16222
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Geografia > 9º ano > Conexões e escalas

Plano de aula - Monções na Ásia e análise de climogramas

Plano de aula de Geografia com atividades para 9ºano do Fundamental sobreCompreender as influências das monções no contexto socio-ambiental do continente asiático

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Lara D'Assunção Dos Santos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Essa habilidade visa a analisar características de países e grupos de países europeus, asiáticos e da Oceania em seus aspectos populacionais, urbanos, políticos e econômicos, e discutir suas desigualdades sociais e econômicas e pressões sobre seus ambientes físico-naturais.

Materiais necessários: Papel sulfite, cola, fita dupla face, hidrocor e/ou lápis de cor. Impressão e xerox dos climogramas e fotografias presentes no material complementar.

Caso não seja possível projetar ou imprimir os climogramas, você poderá desenhá-los no quadro. Dessa forma, na ação propositiva, os alunos utilizarão apenas as fotografias para a elaboração das manchetes.

Se as fotografias não puderem ser impressas, é necessário solicitar uma pesquisa prévia de fotografias dos países asiáticos. A partir dessas imagens, os alunos devem montar manchetes com base nos conhecimentos sobre climogramas e seus impactos na sociedade asiática.

Material complementar: Os materiais complementares dessa aula estão disponíveis no arquivo suplementar.

Link para os mapas:

Climograma de Guilin - China (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=579570)

Climograma de Bombaim (Mumbai) - Índia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=430570 )

Climograma de Phuket - Tailândia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=485640 )

Climograma de Ho Chi Minh - Vietnan ( http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=489000 )

Climograma de Denpasar - Indonésia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=972300 )

Links para as imagens:

Plantação de arroz na China: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_field_china3.jpg

Belezas naturais em Guillin, China: https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Special:Search&search=tourism+guilin+china&fulltext=1&profile=default#/media/File:Guilin_2006_19-35.jpg

Plantação de arroz em Ubud, Bali, Indonésia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_Fields_(147984137).jpeg

Playa Maya, Ko Phi Phi, Tailândia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Playa_Maya,_Ko_Phi_Phi,_Tailandia,_2013-08-19,_DD_13.JPG

Rua de Mumbai, Índia, inundada: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bombay_flooded_street2.jpg

Rua alagada em Saigon, Ho Chi Minh, Vietnã: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Saigon_children_in_rain.jpg

Para você saber mais:

Monções são ventos que mudam de direção de acordo com as estações do ano, levando ar úmido do oceano para o continente em uma determinada época e ar seco da terra para o mar em outra (https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-sao-moncoes/). Assim, as monções trazem períodos de chuvas intensas durante o verão e estiagem durante o inverno.

Vale acrescentar que a China é um país de dimensões continentais, e apenas o sul do país é atingido pelas monções. Dentre as cidades turísticas atingidas estão Guilin e Yangshuo.

Contextos prévios: Fatores climáticos e leitura de climogramas. Os alunos deverão estar cientes sobre os fatores que alteram o clima: altitude, latitude, continentalidade, maritimidade, massas de ar.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Explique aos alunos que nesta aula eles vão compreender os fatores positivos e negativos das monções no continente asiático e como os habitantes desse lugar lidam com esse fenômeno. Por se tratar de um fenômeno climático, serão trazidos nesta aula alguns climogramas de diferentes países da Ásia para que os alunos identifiquem os períodos de maior e menor índices pluviométricos.

Posteriormente, com o auxílio dos climogramas e de imagens do continente asiático, eles elaborarão, em trios, manchetes sobre as monções escritas a partir dos conteúdos abordados durante a aula.

Contextualização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Nesta primeira etapa, os alunos deverão ser impelidos a pensar que nem sempre a chuva traz benefícios. Essa linha de pensamento fará com que os alunos desvendem e compreendam a dinâmica da população asiática em tempos de chuva e de estiagem.

Aproxime, se possível, da realidade deles. Como é na cidade em que moram quando chove muito? Há períodos de estiagem? Quando? Quais os pontos benéficos e prejudiciais de ambos os quadros?

Como pontos benéficos espera-se que os alunos destaquem a irrigação das plantações, o reabastecimento dos rios e lagos, hidratação dos seres vivos, entre outros. Como pontos prejudiciais os alunos podem responder, dentre outros, as enchentes, deslizamentos, engarrafamentos, inundação das plantações, aumento de doenças transmitidas por mosquitos, aumento das pragas. A falta das chuvas acarreta, sobretudo, em escassez de água e comida por conta da falta de irrigação das plantações e queimadas.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: O conteúdo sobre as monções será construído com base nos pontos positivos e negativos das chuvas elencados pelos alunos anteriormente. Situações muito semelhantes ocorrerão com o continente asiático. Em meses de seca, a população asiática enfrenta perda de plantações, escassez de água, elevadas temperaturas, mas, em contrapartida, recebe maior número de turistas, que aproveitam o período de estiagem para conhecer o local. As duas imagens a seguir retratam um ponto positivo e um negativo das monções.

Se possível, coloque as imagens lado a lado para que os alunos possam compará-las. Peça para que eles observem as duas imagens e escrevam no caderno se o que eles veem são efeitos positivos ou negativos das monções e porquê.

A partir das respostas, destaque os fatores positivos e negativos presentes nas imagens, ressaltando que as monções são ventos e que por isso mudam de comportamento no inverno e no verão. No inverno, ventam do continente para o oceano, resultando em períodos de seca, e no verão, ventam do oceano para o continente, trazendo umidade do mar e acarretando fortes chuvas.

A fotografia da plantação de arroz pode ser interessante por parecer um ponto negativo das chuvas por conta dos terrenos alagados. Aproveite para trabalhar essa suposta contradição destacando que algumas plantações precisam de solo encharcado e, por isso, são favorecidas pelas monções de verão. É importante ressaltar que as monções podem ter diferentes impactos nos meios urbano e rural.

A mesma monção de verão pode, no entanto, apresentar pontos negativos, como a inundação das ruas. Destaque que, no meio urbano, os efeitos das chuvas de monções se fazem sentir mais fortemente porque o volume d’água é elevado. O asfaltamento e outros problemas urbanos, como o lixo nos bueiros, faz com que a água escoe com dificuldade.

Se não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

As monções de inverno, que representam o período de estiagem no continente asiático, podem ser representadas positivamente através de imagens que destaquem o turismo na região. Por outro lado, a estiagem é desfavorável quanto ao abastecimento de água e elevadas temperaturas. Nesse caso, imagens de reportagens que destaquem a seca e o calor na região são bons exemplos.

Para você saber mais: Sobre as monções, você pode explicar que não são chuvas, mas ventos que mudam de direção de acordo com as estações do ano, levando ar úmido do oceano para o continente em uma determinada época e ar seco da terra para o mar em outra (https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-sao-moncoes/).

Matéria da BBC sobre mortos e desabrigados na Índia, Bangladesh e Nepal por conta das fortes chuvas: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-41103839

Documentário da série Tempo e Clima, mostrando imagens e explicando o clima de monções que ocorre na Ásia: https://www.youtube.com/watch?v=pqWlotQhKU4

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Se possível, coloque as imagens lado a lado para que os alunos possam compará-las. Peça para que eles observem as duas imagens e escrevam no caderno se o que eles veem são efeitos positivos ou negativos das monções e porquê.

A partir das respostas, destaque os fatores positivos e negativos presentes nas imagens, ressaltando que as monções são ventos e que por isso mudam de comportamento no inverno e no verão. No inverno, ventam do continente para o oceano, resultando em períodos de seca, e no verão, ventam do oceano para o continente, trazendo umidade do mar e acarretando fortes chuvas.

A fotografia da plantação de arroz pode ser interessante por parecer um ponto negativo das chuvas por conta dos terrenos alagados. Aproveite para trabalhar essa suposta contradição destacando que algumas plantações precisam de solo encharcado e, por isso, são favorecidas pelas monções de verão. É importante ressaltar que as monções podem ter diferentes impactos nos meios urbano e rural.

A mesma monção de verão pode, no entanto, apresentar pontos negativos, como a inundação das ruas. Destaque que, no meio urbano, os efeitos das chuvas de monções se fazem sentir mais fortemente porque o volume d’água é elevado. O asfaltamento e outros problemas urbanos, como o lixo nos bueiros, faz com que a água escoe com dificuldade.

Se não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Se você não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

As monções de inverno, que representam o período de estiagem no continente asiático, podem ser representadas positivamente através de imagens que destaquem o turismo na região. Por outro lado, a estiagem é desfavorável quanto ao abastecimento de água e elevadas temperaturas. Nesse caso, imagens de reportagens que destaquem a seca e o calor na região são bons exemplos.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos

Orientações: Divida a turma em trios e disponibilize para cada trio um papel sulfite, cola, climogramas e fotografias do continente asiático (ambas disponíveis no material complementar).

Caso você não consiga imprimir ou projetar os climogramas disponíveis no material suplementar, sugiro que tire cópias de livros didáticos ou desenhe no quadro. Nesse caso, a manchete será montada apenas com uma fotografia, o que não compromete o trabalho.

No caso das fotografias, é necessário que elas estejam nas mãos dos alunos para que os eles possam criar a manchete. Não há problema se as imagens não forem as aqui sugeridas (vide fontes abaixo e material suplementar). Você pode tirar cópias de outras fotografias do continente asiático de livros didáticos ou solicitar previamente para que os alunos pesquisem fotografias dessa região e tragam para a aula.

À medida em que os alunos forem tomando contato com cada um dos climogramas, impulsione-os a identificar os dados que esse tipo de gráfico é capaz de trazer.

Dentre as informações esperadas, deve haver, principalmente, os meses do ano e quantidade de chuva mínima e máxima.

Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Você pode colocar esse exemplo no quadro:

China (Guillin) - Maio - Dezembro/janeiro (os dois meses chovem igualmente pouco, aproximadamente 56 mm, como aponta o climograma a seguir).

Montadas as manchetes com climograma e fotografia, peça para que cada trio apresente seu trabalho para a turma. É importante que nesse momento o grupo que estiver apresentando justifique as escolhas para a elaboração da manchete de acordo com o que foi aprendido e discutido nessa aula.

Fonte das imagens dos slides 8 a 12:

Climograma de Guilin - China (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=579570)

Climograma de Bombai (Mumbai) - Índia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=430570 )

Climograma de Phuket - Tailândia http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=485640 )

Climograma de Ho Chi Minh - Vietnan ( http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=489000 )

Climograma de Denpasar - Indonésia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=971460 ) ]

Links das imagens (sugestão para as manchetes):

Plantação de arroz na China: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_field_china3.jpg

Belezas naturais em Guillin, China: https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Special:Search&search=tourism+guilin+china&fulltext=1&profile=default#/media/File:Guilin_2006_19-35.jpg

Plantação de arroz na Indonésia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_Fields_(147984137).jpeg

Playa Maya, Ko Phi Phi, Tailândia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Playa_Maya,_Ko_Phi_Phi,_Tailandia,_2013-08-19,_DD_13.JPG

Rua de Mumbai (Bombaim), Índia, inundada: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bombay_flooded_street2.jpg

Rua alagada em Saigon, Ho Chi Minh, Vietnã: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Saigon_children_in_rain.jpg

Como adequar à sua realidade: Se possível, busque um climograma do seu estado como forma de comparar as distintas realidades. Os alunos podem destacar os meses de maior e menor precipitação em seu estado.

Link: Site do Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=clima/graficosClimaticos. Acesso em: 14 de novembro de 2018.

Nesse site é possível selecionar o estado, a estação meteorológica e diversas outras informações que queria, como a precipitação ao longo do ano, temperaturas máxima, média e mínima, dentre outras.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Para que os alunos tomem contato com o climograma, peça para que eles destaquem as informações presentes nesse tipo de gráfico.

Dentre as informações esperadas deve haver: os meses do ano, a precipitação (em azul), os dias de chuva (em laranja), a precipitação total anual e as médias de dias de chuva e nível de precipitação.

Nesse momento em que os alunos estão em contato com o climograma da China, vale acrescentar que as monções têm efeitos maiores ou menores em cada país. No caso chinês, por ser um país de dimensões continentais, apenas algumas cidades do sul são atingidas, como por exemplo Guilin (expressa no slide e presente no material complementar).

Para organizar as informações, como dito anteriormente, cada trio deve escrever numa folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Um direcionamento interessante é fazer com que os alunos sejam impelidos a destacar as diferenças entre os climogramas. Enquanto em Guillin (China) chove muito nos meses de maio e junho, em Ho Chi Minh (Vietnã), os meses que apresentam maior índice pluviométrico são junho e setembro.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Ao final, peça para que um dos trios diga os maiores e menores índices pluviométricos para que todos os outros grupos possam conferir juntos. Checadas as informações, as imagens do continente asiático deverão ser distribuídas para a elaboração da manchete.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta imagem temos uma plantação de arroz (rizicultura) na China. Embora pareça que se trate de um alagamento, ressalte que esse tipo de plantação, que é uma atividade milenar, requer terrenos alagadiços para crescer. Atualmente, a China é o maior produtor de arroz do mundo, e 65% dos chineses têm no arroz um item básico de alimentação.

O climograma a ser utilizado junto à essa fotografia é o da China (Guillin). Essa cidade fica no sul e é bastante conhecida pelas plantações de arroz.

Para você saber mais: Matéria da revista Super interessante sobre as possíveis origens das plantações de arroz. Disponível em: https://super.abril.com.br/ciencia/chineses-ja-cultivavam-arroz-ha-pelo-menos-9-400-anos. Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Esta é mais uma fotografia de Guillin (China). Os alunos poderão utilizar o climograma da China (Guillin) tal como na imagem anterior. Não há problema em usar mais de uma vez um climograma, já que as imagens são diferentes e, portanto, o foco da manchete a ser elaborada será outro.

Essa imagem ressalta as belezas naturais do local que atraem muitos turistas por ano. Guillin tem atraído grandes redes hoteleiras globais por ser um dos destinos mais procurados pelos chineses e turistas internacionais.

Para você saber mais: Matéria do jornal OGlobo sobre o turismo na cidade de Guillin. Disponível em: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/guilin-onde-arte-natureza-se-encontram-na-china-12414794 Acesso em 19 de novembro de 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Essa fotografia foi tirada nos campos de arroz de Ubud, Ilha de Bali (Indonésia). Assim como a China, esse país exerce grande influência no mercado mundial de arroz.

O climograma de Denpasar (Indonésia) pode ser utilizado na manchete junto com essa fotografia. As cidades de Denpasar e Ubud estão localizadas na Ilha de Bali.

Para você saber mais: Artigo veiculado pela Agência Embrapa de Informação Tecnológica (Ageitec) sobre o mercado de arroz disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/arroz/arvore/CONT000fok5vmke02wyiv80bhgp5prthhjx4.html . Acesso em 19 de novembro de 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de Maya Bay, na ilha de Kho Phi Phi, ao sul da Tailândia. O climograma de Phuket (província da Tailândia cuja capital tem o mesmo nome) pode ser utilizado em conjunto com essa imagem, pois está próxima de Kho Phi Phi. Em Phuket estão as praias mais conhecidas da Tailândia.

Essa praia chegou a receber mais de seis mil turistas por dia.

Para você saber mais: Maya Bay está fechada por tempo indeterminado devido ao elevado número de turistas desde o filme “A praia” (2000), que conta com a atuação de Leonardo Dicaprio. Matéria do jornal OGlobo disponível em: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/entenda-por-que-praia-de-filme-de-dicaprio-na-tailandia-continuara-fechada-23123035 . Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de uma rua de Mumbai (ou Bombaim, embora Mumbai seja o nome oficial), Índia, inundada. Pode ser usada juntamente com o climograma do mesmo local.

Ação Propositiva select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de crianças atravessando uma rua alagada em Ho Chi Minh (antiga Saigon). Essa cidade se tornou o símbolo da abertura do Vietnã para o capitalismo e para o livre mercado. Tomada por arranha-céus, lojas de grife e carros de luxo, a ex-Saigon é a capital financeira do Vietnã, uma das 100 cidades mais caras do mundo.

Essa imagem pode ser utilizada na manchete junto ao climograma de Ho Chi Minh (Vietnã).

Para saber mais: Matéria da revista Época disponível em: https://epoca.globo.com/ideias/noticia/2015/05/mistura-de-comunismo-e-capitalismo-no-vietna.html . Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 14 minutos.

Orientações: Após a apresentação dos grupos, cada aluno trio deverá fazer críticas construtivas aos demais grupos, com o intuito de reforçar os argumentos baseados nos climogramas e nas fotografias. O aluno pode, por exemplo, elogiar a observação correta do climograma e/ou a relação interessante entre a fotografia e o climograma. A sugestão é aberta, de acordo com a criatividade deles.

Em seguida, peça para que cada trio cole com fita dupla face suas manchetes nas paredes do corredor da escola ou num mural.

É primordial que eles cheguem ao fim desta aula capazes de definir monções de inverno e de verão, a região de ocorrência desse fenômeno e como este fenômeno é vivenciado pela sociedade asiática.

Resumo da aula

download Baixar plano

Sobre este plano: Ele está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF09GE09 de Geografia, que consta na BNCC. Essa habilidade visa a analisar características de países e grupos de países europeus, asiáticos e da Oceania em seus aspectos populacionais, urbanos, políticos e econômicos, e discutir suas desigualdades sociais e econômicas e pressões sobre seus ambientes físico-naturais.

Materiais necessários: Papel sulfite, cola, fita dupla face, hidrocor e/ou lápis de cor. Impressão e xerox dos climogramas e fotografias presentes no material complementar.

Caso não seja possível projetar ou imprimir os climogramas, você poderá desenhá-los no quadro. Dessa forma, na ação propositiva, os alunos utilizarão apenas as fotografias para a elaboração das manchetes.

Se as fotografias não puderem ser impressas, é necessário solicitar uma pesquisa prévia de fotografias dos países asiáticos. A partir dessas imagens, os alunos devem montar manchetes com base nos conhecimentos sobre climogramas e seus impactos na sociedade asiática.

Material complementar: Os materiais complementares dessa aula estão disponíveis no arquivo suplementar.

Link para os mapas:

Climograma de Guilin - China (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=579570)

Climograma de Bombaim (Mumbai) - Índia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=430570 )

Climograma de Phuket - Tailândia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=485640 )

Climograma de Ho Chi Minh - Vietnan ( http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=489000 )

Climograma de Denpasar - Indonésia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=972300 )

Links para as imagens:

Plantação de arroz na China: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_field_china3.jpg

Belezas naturais em Guillin, China: https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Special:Search&search=tourism+guilin+china&fulltext=1&profile=default#/media/File:Guilin_2006_19-35.jpg

Plantação de arroz em Ubud, Bali, Indonésia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_Fields_(147984137).jpeg

Playa Maya, Ko Phi Phi, Tailândia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Playa_Maya,_Ko_Phi_Phi,_Tailandia,_2013-08-19,_DD_13.JPG

Rua de Mumbai, Índia, inundada: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bombay_flooded_street2.jpg

Rua alagada em Saigon, Ho Chi Minh, Vietnã: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Saigon_children_in_rain.jpg

Para você saber mais:

Monções são ventos que mudam de direção de acordo com as estações do ano, levando ar úmido do oceano para o continente em uma determinada época e ar seco da terra para o mar em outra (https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-sao-moncoes/). Assim, as monções trazem períodos de chuvas intensas durante o verão e estiagem durante o inverno.

Vale acrescentar que a China é um país de dimensões continentais, e apenas o sul do país é atingido pelas monções. Dentre as cidades turísticas atingidas estão Guilin e Yangshuo.

Contextos prévios: Fatores climáticos e leitura de climogramas. Os alunos deverão estar cientes sobre os fatores que alteram o clima: altitude, latitude, continentalidade, maritimidade, massas de ar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Explique aos alunos que nesta aula eles vão compreender os fatores positivos e negativos das monções no continente asiático e como os habitantes desse lugar lidam com esse fenômeno. Por se tratar de um fenômeno climático, serão trazidos nesta aula alguns climogramas de diferentes países da Ásia para que os alunos identifiquem os períodos de maior e menor índices pluviométricos.

Posteriormente, com o auxílio dos climogramas e de imagens do continente asiático, eles elaborarão, em trios, manchetes sobre as monções escritas a partir dos conteúdos abordados durante a aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações: Nesta primeira etapa, os alunos deverão ser impelidos a pensar que nem sempre a chuva traz benefícios. Essa linha de pensamento fará com que os alunos desvendem e compreendam a dinâmica da população asiática em tempos de chuva e de estiagem.

Aproxime, se possível, da realidade deles. Como é na cidade em que moram quando chove muito? Há períodos de estiagem? Quando? Quais os pontos benéficos e prejudiciais de ambos os quadros?

Como pontos benéficos espera-se que os alunos destaquem a irrigação das plantações, o reabastecimento dos rios e lagos, hidratação dos seres vivos, entre outros. Como pontos prejudiciais os alunos podem responder, dentre outros, as enchentes, deslizamentos, engarrafamentos, inundação das plantações, aumento de doenças transmitidas por mosquitos, aumento das pragas. A falta das chuvas acarreta, sobretudo, em escassez de água e comida por conta da falta de irrigação das plantações e queimadas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: O conteúdo sobre as monções será construído com base nos pontos positivos e negativos das chuvas elencados pelos alunos anteriormente. Situações muito semelhantes ocorrerão com o continente asiático. Em meses de seca, a população asiática enfrenta perda de plantações, escassez de água, elevadas temperaturas, mas, em contrapartida, recebe maior número de turistas, que aproveitam o período de estiagem para conhecer o local. As duas imagens a seguir retratam um ponto positivo e um negativo das monções.

Se possível, coloque as imagens lado a lado para que os alunos possam compará-las. Peça para que eles observem as duas imagens e escrevam no caderno se o que eles veem são efeitos positivos ou negativos das monções e porquê.

A partir das respostas, destaque os fatores positivos e negativos presentes nas imagens, ressaltando que as monções são ventos e que por isso mudam de comportamento no inverno e no verão. No inverno, ventam do continente para o oceano, resultando em períodos de seca, e no verão, ventam do oceano para o continente, trazendo umidade do mar e acarretando fortes chuvas.

A fotografia da plantação de arroz pode ser interessante por parecer um ponto negativo das chuvas por conta dos terrenos alagados. Aproveite para trabalhar essa suposta contradição destacando que algumas plantações precisam de solo encharcado e, por isso, são favorecidas pelas monções de verão. É importante ressaltar que as monções podem ter diferentes impactos nos meios urbano e rural.

A mesma monção de verão pode, no entanto, apresentar pontos negativos, como a inundação das ruas. Destaque que, no meio urbano, os efeitos das chuvas de monções se fazem sentir mais fortemente porque o volume d’água é elevado. O asfaltamento e outros problemas urbanos, como o lixo nos bueiros, faz com que a água escoe com dificuldade.

Se não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

As monções de inverno, que representam o período de estiagem no continente asiático, podem ser representadas positivamente através de imagens que destaquem o turismo na região. Por outro lado, a estiagem é desfavorável quanto ao abastecimento de água e elevadas temperaturas. Nesse caso, imagens de reportagens que destaquem a seca e o calor na região são bons exemplos.

Para você saber mais: Sobre as monções, você pode explicar que não são chuvas, mas ventos que mudam de direção de acordo com as estações do ano, levando ar úmido do oceano para o continente em uma determinada época e ar seco da terra para o mar em outra (https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-sao-moncoes/).

Matéria da BBC sobre mortos e desabrigados na Índia, Bangladesh e Nepal por conta das fortes chuvas: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-41103839

Documentário da série Tempo e Clima, mostrando imagens e explicando o clima de monções que ocorre na Ásia: https://www.youtube.com/watch?v=pqWlotQhKU4

Slide Plano Aula

Orientações: Se possível, coloque as imagens lado a lado para que os alunos possam compará-las. Peça para que eles observem as duas imagens e escrevam no caderno se o que eles veem são efeitos positivos ou negativos das monções e porquê.

A partir das respostas, destaque os fatores positivos e negativos presentes nas imagens, ressaltando que as monções são ventos e que por isso mudam de comportamento no inverno e no verão. No inverno, ventam do continente para o oceano, resultando em períodos de seca, e no verão, ventam do oceano para o continente, trazendo umidade do mar e acarretando fortes chuvas.

A fotografia da plantação de arroz pode ser interessante por parecer um ponto negativo das chuvas por conta dos terrenos alagados. Aproveite para trabalhar essa suposta contradição destacando que algumas plantações precisam de solo encharcado e, por isso, são favorecidas pelas monções de verão. É importante ressaltar que as monções podem ter diferentes impactos nos meios urbano e rural.

A mesma monção de verão pode, no entanto, apresentar pontos negativos, como a inundação das ruas. Destaque que, no meio urbano, os efeitos das chuvas de monções se fazem sentir mais fortemente porque o volume d’água é elevado. O asfaltamento e outros problemas urbanos, como o lixo nos bueiros, faz com que a água escoe com dificuldade.

Se não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

Slide Plano Aula

Orientações: Se você não conseguir utilizar essas imagens, você pode recortar outras de jornais ou revistas. Basta que sejam de algum país asiático e que destaquem um ponto positivo e um ponto negativo. As imagens que serão trabalhadas como pontos positivos das chuvas de monções podem trazer, por exemplo, o sucesso de plantações ou a navegação em rios caudalosos, que ocorre devido ao reabastecimento de rios e nascentes por meio do grande volume de chuvas. As imagens que trarão pontos negativos podem retratar deslizamentos, enchentes (ambos podem ocorrer no meio urbano ou rural), congestionamento, dentre outros.

As monções de inverno, que representam o período de estiagem no continente asiático, podem ser representadas positivamente através de imagens que destaquem o turismo na região. Por outro lado, a estiagem é desfavorável quanto ao abastecimento de água e elevadas temperaturas. Nesse caso, imagens de reportagens que destaquem a seca e o calor na região são bons exemplos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 18 minutos

Orientações: Divida a turma em trios e disponibilize para cada trio um papel sulfite, cola, climogramas e fotografias do continente asiático (ambas disponíveis no material complementar).

Caso você não consiga imprimir ou projetar os climogramas disponíveis no material suplementar, sugiro que tire cópias de livros didáticos ou desenhe no quadro. Nesse caso, a manchete será montada apenas com uma fotografia, o que não compromete o trabalho.

No caso das fotografias, é necessário que elas estejam nas mãos dos alunos para que os eles possam criar a manchete. Não há problema se as imagens não forem as aqui sugeridas (vide fontes abaixo e material suplementar). Você pode tirar cópias de outras fotografias do continente asiático de livros didáticos ou solicitar previamente para que os alunos pesquisem fotografias dessa região e tragam para a aula.

À medida em que os alunos forem tomando contato com cada um dos climogramas, impulsione-os a identificar os dados que esse tipo de gráfico é capaz de trazer.

Dentre as informações esperadas, deve haver, principalmente, os meses do ano e quantidade de chuva mínima e máxima.

Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Você pode colocar esse exemplo no quadro:

China (Guillin) - Maio - Dezembro/janeiro (os dois meses chovem igualmente pouco, aproximadamente 56 mm, como aponta o climograma a seguir).

Montadas as manchetes com climograma e fotografia, peça para que cada trio apresente seu trabalho para a turma. É importante que nesse momento o grupo que estiver apresentando justifique as escolhas para a elaboração da manchete de acordo com o que foi aprendido e discutido nessa aula.

Fonte das imagens dos slides 8 a 12:

Climograma de Guilin - China (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=579570)

Climograma de Bombai (Mumbai) - Índia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=430570 )

Climograma de Phuket - Tailândia http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=485640 )

Climograma de Ho Chi Minh - Vietnan ( http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=489000 )

Climograma de Denpasar - Indonésia (http://www.educaplus.org/climatic/datclim_db.php?estacion=971460 ) ]

Links das imagens (sugestão para as manchetes):

Plantação de arroz na China: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_field_china3.jpg

Belezas naturais em Guillin, China: https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Special:Search&search=tourism+guilin+china&fulltext=1&profile=default#/media/File:Guilin_2006_19-35.jpg

Plantação de arroz na Indonésia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rice_Fields_(147984137).jpeg

Playa Maya, Ko Phi Phi, Tailândia: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Playa_Maya,_Ko_Phi_Phi,_Tailandia,_2013-08-19,_DD_13.JPG

Rua de Mumbai (Bombaim), Índia, inundada: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bombay_flooded_street2.jpg

Rua alagada em Saigon, Ho Chi Minh, Vietnã: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Saigon_children_in_rain.jpg

Como adequar à sua realidade: Se possível, busque um climograma do seu estado como forma de comparar as distintas realidades. Os alunos podem destacar os meses de maior e menor precipitação em seu estado.

Link: Site do Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=clima/graficosClimaticos. Acesso em: 14 de novembro de 2018.

Nesse site é possível selecionar o estado, a estação meteorológica e diversas outras informações que queria, como a precipitação ao longo do ano, temperaturas máxima, média e mínima, dentre outras.

Slide Plano Aula

Orientações: Para que os alunos tomem contato com o climograma, peça para que eles destaquem as informações presentes nesse tipo de gráfico.

Dentre as informações esperadas deve haver: os meses do ano, a precipitação (em azul), os dias de chuva (em laranja), a precipitação total anual e as médias de dias de chuva e nível de precipitação.

Nesse momento em que os alunos estão em contato com o climograma da China, vale acrescentar que as monções têm efeitos maiores ou menores em cada país. No caso chinês, por ser um país de dimensões continentais, apenas algumas cidades do sul são atingidas, como por exemplo Guilin (expressa no slide e presente no material complementar).

Para organizar as informações, como dito anteriormente, cada trio deve escrever numa folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Slide Plano Aula

Orientações: Um direcionamento interessante é fazer com que os alunos sejam impelidos a destacar as diferenças entre os climogramas. Enquanto em Guillin (China) chove muito nos meses de maio e junho, em Ho Chi Minh (Vietnã), os meses que apresentam maior índice pluviométrico são junho e setembro.

Slide Plano Aula

Orientações: Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Slide Plano Aula

Orientações: Peça para que cada trio escreva em uma folha os nomes dos 5 países e cidades dos climogramas e os meses de maior e menor chuva, respectivamente. Isso ajudará na elaboração da manchete.

Slide Plano Aula

Orientações: Ao final, peça para que um dos trios diga os maiores e menores índices pluviométricos para que todos os outros grupos possam conferir juntos. Checadas as informações, as imagens do continente asiático deverão ser distribuídas para a elaboração da manchete.

Slide Plano Aula

Orientações: Nesta imagem temos uma plantação de arroz (rizicultura) na China. Embora pareça que se trate de um alagamento, ressalte que esse tipo de plantação, que é uma atividade milenar, requer terrenos alagadiços para crescer. Atualmente, a China é o maior produtor de arroz do mundo, e 65% dos chineses têm no arroz um item básico de alimentação.

O climograma a ser utilizado junto à essa fotografia é o da China (Guillin). Essa cidade fica no sul e é bastante conhecida pelas plantações de arroz.

Para você saber mais: Matéria da revista Super interessante sobre as possíveis origens das plantações de arroz. Disponível em: https://super.abril.com.br/ciencia/chineses-ja-cultivavam-arroz-ha-pelo-menos-9-400-anos. Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Esta é mais uma fotografia de Guillin (China). Os alunos poderão utilizar o climograma da China (Guillin) tal como na imagem anterior. Não há problema em usar mais de uma vez um climograma, já que as imagens são diferentes e, portanto, o foco da manchete a ser elaborada será outro.

Essa imagem ressalta as belezas naturais do local que atraem muitos turistas por ano. Guillin tem atraído grandes redes hoteleiras globais por ser um dos destinos mais procurados pelos chineses e turistas internacionais.

Para você saber mais: Matéria do jornal OGlobo sobre o turismo na cidade de Guillin. Disponível em: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/guilin-onde-arte-natureza-se-encontram-na-china-12414794 Acesso em 19 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Essa fotografia foi tirada nos campos de arroz de Ubud, Ilha de Bali (Indonésia). Assim como a China, esse país exerce grande influência no mercado mundial de arroz.

O climograma de Denpasar (Indonésia) pode ser utilizado na manchete junto com essa fotografia. As cidades de Denpasar e Ubud estão localizadas na Ilha de Bali.

Para você saber mais: Artigo veiculado pela Agência Embrapa de Informação Tecnológica (Ageitec) sobre o mercado de arroz disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/arroz/arvore/CONT000fok5vmke02wyiv80bhgp5prthhjx4.html . Acesso em 19 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de Maya Bay, na ilha de Kho Phi Phi, ao sul da Tailândia. O climograma de Phuket (província da Tailândia cuja capital tem o mesmo nome) pode ser utilizado em conjunto com essa imagem, pois está próxima de Kho Phi Phi. Em Phuket estão as praias mais conhecidas da Tailândia.

Essa praia chegou a receber mais de seis mil turistas por dia.

Para você saber mais: Maya Bay está fechada por tempo indeterminado devido ao elevado número de turistas desde o filme “A praia” (2000), que conta com a atuação de Leonardo Dicaprio. Matéria do jornal OGlobo disponível em: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/entenda-por-que-praia-de-filme-de-dicaprio-na-tailandia-continuara-fechada-23123035 . Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de uma rua de Mumbai (ou Bombaim, embora Mumbai seja o nome oficial), Índia, inundada. Pode ser usada juntamente com o climograma do mesmo local.

Slide Plano Aula

Orientações: Fotografia de crianças atravessando uma rua alagada em Ho Chi Minh (antiga Saigon). Essa cidade se tornou o símbolo da abertura do Vietnã para o capitalismo e para o livre mercado. Tomada por arranha-céus, lojas de grife e carros de luxo, a ex-Saigon é a capital financeira do Vietnã, uma das 100 cidades mais caras do mundo.

Essa imagem pode ser utilizada na manchete junto ao climograma de Ho Chi Minh (Vietnã).

Para saber mais: Matéria da revista Época disponível em: https://epoca.globo.com/ideias/noticia/2015/05/mistura-de-comunismo-e-capitalismo-no-vietna.html . Acesso em: 19 de novembro de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo Sugerido: 14 minutos.

Orientações: Após a apresentação dos grupos, cada aluno trio deverá fazer críticas construtivas aos demais grupos, com o intuito de reforçar os argumentos baseados nos climogramas e nas fotografias. O aluno pode, por exemplo, elogiar a observação correta do climograma e/ou a relação interessante entre a fotografia e o climograma. A sugestão é aberta, de acordo com a criatividade deles.

Em seguida, peça para que cada trio cole com fita dupla face suas manchetes nas paredes do corredor da escola ou num mural.

É primordial que eles cheguem ao fim desta aula capazes de definir monções de inverno e de verão, a região de ocorrência desse fenômeno e como este fenômeno é vivenciado pela sociedade asiática.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Conexões e escalas do 9º ano :

MAIS AULAS DE Geografia do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09GE09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Geografia

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano