15715
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - O verbo como recurso persuasivo no gênero propaganda

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do EF sobre O verbo como recurso persuasivo no gênero propaganda

Plano 08 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Janes Santos Silva

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero propaganda e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Notebook, data show, textos e atividades impressas, caixa amplificadora de som, atividade ampliada.

Informações sobre o gênero:

O termo propaganda está relacionado à divulgação de ideias, porém algumas vezes é utilizado no sentido de publicidade, o que o torna um termo amplo. Embora os termos publicidade e propaganda sejam muitas vezes usados como sinônimos, se distinguem, pois enquanto a publicidade tem como finalidade vender um produto/serviço, a propaganda tem com objetivo principal divulgar uma mensagem buscando influenciar opiniões ou obter adesão para uma ideia ou doutrina. Visto o caráter persuasivo, tanto da propaganda quanto da publicidade, ambos os gêneros costumam apresentar textos cuja mensagem pretende sensibilizar/atrair o interlocutor, para tanto faz uso de imagens, música, recursos audiovisuais e efeitos sonoros e luminosos. Sua veiculação, em ambos os casos, pode se dar por meio impresso, pelo rádio, pela TV ou pela internet.

Dificuldades antecipadas: Ter conhecimento prévio dos elementos linguísticos solicitados.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Análise de textos: fundamentos e práticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

CARVALHO, Nelly de. Publicidade: a linguagem da sedução. São Paulo: Editora Ática, 2001.

MEDEIROS, Ana Gabriela da Costa Lara. O gênero textual propaganda: descrição e uso em sala de aula. Disponível em: <http://www.ufjf.br/ppglinguistica/files/2009/12/LARA-Ana-Gabriela-da-Costa-2008-Disserta%C3%A7%C3%A3o.pdf>. Acesso em: 9 jan. 2019.

MELO, Edsônia de Souza Oliveira. Propaganda impressa: prática de leitura e produção textual em perspectiva discursiva. Disponível em: <http://www1.ufmt.br/ufmt/unidade/userfiles/publicacoes/155e422e8ae35cb091d6e764d44976b0.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2019.

RORIZ, Caroliny Braz Mendes. Um olhar sobre a linguagem das propagandas voltadas para o público feminino: Análise semiótica dos anúncios impressos da Avon, Pantene e Jequiti. Disponível em: <http://repositorio.uniceub.br/bitstream/235/5040/1/21068793.pdf>. Acesso em: 09 jan. 2019.

WALTY, Ivete Lara Camargos. Enunciação literária. Disponível em: <http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/enunciacao-literaria>. Acesso em: 11 de jan. 2019.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 03 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula. Explique que a temática da aula tratará do aspecto persuasivo da propaganda e os recursos usados no processo de persuasão do interlocutor.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente o diálogo para a turma. Se não tiver data show, transcreva ampliado em papel de sua preferência.
  • Conduza uma conversa dirigida sobre alguns aspectos do texto de modo que os alunos analisem a situação apresentada. Para isso, acompanhe o roteiro abaixo:
  • Quais os sujeitos envolvidos nesse ato de comunicação? (Mãe e filha)
  • Que tipo de relação social há entre esses sujeitos? (Há uma relação afetiva, mas de superioridade da mãe em relação à filha, pois esta precisa da aprovação daquela)
  • Qual o objetivo da filha? (Convencer a mãe a deixá-la ir a uma festa rave)
  • Ela consegue atingir o objetivo de imediato? Por quê? (Não, porque, mesmo usando um termo carinhoso - mãezinha-, a mãe não cedeu)
  • A princípio, como a mãe reage ao pedido da filha? (A mãe nega o pedido)
  • Qual razão ela apresenta para sua resposta? (A filha não tem idade para ir a uma reve)
  • Como a filha reage diante da negativa da mãe? (A filha procura convencê-la de outra maneira)
  • Quais recursos a filha usou para persuadir a mãe a deixá-la ir à rave? (A filha apresenta fatos que visam provar que ela tem idade, talvez maturidade, para ir à festa)
  • O que você achou das estratégias da filha para persuadir a mãe? (Espera-se que eles percebam que a estratégia está adequada à situação comunicativa, visto que o apelo à afetividade não funcionou)
  • Encerre a conversa dirigida explicando que diante da negativa da mãe, a filha procurou outra estratégia que convencesse sua mãe a permitir sua ida à rave, visto que já lançara mão do apelo à afetividade e não convenceu. Como estratégia de persuasão, ela apresentou fatos que visavam desmerecer a afirmação de que não tinha idade para ir a uma festa rave. A nova estratégia funcionou.
  • Pergunte se já viveram situações em que precisaram persuadir alguém sobre alguma coisa. Peça que relatem a situação e, se obtiveram êxito, como atingiram o objetivo.
  • Explique que as estratégias persuasivas dependem do propósito do texto, do público-alvo e da situação comunicativa. Diga que nessa aula trataremos do uso de verbos na construção dessas estratégias de persuasão.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (para essa primeira parte, sugerimos o tempo de 13 minutos)

  • Peça que a turma leia o texto sobre as estratégias da propaganda. Caso não disponibilize de data show, reproduza em modo ampliado.
  • Peça que indique qual estratégia a filha usou no diálogo apresentado anteriormente. Explique que essa conversa retrata uma situação cotidiana na qual se lança mão de recursos para convencer ou persuadir alguém, mas que essas estratégias também aparecem em outras situações e em outros textos.
  • Exiba o vídeo disponível no link <https://www.youtube.com/watch?v=C3mWd4YgBjE>.
  • Peça que assistam e observem como o autor interage com seu público alvo e quais os recursos que ele utiliza para atingir tal objetivo. Caso julgue necessário, a transcrição do texto do vídeo encontra-se disponível aqui.

Espera-se que percebam que o autor optou por uma animação de um menino chorando assustado. essa animação remete à história “João e o pé de feijão” na qual o menino luta contra um gigante assustador (associação com o gigante assustador da vida real que é a violência) acompanhada de uma música de fundo que indaga a um menino sobre a razão do choro, sugerindo que o choro tem esse propósito de chamar a atenção para a dor que está sofrendo e conseguir ajuda de alguém de confiança, por isso o choro não deve ser engolido. Com esses recursos, o autor interage, no texto, com seu público-alvo com o intuito de atingir um objetivo: enfrentar a violência contra crianças e adolescentes.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (Para essa 2ª parte sugerimos o tempo de 10 minutos)

  • Explique que uma campanha, por meio de propagandas, visa atingir um grande número de pessoas e, por isso, geralmente faz uso de diversos suportes e espaços midiáticos para circulação dos textos dessa campanha. Diga que o vídeo anterior faz parte de uma campanha de enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes cujo título é “Não engula o choro”. Diga que as propagandas dessa campanha promovida pelo CEDCA e governo do Paraná foi publicada em outdoor, na televisão e em cartazes de divulgação.
  • Explique que, dependendo do contexto e da mídia onde circulam as propagandas, alguns aspectos se diferenciam de um texto para outro. No entanto, a mensagem deve ser única, por isso algumas referências devem ser mantidas: imagens, título, slogan etc.
  • Apresente os textos dos três suportes citados (caso não disponha de data show, imprima-os ampliados). Textos disponíveis aqui.
  • Pergunte quais as semelhanças e quais as diferenças entre os textos. Espera-se que, além das semelhanças já apontadas, percebam que o texto do vídeo é mais extenso que o texto do cartaz e do outdoor e que isso se dá em vista do suporte ser mais dinâmico em relação aos demais.
  • Chame a atenção para o título da campanha: “Não engula o choro”. Pergunte qual termo presente no título tem uma força persuasiva maior. Espera-se que percebam que o verbo tem essa carga semântica mais forte. Explique que esse verbo encontra-se na forma negativa do modo imperativo.
  • Pergunte: Como vocês reagem quando escutam expressões construídas dessa forma: “engula o choro”; “não engula o choro”; “cale a boca”; “coma agora”? Espera-se que digam que geralmente essas expressões exigem uma ação determinada (calar, comer, não engolir).

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (Para essa 3ª parte sugerimos o tempo de 10 minutos)

  • Organize a turma em três grupos e peça que escolham um relator. Organize para que cada grupo trabalhe com um texto da coletânea disponível aqui. A opção pelo trabalho em grupo dá-se em virtude da necessidade da recuperação de conhecimentos prévios sobre os verbos que, no coletivo, torna-se mais produtivo por conta do compartilhamento de conhecimentos.
  • Antes da atividade, exiba, para a turma, o vídeo que se encontra disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=bVlyl35jBQk>. Esse vídeo tem a duração de 1 minuto e 7 segundos e seu texto verbal encontra-se transcrito na coletânea de textos que será impressa e entregue para os alunos.
  • Imprima os textos que se encontram disponíveis aqui e entregue para os alunos. Entregue também a cópia da atividade disponível aqui.
  • Acompanhe o trabalho dos grupos, verifique e esclareça as dúvidas que eventualmente possam surgir.
  • Encerrada a atividade, desfaça os grupos.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para finalizar, convide-os a sistematizar as informações coletadas na atividade anterior. Para isso, amplie o quadro que se encontra disponível aqui.
  • Solicite ao relator de cada grupo as informações coletadas durante a atividade. Anote-as no quadro ampliado.
  • Com a turma, revise as informações inseridas na tabela ampliada. Como todos têm a coletânea de texto, peça que verifiquem se as informações geradas estão condizentes com o que o texto apresenta. Em caso de discordância, negocie com a turma, levando-os a refletir sobre as questões abordadas.
  • Caso julgue necessário, consulte as expectativas de respostas disponíveis aqui.
  • Fixe o resultado dessa revisão na sala. Servirá para eventuais consultas.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero propaganda e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Notebook, data show, textos e atividades impressas, caixa amplificadora de som, atividade ampliada.

Informações sobre o gênero:

O termo propaganda está relacionado à divulgação de ideias, porém algumas vezes é utilizado no sentido de publicidade, o que o torna um termo amplo. Embora os termos publicidade e propaganda sejam muitas vezes usados como sinônimos, se distinguem, pois enquanto a publicidade tem como finalidade vender um produto/serviço, a propaganda tem com objetivo principal divulgar uma mensagem buscando influenciar opiniões ou obter adesão para uma ideia ou doutrina. Visto o caráter persuasivo, tanto da propaganda quanto da publicidade, ambos os gêneros costumam apresentar textos cuja mensagem pretende sensibilizar/atrair o interlocutor, para tanto faz uso de imagens, música, recursos audiovisuais e efeitos sonoros e luminosos. Sua veiculação, em ambos os casos, pode se dar por meio impresso, pelo rádio, pela TV ou pela internet.

Dificuldades antecipadas: Ter conhecimento prévio dos elementos linguísticos solicitados.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Análise de textos: fundamentos e práticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

CARVALHO, Nelly de. Publicidade: a linguagem da sedução. São Paulo: Editora Ática, 2001.

MEDEIROS, Ana Gabriela da Costa Lara. O gênero textual propaganda: descrição e uso em sala de aula. Disponível em: <http://www.ufjf.br/ppglinguistica/files/2009/12/LARA-Ana-Gabriela-da-Costa-2008-Disserta%C3%A7%C3%A3o.pdf>. Acesso em: 9 jan. 2019.

MELO, Edsônia de Souza Oliveira. Propaganda impressa: prática de leitura e produção textual em perspectiva discursiva. Disponível em: <http://www1.ufmt.br/ufmt/unidade/userfiles/publicacoes/155e422e8ae35cb091d6e764d44976b0.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2019.

RORIZ, Caroliny Braz Mendes. Um olhar sobre a linguagem das propagandas voltadas para o público feminino: Análise semiótica dos anúncios impressos da Avon, Pantene e Jequiti. Disponível em: <http://repositorio.uniceub.br/bitstream/235/5040/1/21068793.pdf>. Acesso em: 09 jan. 2019.

WALTY, Ivete Lara Camargos. Enunciação literária. Disponível em: <http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/enunciacao-literaria>. Acesso em: 11 de jan. 2019.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 03 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema da aula. Explique que a temática da aula tratará do aspecto persuasivo da propaganda e os recursos usados no processo de persuasão do interlocutor.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente o diálogo para a turma. Se não tiver data show, transcreva ampliado em papel de sua preferência.
  • Conduza uma conversa dirigida sobre alguns aspectos do texto de modo que os alunos analisem a situação apresentada. Para isso, acompanhe o roteiro abaixo:
  • Quais os sujeitos envolvidos nesse ato de comunicação? (Mãe e filha)
  • Que tipo de relação social há entre esses sujeitos? (Há uma relação afetiva, mas de superioridade da mãe em relação à filha, pois esta precisa da aprovação daquela)
  • Qual o objetivo da filha? (Convencer a mãe a deixá-la ir a uma festa rave)
  • Ela consegue atingir o objetivo de imediato? Por quê? (Não, porque, mesmo usando um termo carinhoso - mãezinha-, a mãe não cedeu)
  • A princípio, como a mãe reage ao pedido da filha? (A mãe nega o pedido)
  • Qual razão ela apresenta para sua resposta? (A filha não tem idade para ir a uma reve)
  • Como a filha reage diante da negativa da mãe? (A filha procura convencê-la de outra maneira)
  • Quais recursos a filha usou para persuadir a mãe a deixá-la ir à rave? (A filha apresenta fatos que visam provar que ela tem idade, talvez maturidade, para ir à festa)
  • O que você achou das estratégias da filha para persuadir a mãe? (Espera-se que eles percebam que a estratégia está adequada à situação comunicativa, visto que o apelo à afetividade não funcionou)
  • Encerre a conversa dirigida explicando que diante da negativa da mãe, a filha procurou outra estratégia que convencesse sua mãe a permitir sua ida à rave, visto que já lançara mão do apelo à afetividade e não convenceu. Como estratégia de persuasão, ela apresentou fatos que visavam desmerecer a afirmação de que não tinha idade para ir a uma festa rave. A nova estratégia funcionou.
  • Pergunte se já viveram situações em que precisaram persuadir alguém sobre alguma coisa. Peça que relatem a situação e, se obtiveram êxito, como atingiram o objetivo.
  • Explique que as estratégias persuasivas dependem do propósito do texto, do público-alvo e da situação comunicativa. Diga que nessa aula trataremos do uso de verbos na construção dessas estratégias de persuasão.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (para essa primeira parte, sugerimos o tempo de 13 minutos)

  • Peça que a turma leia o texto sobre as estratégias da propaganda. Caso não disponibilize de data show, reproduza em modo ampliado.
  • Peça que indique qual estratégia a filha usou no diálogo apresentado anteriormente. Explique que essa conversa retrata uma situação cotidiana na qual se lança mão de recursos para convencer ou persuadir alguém, mas que essas estratégias também aparecem em outras situações e em outros textos.
  • Exiba o vídeo disponível no link <https://www.youtube.com/watch?v=C3mWd4YgBjE>.
  • Peça que assistam e observem como o autor interage com seu público alvo e quais os recursos que ele utiliza para atingir tal objetivo. Caso julgue necessário, a transcrição do texto do vídeo encontra-se disponível aqui.

Espera-se que percebam que o autor optou por uma animação de um menino chorando assustado. essa animação remete à história “João e o pé de feijão” na qual o menino luta contra um gigante assustador (associação com o gigante assustador da vida real que é a violência) acompanhada de uma música de fundo que indaga a um menino sobre a razão do choro, sugerindo que o choro tem esse propósito de chamar a atenção para a dor que está sofrendo e conseguir ajuda de alguém de confiança, por isso o choro não deve ser engolido. Com esses recursos, o autor interage, no texto, com seu público-alvo com o intuito de atingir um objetivo: enfrentar a violência contra crianças e adolescentes.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (Para essa 2ª parte sugerimos o tempo de 10 minutos)

  • Explique que uma campanha, por meio de propagandas, visa atingir um grande número de pessoas e, por isso, geralmente faz uso de diversos suportes e espaços midiáticos para circulação dos textos dessa campanha. Diga que o vídeo anterior faz parte de uma campanha de enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes cujo título é “Não engula o choro”. Diga que as propagandas dessa campanha promovida pelo CEDCA e governo do Paraná foi publicada em outdoor, na televisão e em cartazes de divulgação.
  • Explique que, dependendo do contexto e da mídia onde circulam as propagandas, alguns aspectos se diferenciam de um texto para outro. No entanto, a mensagem deve ser única, por isso algumas referências devem ser mantidas: imagens, título, slogan etc.
  • Apresente os textos dos três suportes citados (caso não disponha de data show, imprima-os ampliados). Textos disponíveis aqui.
  • Pergunte quais as semelhanças e quais as diferenças entre os textos. Espera-se que, além das semelhanças já apontadas, percebam que o texto do vídeo é mais extenso que o texto do cartaz e do outdoor e que isso se dá em vista do suporte ser mais dinâmico em relação aos demais.
  • Chame a atenção para o título da campanha: “Não engula o choro”. Pergunte qual termo presente no título tem uma força persuasiva maior. Espera-se que percebam que o verbo tem essa carga semântica mais forte. Explique que esse verbo encontra-se na forma negativa do modo imperativo.
  • Pergunte: Como vocês reagem quando escutam expressões construídas dessa forma: “engula o choro”; “não engula o choro”; “cale a boca”; “coma agora”? Espera-se que digam que geralmente essas expressões exigem uma ação determinada (calar, comer, não engolir).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: (Para essa 3ª parte sugerimos o tempo de 10 minutos)

  • Organize a turma em três grupos e peça que escolham um relator. Organize para que cada grupo trabalhe com um texto da coletânea disponível aqui. A opção pelo trabalho em grupo dá-se em virtude da necessidade da recuperação de conhecimentos prévios sobre os verbos que, no coletivo, torna-se mais produtivo por conta do compartilhamento de conhecimentos.
  • Antes da atividade, exiba, para a turma, o vídeo que se encontra disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=bVlyl35jBQk>. Esse vídeo tem a duração de 1 minuto e 7 segundos e seu texto verbal encontra-se transcrito na coletânea de textos que será impressa e entregue para os alunos.
  • Imprima os textos que se encontram disponíveis aqui e entregue para os alunos. Entregue também a cópia da atividade disponível aqui.
  • Acompanhe o trabalho dos grupos, verifique e esclareça as dúvidas que eventualmente possam surgir.
  • Encerrada a atividade, desfaça os grupos.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para finalizar, convide-os a sistematizar as informações coletadas na atividade anterior. Para isso, amplie o quadro que se encontra disponível aqui.
  • Solicite ao relator de cada grupo as informações coletadas durante a atividade. Anote-as no quadro ampliado.
  • Com a turma, revise as informações inseridas na tabela ampliada. Como todos têm a coletânea de texto, peça que verifiquem se as informações geradas estão condizentes com o que o texto apresenta. Em caso de discordância, negocie com a turma, levando-os a refletir sobre as questões abordadas.
  • Caso julgue necessário, consulte as expectativas de respostas disponíveis aqui.
  • Fixe o resultado dessa revisão na sala. Servirá para eventuais consultas.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP17 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano