15591
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 4º ano > Produção de textos

Plano de aula - Escrevendo uma carta de reclamação em dupla

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre escrita em dupla de carta de reclamação

Plano 14 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Alexandre Tolentino de Carvalho

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero carta pessoal e de reclamação, no campo de atuação da vida cotidiana e vida pública. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários: slide, retroprojetor, carta para análise coletiva (disponível aqui). Atividades para sistematização (acesse aqui).

Informações sobre o gênero: É inegável o prazer que podemos sentir com o recebimento de uma carta física ou com a espera por uma resposta de alguém com quem nos correspondemos. A troca de cartas entre remetente e destinatário é uma forma antiga, mas eficaz de comunicação. Atualmente ela vem perdendo seu espaço para a troca de emails e mensagens por celular, o que permite uma interação comunicativa quase em tempo real. A carta é um gênero que pode cumprir com diferentes funções sociais, entretanto, neste conjunto de aulas, priorizamos as cartas e e-mails de reclamação, reivindicação e de solicitação. Cartas como essas fazem parte da vida cotidiana, e oportunizam ao autor o uso de tal forma de comunicação como meio de exercício de sua cidadania. É possível, no entanto, que essas cartas ganhem muito mais força ao serem enviadas para publicação em diferentes mídias (jornais, revistas, televisão e internet), expondo dessa forma o problema para a sociedade e cobrando, sob a vista de muitos, os responsáveis pelo problema. Nesse caso, o gênero passa a pertencer ao campo da vida pública. É possível que em uma mesma edição, de um jornal, por exemplo, venha publicada a carta de reclamação (editada) e a resposta do responsável por solucionar o problema, demonstrando, desse modo, que o envio da carta original e a cobrança da resposta foi realizada anteriormente à publicação do jornal.

Dificuldades antecipadas: O desafio de escrever para alguém ler possivelmente seja um dos mais difíceis na vida do ser humano, seja ele um adulto ou uma criança em processo de apropriação do sistema de escrita. Nesse sentido, é de se esperar que muitas barreiras se apresentem de modo que o professor precisa estar atento e focar sua mediação não tanto nas dificuldades encontradas, mas nos recursos expressivos que o aluno já domina e que podem indicar as possibilidades de caminhos para conduzir seu desenvolvimento como escritor. É possível que alguns alunos sintam-se desmotivados a textualizar as ideias anteriormente planejadas uma vez que sintam medo de errar. Assim, podem não querer escrever ou escrever com a menor quantidade de palavras possíveis por julgar que o risco de errar pode lhes custar problemas como o julgamento pelos erros cometidos. Outra dificuldade diz respeito ao exercício da autoria, levando alguns alunos a copiar modelos de cartas com as quais já tiveram contato ou mesmo parafraseá-las sem apresentar um problema real com o qual podem desenvolver não somente o domínio das convenções escritas, mas também o exercício da cidadania.

Referências sobre o assunto:

DOLZ, J.; GAGNON, R.; DECÂNDIO, F. Produção escrita e dificuldades de aprendizagem. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2010.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Leia o título da aula para os alunos. Convide os alunos a colocar em ação tudo o que foi planejado na aula anterior. Diga que as duplas têm todas as condições para escrever uma boa carta de reclamação, uma vez que planejaram cada passo a ser escrito. Diga que essas cartas podem ser muito úteis para ajudar a cidade, a escola ou mesmo o seu lar a se tornar um lugar melhor.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula convidando os alunos a relembrar o que planejaram para a textualização da carta. Relembre o esquema com eles. Leia cada um dos elementos do esquema e diga para irem conferindo na dupla o que planejaram. Assim, podem acessar a memória e relembrar o que pretendiam escrever.
  • Lembre-os que o remetente será a dupla. Enfatize que o destinatário deve ser aquele que tem capacidade de solucionar o problema reclamado. Em seguida, peça para lembrarem o motivo que os levará a escrever a carta de reclamação, ou seja, o problema sobre o qual tratarão na carta. A partir daí, diga para pensarem sobre os argumentos que podem convencer o destinatário sobre a seriedade do problema e sobre a urgência em ser resolvido. E por fim, permita que relembrem o que será solicitado ao destinatário com o intuito de se solucionar o problema.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 37 minutos

Orientações:

  • Antes de iniciar a textualização propriamente dita, peça os componentes das duplas para definir como organizarão o registro escrito da carta. Assim, diga para definir quem irá escrever, se um dos componentes, ou se se alternarão.
  • Essa etapa de textualização é o momento em que os alunos, em duplas, irão recorrer aos conhecimentos que dispõem sobre as convenções de escrita e utilização de recursos de produção de sentido que permitem a produção de um texto coeso, coerente, explicativo e argumentativo como é o caso da carta de reclamação. Nesse sentido, permita que esse seja um momento de compartilhamento de conhecimentos nas duplas, momento de consolidação dos conhecimentos sobre o gênero trabalhado nesse conjunto de aulas. Portanto, permita que utilizem o arcabouço de conhecimentos que possuem sem intervir na produção espontânea deles. Nesse sentido, alguns alunos podem perguntar como é a escrita correta de determinadas palavras, que sinal de pontuação utilizar em casos específicos ou outras regras de escrita. Busque não fornecer diretamente as respostas, questione-os de modo que possam refletir a respeito de suas dúvidas.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça para os alunos trocarem de dupla. Entregue uma ficha de checklist para cada dupla. Acesse o arquivo aqui. Um componente da dupla irá ler a carta produzida enquanto o outro irá ouvir com atenção e anotar o que percebeu no checklist.
  • As anotações serão entregues para que as duplas possam utilizar essas informações na próxima aula, momento em que farão a revisão da carta produzida.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a décima quarta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero carta pessoal e de reclamação, no campo de atuação da vida cotidiana e vida pública. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários: slide, retroprojetor, carta para análise coletiva (disponível aqui). Atividades para sistematização (acesse aqui).

Informações sobre o gênero: É inegável o prazer que podemos sentir com o recebimento de uma carta física ou com a espera por uma resposta de alguém com quem nos correspondemos. A troca de cartas entre remetente e destinatário é uma forma antiga, mas eficaz de comunicação. Atualmente ela vem perdendo seu espaço para a troca de emails e mensagens por celular, o que permite uma interação comunicativa quase em tempo real. A carta é um gênero que pode cumprir com diferentes funções sociais, entretanto, neste conjunto de aulas, priorizamos as cartas e e-mails de reclamação, reivindicação e de solicitação. Cartas como essas fazem parte da vida cotidiana, e oportunizam ao autor o uso de tal forma de comunicação como meio de exercício de sua cidadania. É possível, no entanto, que essas cartas ganhem muito mais força ao serem enviadas para publicação em diferentes mídias (jornais, revistas, televisão e internet), expondo dessa forma o problema para a sociedade e cobrando, sob a vista de muitos, os responsáveis pelo problema. Nesse caso, o gênero passa a pertencer ao campo da vida pública. É possível que em uma mesma edição, de um jornal, por exemplo, venha publicada a carta de reclamação (editada) e a resposta do responsável por solucionar o problema, demonstrando, desse modo, que o envio da carta original e a cobrança da resposta foi realizada anteriormente à publicação do jornal.

Dificuldades antecipadas: O desafio de escrever para alguém ler possivelmente seja um dos mais difíceis na vida do ser humano, seja ele um adulto ou uma criança em processo de apropriação do sistema de escrita. Nesse sentido, é de se esperar que muitas barreiras se apresentem de modo que o professor precisa estar atento e focar sua mediação não tanto nas dificuldades encontradas, mas nos recursos expressivos que o aluno já domina e que podem indicar as possibilidades de caminhos para conduzir seu desenvolvimento como escritor. É possível que alguns alunos sintam-se desmotivados a textualizar as ideias anteriormente planejadas uma vez que sintam medo de errar. Assim, podem não querer escrever ou escrever com a menor quantidade de palavras possíveis por julgar que o risco de errar pode lhes custar problemas como o julgamento pelos erros cometidos. Outra dificuldade diz respeito ao exercício da autoria, levando alguns alunos a copiar modelos de cartas com as quais já tiveram contato ou mesmo parafraseá-las sem apresentar um problema real com o qual podem desenvolver não somente o domínio das convenções escritas, mas também o exercício da cidadania.

Referências sobre o assunto:

DOLZ, J.; GAGNON, R.; DECÂNDIO, F. Produção escrita e dificuldades de aprendizagem. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2010.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Leia o título da aula para os alunos. Convide os alunos a colocar em ação tudo o que foi planejado na aula anterior. Diga que as duplas têm todas as condições para escrever uma boa carta de reclamação, uma vez que planejaram cada passo a ser escrito. Diga que essas cartas podem ser muito úteis para ajudar a cidade, a escola ou mesmo o seu lar a se tornar um lugar melhor.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Inicie a aula convidando os alunos a relembrar o que planejaram para a textualização da carta. Relembre o esquema com eles. Leia cada um dos elementos do esquema e diga para irem conferindo na dupla o que planejaram. Assim, podem acessar a memória e relembrar o que pretendiam escrever.
  • Lembre-os que o remetente será a dupla. Enfatize que o destinatário deve ser aquele que tem capacidade de solucionar o problema reclamado. Em seguida, peça para lembrarem o motivo que os levará a escrever a carta de reclamação, ou seja, o problema sobre o qual tratarão na carta. A partir daí, diga para pensarem sobre os argumentos que podem convencer o destinatário sobre a seriedade do problema e sobre a urgência em ser resolvido. E por fim, permita que relembrem o que será solicitado ao destinatário com o intuito de se solucionar o problema.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 37 minutos

Orientações:

  • Antes de iniciar a textualização propriamente dita, peça os componentes das duplas para definir como organizarão o registro escrito da carta. Assim, diga para definir quem irá escrever, se um dos componentes, ou se se alternarão.
  • Essa etapa de textualização é o momento em que os alunos, em duplas, irão recorrer aos conhecimentos que dispõem sobre as convenções de escrita e utilização de recursos de produção de sentido que permitem a produção de um texto coeso, coerente, explicativo e argumentativo como é o caso da carta de reclamação. Nesse sentido, permita que esse seja um momento de compartilhamento de conhecimentos nas duplas, momento de consolidação dos conhecimentos sobre o gênero trabalhado nesse conjunto de aulas. Portanto, permita que utilizem o arcabouço de conhecimentos que possuem sem intervir na produção espontânea deles. Nesse sentido, alguns alunos podem perguntar como é a escrita correta de determinadas palavras, que sinal de pontuação utilizar em casos específicos ou outras regras de escrita. Busque não fornecer diretamente as respostas, questione-os de modo que possam refletir a respeito de suas dúvidas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça para os alunos trocarem de dupla. Entregue uma ficha de checklist para cada dupla. Acesse o arquivo aqui. Um componente da dupla irá ler a carta produzida enquanto o outro irá ouvir com atenção e anotar o que percebeu no checklist.
  • As anotações serão entregues para que as duplas possam utilizar essas informações na próxima aula, momento em que farão a revisão da carta produzida.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 4º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP08 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP09 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04LP11 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano