15897
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 4º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Partes estruturantes de notícias e reportagens jornalísticas

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do EF sobre Partes estruturantes de notícias e reportagens jornalísticas

Plano 04 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maria Caroline Silveira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Projetor multimídia; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas, rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) deve despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: No decorrer desta aula, os alunos devem ter um olhar mais atencioso e analítico para o gênero trabalhado. É possível que demonstrem dificuldades em estabelecer relações entre as partes da reportagem e suas finalidades, por não terem muita familiaridade com o gênero jornalístico. A análise de imagens também pode ser difícil, pois demanda que se faça inferências sobre as ideias implícitas, tendo em vista as informações explícitas apresentadas na própria imagem ou no corpo do texto. Será preciso estabelecer muitas relações entre o que se vê, o que se sabe e o que se pretende ensinar.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA. Jaqueline Peixoto. Outras mídias e linguagens na escola. In: Práticas de leitura e escrita / Maria Angélica Freire de Carvalho, Rosa Helena Mendonça (orgs.). – Brasília : Ministério da Educação, 2006. p. 174-180. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/grades/salto_ple.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

BESERRA, Normanda. Quando o conhecimento vira reportagem In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.207-220. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

MENDONÇA, Márcia. Imagem e texto explicando o mundo: Infográfico. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p. 221-238. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Para o desenvolvimento dessa aula será importante distinguir reportagem de notícia. Tanto uma como outra aparecem em revistas, jornais e sites. Ambas são do gênero jornalístico e possuem caráter informativo. Em sua estrutura, trazem títulos muito bem escolhidos para despertar interesse no leitor, além de fotos, imagens e gráficos como fonte de informação (o que será tema dessa aula). Se diferenciam pela extensão, estrutura do corpo do texto, pela escolha temática e forma de abordagem.
  • Caso esteja seguindo a sequência das aulas, será interessante, logo nesse início, perguntar aos alunos se eles se recordam de semelhanças e diferenças entre notícia e reportagem. Nas aulas anteriores, eles puderam observar que as notícias tendem a ser mais breves e apresentar fatos recentes com objetividade. Já as reportagens abordam determinado assunto sob diversos ângulos, associado um acontecimento a outros fatos correlatos. Nessa aula em especial, optamos por trabalhar com uma reportagem.
  • Ao longo dessa sequência de aulas falaremos a forma de composição de cada um desses gêneros jornalísticos: notícias e reportagens. Saiba mais sobre reportagens acessando o texto “Quando o conhecimento vira reportagem” (p.207-220).
  • Questione os alunos:
  • Vocês acham que para elaborar os textos das reportagens e notícias, todos seguem um padrão ou cada um escreve da maneira que quiser?

É possível que os alunos relatem algumas questões frequentemente abordadas pelo professor quando os mesmo são solicitados a escrever um texto, como por exemplo, o cuidado com os erros ortográficos, sinais de pontuação, entre outros.

3. Explique para os alunos que nesta aula eles vão ver como se constrói o texto de uma reportagem, de modo que as informações sobre um acontecimento sejam apresentadas de forma atraente e compreensível para os leitores.

Materiais complementares: Para conhecer a reportagem que será trabalhada nesta aula na íntegra, clique aqui.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

  • Projete ou entre a charge disponível aqui para os estudantes. Diga aos alunos que essa imagem, que é uma charge, diz muito sobre o tema da aula. Caso não tenha projetor em sua escola, imprima a charge e exponha no quadro.
  • Peça para eles dizerem o que veem e qual acham que será a temática desenvolvida nesta aula.

Comentários: Apesar das charges pertencerem ao gênero jornalístico, elas não são o foco da aula, entretanto ouvir dos alunos o que eles sabem sobre charge e chamar atenção para alguns aspectos de sua composição pode ser interessante. Você pode destacar para os alunos que as charges são desenhos humorísticos, com ou sem legenda ou balão, geralmente veiculado pela imprensa e tendo por tema algum acontecimento atual, com crítica e por meio de caricatura de situações ou personalidades.

Materiais complementares:

Charge: Praia Poluição Mar. Arionauro Cartuns. Site do autor. Disponível em: <http://www.arionaurocartuns.com.br/2016/04/charge-praia-poluicao-mar.html>.Acesso em 30 de jul. de 2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • Inicie a atividade, informando aos alunos que essa é a manchete da reportagem (título e subtítulo) que eles vão ler.
  • Pergunte:
  • É possível antever o conteúdo da reportagem com base na manchete?
  • Que outras informações poderia haver no corpo do texto que não estão presentes nesse slide?

É possível que alguns alunos percebam que o título da reportagem sinaliza que cinco gráficos vão ser apresentados para descrever e explicar melhor como o plástico ameaça a vida na Terra. Os alunos devem antever que os gráficos aparecerão ao longo da reportagem, como um paratexto.

  • Questione os alunos:
  • Por que essa foto chama a atenção?
  • Que outras informações obtemos ao ler a legenda da foto?

É possível que os alunos expressem suas percepções pessoais sobre a quantidade de plásticos acumulados e que vão para o mar. Chame atenção para o fato de que as fotos de gênero jornalístico tendem a ser impactantes e que as legendas não são descritivas, trazem informações adicionais ao texto.

4. Pergunte aos alunos se a leitura do título, subtítulo, foto e legenda desperta a curiosidade deles para lerem a reportagem na íntegra.

5. Caso não tenha projetor em sua escola, imprima essa parte da reportagem nos materiais complementares e exponha no quadro para os alunos.

Materiais complementares: Para imprimir o título e subtítulo da reportagem, foto e legenda clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Diga aos alunos que agora você vai mostrar mais uma parte importante de uma reportagem ou notícia: o lide (1º parágrafo do texto jornalístico). O lide é a abertura do texto, deve apresentar sucintamente o assunto ou destacar o fato principal, tem a função de atrair o leitor. O lide tradicional responde a seis perguntas: o quê, quem, quando, onde, como e por quê.
  • Peça para que identifiquem mais especificamente, tendo apenas, essas 3 partes da reportagem (título, subtítulo e lide) quais das perguntas do slide podem ser respondidas. É possível que os alunos respondam de acordo com as informações implícitas ou explícitas obtidas com essa primeira parte da reportagem.
  • Explique para os alunos que, em geral, as notícias trazem a maior parte dessas respostas logo no 1º parágrafo do texto, podendo, desse modo, o leitor rapidamente definir se seguirá lendo o restante do texto ou não.
  • Já na reportagem, o lide não precisa necessariamente responder todas essas informações logo no ínicio do texto. As reportagens não têm uma estrutura tão fixa quanto às notícias e os textos também podem começar com um “gancho”, que vincula o leitor a temática que será apresentada, aproximando o leitor do fato por meio de algum gancho com sua vida cotidiana.
  • Pergunte, tendo em vista a função social do gênero jornalístico, porque eles acham que, enquanto as notícias trazem as informações mais importantes logo no 1º parágrafo, o mesmo não necessariamente ocorre com as reportagens. É possível que eles ainda não saibam responder a essa pergunta, mas espera-se que percebam, ao longo das aulas, que quando o leitor escolhe ler uma reportagem ele já sabe que se trata de um texto mais longo e elaborado, no qual as informações serão “entregues” durante a leitura.

Entretanto ambos textos devem ser convidativos em seu 1º parágrafo.

Deixe que comentem e diga que durante a atividade eles vão ler essa reportagem na íntegra.

Materiais complementares: Para imprimir o lide clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade, retome essas 3 partes estruturantes de uma notícia ou reportagem. Caso você esteja seguindo a sequência das aulas é provável que essa discussão seja mais breve, já que foi possível entrar em contato com essa nomenclatura em aulas anteriores. Caso contrário dedique um pouco mais de tempo para que os alunos entendam a diferença entre essas partes.
  • Lembre-os de que a manchete é o título mais importante e com mais destaque de um jornal, sendo os outros considerados apenas como títulos. O que vem logo abaixo é o subtítulo, também conhecido como título auxiliar. A seguir vem o lide ou “lead” (“o que guia” ou “o que conduz” em inglês).
  • Como vimos, o lide de notícias traz informações importantes respondendo: o quê (a ação), quem (o agente), quando (o tempo), onde (o lugar), como (o modo) e por quê (o motivo) se deu o acontecimento central da história. Em reportagens não há essa “obrigatoriedade”, mas o 1º parágrafo deve ser igualmente convidativo.
  • No corpo do texto da notícia ou reportagem encontramos mais informações sobre os fatos. Podendo ser intercaladas por fotos e imagens. Entretanto, as reportagens tendem a trazer mais infográficos (informações gráficas) do que as notícias, justamente porque seu tempo de produção é mais longo e as informações são apresentadas sob diversos ângulos.
  • Questione os alunos:
  • Portanto, qual é a manchete da reportagem que nós vamos ler?
  • Que informações nós já obtivemos sobre a reportagem ao ler o lide?
  • Que informações nós já obtivemos sobre a reportagem ao ver a foto e ler sua legenda?

Materiais complementares:

Saiba mais sobre infográficos em: MENDONÇA, Márcia. Imagem e texto explicando o mundo: Infográfico. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.221–238. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf . Acesso em 26 de nov. de 2018

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Divida os alunos em grupos de 4 alunos.
  • Providencie antecipadamente cópias da reportagem proposta para a aula. Por se tratar de uma reportagem longa, sugerimos dividi-la em 2 partes (páginas 1 e 2/ páginas 3 e 4) Cada grupo ficará com metade da reportagem (página 1 e 2 para alguns grupos e páginas 3 e 4 para outros grupos). Acesse nos materiais complementares.
  • Informe aos grupos que eles estão apenas com parte da reportagem e que ao final todos terão acesso a reportagem na íntegra.
  • Chame atenção dos alunos para a leitura dos subtítulos e das informações das imagens, mapas e gráficos no texto.
  • Peça para que eles respondam as perguntas do slide primeiro em grupo. Caso não tenha projetor em sua escola, passe as questões no quadro.
  • Projete a reportagem (que consta nos materiais complementares) para que possam todos possam ler ela na íntegra.
  • Depois abra para a socialização. Durante a socialização, você pode propor mais perguntas, levando os alunos a refletirem com mais profundidade sobre a função do gênero jornalístico e sua forma de composição.
  • O que na reportagem chamou mais a atenção de vocês? É provável que os alunos digam que foram as imagens, relacione o uso de imagens nesse gênero com o apelo visual que um jornal necessita promover para manter a atenção do leitor.
  • Cite alguns itens que são fabricado com plástico. Qual a vantagem dos produtos feitos de plástico?
  • Por que o plástico é prejudicial à natureza? Tanto na parte 1 como na parte 2 da reportagem há informações para embasar essa resposta. Essas informações são reforçadas pelas imagens, inclusive a foto do início da reportagem que é bastante chamativa.
  • Pensem na estrutura da reportagem (título, subtítulos, imagens e legendas). Porque vocês acham que ela foi composta dessa maneira?
  • As informações contidas nas imagens também estavam no corpo do texto? Leve os alunos a refletir sobre a relação das imagens e o texto. Alguns dados são reforçados nos infográficos e outros são dados adicionais.
  • Na sua opinião, qual a importância dos números apresentados em formato de gráfico e diagrama, e das imagens para compor o gênero jornalístico? Pergunte aos alunos como seria essa reportagem se não houvesse nenhum dado numérico. Leve-os a refletir sobre a importância de se apresentar dados numéricos para dar maior credibilidade e confiabilidade a um acontecimento ou fato que está sendo informado em uma notícia ou reportagem.

Comentários: Nesse momento é importante que os alunos percebam que as imagens são fonte importante de informação no gênero jornalístico. As fotos devem causar impacto no leitor, são escolhidas com muito critério para compor uma notícia ou reportagem. Já os gráficos e diagramas têm a função de retomar ou adicionar informações àquelas apresentadas no corpo do texto, de forma atraente ao leitor. As imagens com números, por apresentarem dados de resultados de pesquisas conferem credibilidade à reportagem, passando a ideia de que o leitor pode confiar no que lê. O uso de mapas, no caso dessa reportagem, de dimensão mundial, passa a ideia de que esse mesmo acontecimento está presente e causa influência no mundo todo, conferindo maior relevância ao fato noticiado.

Materiais complementares:

Para acessar a reportagem online clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Se possível projete a reportagem online para ver as imagens com melhor definição, investigue com os alunos cada uma das imagens. Caso eles não saibam nomear, você pode informá-los que se trata de: fotos, gráfico de barras, mapas e infográficos.
  • Deixe que respondam às seguintes perguntas:
  • Quais os dados são apresentados nessa imagem?
  • Como eles aparecem?
  • Qual a relação dessa imagem com a reportagem? Que efeitos essas imagens causam no leitor?
  • Então que tipo de imagens costumam a aparecer em notícias e reportagens? Quais são suas finalidades?

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Peça para que os alunos coletivamente respondam às perguntas do slide, de acordo com suas aprendizagens durante esta aula.
  • Caso não tenha projetor em sua escola, escreva o texto no quadro e preencha a medida que eles forem respondendo. Distribua as perguntas impressas e peça para que copiem as descobertas coletivas e colem em seus cadernos.
  • Espera-se que ao final dessa aula os alunos tenham compreendido que:
  • O texto jornalístico (de uma notícia ou reportagem) é composto por algumas partes: título, lide, corpo do texto e imagens.
  • Os títulos devem ser claros, informativos e atrativos.
  • A lide da notícia deve responder algumas perguntas como: o quê? quem? quando? onde? como? por que? De forma que o leitor muito rapidamente se informe e decida se seguirá lendo ou não o texto. No caso das reportagens há muitas formas de iniciar o texto, podendo o 1º parágrafo trazer um “gancho”, uma espécie de convite para que o leitor se informe a medida que segue com a leitura.
  • O corpo do texto jornalístico é informativo e relata acontecimentos. Na notícia o texto é mais breve, aborda as informações da lide com mais detalhes. Os assuntos são sempre recentes. O corpo do texto das reportagens pode ser mais longo, trata de fatos e de seus desdobramentos, pode ser entrecortado por infográficos que ajudam a entender o fato sob diferentes ângulos.
  • Textos jornalísticos, em especial notícias, trazem fotos com legendas informativas e as vezes gráficos e tabelas. As reportagens por serem mais longas e terem mais tempo de produção trazem infográficos mais elaborados (gráficos, diagramas, mapas, tabelas…) e em maior quantidade. As imagens em ambos casos podem trazer informações que apoiam o entendimento do texto ou que são complementares e trazem informações adicionais.

Materiais complementares: Para imprimir as perguntas, clique aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia e no campo de atuação vida pública. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Projetor multimídia; cópias dos materiais listados nas orientações (quantidades de acordo com o número de alunos).

Informações sobre o gênero: O gênero notícia pode ser entendido como um texto no qual se divulga um fato ou acontecimento, veiculado principalmente por jornais, revistas, rádios, impressos, eletrônicos ou televisivos. Por ser um gênero massivo de comunicação atinge a todas as camadas da população, trazendo informações e contribuindo para a formação de opinião. Esses textos são dinâmicos, atuais e periódicos, e, como não é qualquer fato que vira notícia, ele deve ser marcado pelo ineditismo, gerar interesse e identificação no leitor. Tendo em vista que há diversos públicos que leem os jornais, cada linha editorial se adequa ao que entende que chamará mais a atenção de seu público alvo, determinando assim seu vocabulário, extensão do texto, temáticas e o nível de parcialidade no tratamento das informações. A notícia é composta por três partes: título, lead e corpo. O título e subtítulo (quando houver) deve despertar o interesse no leitor, títulos com maior destaque em uma publicação são conhecidos também como manchetes; o lead (1º parágrafo do texto) deve apresentar as informações essenciais do fato: o quê, quem, quando, onde, como, por quê; tais informações serão mais detalhadas no corpo do texto. As fotos e legendas também são marcas desse gênero e servem como um resumo da notícia. Os alunos devem saber que para se escolher a notícia que se vai ler, dentre tantas em um jornal, é comum se ater ao título e a imagem, por isso essas escolhas são feitas com muito critério pelos jornais.

Dificuldades antecipadas: No decorrer desta aula, os alunos devem ter um olhar mais atencioso e analítico para o gênero trabalhado. É possível que demonstrem dificuldades em estabelecer relações entre as partes da reportagem e suas finalidades, por não terem muita familiaridade com o gênero jornalístico. A análise de imagens também pode ser difícil, pois demanda que se faça inferências sobre as ideias implícitas, tendo em vista as informações explícitas apresentadas na própria imagem ou no corpo do texto. Será preciso estabelecer muitas relações entre o que se vê, o que se sabe e o que se pretende ensinar.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA. Jaqueline Peixoto. Outras mídias e linguagens na escola. In: Práticas de leitura e escrita / Maria Angélica Freire de Carvalho, Rosa Helena Mendonça (orgs.). – Brasília : Ministério da Educação, 2006. p. 174-180. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/grades/salto_ple.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

BESERRA, Normanda. Quando o conhecimento vira reportagem In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.207-220. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

MENDONÇA, Márcia. Imagem e texto explicando o mundo: Infográfico. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p. 221-238. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf. Acesso em 30 de jul. de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Para o desenvolvimento dessa aula será importante distinguir reportagem de notícia. Tanto uma como outra aparecem em revistas, jornais e sites. Ambas são do gênero jornalístico e possuem caráter informativo. Em sua estrutura, trazem títulos muito bem escolhidos para despertar interesse no leitor, além de fotos, imagens e gráficos como fonte de informação (o que será tema dessa aula). Se diferenciam pela extensão, estrutura do corpo do texto, pela escolha temática e forma de abordagem.
  • Caso esteja seguindo a sequência das aulas, será interessante, logo nesse início, perguntar aos alunos se eles se recordam de semelhanças e diferenças entre notícia e reportagem. Nas aulas anteriores, eles puderam observar que as notícias tendem a ser mais breves e apresentar fatos recentes com objetividade. Já as reportagens abordam determinado assunto sob diversos ângulos, associado um acontecimento a outros fatos correlatos. Nessa aula em especial, optamos por trabalhar com uma reportagem.
  • Ao longo dessa sequência de aulas falaremos a forma de composição de cada um desses gêneros jornalísticos: notícias e reportagens. Saiba mais sobre reportagens acessando o texto “Quando o conhecimento vira reportagem” (p.207-220).
  • Questione os alunos:
  • Vocês acham que para elaborar os textos das reportagens e notícias, todos seguem um padrão ou cada um escreve da maneira que quiser?

É possível que os alunos relatem algumas questões frequentemente abordadas pelo professor quando os mesmo são solicitados a escrever um texto, como por exemplo, o cuidado com os erros ortográficos, sinais de pontuação, entre outros.

3. Explique para os alunos que nesta aula eles vão ver como se constrói o texto de uma reportagem, de modo que as informações sobre um acontecimento sejam apresentadas de forma atraente e compreensível para os leitores.

Materiais complementares: Para conhecer a reportagem que será trabalhada nesta aula na íntegra, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

  • Projete ou entre a charge disponível aqui para os estudantes. Diga aos alunos que essa imagem, que é uma charge, diz muito sobre o tema da aula. Caso não tenha projetor em sua escola, imprima a charge e exponha no quadro.
  • Peça para eles dizerem o que veem e qual acham que será a temática desenvolvida nesta aula.

Comentários: Apesar das charges pertencerem ao gênero jornalístico, elas não são o foco da aula, entretanto ouvir dos alunos o que eles sabem sobre charge e chamar atenção para alguns aspectos de sua composição pode ser interessante. Você pode destacar para os alunos que as charges são desenhos humorísticos, com ou sem legenda ou balão, geralmente veiculado pela imprensa e tendo por tema algum acontecimento atual, com crítica e por meio de caricatura de situações ou personalidades.

Materiais complementares:

Charge: Praia Poluição Mar. Arionauro Cartuns. Site do autor. Disponível em: <http://www.arionaurocartuns.com.br/2016/04/charge-praia-poluicao-mar.html>.Acesso em 30 de jul. de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • Inicie a atividade, informando aos alunos que essa é a manchete da reportagem (título e subtítulo) que eles vão ler.
  • Pergunte:
  • É possível antever o conteúdo da reportagem com base na manchete?
  • Que outras informações poderia haver no corpo do texto que não estão presentes nesse slide?

É possível que alguns alunos percebam que o título da reportagem sinaliza que cinco gráficos vão ser apresentados para descrever e explicar melhor como o plástico ameaça a vida na Terra. Os alunos devem antever que os gráficos aparecerão ao longo da reportagem, como um paratexto.

  • Questione os alunos:
  • Por que essa foto chama a atenção?
  • Que outras informações obtemos ao ler a legenda da foto?

É possível que os alunos expressem suas percepções pessoais sobre a quantidade de plásticos acumulados e que vão para o mar. Chame atenção para o fato de que as fotos de gênero jornalístico tendem a ser impactantes e que as legendas não são descritivas, trazem informações adicionais ao texto.

4. Pergunte aos alunos se a leitura do título, subtítulo, foto e legenda desperta a curiosidade deles para lerem a reportagem na íntegra.

5. Caso não tenha projetor em sua escola, imprima essa parte da reportagem nos materiais complementares e exponha no quadro para os alunos.

Materiais complementares: Para imprimir o título e subtítulo da reportagem, foto e legenda clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Diga aos alunos que agora você vai mostrar mais uma parte importante de uma reportagem ou notícia: o lide (1º parágrafo do texto jornalístico). O lide é a abertura do texto, deve apresentar sucintamente o assunto ou destacar o fato principal, tem a função de atrair o leitor. O lide tradicional responde a seis perguntas: o quê, quem, quando, onde, como e por quê.
  • Peça para que identifiquem mais especificamente, tendo apenas, essas 3 partes da reportagem (título, subtítulo e lide) quais das perguntas do slide podem ser respondidas. É possível que os alunos respondam de acordo com as informações implícitas ou explícitas obtidas com essa primeira parte da reportagem.
  • Explique para os alunos que, em geral, as notícias trazem a maior parte dessas respostas logo no 1º parágrafo do texto, podendo, desse modo, o leitor rapidamente definir se seguirá lendo o restante do texto ou não.
  • Já na reportagem, o lide não precisa necessariamente responder todas essas informações logo no ínicio do texto. As reportagens não têm uma estrutura tão fixa quanto às notícias e os textos também podem começar com um “gancho”, que vincula o leitor a temática que será apresentada, aproximando o leitor do fato por meio de algum gancho com sua vida cotidiana.
  • Pergunte, tendo em vista a função social do gênero jornalístico, porque eles acham que, enquanto as notícias trazem as informações mais importantes logo no 1º parágrafo, o mesmo não necessariamente ocorre com as reportagens. É possível que eles ainda não saibam responder a essa pergunta, mas espera-se que percebam, ao longo das aulas, que quando o leitor escolhe ler uma reportagem ele já sabe que se trata de um texto mais longo e elaborado, no qual as informações serão “entregues” durante a leitura.

Entretanto ambos textos devem ser convidativos em seu 1º parágrafo.

Deixe que comentem e diga que durante a atividade eles vão ler essa reportagem na íntegra.

Materiais complementares: Para imprimir o lide clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de iniciar a atividade, retome essas 3 partes estruturantes de uma notícia ou reportagem. Caso você esteja seguindo a sequência das aulas é provável que essa discussão seja mais breve, já que foi possível entrar em contato com essa nomenclatura em aulas anteriores. Caso contrário dedique um pouco mais de tempo para que os alunos entendam a diferença entre essas partes.
  • Lembre-os de que a manchete é o título mais importante e com mais destaque de um jornal, sendo os outros considerados apenas como títulos. O que vem logo abaixo é o subtítulo, também conhecido como título auxiliar. A seguir vem o lide ou “lead” (“o que guia” ou “o que conduz” em inglês).
  • Como vimos, o lide de notícias traz informações importantes respondendo: o quê (a ação), quem (o agente), quando (o tempo), onde (o lugar), como (o modo) e por quê (o motivo) se deu o acontecimento central da história. Em reportagens não há essa “obrigatoriedade”, mas o 1º parágrafo deve ser igualmente convidativo.
  • No corpo do texto da notícia ou reportagem encontramos mais informações sobre os fatos. Podendo ser intercaladas por fotos e imagens. Entretanto, as reportagens tendem a trazer mais infográficos (informações gráficas) do que as notícias, justamente porque seu tempo de produção é mais longo e as informações são apresentadas sob diversos ângulos.
  • Questione os alunos:
  • Portanto, qual é a manchete da reportagem que nós vamos ler?
  • Que informações nós já obtivemos sobre a reportagem ao ler o lide?
  • Que informações nós já obtivemos sobre a reportagem ao ver a foto e ler sua legenda?

Materiais complementares:

Saiba mais sobre infográficos em: MENDONÇA, Márcia. Imagem e texto explicando o mundo: Infográfico. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores / coordenado por Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p.221–238. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf . Acesso em 26 de nov. de 2018

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Divida os alunos em grupos de 4 alunos.
  • Providencie antecipadamente cópias da reportagem proposta para a aula. Por se tratar de uma reportagem longa, sugerimos dividi-la em 2 partes (páginas 1 e 2/ páginas 3 e 4) Cada grupo ficará com metade da reportagem (página 1 e 2 para alguns grupos e páginas 3 e 4 para outros grupos). Acesse nos materiais complementares.
  • Informe aos grupos que eles estão apenas com parte da reportagem e que ao final todos terão acesso a reportagem na íntegra.
  • Chame atenção dos alunos para a leitura dos subtítulos e das informações das imagens, mapas e gráficos no texto.
  • Peça para que eles respondam as perguntas do slide primeiro em grupo. Caso não tenha projetor em sua escola, passe as questões no quadro.
  • Projete a reportagem (que consta nos materiais complementares) para que possam todos possam ler ela na íntegra.
  • Depois abra para a socialização. Durante a socialização, você pode propor mais perguntas, levando os alunos a refletirem com mais profundidade sobre a função do gênero jornalístico e sua forma de composição.
  • O que na reportagem chamou mais a atenção de vocês? É provável que os alunos digam que foram as imagens, relacione o uso de imagens nesse gênero com o apelo visual que um jornal necessita promover para manter a atenção do leitor.
  • Cite alguns itens que são fabricado com plástico. Qual a vantagem dos produtos feitos de plástico?
  • Por que o plástico é prejudicial à natureza? Tanto na parte 1 como na parte 2 da reportagem há informações para embasar essa resposta. Essas informações são reforçadas pelas imagens, inclusive a foto do início da reportagem que é bastante chamativa.
  • Pensem na estrutura da reportagem (título, subtítulos, imagens e legendas). Porque vocês acham que ela foi composta dessa maneira?
  • As informações contidas nas imagens também estavam no corpo do texto? Leve os alunos a refletir sobre a relação das imagens e o texto. Alguns dados são reforçados nos infográficos e outros são dados adicionais.
  • Na sua opinião, qual a importância dos números apresentados em formato de gráfico e diagrama, e das imagens para compor o gênero jornalístico? Pergunte aos alunos como seria essa reportagem se não houvesse nenhum dado numérico. Leve-os a refletir sobre a importância de se apresentar dados numéricos para dar maior credibilidade e confiabilidade a um acontecimento ou fato que está sendo informado em uma notícia ou reportagem.

Comentários: Nesse momento é importante que os alunos percebam que as imagens são fonte importante de informação no gênero jornalístico. As fotos devem causar impacto no leitor, são escolhidas com muito critério para compor uma notícia ou reportagem. Já os gráficos e diagramas têm a função de retomar ou adicionar informações àquelas apresentadas no corpo do texto, de forma atraente ao leitor. As imagens com números, por apresentarem dados de resultados de pesquisas conferem credibilidade à reportagem, passando a ideia de que o leitor pode confiar no que lê. O uso de mapas, no caso dessa reportagem, de dimensão mundial, passa a ideia de que esse mesmo acontecimento está presente e causa influência no mundo todo, conferindo maior relevância ao fato noticiado.

Materiais complementares:

Para acessar a reportagem online clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Se possível projete a reportagem online para ver as imagens com melhor definição, investigue com os alunos cada uma das imagens. Caso eles não saibam nomear, você pode informá-los que se trata de: fotos, gráfico de barras, mapas e infográficos.
  • Deixe que respondam às seguintes perguntas:
  • Quais os dados são apresentados nessa imagem?
  • Como eles aparecem?
  • Qual a relação dessa imagem com a reportagem? Que efeitos essas imagens causam no leitor?
  • Então que tipo de imagens costumam a aparecer em notícias e reportagens? Quais são suas finalidades?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Peça para que os alunos coletivamente respondam às perguntas do slide, de acordo com suas aprendizagens durante esta aula.
  • Caso não tenha projetor em sua escola, escreva o texto no quadro e preencha a medida que eles forem respondendo. Distribua as perguntas impressas e peça para que copiem as descobertas coletivas e colem em seus cadernos.
  • Espera-se que ao final dessa aula os alunos tenham compreendido que:
  • O texto jornalístico (de uma notícia ou reportagem) é composto por algumas partes: título, lide, corpo do texto e imagens.
  • Os títulos devem ser claros, informativos e atrativos.
  • A lide da notícia deve responder algumas perguntas como: o quê? quem? quando? onde? como? por que? De forma que o leitor muito rapidamente se informe e decida se seguirá lendo ou não o texto. No caso das reportagens há muitas formas de iniciar o texto, podendo o 1º parágrafo trazer um “gancho”, uma espécie de convite para que o leitor se informe a medida que segue com a leitura.
  • O corpo do texto jornalístico é informativo e relata acontecimentos. Na notícia o texto é mais breve, aborda as informações da lide com mais detalhes. Os assuntos são sempre recentes. O corpo do texto das reportagens pode ser mais longo, trata de fatos e de seus desdobramentos, pode ser entrecortado por infográficos que ajudam a entender o fato sob diferentes ângulos.
  • Textos jornalísticos, em especial notícias, trazem fotos com legendas informativas e as vezes gráficos e tabelas. As reportagens por serem mais longas e terem mais tempo de produção trazem infográficos mais elaborados (gráficos, diagramas, mapas, tabelas…) e em maior quantidade. As imagens em ambos casos podem trazer informações que apoiam o entendimento do texto ou que são complementares e trazem informações adicionais.

Materiais complementares: Para imprimir as perguntas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 4º ano :

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04LP24 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP16 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano