15846
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - O meu objeto de apego e o do meu amigo

Nesta atividade, as crianças irão compartilhar seus objetos de apego com alguns colegas.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Fernanda Alves da Silva

Famílias e objetos de apego

Apresente a proposta
Marque um encontro virtual com as famílias. Você pode adaptar o bilhete do primeiro plano como convite, mediando a apresentação dos objetos de apego dos bebês, para que interajam e mantenham contato com o grupo da forma que for possível nesse momento.

Oriente os familiares e peça para permitirem a livre expressão do bebê, complementando com uma breve fala. Depois desse momento, proponha que brinquem enquanto conversam um pouco sobre as expectativas que envolvem o retorno, e o quanto esses objetos de apego poderão funcionar como apoio nessa transição.

Finalize agradecendo a participação de todos e se despeça carinhosamente. Avise que irá enviar mais algumas propostas em seguida, por Whatsapp ou outra plataforma de comunicação com as famílias.

Adaptações necessárias
As famílias serão convidadas a fazerem propostas envolvendo os objetos de apego junto ao bebê, em casa.

Sugira que o acompanhem em todos os momentos para a segurança da criança, e, na hora de registrar, se possível, contem com outra pessoa, para que dedique atenção plena na interação com o bebê.

Sugira às famílias
O meu objeto de apego e do meu amigo:

Reúna os registros recebidos e coloque os respectivos nomes para montar um arquivo digital no Apresentações Google e socializar com todas as famílias. Convide-as para que apreciem o material com os bebês, nomeando aqueles que aparecem nos vídeos, bem como os objetos de apego, ações envolvidas e expressões.

Oriente as famílias a fazerem as associações com os objetos de apego enquanto assistem ao material. Para ficar mais animado, sugira a música “Ciranda”, para que dancem e se divirtam.

Para compartilhar com o grupo
Conforme citado acima, organize os registros recebidos e compartilhe-os, para que todas as famílias se sintam estimuladas a participarem dessa importante proposta, que poderá servir de apoio para a transição, quando o período de isolamento social terminar.

Desaa forma, a interação familiar em casa se conectará com as experiências no cotidiano escolar. Essa parceria poderá ser uma potente ferramenta no retorno, durante a readaptação ao convívio escolar.

Sugestão Enviada Por: Keli Patricia Luca


Código: EDI1_32UND03

(EI01EF06) Comunicar-se com outras pessoas usando movimentos, gestos, balbucios, fala e outras formas de expressão.

(EI01EO06) Interagir com outras crianças da mesma faixa etária e adultos, adaptando-se ao convívio social.

(EI01CG01) Movimentar as partes do corpo para exprimir corporalmente emoções, necessidades e desejos.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês:

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas