16233
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 6º ano > Trabalho e formas de organização social e cultural

Plano de aula - As ordens de Cluny e Cister

Plano de aula de História com atividades para 6º ano do EF sobre As ordens de Cluny e Cister

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Juliana Bardella Fiorot

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF06HI18) de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cópias impressas (ou projeção) do material da contextualização

Cópias impressas (ou projeção) das instruções da problematização e sistematização

Cópias impressas (ou manuscrita) das atividades da problematização e sistematização

Material complementar:

Contexto - A Escola e suas regras

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V47dyAv6edzEnU3Yprswa2HcDMzYuUgBHST5myPDeRRfaPezSK5Mct8csFV7/his6-18und03-a-escola-e-suas-regras.pdf

Contexto - A ordem de Cluny

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rm5g9VRkN3KDDcpUM9MVEKUEXFpQ47Xf5wxnNHyK5pCgtr7cDuPx7SGfwEDK/his6-18und03-a-ordem-de-cluny.pdf

Contexto - A ordem de Cister

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/uVmC4YeSANuDWGsSdjjVHcybeYSrKMX3aCyr9XF7QFSe2st5AyR68MAK3N2H/his6-18und03-a-ordem-de-cister.pdf

Problematização - Resolução Regra de São Bento

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/D8c9Wf3KA9J22ZpMVgDp6jjAgtXnkd7wC3NgpsE55Ae8c8nzu3VPfgnETjRz/his6-18und03-resolucao-regra-de-sao-bento.pdf

Sistematização - Resolução A denúncia

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EETc376UmRTMykfCvJUbbGw2QnVNJvHeEGjkddNkb52BMdFsvqxszrda2kuZ/his6-18und03-resolucao-a-denuncia.pdf

Para você saber mais:

Artigo que caracteriza a vida monástica:

FERNANDES, Cláudio. Mosteiros Medievais. Disponível em: <https://historiadomundo.uol.com.br/idade-media/mosteiros-medievais.htm>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Artigo sobre a ordem de Cluny

COSTA, Ricardo da. Cluny: Jerusalém celeste encarnada (séculos X-XII). Revista Mediaevalia: Textos e Estudos 21, 2002, pp. 115-137. Disponível em: <https://www.ricardocosta.com/artigo/cluny-jerusalem-celeste-encarnada-seculos-x-xii>. Acesso em: 02 dez 2018.

Artigo sobre a ordem de Cister:

TEIXEIRA, V.G. Ordem de Cister: herança cultural em Portugal e na Europa. Disponível em: <https://www.snpcultura.org/ordem_cister_heranca_cultural_portugal_europa.html>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo que demonstra a reconstituição em 3D da Abadia de Cluny III destruída durante a Revolução Francesa:

La iglesia abacial del Monasterio de Cluny III reconstruida. 2009. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=UJiv626VfvE>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo sobre a Ordem de Cister em Portugal:

Redescobrindo a ordem de Cister. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=XbRaICT44os>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo que mostra um noviço cisterciense recebendo seu hábito em cerimônia:

Noviço Cisterciense recebendo hábito de monge Cisterciense no Mosteiro. 2013. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fpO-AuYcyrg>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Documento com todos os capítulos da Regra de São Bento

Regras do glorioso Patriarca São Bento. Disponível em: <http://www.asg.org.br/imagens/Regra_de_Sao_Bento.pdf>.

Regimento escolar da Prefeitura da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Regimento escolar básico do ensino fundamental da rede pública do município do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/3487204/DLFE-264117.pdf/1.0>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Neste artigo a Nova Escola oferece várias dicas de como orientar os alunos na produção de textos:

GURGEL, T. Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para a turma. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Sobre o termo monge é importante esclarecer aos alunos que estes eram membros do clero que viviam em mosteiros (comunidade religiosa) onde cada um desses locais possuía um nome referente a ordem que fazia parte (frise que nesta aula os alunos irão aprender sobre duas delas - Cluny e Cister), além do fato de que obedeciam algumas regras que controlavam sua vida cotidiana.

Destaque que tais religiosos ainda existem e continuam vivendo em mosteiros e obedecendo a regras de conduta, assim como ocorria na Idade Média.

Para você saber mais:

FERNANDES, Cláudio. Mosteiros Medievais. Disponível em: <https://historiadomundo.uol.com.br/idade-media/mosteiros-medievais.htm>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Projete ou imprima o slide acima (Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V47dyAv6edzEnU3Yprswa2HcDMzYuUgBHST5myPDeRRfaPezSK5Mct8csFV7/his6-18und03-a-escola-e-suas-regras.pdf)

Inicie a discussão instigando os alunos a notarem as semelhanças existentes entre as imagens e o seu próprio ambiente escolar. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Quais semelhanças existem entre a sala de aula da primeira imagem e a sala de aula de vocês?

Nesta questão é esperado que eles notem as carteiras enfileiradas, os quadros de avisos ou cartazes na sala, a existência ou não de ventiladores, armários, etc. Caso as respostas não abranjam tais pontos, instigue-os a perceberem estes elementos.

  • Com relação a segunda imagem, quais semelhanças e diferenças vocês podem notar entre o prédio da sua escola e o da fotografia?

Espera-se que os alunos se atentem para o pátio onde os estudantes se encontram no ambiente escolar, uma sala de aula para cada classe, a existência de alguma arte na entrada da escola, o tamanho do prédio, etc.

  • Quais características todas as escolas têm em comum?

Nesta questão os alunos apontarão inúmeros elementos, tais como: existência de um diretor, coordenador, secretaria, funcionários que desempenham diversos serviços, professores, salas de aula, banheiros, recreio, provas, uso de uniformes, horário para a entrada e saída, etc.

Em seguida, direcione a discussão para a questão das regras que devem ser seguidas em cada escola. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Nossa escola possui regras? Quem deve segui-las?

É esperado que os alunos digam que a escola em que estudam possui regras e que elas devem ser cumpridas por todos aqueles que frequentam a escola (professores, funcionários, alunos, etc).

  • Por que devemos seguir as regras da escola?

Nesta questão os alunos provavelmente dirão que as regras facilitam a convivência dentro da escola, organizando o dia a dia de todos que lá trabalham ou estudam. Caso os alunos não cheguem a essa resposta, incite-os a pensar o que aconteceria numa escola caso cada pessoa fizesse o que bem entendesse. Você pode fazer com que eles reflitam melhor sobre a importância das regras comparando a escola a um país, onde cada um possui suas próprias regras (leis) que orientam a vida em sociedade.

  • Vocês acreditam que as regras de nossa escola são as mesmas seguidas por outras?

Certamente os alunos responderão que algumas regras são semelhantes e outras não. Destaque que mesmo as regras não sendo iguais em todas as escolas, todas elas possuem normas de convivência que facilitam o cotidiano escolar.

Como adequar à sua realidade: O esquema poderá ser projetado, impresso em preto e branco ou colorido. Caso não disponha de recursos para projeção ou impressão em sua escola, conduza uma discussão que direcione os alunos a reflexão acerca do ambiente escolar e da existência de regras nas escolas. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Quais características a sala de aula de vocês têm em comum com as salas de outras escolas?
  • Quais características todas as escolas têm em comum?
  • Nossa escola possui regras? Quem deve segui-las?
  • Qual a função das regras de uma escola?
  • Vocês acreditam que as regras de nossa escola são as mesmas seguidas por outras?

Imagens disponíveis em:

Acervo pessoal

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Para esta etapa do contexto projete ou imprima os slides acima: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rm5g9VRkN3KDDcpUM9MVEKUEXFpQ47Xf5wxnNHyK5pCgtr7cDuPx7SGfwEDK/his6-18und03-a-ordem-de-cluny.pdf

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/uVmC4YeSANuDWGsSdjjVHcybeYSrKMX3aCyr9XF7QFSe2st5AyR68MAK3N2H/his6-18und03-a-ordem-de-cister.pdf

Após as discussões acerca da escola e suas regras, os alunos poderão compreender melhor este momento da aula que visa diferenciar as ordens de Cluny e Cister. Ambas eram comunidades religiosas diferentes em alguns aspectos, tais como a própria arquitetura do mosteiro e vestimenta, mas cujos monges seguiam as mesmas normas de conduta baseadas na Regra de São Bento que foi criada no século VI. Neste momento, os alunos devem refletir sobre as semelhanças e diferenças das duas ordens através da análise das imagens.

Antes de iniciar a análise das imagens, diga aos alunos que os monges de ambas as ordens seguiam um mesmo conjunto de regras em seu cotidiano. Em seguida, direcione os seguintes questionamentos aos alunos:

  • Qual ordem surgiu primeiro?
  • Quais as semelhanças e diferenças que vocês podem notar com relação aos mosteiros representados nas imagens?
  • Com relação as roupas e ao cabelo dos monges, quais as semelhanças e diferenças?
  • Os monges de Cluny e de Cister seguiam as mesmas regras, mas eles tinham diferenças com relação ao trabalho no dia a dia. Qual das duas ordens vocês acreditam que fazia mais trabalhos manuais no mosteiro?
  • O que os monges de Cluny parecem estar fazendo?
  • O que os monges de Cister parecem estar fazendo?
  • A partir das imagens, qual das duas ordens parece levar uma vida mais simples?
  • Assim como os mosteiros, as escolas também são diferentes, mas o que todos estes locais têm em comum?

É esperado que os alunos refiram-se as normas que são seguidas e que orientam o cotidiano de todos que vivem nestes espaços.

Com esta atividade os alunos devem notar que apesar de seguirem as mesmas regras no cotidiano, as ordens possuíam diferenças em seus estilos de vida, assim como as escolas que adaptam as normas conforme sua realidade.

Como adequar à sua realidade: O esquema poderá ser projetado, impresso em preto e branco ou colorido. Caso sua escola disponha de recursos tecnológicos, os vídeos linkados abaixo no “Para você saber mais” poderão ser projetados a fim de complementar as informações acerca das ordens de Cluny e Cister.

Para você saber mais:

COSTA, Ricardo da. Cluny: Jerusalém celeste encarnada (séculos X-XII). Revista Mediaevalia: Textos e Estudos 21, 2002, pp. 115-137. Disponível em: <https://www.ricardocosta.com/artigo/cluny-jerusalem-celeste-encarnada-seculos-x-xii>. Acesso em: 02 dez 2018.

Artigo sobre a ordem de Cister:

La iglesia abacial del Monasterio de Cluny III reconstruida. 2009. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=UJiv626VfvE>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Noviço Cisterciense recebendo hábito de monge Cisterciense no Mosteiro. 2013. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fpO-AuYcyrg>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Redescobrindo a ordem de Cister. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=XbRaICT44os>. Acesso em: 02 dez. 2018.

TEIXEIRA, V.G. Ordem de Cister: herança cultural em Portugal e na Europa. Disponível em: <https://www.snpcultura.org/ordem_cister_heranca_cultural_portugal_europa.html>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Imagens disponíveis em:

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/w/index.php?search=cluny+monastery&title=Special%3ASearch&profile=default&fulltext=1#/media/File:Cluny_Abbey_(7304580692).jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Majolus_of_Cluny#/media/File:Mayeul_abb%C3%A9_de_Cluny.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/fc/St._Benedict_delivering_his_rule_to_the_monks_of_his_order.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/aa/Monasterio_de_Santa_Mar%C3%ADa_de_Palazuelos_%28Valladolid%29.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Virgin_and_Child_with_Rosary,_St._Bernard_with_Cistercian_Monk_-_Jehan_Bellegambe_-_Frick_Art_Museum.jpg>. Acesso em: 03 dez 2018.

Fonte: Cistercians. Wikipedia. Disponível em:https://en.wikipedia.org/wiki/Cistercians#/media/File:J%C3%B6rg_Breu_d._%C3%84._002.jpg>. Acesso em: 04 dez 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Para a otimização do seu tempo de aula e organização da atividade, seguir o passo a passo, deixando clara as etapas para os estudantes:

Para auxiliar o trabalho, projete o slide, imprima ou escreva no quadro as instruções acima realizando uma leitura compartilhada com a sala.

Circule pelos grupos para esclarecer possíveis dúvidas, verificar o andamento da atividade e fornecer informações adicionais aos alunos como o fato da Regra de São Bento possuir, no total, 73 capítulos que tratam de temas diversos (regras para as refeições, para o uso de roupas e calçados usados pelos monges, sobre os dias e horários em que devem ser feitas as orações e o trabalho manual, as penas para aqueles que cometerem algum erro, etc).

Durante a leitura dos capítulos da Regra de São Bento é importante frisar com os alunos que tais regras eram seguidas pelos monges de Cluny e Cister que as adaptaram de acordo com o modo de vida que levavam.

Atenção: após a resolução da atividade, os alunos deverão permanecer com as Regras de São Bento para a continuidade da próxima etapa do plano (sistematização).

Como adequar à sua realidade: Recomenda-se que o material para a problematização seja impresso, contudo se a escola não dispor de recursos para realizar a cópia deste material, será necessário que o professor copie os mesmos antecipadamente em uma folha almaço para distribuir aos alunos na hora da atividade.

Para você saber mais:

Regras do glorioso Patriarca São Bento. Disponível em: <http://www.asg.org.br/imagens/Regra_de_Sao_Bento.pdf>.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Regimento escolar básico do ensino fundamental da rede pública do município do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/3487204/DLFE-264117.pdf/1.0>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Projete, imprima ou escreva no quadro as novas instruções, fazendo uma leitura compartilhada das mesmas com a sala. Informe aos estudantes que esta etapa tem a duração de dez minutos.

Depois, entregue as duplas a folha com a nova atividade para ser resolvida. Documento disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EETc376UmRTMykfCvJUbbGw2QnVNJvHeEGjkddNkb52BMdFsvqxszrda2kuZ/his6-18und03-resolucao-a-denuncia.pdf

Utilize os três minutos finais da problematização escolhendo alguns grupos para compartilharem seus parágrafos. Caso a sala seja muito participativa, você deve pedir para que os grupos que forem terminando leiam suas produções, desta forma todos irão expor seus bilhetes para os colegas. Pergunte aos alunos que tipo de punição (advertência, exposição pública, expulsão ou castigo corporal) eles acreditam que o monge denunciado receberia para cada caso exposto nos bilhetes.

Como adequar à sua realidade: Recomenda-se que o material para a sistematização seja impresso, contudo se a escola não dispor de recursos para realizar a cópia deste material, será necessário que o professor copie a atividade antecipadamente em uma folha almaço para distribuir aos alunos.

Para você saber mais:

GURGEL, T. Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Imagem disponível em:

Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Parchments#/media/File:Parchment.png>. Acesso em: 03 dez 2018.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade (EF06HI18) de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários: Cópias impressas (ou projeção) do material da contextualização

Cópias impressas (ou projeção) das instruções da problematização e sistematização

Cópias impressas (ou manuscrita) das atividades da problematização e sistematização

Material complementar:

Contexto - A Escola e suas regras

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V47dyAv6edzEnU3Yprswa2HcDMzYuUgBHST5myPDeRRfaPezSK5Mct8csFV7/his6-18und03-a-escola-e-suas-regras.pdf

Contexto - A ordem de Cluny

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rm5g9VRkN3KDDcpUM9MVEKUEXFpQ47Xf5wxnNHyK5pCgtr7cDuPx7SGfwEDK/his6-18und03-a-ordem-de-cluny.pdf

Contexto - A ordem de Cister

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/uVmC4YeSANuDWGsSdjjVHcybeYSrKMX3aCyr9XF7QFSe2st5AyR68MAK3N2H/his6-18und03-a-ordem-de-cister.pdf

Problematização - Resolução Regra de São Bento

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/D8c9Wf3KA9J22ZpMVgDp6jjAgtXnkd7wC3NgpsE55Ae8c8nzu3VPfgnETjRz/his6-18und03-resolucao-regra-de-sao-bento.pdf

Sistematização - Resolução A denúncia

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EETc376UmRTMykfCvJUbbGw2QnVNJvHeEGjkddNkb52BMdFsvqxszrda2kuZ/his6-18und03-resolucao-a-denuncia.pdf

Para você saber mais:

Artigo que caracteriza a vida monástica:

FERNANDES, Cláudio. Mosteiros Medievais. Disponível em: <https://historiadomundo.uol.com.br/idade-media/mosteiros-medievais.htm>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Artigo sobre a ordem de Cluny

COSTA, Ricardo da. Cluny: Jerusalém celeste encarnada (séculos X-XII). Revista Mediaevalia: Textos e Estudos 21, 2002, pp. 115-137. Disponível em: <https://www.ricardocosta.com/artigo/cluny-jerusalem-celeste-encarnada-seculos-x-xii>. Acesso em: 02 dez 2018.

Artigo sobre a ordem de Cister:

TEIXEIRA, V.G. Ordem de Cister: herança cultural em Portugal e na Europa. Disponível em: <https://www.snpcultura.org/ordem_cister_heranca_cultural_portugal_europa.html>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo que demonstra a reconstituição em 3D da Abadia de Cluny III destruída durante a Revolução Francesa:

La iglesia abacial del Monasterio de Cluny III reconstruida. 2009. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=UJiv626VfvE>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo sobre a Ordem de Cister em Portugal:

Redescobrindo a ordem de Cister. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=XbRaICT44os>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Vídeo que mostra um noviço cisterciense recebendo seu hábito em cerimônia:

Noviço Cisterciense recebendo hábito de monge Cisterciense no Mosteiro. 2013. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fpO-AuYcyrg>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Documento com todos os capítulos da Regra de São Bento

Regras do glorioso Patriarca São Bento. Disponível em: <http://www.asg.org.br/imagens/Regra_de_Sao_Bento.pdf>.

Regimento escolar da Prefeitura da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Regimento escolar básico do ensino fundamental da rede pública do município do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/3487204/DLFE-264117.pdf/1.0>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Neste artigo a Nova Escola oferece várias dicas de como orientar os alunos na produção de textos:

GURGEL, T. Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Projete, escreva no quadro ou leia o objetivo da aula para a turma. É muito importante começar com a apresentação do objetivo para que os estudantes entendam o que farão e compreendam onde se quer chegar ao fim da aula. Contudo, tome cuidado para, ao fazer isso, não antecipar respostas. É necessário sempre garantir que os alunos construam o raciocínio por conta própria.

Sobre o termo monge é importante esclarecer aos alunos que estes eram membros do clero que viviam em mosteiros (comunidade religiosa) onde cada um desses locais possuía um nome referente a ordem que fazia parte (frise que nesta aula os alunos irão aprender sobre duas delas - Cluny e Cister), além do fato de que obedeciam algumas regras que controlavam sua vida cotidiana.

Destaque que tais religiosos ainda existem e continuam vivendo em mosteiros e obedecendo a regras de conduta, assim como ocorria na Idade Média.

Para você saber mais:

FERNANDES, Cláudio. Mosteiros Medievais. Disponível em: <https://historiadomundo.uol.com.br/idade-media/mosteiros-medievais.htm>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações: Projete ou imprima o slide acima (Disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/V47dyAv6edzEnU3Yprswa2HcDMzYuUgBHST5myPDeRRfaPezSK5Mct8csFV7/his6-18und03-a-escola-e-suas-regras.pdf)

Inicie a discussão instigando os alunos a notarem as semelhanças existentes entre as imagens e o seu próprio ambiente escolar. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Quais semelhanças existem entre a sala de aula da primeira imagem e a sala de aula de vocês?

Nesta questão é esperado que eles notem as carteiras enfileiradas, os quadros de avisos ou cartazes na sala, a existência ou não de ventiladores, armários, etc. Caso as respostas não abranjam tais pontos, instigue-os a perceberem estes elementos.

  • Com relação a segunda imagem, quais semelhanças e diferenças vocês podem notar entre o prédio da sua escola e o da fotografia?

Espera-se que os alunos se atentem para o pátio onde os estudantes se encontram no ambiente escolar, uma sala de aula para cada classe, a existência de alguma arte na entrada da escola, o tamanho do prédio, etc.

  • Quais características todas as escolas têm em comum?

Nesta questão os alunos apontarão inúmeros elementos, tais como: existência de um diretor, coordenador, secretaria, funcionários que desempenham diversos serviços, professores, salas de aula, banheiros, recreio, provas, uso de uniformes, horário para a entrada e saída, etc.

Em seguida, direcione a discussão para a questão das regras que devem ser seguidas em cada escola. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Nossa escola possui regras? Quem deve segui-las?

É esperado que os alunos digam que a escola em que estudam possui regras e que elas devem ser cumpridas por todos aqueles que frequentam a escola (professores, funcionários, alunos, etc).

  • Por que devemos seguir as regras da escola?

Nesta questão os alunos provavelmente dirão que as regras facilitam a convivência dentro da escola, organizando o dia a dia de todos que lá trabalham ou estudam. Caso os alunos não cheguem a essa resposta, incite-os a pensar o que aconteceria numa escola caso cada pessoa fizesse o que bem entendesse. Você pode fazer com que eles reflitam melhor sobre a importância das regras comparando a escola a um país, onde cada um possui suas próprias regras (leis) que orientam a vida em sociedade.

  • Vocês acreditam que as regras de nossa escola são as mesmas seguidas por outras?

Certamente os alunos responderão que algumas regras são semelhantes e outras não. Destaque que mesmo as regras não sendo iguais em todas as escolas, todas elas possuem normas de convivência que facilitam o cotidiano escolar.

Como adequar à sua realidade: O esquema poderá ser projetado, impresso em preto e branco ou colorido. Caso não disponha de recursos para projeção ou impressão em sua escola, conduza uma discussão que direcione os alunos a reflexão acerca do ambiente escolar e da existência de regras nas escolas. Utilize os seguintes questionamentos:

  • Quais características a sala de aula de vocês têm em comum com as salas de outras escolas?
  • Quais características todas as escolas têm em comum?
  • Nossa escola possui regras? Quem deve segui-las?
  • Qual a função das regras de uma escola?
  • Vocês acreditam que as regras de nossa escola são as mesmas seguidas por outras?

Imagens disponíveis em:

Acervo pessoal

Slide Plano Aula

Orientações: Para esta etapa do contexto projete ou imprima os slides acima: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/rm5g9VRkN3KDDcpUM9MVEKUEXFpQ47Xf5wxnNHyK5pCgtr7cDuPx7SGfwEDK/his6-18und03-a-ordem-de-cluny.pdf

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/uVmC4YeSANuDWGsSdjjVHcybeYSrKMX3aCyr9XF7QFSe2st5AyR68MAK3N2H/his6-18und03-a-ordem-de-cister.pdf

Após as discussões acerca da escola e suas regras, os alunos poderão compreender melhor este momento da aula que visa diferenciar as ordens de Cluny e Cister. Ambas eram comunidades religiosas diferentes em alguns aspectos, tais como a própria arquitetura do mosteiro e vestimenta, mas cujos monges seguiam as mesmas normas de conduta baseadas na Regra de São Bento que foi criada no século VI. Neste momento, os alunos devem refletir sobre as semelhanças e diferenças das duas ordens através da análise das imagens.

Antes de iniciar a análise das imagens, diga aos alunos que os monges de ambas as ordens seguiam um mesmo conjunto de regras em seu cotidiano. Em seguida, direcione os seguintes questionamentos aos alunos:

  • Qual ordem surgiu primeiro?
  • Quais as semelhanças e diferenças que vocês podem notar com relação aos mosteiros representados nas imagens?
  • Com relação as roupas e ao cabelo dos monges, quais as semelhanças e diferenças?
  • Os monges de Cluny e de Cister seguiam as mesmas regras, mas eles tinham diferenças com relação ao trabalho no dia a dia. Qual das duas ordens vocês acreditam que fazia mais trabalhos manuais no mosteiro?
  • O que os monges de Cluny parecem estar fazendo?
  • O que os monges de Cister parecem estar fazendo?
  • A partir das imagens, qual das duas ordens parece levar uma vida mais simples?
  • Assim como os mosteiros, as escolas também são diferentes, mas o que todos estes locais têm em comum?

É esperado que os alunos refiram-se as normas que são seguidas e que orientam o cotidiano de todos que vivem nestes espaços.

Com esta atividade os alunos devem notar que apesar de seguirem as mesmas regras no cotidiano, as ordens possuíam diferenças em seus estilos de vida, assim como as escolas que adaptam as normas conforme sua realidade.

Como adequar à sua realidade: O esquema poderá ser projetado, impresso em preto e branco ou colorido. Caso sua escola disponha de recursos tecnológicos, os vídeos linkados abaixo no “Para você saber mais” poderão ser projetados a fim de complementar as informações acerca das ordens de Cluny e Cister.

Para você saber mais:

COSTA, Ricardo da. Cluny: Jerusalém celeste encarnada (séculos X-XII). Revista Mediaevalia: Textos e Estudos 21, 2002, pp. 115-137. Disponível em: <https://www.ricardocosta.com/artigo/cluny-jerusalem-celeste-encarnada-seculos-x-xii>. Acesso em: 02 dez 2018.

Artigo sobre a ordem de Cister:

La iglesia abacial del Monasterio de Cluny III reconstruida. 2009. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=UJiv626VfvE>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Noviço Cisterciense recebendo hábito de monge Cisterciense no Mosteiro. 2013. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=fpO-AuYcyrg>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Redescobrindo a ordem de Cister. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=XbRaICT44os>. Acesso em: 02 dez. 2018.

TEIXEIRA, V.G. Ordem de Cister: herança cultural em Portugal e na Europa. Disponível em: <https://www.snpcultura.org/ordem_cister_heranca_cultural_portugal_europa.html>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Imagens disponíveis em:

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/w/index.php?search=cluny+monastery&title=Special%3ASearch&profile=default&fulltext=1#/media/File:Cluny_Abbey_(7304580692).jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Majolus_of_Cluny#/media/File:Mayeul_abb%C3%A9_de_Cluny.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/fc/St._Benedict_delivering_his_rule_to_the_monks_of_his_order.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: <https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/aa/Monasterio_de_Santa_Mar%C3%ADa_de_Palazuelos_%28Valladolid%29.jpg>. Acesso em: 02 dez 2018.

Fonte: Wikicommons. Disponível em: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Virgin_and_Child_with_Rosary,_St._Bernard_with_Cistercian_Monk_-_Jehan_Bellegambe_-_Frick_Art_Museum.jpg>. Acesso em: 03 dez 2018.

Fonte: Cistercians. Wikipedia. Disponível em:https://en.wikipedia.org/wiki/Cistercians#/media/File:J%C3%B6rg_Breu_d._%C3%84._002.jpg>. Acesso em: 04 dez 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações: Para a otimização do seu tempo de aula e organização da atividade, seguir o passo a passo, deixando clara as etapas para os estudantes:

Para auxiliar o trabalho, projete o slide, imprima ou escreva no quadro as instruções acima realizando uma leitura compartilhada com a sala.

Circule pelos grupos para esclarecer possíveis dúvidas, verificar o andamento da atividade e fornecer informações adicionais aos alunos como o fato da Regra de São Bento possuir, no total, 73 capítulos que tratam de temas diversos (regras para as refeições, para o uso de roupas e calçados usados pelos monges, sobre os dias e horários em que devem ser feitas as orações e o trabalho manual, as penas para aqueles que cometerem algum erro, etc).

Durante a leitura dos capítulos da Regra de São Bento é importante frisar com os alunos que tais regras eram seguidas pelos monges de Cluny e Cister que as adaptaram de acordo com o modo de vida que levavam.

Atenção: após a resolução da atividade, os alunos deverão permanecer com as Regras de São Bento para a continuidade da próxima etapa do plano (sistematização).

Como adequar à sua realidade: Recomenda-se que o material para a problematização seja impresso, contudo se a escola não dispor de recursos para realizar a cópia deste material, será necessário que o professor copie os mesmos antecipadamente em uma folha almaço para distribuir aos alunos na hora da atividade.

Para você saber mais:

Regras do glorioso Patriarca São Bento. Disponível em: <http://www.asg.org.br/imagens/Regra_de_Sao_Bento.pdf>.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Regimento escolar básico do ensino fundamental da rede pública do município do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/3487204/DLFE-264117.pdf/1.0>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Projete, imprima ou escreva no quadro as novas instruções, fazendo uma leitura compartilhada das mesmas com a sala. Informe aos estudantes que esta etapa tem a duração de dez minutos.

Depois, entregue as duplas a folha com a nova atividade para ser resolvida. Documento disponível em: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EETc376UmRTMykfCvJUbbGw2QnVNJvHeEGjkddNkb52BMdFsvqxszrda2kuZ/his6-18und03-resolucao-a-denuncia.pdf

Utilize os três minutos finais da problematização escolhendo alguns grupos para compartilharem seus parágrafos. Caso a sala seja muito participativa, você deve pedir para que os grupos que forem terminando leiam suas produções, desta forma todos irão expor seus bilhetes para os colegas. Pergunte aos alunos que tipo de punição (advertência, exposição pública, expulsão ou castigo corporal) eles acreditam que o monge denunciado receberia para cada caso exposto nos bilhetes.

Como adequar à sua realidade: Recomenda-se que o material para a sistematização seja impresso, contudo se a escola não dispor de recursos para realizar a cópia deste material, será necessário que o professor copie a atividade antecipadamente em uma folha almaço para distribuir aos alunos.

Para você saber mais:

GURGEL, T. Produção de texto: como ensinar os alunos a escrever de verdade. Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/231/producao-de-texto-como-ensinar-os-alunos-a-escrever-de-verdade>. Acesso em: 02 dez. 2018.

Imagem disponível em:

Wikicommons. Disponível em: <https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Parchments#/media/File:Parchment.png>. Acesso em: 03 dez 2018.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Trabalho e formas de organização social e cultural do 6º ano :

MAIS AULAS DE História do 6º ano:

6º ano / História / História: tempo, espaço e formas de registros

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06HI18 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano