15884
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Oralidade

Plano de aula - Leitura em voz alta de um conto de humor

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do Ensino Fundamental sobre ler em voz alta um conto de humor de modo expressivo e fluente para avaliação final de toda a classe.

Plano 12 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Mariana do Nascimento Ramos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários:

Material em sala de aula: computador, projetor, gravador, caixas de som, internet, fotocópias dos contos selecionados.

Informações sobre o gênero: O conto é uma narrativa breve escrita em prosa e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela - enredo, personagem, tempo e espaço, é mais curto e apresenta ideias concisas e precisão narrativa. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Alguns alunos podem ter dificuldades em trabalhar em grupos e para entender a diferença entre oralidade, informalidade e inadequação textual.

Referências sobre o assunto:

BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.

COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. Textos Humorísticos. Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em: 3 ago. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Para preparar esta aula, leia e analise previamente o conto de humor Brincadeira, de Luís Fernando Veríssimo, que será lido pelos alunos. Se você desenvolveu os planos 10 e 11, esse conto já foi utilizado.
  • Comece a aula pedindo para um aluno ler o título da aula em voz alta.
  • Provoque-os com algumas perguntas: O que é o ato da leitura? Qual a diferença entre uma leitura silenciosa e uma leitura em voz alta?
  • Utilize os conhecimentos prévios que eles têm sobre leitura para introduzir a finalidade da aula: a leitura de um conto que será gravado pelos próprios alunos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Projete esse slide para os alunos e veja a reação que ele provoca.
  • Caso os alunos já tenham passado pelos planos 10 e 11, nessa sequência, eles terão a base necessária para debater sobre os elementos principais de uma atividade oral, quais sejam: gestuário, linguagem corporal, expressão facial, voz, entonação, postura, dicção etc. Se esta é a primeira aula, reserve um tempo para a leitura do conto de humor Brincadeira, de Luís Fernando Veríssimo.
  • O importante é que fique claro, para os alunos, como o trabalho de leitura de um texto literário envolve não só o texto que está sendo lido, mas os elementos citados acima.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Para esta atividade, a turma deve estar dividida em grupos de 13 alunos (caso a turma seja pequena, não haverá separação de grupos e eles irão trabalhar todos juntos). Se você desenvolveu o plano anterior da sequência, as equipes devem ser as mesmas.
  • Caso essa aula seja uma sequência na ordem dos planos 10 e 11, os alunos já fizeram o ensaio das leituras, e agora deverão executar e gravar (em áudio ou vídeo) a leitura do conto de humor Brincadeira, de Luis Fernando Veríssimo. Para tanto, utilizarão a mesma folha de atividades distribuída nas aulas 10 e 11. Neste caso, eles já possuem a tabela de planejamento para a leitura.
  • Orientação para as gravações da leitura: os alunos podem utilizar gravador de celular ou, se preferirem e se o professor achar melhor, podem gravam as leituras em forma de vídeo. As particularidades de cada grupo e professor deverão ser levadas em conta para esta atividade.
  • Se esta é a primeira aula da modalidade que está desenvolvendo, distribua a folha de atividades entre os grupos (preferencialmente uma fotocópia por alunos). Os alunos farão a divisão das atribuições de tarefas e separarão o conto de acordo com as diferentes vozes e características das mesmas (ver folha de atividades para detalhes). Enquanto os grupos promovem essa divisão, percorra a sala e dar suporte aos alunos (lembretes sobre os elementos de oralidade, a importância dos gestos e da expressão facial, a coerência entre texto e linguagem corporal etc.), fazendo observações específicas e conferindo se eles realmente entenderam a proposta da atividade.
  • Já com a divisão das atribuições, eles executarão a leitura do conto Brincadeira. Os alunos deverão gravar as leituras de cada grupo, para análise posterior. Eles podem utilizar os próprios celulares para isso ou equipamentos na sala de informática, se disponível. Se não houver disponibilidade de equipamentos, promova a leitura apenas para a turma. Com a gravação em mãos, faça a previsão de uma aula para a edição do material.
  • A ideia dessa atividade é promover a leitura de um conto de humor, levando em conta marcações orais específicas desse gênero literário. Por exemplo, os reflexos das diferentes vozes no texto e sua construção oral através da entonação e gestuário; como o aluno pode marcar o humor através de pausas, dicção, emoções específicas das vozes etc. A leitura de um conto de humor deve provocar o riso.

Material complementar: Você pode encontrar a versão da atividade para impressão aqui e o texto completo aqui.

Fonte: Luis Fernando Veríssimo. Comédias da vida privada. Porto Alegre: L&PM, 1995. p. 189-91.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

  • Conclua, junto à turma, fazendo um balanço do que cada grupo achou das próprias leituras.
  • Em seguida, cada grupo avaliará um outro grupo:
  • Qual foi a maior dificuldade da apresentação?
  • Que recursos da oralidade (gestos, expressão facial, voz, entonação, dicção, pausas etc.) os alunos usaram, ou não usaram? Como isso ajudou na performance do grupo?
  • Qual foi o ponto alto de cada leitura? Por quê?
  • Que recursos da oralidade cada grupo usou para imprimir o tom de humor característico desse texto?

3. Incremente estes critérios com a turma e discuti-los com mais detalhes. Se necessário, reserve uma aula posterior para isso.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico literário. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários:

Material em sala de aula: computador, projetor, gravador, caixas de som, internet, fotocópias dos contos selecionados.

Informações sobre o gênero: O conto é uma narrativa breve escrita em prosa e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela - enredo, personagem, tempo e espaço, é mais curto e apresenta ideias concisas e precisão narrativa. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Alguns alunos podem ter dificuldades em trabalhar em grupos e para entender a diferença entre oralidade, informalidade e inadequação textual.

Referências sobre o assunto:

BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.

COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. Textos Humorísticos. Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em: 3 ago. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Para preparar esta aula, leia e analise previamente o conto de humor Brincadeira, de Luís Fernando Veríssimo, que será lido pelos alunos. Se você desenvolveu os planos 10 e 11, esse conto já foi utilizado.
  • Comece a aula pedindo para um aluno ler o título da aula em voz alta.
  • Provoque-os com algumas perguntas: O que é o ato da leitura? Qual a diferença entre uma leitura silenciosa e uma leitura em voz alta?
  • Utilize os conhecimentos prévios que eles têm sobre leitura para introduzir a finalidade da aula: a leitura de um conto que será gravado pelos próprios alunos.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Projete esse slide para os alunos e veja a reação que ele provoca.
  • Caso os alunos já tenham passado pelos planos 10 e 11, nessa sequência, eles terão a base necessária para debater sobre os elementos principais de uma atividade oral, quais sejam: gestuário, linguagem corporal, expressão facial, voz, entonação, postura, dicção etc. Se esta é a primeira aula, reserve um tempo para a leitura do conto de humor Brincadeira, de Luís Fernando Veríssimo.
  • O importante é que fique claro, para os alunos, como o trabalho de leitura de um texto literário envolve não só o texto que está sendo lido, mas os elementos citados acima.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Para esta atividade, a turma deve estar dividida em grupos de 13 alunos (caso a turma seja pequena, não haverá separação de grupos e eles irão trabalhar todos juntos). Se você desenvolveu o plano anterior da sequência, as equipes devem ser as mesmas.
  • Caso essa aula seja uma sequência na ordem dos planos 10 e 11, os alunos já fizeram o ensaio das leituras, e agora deverão executar e gravar (em áudio ou vídeo) a leitura do conto de humor Brincadeira, de Luis Fernando Veríssimo. Para tanto, utilizarão a mesma folha de atividades distribuída nas aulas 10 e 11. Neste caso, eles já possuem a tabela de planejamento para a leitura.
  • Orientação para as gravações da leitura: os alunos podem utilizar gravador de celular ou, se preferirem e se o professor achar melhor, podem gravam as leituras em forma de vídeo. As particularidades de cada grupo e professor deverão ser levadas em conta para esta atividade.
  • Se esta é a primeira aula da modalidade que está desenvolvendo, distribua a folha de atividades entre os grupos (preferencialmente uma fotocópia por alunos). Os alunos farão a divisão das atribuições de tarefas e separarão o conto de acordo com as diferentes vozes e características das mesmas (ver folha de atividades para detalhes). Enquanto os grupos promovem essa divisão, percorra a sala e dar suporte aos alunos (lembretes sobre os elementos de oralidade, a importância dos gestos e da expressão facial, a coerência entre texto e linguagem corporal etc.), fazendo observações específicas e conferindo se eles realmente entenderam a proposta da atividade.
  • Já com a divisão das atribuições, eles executarão a leitura do conto Brincadeira. Os alunos deverão gravar as leituras de cada grupo, para análise posterior. Eles podem utilizar os próprios celulares para isso ou equipamentos na sala de informática, se disponível. Se não houver disponibilidade de equipamentos, promova a leitura apenas para a turma. Com a gravação em mãos, faça a previsão de uma aula para a edição do material.
  • A ideia dessa atividade é promover a leitura de um conto de humor, levando em conta marcações orais específicas desse gênero literário. Por exemplo, os reflexos das diferentes vozes no texto e sua construção oral através da entonação e gestuário; como o aluno pode marcar o humor através de pausas, dicção, emoções específicas das vozes etc. A leitura de um conto de humor deve provocar o riso.

Material complementar: Você pode encontrar a versão da atividade para impressão aqui e o texto completo aqui.

Fonte: Luis Fernando Veríssimo. Comédias da vida privada. Porto Alegre: L&PM, 1995. p. 189-91.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações:

  • Conclua, junto à turma, fazendo um balanço do que cada grupo achou das próprias leituras.
  • Em seguida, cada grupo avaliará um outro grupo:
  • Qual foi a maior dificuldade da apresentação?
  • Que recursos da oralidade (gestos, expressão facial, voz, entonação, dicção, pausas etc.) os alunos usaram, ou não usaram? Como isso ajudou na performance do grupo?
  • Qual foi o ponto alto de cada leitura? Por quê?
  • Que recursos da oralidade cada grupo usou para imprimir o tom de humor característico desse texto?

3. Incremente estes critérios com a turma e discuti-los com mais detalhes. Se necessário, reserve uma aula posterior para isso.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP53 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano