15661
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Produção de textos

Plano de aula - Planejando a escrita de um Estatuto a partir da discussão de regras de convivência

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Fundamental sobre planejamento de escrita de um estatuto

Plano 13 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Amélia Aparecida Tridico

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Texto de lei/debate e no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de oralidade

Materiais necessários: Uma cartolina.

Informações sobre o gênero: O texto de lei circula no meio jurídico e traz as normas de conduta da vida social. Esse gênero caracteriza-se pelo uso da linguagem genérica e tem uma estrutura específica, sendo organizada em títulos, capítulos e sessões. Apesar de conter direitos e deveres do cidadão, a regulação se dá de modo intuitivo pelo uso dos verbos no modo indicativo, diferente do uso do imperativo encontrado em textos prescritivos.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldade em compreender o vocabulário utilizado no gênero e os marcadores linguísticos para identificar cada uma das partes do texto de lei, como artigos, incisos, parágrafos e alíneas.

Referências sobre o assunto:

Entenda a estrutura das leis brasileiras. Disponível em: <https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/entenda-a-estrutura-das-leis-brasileiras/>. Acesso em: 28 out. 2018.

Aprendendo a ler uma lei (para leigos). Disponível em: <https://rock.jusbrasil.com.br/artigos/318975739/aprendendo-a-ler-uma-lei-para-leigos/>. Acesso em: 28 out. 2018.

SELLAN, Aparecida. Gêneros textuais e letramento: a construção argumentativa na linguagem jurídica. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/generos_textuais_e_letramento_a_construcao_argumentativa_na_linguagem_juridica.pdf>. Acesso em: 28 out. 2018.

MEDEIROS, Solange O gênero jurídico na escola. Disponível em: <http://sigproj1.mec.gov.br/apoiados.php?projeto_id=37173>. Acesso em: 28 out. 2018.

OLIVEIRA, Marcia. Gêneros textuais e prática discursivas jurídicas. Disponível em: <https://seer.ufs.br/index.php/interdisciplinar/article/view/1243>. Acesso em: 28 out. 2018.

GONÇALVES, Luciana. O gênero oral debate em sala de aula. Disponível em: <https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/14610/1/Luciana%20Fabiola%20Goncalves.pdf>. Acesso em: 28 out. 2018.

SILVA, Gracilene. O gênero debate no ensino fundamental. Disponível em: <http://tede.biblioteca.ufpb.br/handle/tede/8932>. Acesso em: 28 out. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Na primeira parte da aula, vocês assistirão a um vídeo que traz o poema “Os estatutos do homem”, de Thiago de Mello e farão uma pequena reflexão a partir dele. Depois, conversarão sobre que tipos de norma poderiam existir em um estatuto produzido por vocês com a finalidade de regulamentar as regras de convivência da sala.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Reproduza para os alunos o vídeo.

Thiago de Mello - Estatutos do Homem (03), disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XylbBRdiRdI&t=28s

O poema foi escrito em 1965 por Thiago de Mello, um poeta e tradutor brasileiro nascido em 1926 que escrevia, entre outras coisas, sobre a luta política. Você pode obter mais informações sobre ele acessando o link https://www.ebiografia.com/thiago_de_mello/. Ainda, pode acessar o vídeo disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=EQrkM2lLqgE e conhecer uma palestra feita por ele em 2010 no TEDXAmazonas. Caso queira acessar a versão escrita do poema, é possível encontrá-lo no link https://www.pensador.com/frase/NTIwNTA5/. Sugere-se contextualizar os alunos brevemente sobre o poeta para que entendam o texto.

  • Discuta oralmente com os alunos as seguintes questões:

a) Um estatuto é uma lei orgânica ou um regulamento especial que define os direitos e deveres de determinadas camadas sociais, como o Estatuto da Criança e Adolescente e o Estatuto do Idoso. O vídeo traz um poema chamado “Os Estatutos do Homem”. O que há nesse texto que o aproxima de um Estatuto? Nesse poema, Thiago de Mello aborda o que ele acredita ser o melhor para uma convivência pacífica entre os seres humanos.

É importante observar que o poema foi escrito na década de 60 e a palavra homem não se refere ao gênero masculino, mas a todos os seres humanos). O que aproxima o poema de um estatuto é o uso das expressões “Artigo I, Artigo II, Artigo III” e etc, e também da expressão “Fica decretado”.

b) Por que você acha que o autor resolveu fazer esse poema em forma de estatuto? Porque um estatuto expressa uma norma comum e isso pressupõe que todas as pessoas envolvidas vão obedecê-la. Além disso, a Lei está acima da vontade individual, então ao apresentar os valores que julga essenciais para uma convivência pacífica - como a verdade, a confiança no outro e a liberdade- dessa forma, o autor mostra que isso deveria ser reconhecido e garantido como prioridade a todos.

  • Diga aos alunos que na aula de hoje vocês planejarão a escrita de um estatuto que contemple regras de convivência para essa sala e passe para a atividade de desenvolvimento.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Sugere-se 18 minutos para essa parte.
  • Peça aos alunos que se sentem em grupos compostos por quatro elementos e discutam quais normas um estatuto que trouxesse as regras de convivência dessa sala deveria ter. É importante que os alunos se sentem em grupos porque assim ampliam suas ideias ao argumentar com os colegas. Além disso, um estatuto sempre é uma produção coletiva, pois as pessoas precisam concordar com as regras expressas nele e ninguém decide isso sozinho.
  • Oriente-os a escreverem no caderno uma lista com as regras que eles consideram importantes levando em consideração problemas que possam estar afetando o cotidiano da sala. Por exemplo, um problema pode ser os alunos conversarem muito durante a explicação do professor, então eles devem pensar numa regra que deveria ser criada para ajudar a resolver isso. Além disso, você deve orientá-los a pensar em regras que se baseiem em valores comuns sem necessariamente advirem de algum problema, como por exemplo se algum colega fizer uma pergunta boba, ninguém deve rir. Ou, então, a luz da sala deve ser apagada sempre que a turma sair.
  • Dê tempo para que eles discutam e circule entre os grupos auxiliando-os nas discussões. Faça-os pensar em seu cotidiano enquanto turma e em combinados que poderiam auxiliá-los a ter um dia a dia mais harmônico.
  • Terminada essa etapa, passe para a próxima parte da atividade de desenvolvimento.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Sugere-se 12 minutos para essa parte.
  • Para continuar a aula, abra uma discussão para saber que regras os alunos escreveram em suas listas.
  • Comece por um grupo qualquer e peça que um dos alunos do grupo leia as regras em voz alta e vá anotando no quadro.
  • Depois pergunte ao grupo seguinte em que regras eles pensaram e vá acrescentando aquelas que ainda não tiverem sido escritas à lista do quadro.
  • Conforme os alunos forem trazendo as regras, incentive pequenas discussões sobre o porquê de cada regra. Essa etapa é importante para que os alunos compreendam que a lei surge para responder a uma necessidade coletiva.
  • Depois de ouvir todos os grupos, peça para um aluno ler a lista do quadro e pergunte se eles consideram que alguma regra deve ser acrescentada ou retirada. Pode acontecer de um grupo criar uma regra com a qual a maioria não concorde e isso também faz parte do processo democrático. Nos casos em que a sala entrar em divergência sobre alguma regra, pode-se fazer uma votação rápida pedindo aos alunos que levantem o braço e contando o número de braços erguidos. Caso o número de braços erguidos seja mais que a metade do número total de alunos, a regra deve ficar.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Depois da lista finalizada, ela deve ser registrada. Os alunos podem registrá-la no caderno, ou então algum aluno pode transcrevê-la para uma folha e colar na parede da sala. É importante lembrar que esse plano é direcionado ao planejamento da escrita do Estatuto. Portanto, caso opte por usar os planos seguintes, essa lista é a que subsidiará a escrita dos Artigos do Estatuto na próxima aula.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Texto de lei/debate e no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de oralidade

Materiais necessários: Uma cartolina.

Informações sobre o gênero: O texto de lei circula no meio jurídico e traz as normas de conduta da vida social. Esse gênero caracteriza-se pelo uso da linguagem genérica e tem uma estrutura específica, sendo organizada em títulos, capítulos e sessões. Apesar de conter direitos e deveres do cidadão, a regulação se dá de modo intuitivo pelo uso dos verbos no modo indicativo, diferente do uso do imperativo encontrado em textos prescritivos.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldade em compreender o vocabulário utilizado no gênero e os marcadores linguísticos para identificar cada uma das partes do texto de lei, como artigos, incisos, parágrafos e alíneas.

Referências sobre o assunto:

Entenda a estrutura das leis brasileiras. Disponível em: <https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/entenda-a-estrutura-das-leis-brasileiras/>. Acesso em: 28 out. 2018.

Aprendendo a ler uma lei (para leigos). Disponível em: <https://rock.jusbrasil.com.br/artigos/318975739/aprendendo-a-ler-uma-lei-para-leigos/>. Acesso em: 28 out. 2018.

SELLAN, Aparecida. Gêneros textuais e letramento: a construção argumentativa na linguagem jurídica. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/generos_textuais_e_letramento_a_construcao_argumentativa_na_linguagem_juridica.pdf>. Acesso em: 28 out. 2018.

MEDEIROS, Solange O gênero jurídico na escola. Disponível em: <http://sigproj1.mec.gov.br/apoiados.php?projeto_id=37173>. Acesso em: 28 out. 2018.

OLIVEIRA, Marcia. Gêneros textuais e prática discursivas jurídicas. Disponível em: <https://seer.ufs.br/index.php/interdisciplinar/article/view/1243>. Acesso em: 28 out. 2018.

GONÇALVES, Luciana. O gênero oral debate em sala de aula. Disponível em: <https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/14610/1/Luciana%20Fabiola%20Goncalves.pdf>. Acesso em: 28 out. 2018.

SILVA, Gracilene. O gênero debate no ensino fundamental. Disponível em: <http://tede.biblioteca.ufpb.br/handle/tede/8932>. Acesso em: 28 out. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Na primeira parte da aula, vocês assistirão a um vídeo que traz o poema “Os estatutos do homem”, de Thiago de Mello e farão uma pequena reflexão a partir dele. Depois, conversarão sobre que tipos de norma poderiam existir em um estatuto produzido por vocês com a finalidade de regulamentar as regras de convivência da sala.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Reproduza para os alunos o vídeo.

Thiago de Mello - Estatutos do Homem (03), disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XylbBRdiRdI&t=28s

O poema foi escrito em 1965 por Thiago de Mello, um poeta e tradutor brasileiro nascido em 1926 que escrevia, entre outras coisas, sobre a luta política. Você pode obter mais informações sobre ele acessando o link https://www.ebiografia.com/thiago_de_mello/. Ainda, pode acessar o vídeo disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=EQrkM2lLqgE e conhecer uma palestra feita por ele em 2010 no TEDXAmazonas. Caso queira acessar a versão escrita do poema, é possível encontrá-lo no link https://www.pensador.com/frase/NTIwNTA5/. Sugere-se contextualizar os alunos brevemente sobre o poeta para que entendam o texto.

  • Discuta oralmente com os alunos as seguintes questões:

a) Um estatuto é uma lei orgânica ou um regulamento especial que define os direitos e deveres de determinadas camadas sociais, como o Estatuto da Criança e Adolescente e o Estatuto do Idoso. O vídeo traz um poema chamado “Os Estatutos do Homem”. O que há nesse texto que o aproxima de um Estatuto? Nesse poema, Thiago de Mello aborda o que ele acredita ser o melhor para uma convivência pacífica entre os seres humanos.

É importante observar que o poema foi escrito na década de 60 e a palavra homem não se refere ao gênero masculino, mas a todos os seres humanos). O que aproxima o poema de um estatuto é o uso das expressões “Artigo I, Artigo II, Artigo III” e etc, e também da expressão “Fica decretado”.

b) Por que você acha que o autor resolveu fazer esse poema em forma de estatuto? Porque um estatuto expressa uma norma comum e isso pressupõe que todas as pessoas envolvidas vão obedecê-la. Além disso, a Lei está acima da vontade individual, então ao apresentar os valores que julga essenciais para uma convivência pacífica - como a verdade, a confiança no outro e a liberdade- dessa forma, o autor mostra que isso deveria ser reconhecido e garantido como prioridade a todos.

  • Diga aos alunos que na aula de hoje vocês planejarão a escrita de um estatuto que contemple regras de convivência para essa sala e passe para a atividade de desenvolvimento.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Sugere-se 18 minutos para essa parte.
  • Peça aos alunos que se sentem em grupos compostos por quatro elementos e discutam quais normas um estatuto que trouxesse as regras de convivência dessa sala deveria ter. É importante que os alunos se sentem em grupos porque assim ampliam suas ideias ao argumentar com os colegas. Além disso, um estatuto sempre é uma produção coletiva, pois as pessoas precisam concordar com as regras expressas nele e ninguém decide isso sozinho.
  • Oriente-os a escreverem no caderno uma lista com as regras que eles consideram importantes levando em consideração problemas que possam estar afetando o cotidiano da sala. Por exemplo, um problema pode ser os alunos conversarem muito durante a explicação do professor, então eles devem pensar numa regra que deveria ser criada para ajudar a resolver isso. Além disso, você deve orientá-los a pensar em regras que se baseiem em valores comuns sem necessariamente advirem de algum problema, como por exemplo se algum colega fizer uma pergunta boba, ninguém deve rir. Ou, então, a luz da sala deve ser apagada sempre que a turma sair.
  • Dê tempo para que eles discutam e circule entre os grupos auxiliando-os nas discussões. Faça-os pensar em seu cotidiano enquanto turma e em combinados que poderiam auxiliá-los a ter um dia a dia mais harmônico.
  • Terminada essa etapa, passe para a próxima parte da atividade de desenvolvimento.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Sugere-se 12 minutos para essa parte.
  • Para continuar a aula, abra uma discussão para saber que regras os alunos escreveram em suas listas.
  • Comece por um grupo qualquer e peça que um dos alunos do grupo leia as regras em voz alta e vá anotando no quadro.
  • Depois pergunte ao grupo seguinte em que regras eles pensaram e vá acrescentando aquelas que ainda não tiverem sido escritas à lista do quadro.
  • Conforme os alunos forem trazendo as regras, incentive pequenas discussões sobre o porquê de cada regra. Essa etapa é importante para que os alunos compreendam que a lei surge para responder a uma necessidade coletiva.
  • Depois de ouvir todos os grupos, peça para um aluno ler a lista do quadro e pergunte se eles consideram que alguma regra deve ser acrescentada ou retirada. Pode acontecer de um grupo criar uma regra com a qual a maioria não concorde e isso também faz parte do processo democrático. Nos casos em que a sala entrar em divergência sobre alguma regra, pode-se fazer uma votação rápida pedindo aos alunos que levantem o braço e contando o número de braços erguidos. Caso o número de braços erguidos seja mais que a metade do número total de alunos, a regra deve ficar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Depois da lista finalizada, ela deve ser registrada. Os alunos podem registrá-la no caderno, ou então algum aluno pode transcrevê-la para uma folha e colar na parede da sala. É importante lembrar que esse plano é direcionado ao planejamento da escrita do Estatuto. Portanto, caso opte por usar os planos seguintes, essa lista é a que subsidiará a escrita dos Artigos do Estatuto na próxima aula.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano