10220
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Dentro e fora da caixa misteriosa

POR: Juliana Portella de Freitas 17/07/2018
Código: MAT1_08GEO06

1º ano / Matemática / Geometria

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Plano de aula de Matemática com atividades para 1º ano do Fundamental sobre Fazer uso da linguagem posicional dentro e fora.

 

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projetar ou ler o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Juliana Portella de Freitas

Mentor: Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

(EF01MA11) - Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) -  Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Objetivos específicos:

Fazer uso da linguagem posicional dentro e fora.

Conceito-chave:

Dentro e fora

Materiais Necessários:

- Tampa de garrafa

- Caixas de sapato

- Folha de impressão com as figuras

- Bambolês ou giz para desenhar um círculo no chão

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Para essa proposta é necessário que o professor providencie uma caixa que pode ser de sapato ou qualquer outra que tiver disponível e uma tampinha de garrafa.

Para iniciar a conversa, o professor deve projetar o slide e ler o texto, se não for possível deve somente ler o contexto e pode simular a situação desenhando no quadro.

Discuta com a turma:

  • Qual bola cairá dentro da cesta?
  • E a outra, qual a posição dela?

Em seguida irá propor para as crianças uma rápida brincadeira de jogar a tampa de garrafa em uma caixa.

Organizar os alunos em uma fila única e pedir para que joguem a tampa dentro da caixa.

Se a tampa cair dentro da caixa o aluno deve dizer DENTRO e se cair fora, deve dizer FORA.

Espera-se que: Os alunos utilizem a linguagem correta conforme a posição que a tampa cair.

Propósito: De forma lúdica as crianças já começam a ter contato com os conceitos dentro e fora.

Tempo sugerido: 15 minutos (4 e 5)

Orientações: O objetivo principal dessa aula é que os alunos utilizem de forma correta a linguagem dentro e fora, para isso utilizaremos o contexto da caixa misteriosa.

Essa será uma atividade em grupo e para a sua realização é necessário que o professor providencie algumas caixas para representar a caixa misteriosa e dentro delas deve haver as imagens de objetos, acessar o arquivo com o modelo de impressão das figuras.

Em seguida, leia o contexto da atividade, se possível projetar o slide.

Converse com os alunos sobre o que pode ter dentro dessa caixa misteriosa. Deixe que os alunos levantem suas hipóteses.

Propósito: Posicionar objetos a partir de informações.

Materiais Complementares:

Guia de intervenções

Resolução da atividade principal

Atividade principal

Tempo sugerido: 15 minutos (4 e 5)

Orientações: Converse com os alunos que na caixa deles estarão todas as figuras desses objetos, mas somente uma delas ficará lá dentro, as outras devem ficar fora. Ler juntamente com as crianças os nomes dos objetos, para isso projetar o slide se não for possível, colar um modelo de impressão contendo as figuras dos objetos em um local onde todos os alunos possam observar.

Distribuir para cada grupo uma caixa com as figuras dentro.

Conversar com a turma que para descobrir qual é o objeto que ficará dentro da caixa é necessário seguir as dicas.

Discuta com a turma:

  • Que tipo de linguagem eu tenho que utilizar para vocês descobrirem o objeto?
  • Conversar com a turma que agora é hora de seguir as dicas.

Dicas (o professor fará o papel de leitor):

Os objetos que tem amarelo devem ficar fora da caixa.

O objeto que abre porta deve ficar fora da caixa.

Os objetos que são brinquedos devem ficar fora da caixa.

O objeto que esquenta o pé deve ficar do lado de fora da caixa.

O objeto que enfeita o pescoço deve ficar fora da caixa.

Qual objeto sobrou dentro da caixa?

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

Perguntar para os alunos:

  • Todos conseguiram deixar só uma figura dentro?

Deixar que os grupos falem as suas respostas.

Se as respostas forem divergentes, o professor pode perguntar de um grupo para outro:

  • A resposta desse grupo é diferente daquele, o que vocês acham que aconteceu?

Perguntar para a turma se eles acharam que as dicas foram boas para descobrir o objeto que ficaria dentro da caixa.

  • Há alguma outra forma de dar dicas para descobrir a localização das figuras?

No final da conversa o professor pode eleger um grupo para repetir a atividade, o mesmo deve escolher a figura que ficará dentro da caixa e dar dicas para as figuras que ficarão fora.

Propósito: Perceber que para determinar se algo ou alguém está dentro ou fora é necessário perguntar: Dentro ou fora do quê?

Tempo sugerido: 3 minutos.

Conceito principal: dentro e fora

Para localizar objetos e/ou pessoas dentro e fora é fundamental determinar uma referência.

Orientações: Agora é hora de sistematizar o que foi aprendido.

O professor deve projetar o slide, se não for possível simular a situação desenhando-a no quadro.

Após a leitura, o professor deve fazer a pergunta para os alunos.

Depois de respondida a pergunta o professor pode concluir com a turma que para saber se os animais estavam dentro ou fora de um espaço foi necessário determinar uma referência, nesse caso a cerca.

Propósito: Sistematizar o conceito dentro e fora.

Indicação:

SMOLE, Katia Stocco; DINIZ, Maria Ignez; CANDIDO, Patricia. Figuras e Formas, 2. ed. rev - Porto Alegre:Penso, 2014.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: O professor deve retomar os conceitos dentro e fora. Abrir um rápido espaço para os alunos tirarem suas dúvidas.

Propósito: Retomar o conceito da aula dentro e fora.

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Para brincar da “Brincadeira dentro e fora” é necessário espaço para as crianças se movimentarem e bambolês (um para cada aluno). Na falta do bambolê, o professor pode desenhar com o giz um círculo no chão.

Em seguida deve orientar as crianças que essa é uma brincadeira que devem prestar bastante atenção nas instruções.

O professor deve distribuir os bambolês (um para cada aluno) e pedir para que o coloquem no chão. Dica: O professor pode dividir a turma em dois grupos para poder observar melhor quem consegue se orientar no espaço a partir da instrução dada.

Pedir para os alunos ficarem fora do bambolê.

A brincadeira começa quando o professor iniciar as instruções. O professor pode utilizar as instruções abaixo ou criar outras.

Instruções:

  • Todo mundo dentro do bambolê.
  • Fora do bambolê.
  • Um pé dentro do bambolê.
  • Uma mão fora do bambolê e os dois pés dentro.
  • Os dois pés fora do bambolê e as mãos dentro.
  • Bumbum fora do bambolê e pés dentro.

Para cada instrução dada pedir para os aluno voltarem a posição inicial que é fora do bambolê.

Sugestão: O professor poderá escolher um ou dois alunos para dar as instruções para a turma.

Propósito: Observar se os alunos conseguem se posicionar no espaço a partir de uma informação.

O Raio X é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram atingir o conteúdo proposto, então procure identificar e anotar os comentários de cada um, bem como, as suas observações para futuras ações.

Materiais Complementares:

Resolução das atividades complementares

Resolução da Raio X

Atividade complementar

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Juliana Portella de Freitas

Mentor: Cibele Diogo Kimura

Especialista de área: Pricilla Cristina Mendes Cerqueira

Habilidade da BNCC

(EF01MA11) - Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) -  Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial.

Objetivos específicos:

Fazer uso da linguagem posicional dentro e fora.

Conceito-chave:

Dentro e fora

Materiais Necessários:

- Tampa de garrafa

- Caixas de sapato

- Folha de impressão com as figuras

- Bambolês ou giz para desenhar um círculo no chão


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes