15775
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Conhecendo o verbete enciclopédico: Recursos expressivos de coesão

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do EF sobre Conhecendo o verbete enciclopédico: Recursos expressivos de coesão

Plano 09 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Gleiciane Rosa Vinote Rocha

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Verbete de enciclopédia e videominuto e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo Análise linguística e semiótica.

Materiais necessários:

- Dois verbetes enciclopédicos digitais de estilos diferentes, de acordo com o público e o contexto de circulação:
1- Wikipédia. Selfie. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Selfie. Acesso em: 16 de outubro de 2018.
2 - Dicionário popular. Selfie. Disponível em: https://www.dicionariopopular.com/selfie/. Acesso em: 16 de outubro de 2018. (Apesar de o nome do site ser dicionário, trata-se de um verbete enciclopédico, pois vai além da conceituação.)

- Videominuto: BLK Mídia. Dicas para selfie e vídeo. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=OOxbgr1c9WE> Acesso em: 16 de outubro de 2018.
- Internet, datashow/computador ou celulares, ou laboratório de informática.

Informações sobre o gênero:

Verbete enciclopédico é um gênero textual de natureza expositiva, encontrado, como o nome já diz, em enciclopédias. Elas são organizadas em verbetes. Eles têm como objetivo apresentar definições e informações sobre um determinado assunto, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Podem conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar as informações. Atualmente, há mais uso das enciclopédias virtuais, sendo a WIKIPÉDIA a mais conhecida. Ela é colaborativa, ou seja, todos podem editar e fornecer conteúdo, criando ou modificando um verbete, tornando, assim, o texto dinâmico. A leitura em um verbete enciclopédico impresso e virtual também muda, uma vez que virtualmente ela não é linear e os hipertextos permitem que o leitor opte por diferentes caminhos e textos, aprofundando o tema.
O videominuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas:

A turma pode ter dificuldade no uso da pronominalização.

Referências sobre o assunto:

- COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.
- DIONÍSIO, Angela P. Verbetes: um gênero além do dicionário. In: DIONÍSIO, Angela P.; MACHADO, Anna R.; BEZERRA, M. Auxiliadora. Gêneros textuais e ensino.
Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.
- PORSCHE, Sandra Cristina. et al. O gênero verbete no ensino . Simpósio Internacional de Gêneros Textuais. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/o_genero_verbete_no_ensino.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.
- NERY, Alfredina. Escrita de verbetes enciclopédicos. Revista Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/6043/escrita-de-verbetes-enciclopedicos> Acesso em: 3/7/2018.
- DUQUE, Ana Paula. Redação hipertextual coletiva na Wikipedia. Estudos Linguísticos. Disponível em: <http://www.gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/38/EL_V38N3_02.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.
- LIMA, Vanessa. Verbete digital: análise de gênero na Wikipédia. Revista L@el em (Dis- Revista L@el em (Dis-)curso. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/revlael/article/view/2991>. Acesso em: 3/7/2018.
- SILVA, Flavio. Enciclopédia x Wikipédia. Revista Letra Magna. Disponível em: http://www.letramagna.com/artigo13_XII.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.

- BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Disponível em: https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf Acesso em: 4 de setembro de 2018.
- TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

1. Projete esta tela com trechos de verbete de enciclopédia e peça a dois alunos que os leiam (cada um lerá um).

2. Em seguida, peça para a turma que responda, oralmente, numa conversa espontânea, os seguintes questionamentos.

A) Que diferença em relação ao uso do termo “selfie” vocês percebem nos dois textos?
B) Que efeito essas substituições geram em relação ao encadeamento das ideias do texto?
Os alunos deverão observar que no texto 1 há um excesso de repetição da palavra “selfie”. Já no texto 2 são usadas estratégias para evitar a repetição deste termo.
Esclareça que estas estratégias servem para ligar as partes do texto, amarrando-as, formando uma coesão. E que isso facilita a fluidez e o entendimento do texto.

3. Após os alunos chegarem às conclusões das questões 2, sugira uma nova reflexão:

A) Que estratégias foram usadas para evitar a repetição da palavra “selfie” no texto 2?

À medida que os alunos forem comentando sobre as estratégias, nomeie-as e peça que as anotem no caderno.
Eles deverão observar que na substituição por “termo” e “palavra” foi usado um hiperônimo. Também que em “autorretrato de si mesmo” utilizou-se um sinônimo.
Já na substituição de selfie por “elas” e “lá” foram usados pronomes.
E na oração “tornou-se a foto mais retuitada da história” foi utilizada a elipse da expressão “selfie”, já que ela foi omitida.


Observação: Caso os alunos não saibam o conceito de hiperônimo e hipônimo, explique que:
Hipônimos são palavras de sentido específico, ou seja, palavras cujos significados são hierarquicamente mais específicos do que de outras.
Por exemplo:
Azul e vermelho são hipônimos de cor.
Hiperônimos são palavras de sentido genérico, ou seja, palavras cujos significados são mais abrangentes do que os hipônimos.
Por exemplo:
Animais é hiperônimo de vaca e gato.
Legume é hiperônimo de beterraba e abóbora.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações

1. Explique que as estratégias de substituições também são utilizadas na oralidade e em outros gêneros textuais, como no videominuto. Em seguida, exiba o videominuto clicando no link abaixo e peça aos alunos que observem as estratégias utilizadas para evitar repetições.

BLK Mídia. Dicas para selfie e vídeo. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=OOxbgr1c9WE>. Acesso em: 16 de outubro de 2018.

Observação: Caso esta seja a primeira aula que você utiliza um videominuto, explique para os alunos que eles nasceram na era intitulada tecnológica, em que a transmissão de conteúdo se dá de forma mais dinâmica e que um gênero que se aproxima do verbete de enciclopédia na função de transmitir conteúdos e em aspectos estruturais é o videominuto.

2. Faça uma correção participativa, numa conversa informal. Se necessário, reexiba os trechos, de forma que os alunos percebam que na frase “A maioria das pessoas vai segurar o celular dessa maneira aqui”, em 13 segundos, o termo “celular” substitui “aparelho”, sendo um hiperônimo. Já em 15 segundos, “desse jeito” substitui a forma que ele mostrou de como segurar o aparelho, assim como a palavra “assim”, em 24 segundos. Também é usado o pronome ele, em 37 segundos, para substituir o termo “celular”. Já em 57 segundos, ele cita “Instagram e Snapchat” e, em seguida, usa o termo “Aplicativos” para substituí-los. Já no 1min14seg, usa-se o termo “assim” no lugar de “Barras pretas”. Bem próximo, em 1min16seg e 1min32seg, utiliza-se “ele” para referir-se a “celular”. E em “Também vão conseguir assistir em tela cheia”, em 1min40seg, há elipse da palavra vídeo.

Fique atento para não ultrapassar o tempo de 10 minutos nesta atividade.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações

1. Projete na tela o texto 1 novamente e peça a uma aluno que o leia.

2. Posteriormente, divida os alunos em duplas e entregue uma cópia do texto para cada dupla realizar a Atividade 3. O trabalho em dupla é uma forma de promover conhecimento reflexivo e cooperativo por meio da troca de ideias, retirando a centralidade do discurso do professor ao oportunizar discussões, comparações e negociações, Assim, é permitido que haja uma construção conjunta do conhecimento.

Clique aqui para imprimir o texto.

3. Em seguida, peça aos alunos que realizem a seguinte atividade, reescrevendo o texto no caderno:

Conforme foi visto, o texto 1 não utilizou métodos para evitar repetições. Agora que você já descobriu que estratégias são estas, reescreva este texto, tornando-o mais coeso ao utilizar sinônimos, hipônimos, hiperônimos, elipses ou pronomes para eliminar as repetições. Faça adaptações, se necessário.

4. Faça uma correção participativa, dando voz aos alunos. Abaixo segue uma sugestão de resposta, mas considere o raciocínio dos estudantes, uma vez que eles podem utilizar estratégias diferenciadas. Sendo assim, respeite o raciocínio deles.

Clique aqui para acessar uma sugestão de resolução.

5. Posteriormente, peça aos alunos que reflitam sobre a seguinte questão:

Qual a função das estratégias utilizadas para substituir a palavra “selfie” no texto 1?

Fique atento para não ultrapassar o tempo de 15 minutos na realização destas atividades.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

1. Peça a alguns alunos que socializem, oralmente, as respostas dadas à questão 5 do slide anterior.

2. Eles deverão perceber que as substituições evitam repetições, tornando o texto mais harmônico e com as partes interligadas.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Verbete de enciclopédia e videominuto e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo Análise linguística e semiótica.

Materiais necessários:

- Dois verbetes enciclopédicos digitais de estilos diferentes, de acordo com o público e o contexto de circulação:
1- Wikipédia. Selfie. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Selfie. Acesso em: 16 de outubro de 2018.
2 - Dicionário popular. Selfie. Disponível em: https://www.dicionariopopular.com/selfie/. Acesso em: 16 de outubro de 2018. (Apesar de o nome do site ser dicionário, trata-se de um verbete enciclopédico, pois vai além da conceituação.)

- Videominuto: BLK Mídia. Dicas para selfie e vídeo. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=OOxbgr1c9WE> Acesso em: 16 de outubro de 2018.
- Internet, datashow/computador ou celulares, ou laboratório de informática.

Informações sobre o gênero:

Verbete enciclopédico é um gênero textual de natureza expositiva, encontrado, como o nome já diz, em enciclopédias. Elas são organizadas em verbetes. Eles têm como objetivo apresentar definições e informações sobre um determinado assunto, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Podem conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar as informações. Atualmente, há mais uso das enciclopédias virtuais, sendo a WIKIPÉDIA a mais conhecida. Ela é colaborativa, ou seja, todos podem editar e fornecer conteúdo, criando ou modificando um verbete, tornando, assim, o texto dinâmico. A leitura em um verbete enciclopédico impresso e virtual também muda, uma vez que virtualmente ela não é linear e os hipertextos permitem que o leitor opte por diferentes caminhos e textos, aprofundando o tema.
O videominuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas:

A turma pode ter dificuldade no uso da pronominalização.

Referências sobre o assunto:

- COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.
- DIONÍSIO, Angela P. Verbetes: um gênero além do dicionário. In: DIONÍSIO, Angela P.; MACHADO, Anna R.; BEZERRA, M. Auxiliadora. Gêneros textuais e ensino.
Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.
- PORSCHE, Sandra Cristina. et al. O gênero verbete no ensino . Simpósio Internacional de Gêneros Textuais. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/o_genero_verbete_no_ensino.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.
- NERY, Alfredina. Escrita de verbetes enciclopédicos. Revista Nova Escola. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/6043/escrita-de-verbetes-enciclopedicos> Acesso em: 3/7/2018.
- DUQUE, Ana Paula. Redação hipertextual coletiva na Wikipedia. Estudos Linguísticos. Disponível em: <http://www.gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/38/EL_V38N3_02.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.
- LIMA, Vanessa. Verbete digital: análise de gênero na Wikipédia. Revista L@el em (Dis- Revista L@el em (Dis-)curso. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/revlael/article/view/2991>. Acesso em: 3/7/2018.
- SILVA, Flavio. Enciclopédia x Wikipédia. Revista Letra Magna. Disponível em: http://www.letramagna.com/artigo13_XII.pdf>. Acesso em: 3/7/2018.

- BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Disponível em: https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf Acesso em: 4 de setembro de 2018.
- TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

1. Projete esta tela com trechos de verbete de enciclopédia e peça a dois alunos que os leiam (cada um lerá um).

2. Em seguida, peça para a turma que responda, oralmente, numa conversa espontânea, os seguintes questionamentos.

A) Que diferença em relação ao uso do termo “selfie” vocês percebem nos dois textos?
B) Que efeito essas substituições geram em relação ao encadeamento das ideias do texto?
Os alunos deverão observar que no texto 1 há um excesso de repetição da palavra “selfie”. Já no texto 2 são usadas estratégias para evitar a repetição deste termo.
Esclareça que estas estratégias servem para ligar as partes do texto, amarrando-as, formando uma coesão. E que isso facilita a fluidez e o entendimento do texto.

3. Após os alunos chegarem às conclusões das questões 2, sugira uma nova reflexão:

A) Que estratégias foram usadas para evitar a repetição da palavra “selfie” no texto 2?

À medida que os alunos forem comentando sobre as estratégias, nomeie-as e peça que as anotem no caderno.
Eles deverão observar que na substituição por “termo” e “palavra” foi usado um hiperônimo. Também que em “autorretrato de si mesmo” utilizou-se um sinônimo.
Já na substituição de selfie por “elas” e “lá” foram usados pronomes.
E na oração “tornou-se a foto mais retuitada da história” foi utilizada a elipse da expressão “selfie”, já que ela foi omitida.


Observação: Caso os alunos não saibam o conceito de hiperônimo e hipônimo, explique que:
Hipônimos são palavras de sentido específico, ou seja, palavras cujos significados são hierarquicamente mais específicos do que de outras.
Por exemplo:
Azul e vermelho são hipônimos de cor.
Hiperônimos são palavras de sentido genérico, ou seja, palavras cujos significados são mais abrangentes do que os hipônimos.
Por exemplo:
Animais é hiperônimo de vaca e gato.
Legume é hiperônimo de beterraba e abóbora.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações

1. Explique que as estratégias de substituições também são utilizadas na oralidade e em outros gêneros textuais, como no videominuto. Em seguida, exiba o videominuto clicando no link abaixo e peça aos alunos que observem as estratégias utilizadas para evitar repetições.

BLK Mídia. Dicas para selfie e vídeo. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=OOxbgr1c9WE>. Acesso em: 16 de outubro de 2018.

Observação: Caso esta seja a primeira aula que você utiliza um videominuto, explique para os alunos que eles nasceram na era intitulada tecnológica, em que a transmissão de conteúdo se dá de forma mais dinâmica e que um gênero que se aproxima do verbete de enciclopédia na função de transmitir conteúdos e em aspectos estruturais é o videominuto.

2. Faça uma correção participativa, numa conversa informal. Se necessário, reexiba os trechos, de forma que os alunos percebam que na frase “A maioria das pessoas vai segurar o celular dessa maneira aqui”, em 13 segundos, o termo “celular” substitui “aparelho”, sendo um hiperônimo. Já em 15 segundos, “desse jeito” substitui a forma que ele mostrou de como segurar o aparelho, assim como a palavra “assim”, em 24 segundos. Também é usado o pronome ele, em 37 segundos, para substituir o termo “celular”. Já em 57 segundos, ele cita “Instagram e Snapchat” e, em seguida, usa o termo “Aplicativos” para substituí-los. Já no 1min14seg, usa-se o termo “assim” no lugar de “Barras pretas”. Bem próximo, em 1min16seg e 1min32seg, utiliza-se “ele” para referir-se a “celular”. E em “Também vão conseguir assistir em tela cheia”, em 1min40seg, há elipse da palavra vídeo.

Fique atento para não ultrapassar o tempo de 10 minutos nesta atividade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações

1. Projete na tela o texto 1 novamente e peça a uma aluno que o leia.

2. Posteriormente, divida os alunos em duplas e entregue uma cópia do texto para cada dupla realizar a Atividade 3. O trabalho em dupla é uma forma de promover conhecimento reflexivo e cooperativo por meio da troca de ideias, retirando a centralidade do discurso do professor ao oportunizar discussões, comparações e negociações, Assim, é permitido que haja uma construção conjunta do conhecimento.

Clique aqui para imprimir o texto.

3. Em seguida, peça aos alunos que realizem a seguinte atividade, reescrevendo o texto no caderno:

Conforme foi visto, o texto 1 não utilizou métodos para evitar repetições. Agora que você já descobriu que estratégias são estas, reescreva este texto, tornando-o mais coeso ao utilizar sinônimos, hipônimos, hiperônimos, elipses ou pronomes para eliminar as repetições. Faça adaptações, se necessário.

4. Faça uma correção participativa, dando voz aos alunos. Abaixo segue uma sugestão de resposta, mas considere o raciocínio dos estudantes, uma vez que eles podem utilizar estratégias diferenciadas. Sendo assim, respeite o raciocínio deles.

Clique aqui para acessar uma sugestão de resolução.

5. Posteriormente, peça aos alunos que reflitam sobre a seguinte questão:

Qual a função das estratégias utilizadas para substituir a palavra “selfie” no texto 1?

Fique atento para não ultrapassar o tempo de 15 minutos na realização destas atividades.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

1. Peça a alguns alunos que socializem, oralmente, as respostas dadas à questão 5 do slide anterior.

2. Eles deverão perceber que as substituições evitam repetições, tornando o texto mais harmônico e com as partes interligadas.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP43 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08LP14 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP30 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano