16250
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > O sujeito e seu lugar no mundo

Plano de aula - Minorias étnicas: o caso de Jerusalém

Plano de aula de Geografia com atividades para 9°ano do Fundamental sobre Identificar as diferentes manifestações culturais de minorias étnicas, compreendendo a multiplicidade no espaço geográfico.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Beatriz Michele Moço Dias

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Código do plano
GEO9_03UND02

Ferramentas sugeridas
     - WhatsApp
     - Acesso à internet

Valor trabalhado
Cidadania

Apresentação do tema da aula
Comente com os alunos que o objetivo é identificar as diferentes manifestações culturais de minorias étnicas, compreendendo a multiplicidade no espaço geográfico. Acesse o Plano de Aula, lá você encontrará mais referências e conteúdos para organizar essa aula. Faça uma pesquisa sobre o tema antes da aula, estes assuntos costumam sofrer modificações. Caso a turma ainda não tenha um grupo, crie um no WhatsApp. A aula será organizada pelo aplicativo, mas você pode adaptá-la para o e-mail. Nesta aula o valor "Cidadania" estará presente. Tempo estimado: 5 minutos.

Contextualização
Neste momento, mostre o mapa de localização de Jerusalém, disponível aqui. Explique aos alunos que ela está dividida em duas porções: uma porção oriental, que representa a parte leste, atualmente sob o domínio de Israel, mas reivindicada pelos palestinos como capital; e uma porção ocidental, que é a porção da cidade que permaneceu sob controle de Israel após a guerra árabe-israelense. Após a localização geográfica, apresente as informações contidas no quadro (link acima), destacando o significado da palavra Jerusalém (em hebraico, Cidade da Paz e em árabe, A Sagrada), retomando a ideia de local sagrado e de paz. Apresente também os dados populacionais e o perfil religioso da população, destacando a multiculturalidade e a presença dos três povos que a consideram uma cidade sagrada. É, portanto, importante salientar a importância do turismo religioso de Jerusalém, que recebe diariamente pessoas do mundo todo. Tempo estimado: 10 minutos.

Problematização
Logo após a contextualização da cidade de Jerusalém, apresente aos alunos o questionamento: "Jerusalém é mais que uma simples cidade, pois representa um pluralismo religioso muito grande. Afinal, para quem Jerusalém é importante e por quê?". A proposta neste momento é instigar os alunos a refletirem sobre a importância, sobretudo religiosa, que Jerusalém tem para os judeus, muçulmanos e católicos por apresentarem locais sagrados para essas religiões. Tempo estimado: 10 minutos.

Ação propositiva
Nesta etapa, grave um áudio e inicie a conversa propondo um aprendizado conjunto, no qual os alunos serão os protagonistas e construtores dos saberes a partir de sua mediação. Para isso, mostre a imagem de Jerusalém (disponível aqui) como forma de apresentar a cidade para eles. Nessa etapa, os alunos deverão estar agrupados em 4 grupos, os materiais para ação propositiva (disponíveis aqui) devem rotacionar por cada grupo.

Estação 1 - Os alunos deverão realizar uma análise de uma imagem que retrata o Muro das Lamentações e um pequeno fragmento explicativo sobre ele. A ideia é que eles retirem informações principais a partir das perguntas presentes no roteiro de análise, ou seja, identifiquem o Muro das Lamentações como lugar sagrado para o povo judeu.

Estação 2 - Os alunos terão que identificar a importância do Domo da Rocha aos muçulmanos.

Estação 3 - Os alunos terão que identificar a importância da Basílica do Santo Sepulcro aos cristãos.

Estação 4 - Os alunos vão assistir um vídeo de 7 minutos. Nesse vídeo, eles devem identificar a posição do atual presidente norte-americano, Donald Trump, em assumir Jerusalém como capital de Israel e os conflitos políticos envolvendo a disputa de Jerusalém entre Israel e Palestina. A proposta nesse momento é que o aluno compreenda, de forma simples, com uso da tecnologia, as disputas entre Israel e Palestina por Jerusalém. Solicite que todos os grupos compartilhe suas produções via WhatsApp. Tempo estimado: 45 minutos.

Sistematização
Para finalizar e sistematizar as informações aprendidas nas Estações de Aprendizagem, retome o questionamento: "Para quem Jerusalém é importante e por quê?". Neste momento, a proposta é uma socialização coletiva dos grupos, compreendendo que Jerusalém é uma cidade multicultural. Para isso, eles podem associar aos lugares sagrados apresentados, assim como seus povos: o Muro das Lamentações e os judeus, o Domo da Rocha e os muçulmanos, a Basílica do Santo Sepulcro e os cristãos. Podem ainda relacionar com o contexto de formação e os aspectos relatados no vídeo apresentado, como a disputa entre Israel e Palestina por Jerusalém. Tempo estimado: 15 minutos.

Convite às famílias
Convide os pais a assistirem o vídeo sobre a Jerusalém, disponível aqui. Assim podem ajudar seus filhos na discussão sobre o tema.

Sugestão Enviada Por: Leandro Campelo


Código: GEO9_03UND02

(EF09GE03) Identificar diferentes manifestações culturais de minorias étnicas como forma de compreender a multiplicidade cultural na escala mundial, defendendo o princípio do respeito às diferenças.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE O sujeito e seu lugar no mundo do 9º ano:

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas