16176
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > História > 4º ano > Circulação de pessoas, produtos e culturas

Plano de aula - Das cartas às redes sociais: a velocidade da comunicação

Plano de aula de História com atividades para 4º ano do EF sobre Das cartas às redes sociais: a velocidade da comunicação

Plano 03 de 10 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Paula Afonso De Borborema

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI08 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Papéis para escrever as cartas e confeccionar os envelopes
  • lápis
  • material de colorir
  • caixa
  • impressão da carta de Pero Vaz de Caminha
  • caderno

Material complementar:

Trechos da carta de Pero Vaz de Caminha: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/SscvrrkQze5XznGwCqeSQExWP5yC7zQSQWZbUUkUUyBez2YXrpRd5NuTk5W4/his4-08und03-trecho-carta-pero-vaz-de-caminha-problematizacao.pdf

Cartas e Cartões Postais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EJ5z3F2G2KSjZFWgUe6BGADyhQAxZrRXa2PWKjPqBUqCqrZnjMF3DYPEHwXB/his4-08und03-imagens-e-cartas-e-cartoes-postais-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

VESCE, G.E.P. Exclusão Digital. Info Escola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/sociologia/exclusao-digital/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

RIBEIRO, A.E.; DRUMMOND, M. O e-mail de Caminha. Belo Horizonte: RHJ, 2015.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente esse slide e faça uma leitura coletiva. Os alunos devem estar dispostos em meio círculo.

Para que os alunos possam compreender melhor a aula questione-os sobre o que é meio de comunicação, quais meios eles conhecem e se já ouviram falar de exclusão digital. Esse momento deve ser breve, não precisa suscitar debates e nem se preocupar em responder todas as questões.

O ideal seria que houvesse interdisciplinaridade nesta aula. De modo que em uma aula de Língua Portuguesa, anterior a esta, a turma aprendesse a redigir o texto de uma carta. Esse plano serviria de fixação da aula anterior e facilitaria a atividade inicial.

Para você saber mais:

COSTA, C.E. Informação em tempos de globalização: a transformação da sociedade. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-financas/informacao-em-tempos-de-globalizacao-a-transformacao-da-sociedade/14126/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

VESCE, G.E.P. Exclusão Digital. Info Escola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/sociologia/exclusao-digital/>.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Projete o slide ou copie-o no quadro e leia em voz alta. Explique aos alunos que nesse momento eles escreverão cartas aos colegas de turma com o texto e a pergunta como indicado no slide. Sorteie os destinatários e em seguida confeccione, com os alunos, os envelopes e cartas. Os alunos podem ter dificuldade em saber o que escrever na carta, pode orientá-lo.

Quando acabarem de escrever, todas as cartas devem ser colocadas em uma caixa.

Os slides da contextualização devem ser projetado com a seguinte duração:

1° slide - 5 minutos

2° slide - 7 minutos

Fonte da imagem: Banco de imagem da Nova Escola.

Para você saber mais:

O site apresenta três maneiras de fazer um envelope. Escolha o que melhor se adequa à realidade da sua turma https://pt.wikihow.com/Fazer-um-Envelope

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Projete o slide ou copie no quadro. Em seguida leia para os alunos o texto inicial. Aguarde as primeiras reações, é provável que sejam de protesto. Permita que as crianças compartilhem suas opiniões. Depois leia cada uma das perguntas e aguarde as respostas.

O objetivo da atividade é vivenciar a escrita de uma carta, conhecendo seu objeto de estudo e a reflexão sobre o tempo. Permita que os alunos respondam todas as perguntas. Finalize a atividade esclarecendo que essa dificuldade de espera, em parte, tem origem na cultura do imediatismo e que é um comportamento normal às últimas gerações, mas que nem sempre foi assim.

Fonte da imagem: Banco de imagem da Nova Escola.

Para você saber mais:

É um longo texto sobre a cultura do imediatismo e a ansiedade infantil que no entanto, apresenta, logo no início, o conceito desse comportamento:

Cultura do imediatismo: tudo ao mesmo tempo e agora. Disponível em: <https://escoladainteligencia.com.br/cultura-do-imediatismo-tudo-ao-mesmo-tempo-e-agora/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: Projete o slide ou copie no quadro, lendo o texto em voz alta. Em seguida entregue um trecho da carta de Pero Vaz de Caminha, impressa, para todos os alunos. Faça uma breve contextualização do momento histórico em que foi escrita. O texto deve ser lido em voz alta para a turma. Oriente-os para que perguntem quando aparecer uma palavra ou expressão desconhecida e que sublinhem com lápis as informações da carta que seriam importantes para o rei de Portugal. Explique o significado das palavras ou expressões que forem sendo sinalizadas para que possam compreender melhor o texto (você pode encontrar algumas dicas na seção “para você saber mais”). Finalizada a leitura, permita que leiam mais uma vez, silenciosamente.

Em seguida, discutam sobre a importância da carta e de suas informações. Espera-se que os alunos apontem informações relativas ao relevo, o clima, extensão, vegetação, abundância de água, fertilidade do solo e existência de povos indígenas. E assim, compreendam a importância desta carta para o rei.

Em seguida forneça uma nova informação: a carta levou semanas para chegar ao rei. Meses separam a saída da esquadra de Portugal até o recebimento da carta. Oriente os alunos a responder a pergunta do slide. Espera-se que as crianças respondam que era muito tempo para o rei esperar.

Após o momento de estranhamento e interação oral questione o porquê de se comunicarem por cartas, será que não teria outro meio? Como será que era a comunicação antes das cartas? Permita que a turma crie suas hipóteses a respeito dos meios de comunicação da época. Esclareça aos alunos que as cartas eram um meio seguro de trocar informações por ser escrito, antes da carta as mensagens eram enviadas por meio oral e o remetente precisava contar com a memória do mensageiro. As cartas eram entregues, nessa época a cavalo, por navios e até pombo-correio.

Fonte do texto: http://www.historia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/fontes%20historicas/pero_vaz.pdf Acesso em 23 de outubro de 2018. Trecho final da Carta de Pero Vaz de Caminha. Essa fonte primária revisará conteúdos já estudados no quarto ano, o que também torna a fonte familiar ao alunos.

Texto da carta para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/SscvrrkQze5XznGwCqeSQExWP5yC7zQSQWZbUUkUUyBez2YXrpRd5NuTk5W4/his4-08und03-trecho-carta-pero-vaz-de-caminha-problematizacao.pdf

Fonte da imagem: Banco de imagens Nova Escola.

Para você saber mais:

Légua - unidade de medida equivalente a 6 quilômetros.

Chã - significa terra plana.

“De Entre-Douro-e-Minho” - região litorânea ao norte de Portugal.

Calicute - importante cidade comercial das Índias, que foi considerada o principal porto de especiarias no século XV e destino final da armada de Pedro Álvares Cabral.

Fé - no sentido do texto é a evangelização e conversão dos povos nativos ao catolicismo.

Vossa Alteza - pronome de tratamento destinado a reis, rainhas, príncipes e princesas.

Mercê - favor, graça, benefício.

Ilha de Vera Cruz - primeiro nome dado ao Brasil.

A carta foi escrita um pouco mais de uma semana após sua chegada no continente.

Para uma breve contextualização da carta:

Carta de Pero Vaz de Caminha: história e análise do texto. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia-brasil/carta-de-pero-vaz-de-caminha-historia-e-analise-do-texto.htm>

Matéria sobre como eram enviadas as mensagens através de pombo-correio

KOBAYASHI, E. Como o pombo-correio sabe para onde ele deve levar a mensagem? Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/1093/como-o-pombo-correio-sabe-para-onde-ele-deve-levar-a-mensagem>.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta. Explique aos alunos que o custo de uma ligação DDD ou DDI era muito caro, então a carta era uma das formas utilizadas na comunicação à distância até praticamente duas décadas atrás. Também os cartões postais eram uma maneira de compartilhar nossas viagens com amigos e familiares.

Oriente o debate com os alunos sobre se eles já escreveram cartões ou receberam esse tipo de cartão. Se algum aluno recebeu pergunte como foi. Caso nenhum aluno tenha tido essa experiência pode utilizar uma experiência sua. O objetivo dessa atividade é que a turma perceba que a carta era um meio mais pessoal e que ainda existiu no nosso cotidiano até pouco tempo.

Motive os alunos a tentar responder à pergunta. Siga para o próximo slide quando um dos alunos disser que foi o telefone, sem dizer quem acertou.

Fonte das imagens - Banco de imagens Nova Escola.

Wikimedia. Disponível em:

Para você saber mais:

O filme “Central do Brasil” não atende a classificação etária da turma, mas você pode utilizar a história da personagem vivida pela atriz Fernanda Montenegro, que cobra para escrever cartas. Esse aspecto do filme demonstra a importância das cartas para os migrantes.

Resenha do filme Central do Brasil terra estrangeira. Disponível em: <https://pedagogiaaopedaletra.com/resenha-do-filme-central-do-brasil-terra-estrangeira/> Acesso em 08/02/2019

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta, caso não esteja utilizando projetor leia o texto para os alunos e copie as perguntas no quadro. Permita que os alunos discutam as perguntas criando suas próprias hipóteses. O esperado é que os alunos respondam que a carta foi deixando de ser usada devido a sua velocidade ou porque o telefone é mais prático. Provavelmente as cartas que os alunos conhecem são comunicações bancárias, cobranças, propagandas e etc. E a carta que recebemos é o email. Inclusive normalmente seu ícone é um envelope.

Oriente os alunos a comparar a carta com os outros meios de comunicação atuais, exemplificando-os e descrevendo a facilidade e rapidez, quase instantânea, da nossa comunicação. Como seria a carta de Pero Vaz de Caminha hoje? Atualmente poderiam se comunicar por quais meios? É provável que os alunos citem email, sms, celular, redes sociais.

Questione:

  • Quais seriam as vantagens desses meios sobre a carta?
  • E da carta sobre esses outros meios?
  • Os alunos devem responder que a vantagem dos outros meios é a rapidez da comunicação e sua praticidade.
  • Sobre a carta, talvez eles não vejam vantagens, então ressalte que o texto da carta não tem limite de caracteres, pode ser levada e “acessada” em qualquer lugar, não pode ser “deletada” por engano, e é mais pessoal.

Lembre-os das decorações que fizeram nas cartas para os colegas, do capricho na letra, todo cuidado que existe com uma carta. A sensação de receber uma carta pelo correio não é a mesma de receber um email entre vários no mesmo dia.

Em seguida, questione sobre a validade de meios como a carta, que apesar de toda tecnologia, ainda existirem. Mesmo com a sua lentidão, comparado aos meios que já haviam citado. Medeie a discussão acrescentando dados como: segundo o IBGE, 37% dos brasileiros não possuem internet em casa, um pouco mais de um milhão de brasileiros não possuem energia elétrica e etc.

Questione: E o que acontece com quem não possui internet? O que eles perderiam se não houvessem esses meios como cartas e jornais?

Com essas informações é provável que a turma conclua que esses meios ainda são importantes para alcançar uma grande parte da população, que acaba sendo excluída desse processo por não deter essa tecnologia. Essa é a chamada exclusão digital.

Como adequar à sua realidade: Caso sua região tenha acesso precário ao uso da internet ou seus alunos não tenham facilidade de acessar os meios que foram citados em sala de aula, pergunte sobre o que eles acham que estão perdendo sem possuir esse acesso, o quanto seria importante para a região ter lugares de acesso público para pesquisas de escola, para receber notícias, entretenimento, procurar emprego e etc.

Para você saber mais:

Confira nesse artigo os dados fornecidos na orientação:

SANTOS, B.F. Apesar de expansão o acesso a internet no Brasil ainda é baixo. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/brasil/apesar-de-expansao-acesso-a-internet-no-brasil-ainda-e-baixo/>. Acesso em 08/02/2019

SILVEIRA, D. Mais de 63% dos domicilios têm acesso à internet, aponta IBGE. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/economia/noticia/mais-de-63-dos-domicilios-tem-acesso-a-internet-aponta-ibge.ghtml>. Acesso em 08/02/2019

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta e organize a turma em duplas. Cada dupla deve escolher um meio de comunicação citado em sala de aula, em seguida, devem retomar a carta de Pero Vaz de Caminha e reescrever as informações da carta, no caderno, usando uma linguagem atual. Oriente-os a imaginar as respostas do rei.

Os alunos que escolherem redes sociais como Instagram, WhatsApp, Messenger, Telegram, Facebook, SMS ou outros desse tipo poderão desenhar a tela com seus balões de diálogo. Caso o aluno escolha uma ligação telefônica, deverá também escrever esse diálogo no caderno. Os alunos podem até escolher mais de um meio. Por exemplo pode iniciar no Whatsapp e depois enviar uma foto no Instagram, ou precisar falar ao telefone. Deixe que usem sua imaginação.

Reserve alguns minutos finais e selecione algumas duplas para lerem seus diálogos de forma encenada.

Ao final da atividade, entregue as cartas feitas por eles, na atividade inicial da aula, aos seus destinatários.

Como adequar à sua realidade:

Caso a turma seja muito grande pode dividi-la em grupos maiores, considerando o tempo disponível para essa atividade. Caso seus alunos não possuam fácil acesso a internet, pode ser um diálogo por telefone ou até reescrever duas cartas, na linguagem atual, informando e respondendo.

Para você saber mais:

Esse livro pode lhe inspirar com seus diálogos na era da informática. Livro que recria a Carta de Pero Vaz de Caminha através de um diálogo fictício entre as personagens do “descobrimento” utilizando a internet.

RIBEIRO, A.E.; DRUMMOND, M. O e-mail de Caminha. Belo Horizonte: RHJ, 2015.

Sugestão de atividade extra: Proposta de atividade prévia - Se possível, confeccione uma caixa de correio para a sala de aula. Tem diversos modelos para se inspirar em https://br.pinterest.com/pin/140878294569545839/ (acesso em 28 out. 2018). Os alunos devem escrever cartas para os colegas, em casa, e depositá-las na caixa quando chegarem na escola. A cada dois dias um “carteiro” recolhe e entrega as cartas. Essa experiência deverá enriquecer a discussão sobre a velocidade da comunicação.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 50 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF04HI08 de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade aqui e que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais necessários:

  • Papéis para escrever as cartas e confeccionar os envelopes
  • lápis
  • material de colorir
  • caixa
  • impressão da carta de Pero Vaz de Caminha
  • caderno

Material complementar:

Trechos da carta de Pero Vaz de Caminha: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/SscvrrkQze5XznGwCqeSQExWP5yC7zQSQWZbUUkUUyBez2YXrpRd5NuTk5W4/his4-08und03-trecho-carta-pero-vaz-de-caminha-problematizacao.pdf

Cartas e Cartões Postais: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/EJ5z3F2G2KSjZFWgUe6BGADyhQAxZrRXa2PWKjPqBUqCqrZnjMF3DYPEHwXB/his4-08und03-imagens-e-cartas-e-cartoes-postais-problematizacao.pdf

Para você saber mais:

VESCE, G.E.P. Exclusão Digital. Info Escola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/sociologia/exclusao-digital/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

RIBEIRO, A.E.; DRUMMOND, M. O e-mail de Caminha. Belo Horizonte: RHJ, 2015.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente o tema aos alunos escrevendo-o no quadro ou lendo-o para a turma. Se estiver fazendo uso de projetor, apresente esse slide e faça uma leitura coletiva. Os alunos devem estar dispostos em meio círculo.

Para que os alunos possam compreender melhor a aula questione-os sobre o que é meio de comunicação, quais meios eles conhecem e se já ouviram falar de exclusão digital. Esse momento deve ser breve, não precisa suscitar debates e nem se preocupar em responder todas as questões.

O ideal seria que houvesse interdisciplinaridade nesta aula. De modo que em uma aula de Língua Portuguesa, anterior a esta, a turma aprendesse a redigir o texto de uma carta. Esse plano serviria de fixação da aula anterior e facilitaria a atividade inicial.

Para você saber mais:

COSTA, C.E. Informação em tempos de globalização: a transformação da sociedade. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/economia-e-financas/informacao-em-tempos-de-globalizacao-a-transformacao-da-sociedade/14126/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

VESCE, G.E.P. Exclusão Digital. Info Escola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/sociologia/exclusao-digital/>.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 12 minutos

Orientações: Projete o slide ou copie-o no quadro e leia em voz alta. Explique aos alunos que nesse momento eles escreverão cartas aos colegas de turma com o texto e a pergunta como indicado no slide. Sorteie os destinatários e em seguida confeccione, com os alunos, os envelopes e cartas. Os alunos podem ter dificuldade em saber o que escrever na carta, pode orientá-lo.

Quando acabarem de escrever, todas as cartas devem ser colocadas em uma caixa.

Os slides da contextualização devem ser projetado com a seguinte duração:

1° slide - 5 minutos

2° slide - 7 minutos

Fonte da imagem: Banco de imagem da Nova Escola.

Para você saber mais:

O site apresenta três maneiras de fazer um envelope. Escolha o que melhor se adequa à realidade da sua turma https://pt.wikihow.com/Fazer-um-Envelope

Slide Plano Aula

Orientações: Projete o slide ou copie no quadro. Em seguida leia para os alunos o texto inicial. Aguarde as primeiras reações, é provável que sejam de protesto. Permita que as crianças compartilhem suas opiniões. Depois leia cada uma das perguntas e aguarde as respostas.

O objetivo da atividade é vivenciar a escrita de uma carta, conhecendo seu objeto de estudo e a reflexão sobre o tempo. Permita que os alunos respondam todas as perguntas. Finalize a atividade esclarecendo que essa dificuldade de espera, em parte, tem origem na cultura do imediatismo e que é um comportamento normal às últimas gerações, mas que nem sempre foi assim.

Fonte da imagem: Banco de imagem da Nova Escola.

Para você saber mais:

É um longo texto sobre a cultura do imediatismo e a ansiedade infantil que no entanto, apresenta, logo no início, o conceito desse comportamento:

Cultura do imediatismo: tudo ao mesmo tempo e agora. Disponível em: <https://escoladainteligencia.com.br/cultura-do-imediatismo-tudo-ao-mesmo-tempo-e-agora/>. Acesso em: 05 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações: Projete o slide ou copie no quadro, lendo o texto em voz alta. Em seguida entregue um trecho da carta de Pero Vaz de Caminha, impressa, para todos os alunos. Faça uma breve contextualização do momento histórico em que foi escrita. O texto deve ser lido em voz alta para a turma. Oriente-os para que perguntem quando aparecer uma palavra ou expressão desconhecida e que sublinhem com lápis as informações da carta que seriam importantes para o rei de Portugal. Explique o significado das palavras ou expressões que forem sendo sinalizadas para que possam compreender melhor o texto (você pode encontrar algumas dicas na seção “para você saber mais”). Finalizada a leitura, permita que leiam mais uma vez, silenciosamente.

Em seguida, discutam sobre a importância da carta e de suas informações. Espera-se que os alunos apontem informações relativas ao relevo, o clima, extensão, vegetação, abundância de água, fertilidade do solo e existência de povos indígenas. E assim, compreendam a importância desta carta para o rei.

Em seguida forneça uma nova informação: a carta levou semanas para chegar ao rei. Meses separam a saída da esquadra de Portugal até o recebimento da carta. Oriente os alunos a responder a pergunta do slide. Espera-se que as crianças respondam que era muito tempo para o rei esperar.

Após o momento de estranhamento e interação oral questione o porquê de se comunicarem por cartas, será que não teria outro meio? Como será que era a comunicação antes das cartas? Permita que a turma crie suas hipóteses a respeito dos meios de comunicação da época. Esclareça aos alunos que as cartas eram um meio seguro de trocar informações por ser escrito, antes da carta as mensagens eram enviadas por meio oral e o remetente precisava contar com a memória do mensageiro. As cartas eram entregues, nessa época a cavalo, por navios e até pombo-correio.

Fonte do texto: http://www.historia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/fontes%20historicas/pero_vaz.pdf Acesso em 23 de outubro de 2018. Trecho final da Carta de Pero Vaz de Caminha. Essa fonte primária revisará conteúdos já estudados no quarto ano, o que também torna a fonte familiar ao alunos.

Texto da carta para impressão: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/SscvrrkQze5XznGwCqeSQExWP5yC7zQSQWZbUUkUUyBez2YXrpRd5NuTk5W4/his4-08und03-trecho-carta-pero-vaz-de-caminha-problematizacao.pdf

Fonte da imagem: Banco de imagens Nova Escola.

Para você saber mais:

Légua - unidade de medida equivalente a 6 quilômetros.

Chã - significa terra plana.

“De Entre-Douro-e-Minho” - região litorânea ao norte de Portugal.

Calicute - importante cidade comercial das Índias, que foi considerada o principal porto de especiarias no século XV e destino final da armada de Pedro Álvares Cabral.

Fé - no sentido do texto é a evangelização e conversão dos povos nativos ao catolicismo.

Vossa Alteza - pronome de tratamento destinado a reis, rainhas, príncipes e princesas.

Mercê - favor, graça, benefício.

Ilha de Vera Cruz - primeiro nome dado ao Brasil.

A carta foi escrita um pouco mais de uma semana após sua chegada no continente.

Para uma breve contextualização da carta:

Carta de Pero Vaz de Caminha: história e análise do texto. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia-brasil/carta-de-pero-vaz-de-caminha-historia-e-analise-do-texto.htm>

Matéria sobre como eram enviadas as mensagens através de pombo-correio

KOBAYASHI, E. Como o pombo-correio sabe para onde ele deve levar a mensagem? Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/1093/como-o-pombo-correio-sabe-para-onde-ele-deve-levar-a-mensagem>.

Slide Plano Aula

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta. Explique aos alunos que o custo de uma ligação DDD ou DDI era muito caro, então a carta era uma das formas utilizadas na comunicação à distância até praticamente duas décadas atrás. Também os cartões postais eram uma maneira de compartilhar nossas viagens com amigos e familiares.

Oriente o debate com os alunos sobre se eles já escreveram cartões ou receberam esse tipo de cartão. Se algum aluno recebeu pergunte como foi. Caso nenhum aluno tenha tido essa experiência pode utilizar uma experiência sua. O objetivo dessa atividade é que a turma perceba que a carta era um meio mais pessoal e que ainda existiu no nosso cotidiano até pouco tempo.

Motive os alunos a tentar responder à pergunta. Siga para o próximo slide quando um dos alunos disser que foi o telefone, sem dizer quem acertou.

Fonte das imagens - Banco de imagens Nova Escola.

Wikimedia. Disponível em:

Para você saber mais:

O filme “Central do Brasil” não atende a classificação etária da turma, mas você pode utilizar a história da personagem vivida pela atriz Fernanda Montenegro, que cobra para escrever cartas. Esse aspecto do filme demonstra a importância das cartas para os migrantes.

Resenha do filme Central do Brasil terra estrangeira. Disponível em: <https://pedagogiaaopedaletra.com/resenha-do-filme-central-do-brasil-terra-estrangeira/> Acesso em 08/02/2019

Slide Plano Aula

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta, caso não esteja utilizando projetor leia o texto para os alunos e copie as perguntas no quadro. Permita que os alunos discutam as perguntas criando suas próprias hipóteses. O esperado é que os alunos respondam que a carta foi deixando de ser usada devido a sua velocidade ou porque o telefone é mais prático. Provavelmente as cartas que os alunos conhecem são comunicações bancárias, cobranças, propagandas e etc. E a carta que recebemos é o email. Inclusive normalmente seu ícone é um envelope.

Oriente os alunos a comparar a carta com os outros meios de comunicação atuais, exemplificando-os e descrevendo a facilidade e rapidez, quase instantânea, da nossa comunicação. Como seria a carta de Pero Vaz de Caminha hoje? Atualmente poderiam se comunicar por quais meios? É provável que os alunos citem email, sms, celular, redes sociais.

Questione:

  • Quais seriam as vantagens desses meios sobre a carta?
  • E da carta sobre esses outros meios?
  • Os alunos devem responder que a vantagem dos outros meios é a rapidez da comunicação e sua praticidade.
  • Sobre a carta, talvez eles não vejam vantagens, então ressalte que o texto da carta não tem limite de caracteres, pode ser levada e “acessada” em qualquer lugar, não pode ser “deletada” por engano, e é mais pessoal.

Lembre-os das decorações que fizeram nas cartas para os colegas, do capricho na letra, todo cuidado que existe com uma carta. A sensação de receber uma carta pelo correio não é a mesma de receber um email entre vários no mesmo dia.

Em seguida, questione sobre a validade de meios como a carta, que apesar de toda tecnologia, ainda existirem. Mesmo com a sua lentidão, comparado aos meios que já haviam citado. Medeie a discussão acrescentando dados como: segundo o IBGE, 37% dos brasileiros não possuem internet em casa, um pouco mais de um milhão de brasileiros não possuem energia elétrica e etc.

Questione: E o que acontece com quem não possui internet? O que eles perderiam se não houvessem esses meios como cartas e jornais?

Com essas informações é provável que a turma conclua que esses meios ainda são importantes para alcançar uma grande parte da população, que acaba sendo excluída desse processo por não deter essa tecnologia. Essa é a chamada exclusão digital.

Como adequar à sua realidade: Caso sua região tenha acesso precário ao uso da internet ou seus alunos não tenham facilidade de acessar os meios que foram citados em sala de aula, pergunte sobre o que eles acham que estão perdendo sem possuir esse acesso, o quanto seria importante para a região ter lugares de acesso público para pesquisas de escola, para receber notícias, entretenimento, procurar emprego e etc.

Para você saber mais:

Confira nesse artigo os dados fornecidos na orientação:

SANTOS, B.F. Apesar de expansão o acesso a internet no Brasil ainda é baixo. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/brasil/apesar-de-expansao-acesso-a-internet-no-brasil-ainda-e-baixo/>. Acesso em 08/02/2019

SILVEIRA, D. Mais de 63% dos domicilios têm acesso à internet, aponta IBGE. G1. Disponível em: <https://g1.globo.com/economia/noticia/mais-de-63-dos-domicilios-tem-acesso-a-internet-aponta-ibge.ghtml>. Acesso em 08/02/2019

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Leia o texto do slide em voz alta e organize a turma em duplas. Cada dupla deve escolher um meio de comunicação citado em sala de aula, em seguida, devem retomar a carta de Pero Vaz de Caminha e reescrever as informações da carta, no caderno, usando uma linguagem atual. Oriente-os a imaginar as respostas do rei.

Os alunos que escolherem redes sociais como Instagram, WhatsApp, Messenger, Telegram, Facebook, SMS ou outros desse tipo poderão desenhar a tela com seus balões de diálogo. Caso o aluno escolha uma ligação telefônica, deverá também escrever esse diálogo no caderno. Os alunos podem até escolher mais de um meio. Por exemplo pode iniciar no Whatsapp e depois enviar uma foto no Instagram, ou precisar falar ao telefone. Deixe que usem sua imaginação.

Reserve alguns minutos finais e selecione algumas duplas para lerem seus diálogos de forma encenada.

Ao final da atividade, entregue as cartas feitas por eles, na atividade inicial da aula, aos seus destinatários.

Como adequar à sua realidade:

Caso a turma seja muito grande pode dividi-la em grupos maiores, considerando o tempo disponível para essa atividade. Caso seus alunos não possuam fácil acesso a internet, pode ser um diálogo por telefone ou até reescrever duas cartas, na linguagem atual, informando e respondendo.

Para você saber mais:

Esse livro pode lhe inspirar com seus diálogos na era da informática. Livro que recria a Carta de Pero Vaz de Caminha através de um diálogo fictício entre as personagens do “descobrimento” utilizando a internet.

RIBEIRO, A.E.; DRUMMOND, M. O e-mail de Caminha. Belo Horizonte: RHJ, 2015.

Sugestão de atividade extra: Proposta de atividade prévia - Se possível, confeccione uma caixa de correio para a sala de aula. Tem diversos modelos para se inspirar em https://br.pinterest.com/pin/140878294569545839/ (acesso em 28 out. 2018). Os alunos devem escrever cartas para os colegas, em casa, e depositá-las na caixa quando chegarem na escola. A cada dois dias um “carteiro” recolhe e entrega as cartas. Essa experiência deverá enriquecer a discussão sobre a velocidade da comunicação.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Circulação de pessoas, produtos e culturas do 4º ano :

MAIS AULAS DE História do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04HI08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano