15913
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Brincadeiras com linguagem: caixa surpresa musical

Nesta atividade, objetos colocados em uma caixa lembram as crianças de canções já conhecidas por eles.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Talita Regina Lopes de Oliveira Marques

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Proponha um momento para cantarolar com os bebês no qual será utilizada uma caixa grande com objetos ou figuras que lembrem as músicas.Deixe preparado um varal (pode ser feito de barbante, corda, linha ou tecido) com os pregadores. Construa-o de forma gradativa, ou seja, a cada nova música cantada com os bebês, fixe uma figura que a represente. Organize um canto próximo ao varal na área externa com um tapete bem colorido (pode se feito de retalhos de tecidos costurados um ao lado do outro ou com um tecido estampado ou com tecido liso sem estampa). Ao centro dele deixe a caixa surpresa onde estarão os objetos e ou figuras que serão utilizadas nesta vivência.

Materiais:

Selecione canções, por exemplo: Dona aranha, Borboletinha, Fui ao mercado comprar café e etc, que as crianças já conheçam.Pesquise na internet outras mais para cantar com o grupo. Se preferir, grave numa mídia compatível para reproduzir no aparelho que tiver disponível em sua escola. Figuras ou objetos que lembrem a canção, por exemplo: aranha (dona aranha), borboleta (borboletinha), formiga (fui ao mercado comprar café), pregador e um varal (pode ser feito de barbante, corda, linha ou tecido).

Espaços:

O varal (no qual serão penduradas as figuras, após o manuseio das mesmas pelos bebês) deverá ser montado em um momento anterior à proposta e em um local estratégico, próximo às árvores, permitindo que as crianças circulem livremente e tenham fácil acesso a ele. O mesmo vale para o canto próximo ao varal na área externa com o tapete bem colorido. Assim você deixe o espaço mais convidativo para a vivência. Em cima dele coloque a caixa surpresa onde estão guardadas as figuras ou os objetos das canções.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que maneira os bebês imitam gestos e movimentos de seus pares, dos adultos e dos animais ao cantarem as canções? (acompanham com o olhar e depois movimentam que partes do corpo)

2. Durante a proposta, de que forma os bebês exploram os sons produzidos com o próprio corpo e com objetos do ambiente? (balbuciam, batem palmas e/ou os pés)

3. Como os bebês exploram as diferentes fontes sonoras e materiais que acompanham essa proposta? (golpeiam os objetos, sacodem-nos, levam-nos à boca etc.)


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Convide os bebês e incentive a participação de todos. Propicie um espaço seguro, esteja disponível perto deles para que tenham acesso ao varal. É preciso que ele esteja em uma altura acessível para os que ainda não se locomovem com autonomia. Narre o que está acontecendo e faça com que seu corpo sirva de suporte para os movimentos deles e, também, para acolhê-los quando se fizer necessário.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Converse com os bebês do grupo todo acerca da proposta que será realizada, ou seja, um momento de cantarolar com a caixa surpresa musical. Inicie fazendo uma rodae cantarolando uma das canções para envolver o grupo na proposta. Questione a turma sobre o que tem dentro daquela caixa. Chame atenção deles balançando a caixa e convidando-os para sentarem-se próximos dela. Instigue a curiosidade deles ao retirar a primeira figura ou objeto que lembre a canção já conhecida pelos bebês e pergunte ao grupo todo: Vejam o que encontramos dentro da nossa caixa (faça cara de espanto) é uma (deixe os bebês responderem livremente)? Quem sabe o que é?

Possíveis ações das crianças neste momento: O bebê bate as perninhas freneticamente e estende seus braços para pegar o objeto que está na mão do professor. Converse com as criança sendo recíproco às suas ações e nomeie o que acontece.

Tenha um cesto de brinquedos preferidos dos bebês disponível para que eles possam usar em caso de necessidade.


2

Nesse momento os bebês estarão próximos de você, cantando a canção. Entre na brincadeira com eles. Deixe-os livres para continuar suas iniciativas de exploração e interações, intervenha a partir de suas observações, interesses e necessidades. É relevante que as ações e situações sejam conversadas com os pequenos previamente. Registre os momentos, se possível, com fotos/vídeos e pequenas anotações para fazer uma reflexão posterior.

Possíveis ações das crianças neste momento: O bebê retira uma aranha da caixa surpresa. Ele a observa, amanuseia e explora com a ponta de seus dedos a textura presente nesse objeto.

Possíveis falas do professor neste momento: Quem conhece alguma música que fale de aranha? Vamos cantá-la?


3

Note como acontece a exploração das figuras ou dos objetos que gradativamente estão sendo retirados da caixa surpresa musical. Atente-se aos pontos de maior interesse.

Continue na brincadeira, retire você também um objeto e faça boas intervenções a partir da ação dos bebês.Explore os gestos da música e imite as crianças.

Possíveis falas do professor neste momento: Mas o que será isso? Onde podemos encontrar uma coisa como essa?


4

Após a exploração dos objetos e das figuras de forma livre, verifique se algum bebê está próximo ao varal mexendo no barbante com os dedinhos. Valide a iniciativa e a descoberta, convidando as demais crianças em pequenos grupos, em duplas ou individualmente para acompanhar você até o varal e prender as fotos.

Neste momento, observe aquele bebê que oferece a você o objeto que encontra-se em suas mãos para prendê-lo no varal. Ele tenta diversas vezes e busca com o olhar o auxílio do professor. Neste momento, diga: Você quer pendurar esse objeto (nomeie) no varal? Se o pegarmos pela pontinha será que conseguimos? Vamos tentar? Atente-se a como ocorrem tais vivências.


Para finalizar:

Com a aproximação da finalização da proposta, converse com os bebês e convide-os para começar a organizar o espaço. Para ajudar na localização temporal, avise-os qual será o próximo acontecimento do dia, garantindo uma predição do que irá acontecer. Informe o quanto é importante organizar o espaço antes de seguir para a próxima experiência. Valorize e encoraje as iniciativas dos bebês nesse momento. Use uma música que marque o momento de arrumação com o grupo, como por exemplo Nós vamos guardar, de Fabiana Goddoy. Para quem já finalizou sua participação na vivência deixe disponível uma caixa com os brinquedos preferidos da turma.

Desdobramentos

É muito importante ter a possibilidade de reapresentar essa vivência aos bebês, se possível, em outros ambientes. Organize uma caça ao tesouro com os objetos que lembrem as canções. Conforme que forem sendo encontrados, inicia-se a canção.

Engajando as famílias

Convide os familiares para acompanhar, por meio da observação, os relatos das experiências vividas pelos bebês de forma conjunta. Por meio da montagem de um mural interativo apresente os registros feitos pelos professores. Se preferir, envie os relatos para os pais no formato de informativos e até por meio de um portfólio (online ou físico), de acordo com a forma que sua escola mais usa.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01TS01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01TS03 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano