16119
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Caixa das memórias: explorar lembranças, reviver a história

Plano de aula de História com atividades para 1º ano do EF sobre Caixa das memórias: explorar lembranças, reviver a história

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Midian Kelly Carvalho Lessa

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 100 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF01HI01, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade de possibilidades que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais Necessários: Caixa de papelão, papel ofício A4, piloto, objetos pessoais/brinquedos dos alunos.Computador, data show, aparelho de som, pen drive, quadro branco, quadro verde, giz, lápis de cor e de cera de cores variadas, hidrocor ou canetas coloridas, papel craft ou pardo.

Materiais Complementar: Vídeo da música: “Era uma vez” - Kell Smith -

https://www.youtube.com/watch?v=xJNKT9HAXRc

SMITH, Kell. Era uma vez.2017. Álbum: Kell Smith. (3m 45s) Disponível em:<https://www.youtube.com/watch?v=xJNKT9HAXRc>. Acesso em: 25 de fev de 2019.

Imprima a letra da música “Era uma vez” - Kell Smith para os alunos:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Bv2FtWPV7KXn6GCUG6fWCkm5tA4GSYMbKTVzy4KXFaBjX3492yA5XsA3KQYW/his1-01und02-letra-da-musica-era-uma-vez-kell-smith.pdf

Vídeo: Mundo Bita - “A gente cresce” -

https://www.youtube.com/watch?v=AFN52hq7d7w

Mundo Bita. A gente cresce. 2016. Álbum: Bita e o corpo Humano.(2m42s). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=AFN52hq7d7w> Acesso em 25 de fev. de 2019.

Imprima a letra da música - “ A gente cresce” - Mundo Bita para os alunos:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sCjnsRxfGp9uwX7yYH7Ru5rYPvndANWuBWDTdT4W29GugnJkhyjG6qTu8Bs7/his1-01und02-letra-da-musica-a-gente-cresce.pdf

Tabela de análise do objeto ou brinquedo escolhido na caixa de memórias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8XayD4zsx5YnbAZTA2ZtnJb5nxpRCmnaSKvNhuhY4tqhpmrejGSzZF34es8G/his1-01und02-informacoes-sobre-objeto-ou-brinquedo-pessoal.pdf

Como adequar a realidade: A atividade Caixa das memórias propõe que o professor solicite à família ou ao responsável pelo aluno objetos/brinquedos pessoais das crianças das quais elas não fazem mais uso contínuo, mas que há um relacionamento afetivo. É importante que os alunos não saibam da participação da família/responsável nesta etapa da atividade, que o contato com o objeto seja uma surpresa, logo você deve manter este contato com a família/responsável antecipadamente, marque um prazo para isso e para que o mesmo seja entregue sem que o aluno perceba. Solicitar ao familiar/responsável que traga o objeto devidamente identificado com o nome do aluno. Caso observe que isso não tenha sido feito, identifique o objeto/brinquedo com o nome do aluno.

Ao finalizar tal atividade organize uma mini exposição dos objetos/brinquedos em sala por no máximo dois dias para que as crianças possam ter mais um tempo ao lado dos mesmos.

Após este momento informe as famílias sobre o envio de tais materiais (objetos e brinquedos) para casa, marcando um data. E realize a entrega dos mesmos um a um aos portadores das crianças quando vierem buscá-los no momento da saída após a aula.

Para Saber mais: Consulte como complemento para maior embasamento para a proposta o vídeo de Jeanne Marie Gagnebin - Narrativa histórica e memória oral:

https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0

Acesso em 26 de fev. de 2019

Que é muito interessante também para ele ter maior respaldo sobre o objetivo da proposta.

Neste vídeo a professora Jeanne Marie Gagnebin atrela a importância da memória histórica como auxiliar para a formação da identidade. Onde a construção da identidade retrata a formação do sujeito histórico para si próprio e na sociedade. Salienta que identidade, história e memória são pontos interligados, respectivamente, e que as primeiras (história e memória) só coexistem devido à existência da última (sociedade). Enfatizando a narrativa como fator necessário para a construção da identidade do sujeito histórico diante de suas memórias pessoais, afetivas, das relações sociais e do próprio crescimento deste sujeito ao longo do tempo passado-presente-futuro. A formação da identidade e da memória do sujeito histórico é marcada pela temporalidade desse.

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Este objetivo deve ser apresentado para os alunos. É possível que ele seja lido com as crianças, além da leitura o mesmo também pode ser escrito no quadro para que os alunos acompanhem por meio da leitura coletiva e se possível realize a projeção do slide para leitura coletiva e compreensão de todos.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Organize os alunos sentados no centro da sala em círculo, formando uma grande roda, onde todos possam se ver.

Quando todos estiverem organizados distribua para cada aluno a letra impressa da música sugerida: “Era uma vez”, de Kell Smith. A letra e o vídeo da música já foram disponibilizados no primeiro slide em Materiais necessários.

Convide os alunos para realizar uma leitura coletiva da letra da música.

Concluída a leitura, convide os alunos para cantar a música, é possível que nem todos cantem, pois, é possível que nem todos os alunos conheçam a música, mas existe a possibilidade de que alguns alunos já a conheçam e acompanhem a mesma.

Você pode adequar a quantidade de leitura da música a compreensão das crianças, conforme o entendimento e necessidade da turma.

Faça um pequena colaboração falando sobre a importância de aproveitarem cada momento vivido na fase em que se encontram - a infância - pois, quando forem adultos,só terão como resgatar os bons momentos vividos enquanto crianças por meio das lembranças das imagens de fotografias, vídeos e por meio da própria memória pessoal de cada um.

Caso exista a possibilidade, também pode ser apresentado aos alunos o clipe da música para que eles assistam, já disponibilizado anteriormente:

Em seguida, lance os questionamentos abaixo aos alunos:

1- Quais tipos de objeto/brinquedo vocês usavam/brincavam quando eram crianças menores? (Com esta pergunta a criança deve confrontar o tempo por meio dos seus objetos pessoais. Ela irá relacionar o uso do objeto à fase da vida no passado e no presente. Seu objeto ou brinquedo de uso particular fará ela perceber melhor que o fato de não utilizá-lo foi devido a uma mudança de aspectos relacionados ao seu crescimento.)

2- Vocês ainda possuem algum objeto/brinquedo de que gostavam muito e usavam quando eram menores? Qual? (Neste questionamento o aluno deve ser direcionado a reconhecer que não utiliza mais o objeto ou brinquedo por ele não condiz mais as suas necessidades fisiológicas e/ou afetivas. É como se ambos, objeto e brinquedo, se apresentam hoje como um item de transição histórica entre o passado e o presente.

O aluno precisa ser levado a perceber e entender que neste processo se construiu um laço afetivo entre ele e o objeto que marcou a sua trajetória histórica. Porque se ele sabe ou percebe que existe algo que ele já utilizou muito quando menor e que foi guardado pelos seus pais é porque foi importante como marco daquela fase, uma lembrança significativa daquele tempo e espaço.)

3 - Vocês ainda utilizam algum objeto ou brinquedo de quando eram menores hoje? Por quê? (Esta questão leva a criança a claramente ao rompimento entre as duas fases da sua história de vida, o passado, que é o que se constitui em história, e o presente, que é construído agora. Ela se vê sem utilizar itens e brinquedos que não atendem mais às suas necessidades como: paninho, lençol, chupeta, mamadeira, prato da papinha, canequinha, prendedor da chupeta, mordedor, enfim, sem variados objetos que transitaram em sua primeira infância e que hoje não apenas lembranças.)

Estas perguntas irão facilitar a reflexão do aluno sobre o objetivo da aula, a habilidade a ser atingida.

O conhecimento histórico trabalhado nesta situação é que alunos se reportem ao passado por meio da utilização de objetos e brinquedos antigos refletindo sobre o uso deles e a representatividade dos mesmos em sua história. Principalmente percebam que se desligaram destes, pois cresceram, que estão construindo uma nova história a cada dia. É importante sensibilizar as crianças para responder e compartilhar o que pensam sobre o assunto.

A ideia é que a turma queira participar deste momento. Então, destine um tempo para que os alunos levantem hipóteses para responder às perguntas acima. Na sequência solicite que compartilhem o que compreenderam.

Os alunos irão entender que o tempo passou e que as brincadeiras e os brinquedos de antigamente não atendem mais as suas necessidades, que hoje eles possuem outras preferências, concluindo assim a passagem do tempo com aliada para a construção da sua história, identidade e amadurecimento. E que se conscientizar de que as lembranças existem como resultado deste processo de construção da memória histórica.

Problematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 45 minutos.

Orientações: Ainda com os alunos sentados em uma grande roda ou dispostos conforme a possibilidade do espaço disponível em sala de aula, convide-os a assistir ao vídeo A gente cresce - Mundo Bita, que auxiliará o aluno na reflexão sobre lembranças da sua vida, suas memórias pessoais.

O professor que não dispor de projetor pode adequar a leitura da música à compreensão das crianças, conforme o entendimento da turma. A letra e o vídeo da música já foram disponibilizados.

Antes de assistirem ao vídeo solicite que ao ver as imagens reflitam sobre a passagem do tempo, ao ver as semelhanças entre a vida deles e as situações do vídeo.

Após a finalização do vídeo, convide os alunos a verbalizar sobre mudanças ocorridas com a passagem do tempo, na sua vida, no seu corpo e nos seus hábitos. Que relatem lembranças tendo como ponto de partida os objetos e brinquedos que foram utilizados, e que não fazem mais parte do seu cotidiano, apenas das suas lembranças. Permita esta reflexão ao lançar para os alunos o seguinte questionamento:

1- O que você sentiria se tivesse a oportunidade de reviver um pouco lembranças do passado? Rever algo que era seu, que usava e que está guardado há muito tempo? (Perceba a expressão dos alunos. Por meio da expressão do aluno é possível entender que reviver situações passadas, de certa maneira expõem sua intimidade e se a forma como ele lida com o mundo das lembranças particulares, está bem amarrado observando se a transição entre as duas fases foi bem estabelecida.

Esta reflexão irá preparar o aluno para a etapa seguinte da atividade que é o contato com tais lembranças, por meio da Caixa de memórias.

Apresente às crianças a Caixa das memórias, coloque-a no centro da roda, saliente que existem coisas importantes dentro dela e pergunte se querem ver o que há dentro da caixa. (A caixa deve conter objetos e brinquedos das crianças trazidos pelos familiares e responsáveis anteriormente, já solicitados por você com antecedência, identificados. Os alunos não devem saber desta solicitação, informe aos pais que será uma atividade surpresa, no período determinado por você. Pode ser qualquer coisa que elas utilizaram no passado e à qual eram muito apegadas, Pode acontecer de ainda assim o familiar ou responsável esquecer de levar algo da criança. Neste caso, reserve uma caixa extra com a quantidade de objetos que as crianças gostam de utilizar e brincar na sala diariamente e direcione esses alunos para esta Caixa de memórias, lá elas irão encontrar lembranças pessoais construídas nas relações e na história de vida escolar delas, que possui um significado afetivo e valor histórico na contribuição do seu crescimento. Caso os objetos não venham identificados de casa, identifique-os, assim que recebê-los.)

Convide os alunos em grupos de quatro para se dirigirem à caixa, abri-la e retirar dela algo que eles gostem muito.

Quando todos tiverem concluído esta etapa, já estando com seu objeto/brinquedo em mãos ou não, destine um tempo para que os alunos falem sobre o que lhe pertence que pegou na Caixa das memórias seguindo a seguinte ordem: nome, se lembram quem deu, quando ganharam e se gostam ou não do que pegaram na caixa, o valor/sentimento do objeto ou brinquedo para ele. Você também pode escolher apenas alguns alunos para verbalizar estas informações caso perceba a necessidade de organização quanto ao tempo, neste caso o que mais lhe chamou a atenção quanto às reações ao encontrarem seus objetos. É interessante que pelo menos cinco alunos compartilhem as informações sobre seus objetos pessoais.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Convide os alunos a reorganizar a sala.

Realizem o registro escrito das informações básicas sobre seus objetos ou brinquedos pessoais retirado da Caixa das memórias, considerando toda forma de escrita das crianças e orientando as mesmas na elaboração destes registros. Para isso você pode imprimir:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8XayD4zsx5YnbAZTA2ZtnJb5nxpRCmnaSKvNhuhY4tqhpmrejGSzZF34es8G/his1-01und02-informacoes-sobre-objeto-ou-brinquedo-pessoal.pdf

Também é possível escrever no quadro as informações que elas precisam anotar sobre o seu objeto pessoal.

Destine um tempo para que os alunos registrem as informações na tabela disponível ou nos cadernos.

Os alunos que não se sentirem seguros em escrever, mesmo após incentivo e apoio, podem ser direcionados a desenhar na parte abaixo da tabela como ele brincava, utilizava o objeto ou brinquedo explorado na atividade. Isso irá facilitar e deixará o alunos mais à vontade e seguros para realização da mesma. Os alunos que não concluírem no tempo destinado podem dar continuidade num momento à parte posterior direcionado por você.

Finalizado os registros convide alguns alunos para compartilhar a análise das informações sobre seus objeto. Organize pelo menos quatro alunos para realizar a leitura sobre os seus registros com a turma.

Destine o tempo que sobrar (caso exista) para os alunos que registraram por escrito desenhem e pintem na parte abaixo da tabela como ele brincava, utilizava o objeto ou brinquedo explorado na atividade e para os que registraram com a imagem colorirem suas imagens.

Concluída esta etapa, organize os objetos e registros em um ambiente estruturado por você anteriormente na própria sala para visitação exploração dos alunos das produções individuais, dos objetos pessoais e registros dos colegas. Assim estarão explorando além das suas lembranças a dos seus colegas da classe.

Para você saber mais:

Acesse aqui o vídeo de Jeanne Marie Gagnebin - Narrativa histórica e memória oral:

https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0

Que é muito interessante também para maior respaldo sobre o objetivo da proposta e que pode vir a complementar o trabalho e auxiliá-lo no direcionamento da conclusão das atividades.

Neste vídeo a professora Jeanne Marie Gagnebin atrela a memória histórica como auxiliar para a formação da identidade. Onde a construção da identidade retrata a formação do sujeito histórico para si próprio e na sociedade. Salienta que identidade, história e memória são pontos interligados respectivamente e que as primeiras só coexistem devido à existência da última. Enfatizando a narrativa como fator necessário para a construção da identidade do sujeito histórico diante de suas memórias pessoais, efetivas, das relações sociais e do próprio crescimento desse sujeito ao longo do tempo passado-presente-futuro. A formação da identidade e da memória do sujeito histórico é marcada pela temporalidade deste.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. 2012, Narrativa histórica e memória oral. (13m06s). Disponível em:<https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0> . Acesso em 25 de fev de 2019.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide em específico não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Este plano está previsto para ser realizado em uma aula de 100 minutos. Serão abordados aspectos que fazem parte do trabalho com a habilidade EF01HI01, de História, que consta na BNCC. Como a habilidade deve ser desenvolvida ao longo de todo o ano, você observará que ela não será contemplada em sua totalidade de possibilidades que as propostas podem ter continuidade em aulas subsequentes.

Materiais Necessários: Caixa de papelão, papel ofício A4, piloto, objetos pessoais/brinquedos dos alunos.Computador, data show, aparelho de som, pen drive, quadro branco, quadro verde, giz, lápis de cor e de cera de cores variadas, hidrocor ou canetas coloridas, papel craft ou pardo.

Materiais Complementar: Vídeo da música: “Era uma vez” - Kell Smith -

https://www.youtube.com/watch?v=xJNKT9HAXRc

SMITH, Kell. Era uma vez.2017. Álbum: Kell Smith. (3m 45s) Disponível em:<https://www.youtube.com/watch?v=xJNKT9HAXRc>. Acesso em: 25 de fev de 2019.

Imprima a letra da música “Era uma vez” - Kell Smith para os alunos:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Bv2FtWPV7KXn6GCUG6fWCkm5tA4GSYMbKTVzy4KXFaBjX3492yA5XsA3KQYW/his1-01und02-letra-da-musica-era-uma-vez-kell-smith.pdf

Vídeo: Mundo Bita - “A gente cresce” -

https://www.youtube.com/watch?v=AFN52hq7d7w

Mundo Bita. A gente cresce. 2016. Álbum: Bita e o corpo Humano.(2m42s). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=AFN52hq7d7w> Acesso em 25 de fev. de 2019.

Imprima a letra da música - “ A gente cresce” - Mundo Bita para os alunos:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sCjnsRxfGp9uwX7yYH7Ru5rYPvndANWuBWDTdT4W29GugnJkhyjG6qTu8Bs7/his1-01und02-letra-da-musica-a-gente-cresce.pdf

Tabela de análise do objeto ou brinquedo escolhido na caixa de memórias -

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8XayD4zsx5YnbAZTA2ZtnJb5nxpRCmnaSKvNhuhY4tqhpmrejGSzZF34es8G/his1-01und02-informacoes-sobre-objeto-ou-brinquedo-pessoal.pdf

Como adequar a realidade: A atividade Caixa das memórias propõe que o professor solicite à família ou ao responsável pelo aluno objetos/brinquedos pessoais das crianças das quais elas não fazem mais uso contínuo, mas que há um relacionamento afetivo. É importante que os alunos não saibam da participação da família/responsável nesta etapa da atividade, que o contato com o objeto seja uma surpresa, logo você deve manter este contato com a família/responsável antecipadamente, marque um prazo para isso e para que o mesmo seja entregue sem que o aluno perceba. Solicitar ao familiar/responsável que traga o objeto devidamente identificado com o nome do aluno. Caso observe que isso não tenha sido feito, identifique o objeto/brinquedo com o nome do aluno.

Ao finalizar tal atividade organize uma mini exposição dos objetos/brinquedos em sala por no máximo dois dias para que as crianças possam ter mais um tempo ao lado dos mesmos.

Após este momento informe as famílias sobre o envio de tais materiais (objetos e brinquedos) para casa, marcando um data. E realize a entrega dos mesmos um a um aos portadores das crianças quando vierem buscá-los no momento da saída após a aula.

Para Saber mais: Consulte como complemento para maior embasamento para a proposta o vídeo de Jeanne Marie Gagnebin - Narrativa histórica e memória oral:

https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0

Acesso em 26 de fev. de 2019

Que é muito interessante também para ele ter maior respaldo sobre o objetivo da proposta.

Neste vídeo a professora Jeanne Marie Gagnebin atrela a importância da memória histórica como auxiliar para a formação da identidade. Onde a construção da identidade retrata a formação do sujeito histórico para si próprio e na sociedade. Salienta que identidade, história e memória são pontos interligados, respectivamente, e que as primeiras (história e memória) só coexistem devido à existência da última (sociedade). Enfatizando a narrativa como fator necessário para a construção da identidade do sujeito histórico diante de suas memórias pessoais, afetivas, das relações sociais e do próprio crescimento deste sujeito ao longo do tempo passado-presente-futuro. A formação da identidade e da memória do sujeito histórico é marcada pela temporalidade desse.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Este objetivo deve ser apresentado para os alunos. É possível que ele seja lido com as crianças, além da leitura o mesmo também pode ser escrito no quadro para que os alunos acompanhem por meio da leitura coletiva e se possível realize a projeção do slide para leitura coletiva e compreensão de todos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações: Organize os alunos sentados no centro da sala em círculo, formando uma grande roda, onde todos possam se ver.

Quando todos estiverem organizados distribua para cada aluno a letra impressa da música sugerida: “Era uma vez”, de Kell Smith. A letra e o vídeo da música já foram disponibilizados no primeiro slide em Materiais necessários.

Convide os alunos para realizar uma leitura coletiva da letra da música.

Concluída a leitura, convide os alunos para cantar a música, é possível que nem todos cantem, pois, é possível que nem todos os alunos conheçam a música, mas existe a possibilidade de que alguns alunos já a conheçam e acompanhem a mesma.

Você pode adequar a quantidade de leitura da música a compreensão das crianças, conforme o entendimento e necessidade da turma.

Faça um pequena colaboração falando sobre a importância de aproveitarem cada momento vivido na fase em que se encontram - a infância - pois, quando forem adultos,só terão como resgatar os bons momentos vividos enquanto crianças por meio das lembranças das imagens de fotografias, vídeos e por meio da própria memória pessoal de cada um.

Caso exista a possibilidade, também pode ser apresentado aos alunos o clipe da música para que eles assistam, já disponibilizado anteriormente:

Em seguida, lance os questionamentos abaixo aos alunos:

1- Quais tipos de objeto/brinquedo vocês usavam/brincavam quando eram crianças menores? (Com esta pergunta a criança deve confrontar o tempo por meio dos seus objetos pessoais. Ela irá relacionar o uso do objeto à fase da vida no passado e no presente. Seu objeto ou brinquedo de uso particular fará ela perceber melhor que o fato de não utilizá-lo foi devido a uma mudança de aspectos relacionados ao seu crescimento.)

2- Vocês ainda possuem algum objeto/brinquedo de que gostavam muito e usavam quando eram menores? Qual? (Neste questionamento o aluno deve ser direcionado a reconhecer que não utiliza mais o objeto ou brinquedo por ele não condiz mais as suas necessidades fisiológicas e/ou afetivas. É como se ambos, objeto e brinquedo, se apresentam hoje como um item de transição histórica entre o passado e o presente.

O aluno precisa ser levado a perceber e entender que neste processo se construiu um laço afetivo entre ele e o objeto que marcou a sua trajetória histórica. Porque se ele sabe ou percebe que existe algo que ele já utilizou muito quando menor e que foi guardado pelos seus pais é porque foi importante como marco daquela fase, uma lembrança significativa daquele tempo e espaço.)

3 - Vocês ainda utilizam algum objeto ou brinquedo de quando eram menores hoje? Por quê? (Esta questão leva a criança a claramente ao rompimento entre as duas fases da sua história de vida, o passado, que é o que se constitui em história, e o presente, que é construído agora. Ela se vê sem utilizar itens e brinquedos que não atendem mais às suas necessidades como: paninho, lençol, chupeta, mamadeira, prato da papinha, canequinha, prendedor da chupeta, mordedor, enfim, sem variados objetos que transitaram em sua primeira infância e que hoje não apenas lembranças.)

Estas perguntas irão facilitar a reflexão do aluno sobre o objetivo da aula, a habilidade a ser atingida.

O conhecimento histórico trabalhado nesta situação é que alunos se reportem ao passado por meio da utilização de objetos e brinquedos antigos refletindo sobre o uso deles e a representatividade dos mesmos em sua história. Principalmente percebam que se desligaram destes, pois cresceram, que estão construindo uma nova história a cada dia. É importante sensibilizar as crianças para responder e compartilhar o que pensam sobre o assunto.

A ideia é que a turma queira participar deste momento. Então, destine um tempo para que os alunos levantem hipóteses para responder às perguntas acima. Na sequência solicite que compartilhem o que compreenderam.

Os alunos irão entender que o tempo passou e que as brincadeiras e os brinquedos de antigamente não atendem mais as suas necessidades, que hoje eles possuem outras preferências, concluindo assim a passagem do tempo com aliada para a construção da sua história, identidade e amadurecimento. E que se conscientizar de que as lembranças existem como resultado deste processo de construção da memória histórica.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 45 minutos.

Orientações: Ainda com os alunos sentados em uma grande roda ou dispostos conforme a possibilidade do espaço disponível em sala de aula, convide-os a assistir ao vídeo A gente cresce - Mundo Bita, que auxiliará o aluno na reflexão sobre lembranças da sua vida, suas memórias pessoais.

O professor que não dispor de projetor pode adequar a leitura da música à compreensão das crianças, conforme o entendimento da turma. A letra e o vídeo da música já foram disponibilizados.

Antes de assistirem ao vídeo solicite que ao ver as imagens reflitam sobre a passagem do tempo, ao ver as semelhanças entre a vida deles e as situações do vídeo.

Após a finalização do vídeo, convide os alunos a verbalizar sobre mudanças ocorridas com a passagem do tempo, na sua vida, no seu corpo e nos seus hábitos. Que relatem lembranças tendo como ponto de partida os objetos e brinquedos que foram utilizados, e que não fazem mais parte do seu cotidiano, apenas das suas lembranças. Permita esta reflexão ao lançar para os alunos o seguinte questionamento:

1- O que você sentiria se tivesse a oportunidade de reviver um pouco lembranças do passado? Rever algo que era seu, que usava e que está guardado há muito tempo? (Perceba a expressão dos alunos. Por meio da expressão do aluno é possível entender que reviver situações passadas, de certa maneira expõem sua intimidade e se a forma como ele lida com o mundo das lembranças particulares, está bem amarrado observando se a transição entre as duas fases foi bem estabelecida.

Esta reflexão irá preparar o aluno para a etapa seguinte da atividade que é o contato com tais lembranças, por meio da Caixa de memórias.

Apresente às crianças a Caixa das memórias, coloque-a no centro da roda, saliente que existem coisas importantes dentro dela e pergunte se querem ver o que há dentro da caixa. (A caixa deve conter objetos e brinquedos das crianças trazidos pelos familiares e responsáveis anteriormente, já solicitados por você com antecedência, identificados. Os alunos não devem saber desta solicitação, informe aos pais que será uma atividade surpresa, no período determinado por você. Pode ser qualquer coisa que elas utilizaram no passado e à qual eram muito apegadas, Pode acontecer de ainda assim o familiar ou responsável esquecer de levar algo da criança. Neste caso, reserve uma caixa extra com a quantidade de objetos que as crianças gostam de utilizar e brincar na sala diariamente e direcione esses alunos para esta Caixa de memórias, lá elas irão encontrar lembranças pessoais construídas nas relações e na história de vida escolar delas, que possui um significado afetivo e valor histórico na contribuição do seu crescimento. Caso os objetos não venham identificados de casa, identifique-os, assim que recebê-los.)

Convide os alunos em grupos de quatro para se dirigirem à caixa, abri-la e retirar dela algo que eles gostem muito.

Quando todos tiverem concluído esta etapa, já estando com seu objeto/brinquedo em mãos ou não, destine um tempo para que os alunos falem sobre o que lhe pertence que pegou na Caixa das memórias seguindo a seguinte ordem: nome, se lembram quem deu, quando ganharam e se gostam ou não do que pegaram na caixa, o valor/sentimento do objeto ou brinquedo para ele. Você também pode escolher apenas alguns alunos para verbalizar estas informações caso perceba a necessidade de organização quanto ao tempo, neste caso o que mais lhe chamou a atenção quanto às reações ao encontrarem seus objetos. É interessante que pelo menos cinco alunos compartilhem as informações sobre seus objetos pessoais.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações: Convide os alunos a reorganizar a sala.

Realizem o registro escrito das informações básicas sobre seus objetos ou brinquedos pessoais retirado da Caixa das memórias, considerando toda forma de escrita das crianças e orientando as mesmas na elaboração destes registros. Para isso você pode imprimir:

https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/8XayD4zsx5YnbAZTA2ZtnJb5nxpRCmnaSKvNhuhY4tqhpmrejGSzZF34es8G/his1-01und02-informacoes-sobre-objeto-ou-brinquedo-pessoal.pdf

Também é possível escrever no quadro as informações que elas precisam anotar sobre o seu objeto pessoal.

Destine um tempo para que os alunos registrem as informações na tabela disponível ou nos cadernos.

Os alunos que não se sentirem seguros em escrever, mesmo após incentivo e apoio, podem ser direcionados a desenhar na parte abaixo da tabela como ele brincava, utilizava o objeto ou brinquedo explorado na atividade. Isso irá facilitar e deixará o alunos mais à vontade e seguros para realização da mesma. Os alunos que não concluírem no tempo destinado podem dar continuidade num momento à parte posterior direcionado por você.

Finalizado os registros convide alguns alunos para compartilhar a análise das informações sobre seus objeto. Organize pelo menos quatro alunos para realizar a leitura sobre os seus registros com a turma.

Destine o tempo que sobrar (caso exista) para os alunos que registraram por escrito desenhem e pintem na parte abaixo da tabela como ele brincava, utilizava o objeto ou brinquedo explorado na atividade e para os que registraram com a imagem colorirem suas imagens.

Concluída esta etapa, organize os objetos e registros em um ambiente estruturado por você anteriormente na própria sala para visitação exploração dos alunos das produções individuais, dos objetos pessoais e registros dos colegas. Assim estarão explorando além das suas lembranças a dos seus colegas da classe.

Para você saber mais:

Acesse aqui o vídeo de Jeanne Marie Gagnebin - Narrativa histórica e memória oral:

https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0

Que é muito interessante também para maior respaldo sobre o objetivo da proposta e que pode vir a complementar o trabalho e auxiliá-lo no direcionamento da conclusão das atividades.

Neste vídeo a professora Jeanne Marie Gagnebin atrela a memória histórica como auxiliar para a formação da identidade. Onde a construção da identidade retrata a formação do sujeito histórico para si próprio e na sociedade. Salienta que identidade, história e memória são pontos interligados respectivamente e que as primeiras só coexistem devido à existência da última. Enfatizando a narrativa como fator necessário para a construção da identidade do sujeito histórico diante de suas memórias pessoais, efetivas, das relações sociais e do próprio crescimento desse sujeito ao longo do tempo passado-presente-futuro. A formação da identidade e da memória do sujeito histórico é marcada pela temporalidade deste.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. 2012, Narrativa histórica e memória oral. (13m06s). Disponível em:<https://www.youtube.com/watch?v=GYlSTcaqIC0> . Acesso em 25 de fev de 2019.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Mundo pessoal: meu lugar no mundo do 1º ano :

MAIS AULAS DE História do 1º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF01HI01 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de História

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano