de Janeiro que ocorreram ao longo do tempo e durante o avanço da urbanização e modernização da sociedade carioca. Depois, os alunos deverão aplicar esse conhecimento na interpretação da paisagem de lugares que eles frequentam (o exemplo utilizado aqui é Presidente Prudente, em São Paulo) e que passaram por reformas e revitalizações há pouco tempo.

Materiais necessários: Metade de uma folha de sulfite por dupla, lápis preto, régua e borracha.

Cópias das imagens apresentadas nos slides e das atividades propostas.

Projetor, pendrive.

Um Jornal mural disponível ou preparado por você com antecedência.

Para você saber mais:O conceito de lugar está ligado à ideia de significação, de afeto e percepção do sujeito, do fenômeno das dinâmicas do espaço geográfico. Baseado nisso, mudanças na arquitetura de praças e espaços de lazer têm sido pensados no sentido de adaptar esses locais à compreensão e percepção das pessoas à ideia que elas tenham de como deve ser seu lugar” (Rodolfo F. Alves Pena).

1 - Confira mais detalhes sobre o conceito de lugar no texto O conceito de lugar para a Geografia, de Rodolfo F. Alves Pena. Disponível em: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/o-conceito-lugar-para-geografia.htm. Acesso em 16 de novembro de 2018.

2 - Para saber mais sobre os lugares de preferência da população de Presidente Prudente (SP):

Material complementar: Atividade da Ação Propositiva - Tabela para análise das mudanças do lugar onde você vive. Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6evyxzvGVAwX9ACvp5vVrVXdb4nnabaEbVg9hsV6RR6dak5FQg5auJctAWC/geo6-1und01-atividade-de-sistematizacao.pdf

Fontes das Imagens:

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Projete o tema aos alunos, escreva no quadro ou fale para a turma que nessa aula eles irão interpretar mudanças na paisagem dos lugares, identificando seus usos ao longo do tempo através da análise de fotos antigas e atuais de diversos lugares, inclusive do lugar onde vivem. Depois, deverão levantar hipóteses sobre essas mudanças e propor novas adequações ou novos usos para esses lugares. Os estudantes deverão anotar essas informações numa tabela e compartilhar num jornal mural.

Para você saber mais:

-Sobre como usar imagens para ensinar Geografia:

Análise da paisagem local através da leitura de imagens. In: Cadernos PDE, Os desafios da escola pública na perspectiva do professor - PDE: Produções didático-pedagógicas, Pontal do Paraná-PR, vol. II: Secretaria do Estado da Educação, 2013 de Maria Joana Franco Andrade. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_ufpr_geo_pdp_maria_joana_franco_andrade.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Contextos prévios: Para esta aula acontecer, é necessário que os alunos já dominem os conceitos de paisagem, lugar e espaço geográfico.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações: As imagens de 1 e 2 apresentadas no slide são do Porto do Rio de Janeiro, nos anos 1608 e 1710, quando o núcleo urbano ainda era embrionário. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar.

Pergunte se acham que as duas imagens representam o mesmo lugar. Se sim, pergunte quais mudanças, em termos de usos desse lugar, eles notaram. Se não, peça que falem o porquê. É provável que notem o aumento de construções e o aparecimento do trânsito de barcos menores indicando o início da atividade portuária, na imagem 2.

Como adequar à sua realidade: Junte pares de fotografias de diferentes lugares do planeta e determinados lugares conhecidos pelos alunos de algumas décadas anteriores e atuais. Elas podem estar em repositórios tradicionais de preservação da memória coletiva, com moradores antigos, fotógrafos ou ainda, em revistas, jornais ou peças de propaganda (folhinhas, calendários, rótulos, etc) e internet. Essas imagens devem oferecer referenciais para os alunos, em escalas local, estadual ou nacional, partindo do geral, para depois chegar ao seu lugar de vivência.

Pode-se também usar outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas a que você tiver acesso, em livros didáticos, internet etc. O importante é que tragam um sentido de referencial para o aluno. Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Para você saber mais:

Sobre a história da urbanização do Rio de Janeiro acesse o documento: O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca, disponível em: http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Fonte imagens 1 e 2 : O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca. Verena Andreatta; Maria Pace Chiavari; Helena Rego - SMU/Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Disponível em http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: As imagens de 3 e 4 apresentadas no slide são do Porto do Rio de Janeiro, nos anos 1817 e 2002, quando a cidade deu um grande salto urbanístico, de urbanização e modernidade. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar.

Pergunte se acham que as duas imagens representam o mesmo lugar. Se sim, pergunte quais mudanças, em termos de usos desse lugar, eles notaram. Se não, peça que falem o porquê. É provável que notem o crescimento da cidade, o surgimento de novas construções e adequações à atividade portuária e o aparecimento de outras funções mais complexas e outras características de uma grande metrópole. Aqui a percepção de mudança é bem clara e reforça os objetivos de aprendizagem para essa aula e das habilidades em destaque.

Como adequar à sua realidade: Mais uma vez, você pode explorar recursos da sua cidade, estado ou região, em livros didáticos, internet etc., que ofereçam imagens referenciais para os alunos, em escalas estadual ou nacional. O importante é que ampliem o conhecimento a respeito de lugares e seus usos de forma mais ampla, ou geral, e depois chegar ao seu lugar de vivência. Essas imagens devem oferecer referenciais para os alunos.

Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fonte das imagens 3 e 4: O Rio de Janeiro e a sua orla: história, projetos e identidade carioca. Verena Andreatta; Maria Pace Chiavari; Helena Rego - SMU/Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Disponível em http://portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/download/2418_O%20Rio%20de%20Janeiro%20e%20sua%20orla.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Essa é uma fotografia aérea da cidade de Presidente Prudente, no extremo Oeste paulista. Pergunte sobre as diferenças de usos dessa paisagem em relação às da última foto do Porto do Rio. Projete ou mostre as imagens para os alunos e reflita com eles sobre as mudanças nas paisagens desse lugar. Essa percepção é um bom gancho para passar à próxima etapa.

Como adequar à sua realidade: Você pode consultar repositórios da sua cidade, estado ou região, que ofereçam imagens referenciais para os alunos, em escalas estadual ou nacional. O importante é que ampliem seu conhecimento a respeito de lugares e seus usos de forma mais ampla, ou geral, e depois chegar ao seu lugar de vivência. Pode também usar outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas a que você tiver acesso, desde que tragam esse sentido didático. ou em livros didáticos. Ou em livros didático e internet.Outra alternativa é, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Para você saber mais: Sobre Presidente Prudente. Nossa Cidade, Prefeitura Municipal de Presidente Prudente - SP, disponívem em http://www.presidenteprudente.sp.gov.br/site/index.xhtml

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Fonte da imagem 5 - Vista Aérea de Presidente Prudente. Prefeitura Municipal de Presidente Prudente[/caption]. Disponível em http://www.causp.gov.br/?s=presidente+prudente&x=0&y=0

Acesso em 15 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos.

Orientações: Na sequência de imagens nos próximos 3 slides, vê-se a cidade de Presidente Prudente, no extremo Oeste do Estado de São Paulo. Essa é a Praça 9 de Julho, no centro histórico da cidade. Pergunte aos alunos quais mudanças eles notam na paisagem. Pergunte se houve mudança no uso desse lugar. Faça-os levantar hipóteses dos sobre os processos que levaram às transformações do lugar retratado . Caso eles não tenham ideias, pergunte, por exemplo, se é possível afirmar que a população aumentou, se o lugar ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, se mudou os materiais usados nas construções, a vegetação ou se os meios de transporte mudaram.

Como adequar à sua realidade:

Você pode providenciar outras imagens da sua região. Não tem problema se a quantidade de fotos for menor. Para a análise de transformações da paisagem, é importante que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens de um lugar. Outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas também podem ser utilizadas. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes das Imagens:

Imagem 6: Vista da Catedral - Década de 1930 - Presidente Prudente - SP: Autor desconhecido. Museu Histórico Municipal Prefeito Antonio Sandoval Netto.

Imagem 7: Catedral São Sebastião, no centro de Presidente Prudente - 2014. Foto: Reprodução/TV Fronteira. Disponível em http://redeglobo.globo.com/sp/tvfronteira/noticia/2014/01/materia-da-tv-fronteira-informa-o-que-abre-e-fecha-no-feriado-em-prudente.html Acesso em 13 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Nesse slide vemos as imagens do Centro Cultural matarazzo, que leva esse nome por ter sido uma das fábricas de algodão da família Matarazzo que ficou desativada por quase 4 décadas. Pergunte aos alunos quais mudanças eles notam na paisagem. Pergunte se houve no uso desse lugo. Faça-os levantar hipóteses dos sobre os processos que levaram às transformações do lugar retratado. Caso eles não tenham ideias, pergunte, por exemplo, se é possível afirmar que a população mudou o jeito de usar esse lugar, se ele ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, os materiais usados nas construções, a vegetação ou se os meios de transporte mudaram.

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar outras imagens da sua região. Não tem problema se a quantidade de fotos for menor. Para a análise de transformações da paisagem, é preferível que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes:

imagem 8 - Antigas IRF Matarazzo - década de 1930. Museu Histórico Municipal Prefeito Antonio Sandoval Netto.

Imagem 9 - Centro Cultural Matarazzo. Foto: Nayara Fernandes. Revista Videre. Autores:Gisele Galindo Letícia Pinheiro Lucyanne Castro Nayara Fernandes, disponível http://tvfacopp.unoeste.br/tvfacopp/online/medias/arquivos/t532008-12-1919-33-21][REVISTA_VIDERE.pdf Acesso em 15 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Nesse slide é possível explorar um caso de urbanização controverso que é o uso de córregos urbanos apenas para carrear esgoto. No caso retratado, o Córrego do Veado sofreu o enterramento e foi aproveitado, tempos depois, para o uso do lazer, prática de esportes e atividades ao livre. Pergunte aos alunos o que eles acham que ocorreu nesse lugar? Estimule-os a falarem, se é possível afirmar que a população mudou o jeito de usar essa paisagem, se o lugar ganhou novas funções, se foi necessário aumentar o espaço, se os materiais usados nas construções e a vegetação mudaram. Se nenhum aluno notar, pergunte onde está o Córrego do Veado na segunda foto. Esta é uma mudança muito importante para o seu novo uso. O córrego era um problema para o uso desse espaço, mas, a solução foi boa?

Como adequar à sua realidade: Você pode providenciar outras imagens da sua região. Para a análise de transformações da paisagem, é importante que as imagens mostrem sempre o mesmo ângulo em momentos diferentes para que seja mais fácil capturar as mudanças e permanências nos elementos culturais e naturais das paisagens de um lugar. Outras formas de representação iconográfica como litografias, gravuras, pinturas também podem ser utilizadas. Você pode também, de posse de uma imagem antiga, fazer uma nova fotografia com o seu celular, a partir do ângulo da primeira foto.

Fontes:

Imagem 10 - Museu Histórico Municipal Antonio Sandoval Netto.

Imagem 11 - .Parque do Povo em Presidente Prudente. Autor: LTS LTS, Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_do_Povo_(Presidente_Prudente)#/media/File:Parque_do_Povo_Prudente.JPG

Acesso em: 16 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos.

Orientações: Divida a turma em duplas e em seguida, peça que escolham um lugar e seu par de imagens. Apresente as orientações para a análise comparativa das imagens, que estão disponíveis neste link: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/k6evyxzvGVAwX9ACvp5vVrVXdb4nnabaEbVg9hsV6RR6dak5FQg5auJctAWC/geo6-1und01-atividade-de-sistematizacao.pdf

Na ausência de projetor de imagens, você pode imprimir ou escrever a tabela de análise no quadro.

Oriente os alunos a completarem a tabela de análise das mudanças do lugar escolhido. Essa tarefa será necessária para a realização da etapa seguinte.

Se necessário, relembre-os de que o conceito de lugar está ligado à ideia de significação, de afeto e percepção do sujeito do fenômeno das dinâmicas do espaço geográfico, seus usos e diversidades. O afeto e percepção são tão mais significativos quanto mais o sujeito usa esse lugar e estabelece laços com ele e pessoas que também o frequentam (amigos, parentes, namorados, etc).

Cuide para que todas as duplas finalizem a atividade conforme sugerida na orientação. Circule pela sala e acompanhe o trabalho. Tire dúvidas e retome as perguntas feitas durante as análises das imagens.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 14 minutos.

Orientações: Faça com que algumas duplas leiam para a turma a sua resolução.

Depois, peça para que os outros acrescentem coisas que os outros não notaram e vá escrevendo no quadro, fazendo um texto coletivo.

Peça que anotem o texto no caderno (máximo de cinco linhas).

Em seguida, peça que colem seus papéis no mural que você deve preparar com antecedência ou a escola pode possuir como ferramenta didática para os professores.

Essa etapa pode ser feita em uma aula subsequente.

Para você saber mais:

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O sujeito e seu lugar no mundo do 6º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06GE01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano