15523
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Metrificação no haicai

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Fundamental sobre metrificação no haicai

Plano 05 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carolina Alecrim Benzoni

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero haicai e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de análise linguística/semiótica.

Informações sobre o gênero: Poema de três versos, num total de 17 sílabas poéticas, geralmente sem rima, nunca expressa sentimentos abertamente; há uma narração de uma situação, como uma fotografia do momento presente, em que uma sensação é sugerida ao leitor.

Materiais necessários: Fotocópias de poemas previamente selecionados, projetor, caixa de som, celulares, computadores ou tablets com acesso à internet.

Dificuldades antecipadas: Entender e aplicar o conceito de metrificação. Para isso, é importante investir em exercícios, em duplas, para que eles possam testar as possibilidades e compreender a diferença entre sílaba gramatical e sílaba poética.

Referências sobre o assunto:

Caqui: Revista brasileira de haicai. Disponível em: <https://www.kakinet.com/cms/>. Acesso em: 5 set. 2018.

Clement, Rose: Haicai e suas teorias. Disponível em: <http://www.sumauma.net/haicai/haicai-silabas.html>. Acesso em: 12 set 2018.

FRANCHETTI, P. Haicai - algumas reflexões. Disponível em: . Acesso em: 05 set. 2018.

GUTTILLA. Rodolfo.(org.) Haicai - Coleção Boa Companhia. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Haicai - In: Gêneros literários. Associação de escritores de Bragança Paulista. Disponível em: <http://www.asesbp.com.br/literatura/haicai.htm>. Acesso em: 05 set. 2018.

LUNARDELLI, Mariângela. “Diálogos sobre o gênero haicai”. In: Um haicai para o estágio, um estágio para o haicai: diálogos sobre gêneros discursivos e a formação docente inicial. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000178942>. Acesso em: 13 ago. 2018.

Revista Metamorfosis. “Introdução ao Haicai”. Disponível em: < http://karamazavi.blogspot.com/2010/04/introducao-ao-haicai.html>. Acesso em: 5 set. 2018.

As sílabas poéticas no haicai select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 02 minutos

Orientações:

  • Projete o slide e diga aos alunos que nesta aula eles irão aprender outra característica do haicai.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 08 minutos

Orientações:

  • Projete o vídeo entre os minutos 3´29 a 4´25, trecho que fala sobre o haicai e as sílabas poéticas e o ritmo. Caso não haja possibilidade de projetar o vídeo, assista-o antes e prepare uma conversa com os alunos que apresente os mesmos aspectos que o vídeo aborda, fale sobre quais elementos seriam responsáveis pelo ritmo num poema (rima, repetição de fonemas, quantidade de sílabas).
  • Pergunte aos alunos qual a diferença entre sílaba poética e sílaba gramatical. Ouça as hipóteses que eles formularem. As hipóteses formuladas são pessoais, mas darão indícios do conhecimento prévio dos alunos. Se eles tiverem pouco conhecimento prévio, considere a possibilidade de investir mais tempo, se possível, abordando o conceito com eles.
  • Projete o slide, ou escreva o poema no quadro, e explique o conceito de metrificação. Mostre, através do poema metrificado, que a sílaba poética e a sílaba gramatical são diferentes. Mostre que as sílabas poéticas dependem das posições das sílabas tônicas e das palavras que estão ao redor, por isso há a junção (elisão) de letras de palavras diferentes em uma mesma sílaba.
  • Informe (ou lembre) os alunos que, na contagem da sílaba poética, desprezamos a última sílaba átona do verso.
  • Leia o poema em voz alta, evidenciando que a divisão da sílaba poética está relacionada à sonoridade das palavras que compõem o verso.
  • Converse um pouco com os alunos sobre a prática do garimpo. O que é uma bateia, como os garimpeiros procuram /e encontram ouro. (Voltaremos a esse poema no final da aula, para conversarmos sobre o sentido e sua relação com título)

Fonte: Almeida, Guilherme. Disponível em: <https://kakinet.com/caqui/gahai.htm>. Acesso em: 13 set. 2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos para sentarem em dupla, assim eles podem conversar sobre a escansão dos poemas.
  • Distribua os poemas (um poema por dupla) que estão no material complementar e convide os alunos a fazerem a escansão dos versos. Dê, para isso, 5 minutos.
  • Peça para eles circularem pela sala confirmando a hipótese deles com outras duplas que receberam o mesmo poema. Dê para isso, mais 5 minutos.
  • Peça para os alunos confirmarem, no site Aiodos (através dos celulares, tablets ou computadores) se a escansão deles está correta. Se não houver essa possibilidade, projete a escansão dos versos, ou escreva-a no quadro.

Materiais complementares: Material para impressão disponível neste link.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete o slide com a escansão dos poemas
  • Pergunte aos alunos: Quantas sílabas poéticas vocês encontraram no haicai de vocês? Os haicais selecionados têm todos 17 sílabas poéticas; a resposta, então, será a mesma para todos os alunos. Caso haja dificuldade, conte a sílaba poética com eles.
  • Incentive-os a ler em voz alta, fazendo a marcação das sílabas poéticas com pequenas pausas ou batidas na mesa. Assim, eles poderão perceber o ritmo do poema.
  • Diga a eles que, por tradição, o haicai é um poema que apresenta 17 sílabas poéticas. Em sua origem, no idioma Japonês, o haicai era uma forma que apresentava 17 onji, que significa “sons de símbolos”. Na adaptação ao nosso idioma, ficaram configuradas as 17 sílabas poéticas, geralmente divididas em 5-7-5.
  • Peça para eles levantarem hipóteses sobre o que levaria um haicai a ter um número tão pequeno de sílabas - Espera-se que eles associem a concisão ao minimalismo do haicai, que não admite exageros e delongas.
  • Se julgar necessário e adequado para a turma, faça uma observação de que a divisão em 5-7-5 sílabas poéticas pode se alterar em alguns poemas, apresentando um menor ou maior número de sílabas, mas que esse número gira sempre em torno de 17 sílabas no total.

Fonte:

Iura, E. Disponível em: <https://kakinet.com/antologia/>. Acesso em:24 jan. 2019.

Franchetti, Paulo. Disponível em: <http://desenredos.dominiotemporario.com/doc/03_poesia_-_franchetti.pdf>. Acesso em: 13 set. 2018.

Material complementar: Caso haja tempo disponível e julgue adequado, projete o artigo de Rosa Clement sobre as sílabas poéticas, disponível neste link.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Retome o poema da abertura da aula com os alunos, projetando-o (ou reescrevendo no quadro).
  • Entregue aos alunos a atividade sobre o poema disponível nos materiais complementares. Peça para que eles continuem em duplas para resolver os exercícios.
  • Antes de os alunos começarem a responder aos exercícios, peça para que eles se atentem ao título do poema. Ele é uma informação valiosa para compreender o poema. Comente com os alunos que o poema do Guilherme de Almeida é um exemplo de metalinguagem, uma vez que ele usa um haicai para falar sobre a composição do gênero.
  • Os alunos deverão responder às seguintes questões no caderno.
  • Veja o poema de Guilherme de Almeida, projetado no quadro. Ele associa o haicai ao trabalho de garimpo. Diante de tudo o que vimos sobre o gênero até agora, justifique essa associação. Espera-se que eles percebam que o poema aborda a prática do haicai como um trabalho de busca e de escolha dentre as palavras, mas uma busca apenas daquelas que resultam num bom resultado. Assim sendo, o haicai seria a pepita de ouro que fica na bateia depois que a areia e as outras pedras são desprezadas.

  • Leia uma estrofe de um soneto de Camões, cuja métrica é decassílaba, ou seja, apresenta 10 sílabas poéticas.

    “Amor é fogo que arde sem se ver
    é ferida que dói e não se sente
    é um contentamento descontente
    é dor que desatina sem doer”
    (Luis de Camões)

Compare o ritmo de leitura imposto pelos versos decassílabos, no soneto acima, ao ritmo dos verso do haicai. Que diferença há entre eles? A que você atribui essa diferença? Espera-se que o aluno perceba que a leitura do soneto tem um ritmo mais lento do que a leitura do haicai. Essa diferença vem não apenas do número de versos, mas também do número de sílabas em cada verso.

  • O que aconteceria ao ritmo do haicai se ele fosse composto por três versos decassílabos? De que forma essa alteração impactaria na forma como o instante pode ser registrado pelo poeta? Espera-se que os alunos percebam que, com três versos decassílabos, o ritmo do haicai iria se tornar mais longo, o que impactaria na forma como o momento captado pelo poeta seria retratado. A brevidade daria lugar ao prolongamento do momento, abordado com mais detalhes.
  • Após cinco minutos, socialize as respostas entre os alunos, ouvindo as respostas deles e conduzindo a análise para as respostas certas.
  • Caso julgue necessário e haja tempo hábil, dê mais tempo para os alunos responderem às questões.

Material complementar

Atividade para impressão, disponível aqui.

Resolução de atividade, disponível aqui.

Caso haja tempo disponível, é possível tocar a música Monte Castelo para os alunos ouvirem antes de lerem o poema de Camões.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete o vídeo da Adriana Calcanhoto, disponível aqui.
  • Projete o slide com a fala da Adriana Calcanhoto.
  • Peça aos alunos para redigirem um texto em resposta à cantora no qual expliquem se concordam ou não com a frase projetada no slide e por que. Oriente-os a pautarem seu posicionamento na análise e exposição dos conceitos sobre haicai que aprenderam até o momento. Espera-se que os alunos percebam que a fala da Adriana Calcanhoto é coerente com as características dos haicais. O número reduzido de sílabas poéticas obriga o poeta a selecionar não apenas o que será dito sobre o momento retratado, mas também com quais palavras.
  • Finalize a aula pedindo para que alguns alunos leiam suas respostas e discuta-as em sala. Caso julgue adequado, recolha as atividades dos alunos para correção. Esse pode ser um instrumento de verificação do que foi apreendido até o momento.

Material Complementar:

Se desejar, acesse o exercício para impressão aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero haicai e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de análise linguística/semiótica.

Informações sobre o gênero: Poema de três versos, num total de 17 sílabas poéticas, geralmente sem rima, nunca expressa sentimentos abertamente; há uma narração de uma situação, como uma fotografia do momento presente, em que uma sensação é sugerida ao leitor.

Materiais necessários: Fotocópias de poemas previamente selecionados, projetor, caixa de som, celulares, computadores ou tablets com acesso à internet.

Dificuldades antecipadas: Entender e aplicar o conceito de metrificação. Para isso, é importante investir em exercícios, em duplas, para que eles possam testar as possibilidades e compreender a diferença entre sílaba gramatical e sílaba poética.

Referências sobre o assunto:

Caqui: Revista brasileira de haicai. Disponível em: <https://www.kakinet.com/cms/>. Acesso em: 5 set. 2018.

Clement, Rose: Haicai e suas teorias. Disponível em: <http://www.sumauma.net/haicai/haicai-silabas.html>. Acesso em: 12 set 2018.

FRANCHETTI, P. Haicai - algumas reflexões. Disponível em: . Acesso em: 05 set. 2018.

GUTTILLA. Rodolfo.(org.) Haicai - Coleção Boa Companhia. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Haicai - In: Gêneros literários. Associação de escritores de Bragança Paulista. Disponível em: <http://www.asesbp.com.br/literatura/haicai.htm>. Acesso em: 05 set. 2018.

LUNARDELLI, Mariângela. “Diálogos sobre o gênero haicai”. In: Um haicai para o estágio, um estágio para o haicai: diálogos sobre gêneros discursivos e a formação docente inicial. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000178942>. Acesso em: 13 ago. 2018.

Revista Metamorfosis. “Introdução ao Haicai”. Disponível em: < http://karamazavi.blogspot.com/2010/04/introducao-ao-haicai.html>. Acesso em: 5 set. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 02 minutos

Orientações:

  • Projete o slide e diga aos alunos que nesta aula eles irão aprender outra característica do haicai.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 08 minutos

Orientações:

  • Projete o vídeo entre os minutos 3´29 a 4´25, trecho que fala sobre o haicai e as sílabas poéticas e o ritmo. Caso não haja possibilidade de projetar o vídeo, assista-o antes e prepare uma conversa com os alunos que apresente os mesmos aspectos que o vídeo aborda, fale sobre quais elementos seriam responsáveis pelo ritmo num poema (rima, repetição de fonemas, quantidade de sílabas).
  • Pergunte aos alunos qual a diferença entre sílaba poética e sílaba gramatical. Ouça as hipóteses que eles formularem. As hipóteses formuladas são pessoais, mas darão indícios do conhecimento prévio dos alunos. Se eles tiverem pouco conhecimento prévio, considere a possibilidade de investir mais tempo, se possível, abordando o conceito com eles.
  • Projete o slide, ou escreva o poema no quadro, e explique o conceito de metrificação. Mostre, através do poema metrificado, que a sílaba poética e a sílaba gramatical são diferentes. Mostre que as sílabas poéticas dependem das posições das sílabas tônicas e das palavras que estão ao redor, por isso há a junção (elisão) de letras de palavras diferentes em uma mesma sílaba.
  • Informe (ou lembre) os alunos que, na contagem da sílaba poética, desprezamos a última sílaba átona do verso.
  • Leia o poema em voz alta, evidenciando que a divisão da sílaba poética está relacionada à sonoridade das palavras que compõem o verso.
  • Converse um pouco com os alunos sobre a prática do garimpo. O que é uma bateia, como os garimpeiros procuram /e encontram ouro. (Voltaremos a esse poema no final da aula, para conversarmos sobre o sentido e sua relação com título)

Fonte: Almeida, Guilherme. Disponível em: <https://kakinet.com/caqui/gahai.htm>. Acesso em: 13 set. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos para sentarem em dupla, assim eles podem conversar sobre a escansão dos poemas.
  • Distribua os poemas (um poema por dupla) que estão no material complementar e convide os alunos a fazerem a escansão dos versos. Dê, para isso, 5 minutos.
  • Peça para eles circularem pela sala confirmando a hipótese deles com outras duplas que receberam o mesmo poema. Dê para isso, mais 5 minutos.
  • Peça para os alunos confirmarem, no site Aiodos (através dos celulares, tablets ou computadores) se a escansão deles está correta. Se não houver essa possibilidade, projete a escansão dos versos, ou escreva-a no quadro.

Materiais complementares: Material para impressão disponível neste link.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete o slide com a escansão dos poemas
  • Pergunte aos alunos: Quantas sílabas poéticas vocês encontraram no haicai de vocês? Os haicais selecionados têm todos 17 sílabas poéticas; a resposta, então, será a mesma para todos os alunos. Caso haja dificuldade, conte a sílaba poética com eles.
  • Incentive-os a ler em voz alta, fazendo a marcação das sílabas poéticas com pequenas pausas ou batidas na mesa. Assim, eles poderão perceber o ritmo do poema.
  • Diga a eles que, por tradição, o haicai é um poema que apresenta 17 sílabas poéticas. Em sua origem, no idioma Japonês, o haicai era uma forma que apresentava 17 onji, que significa “sons de símbolos”. Na adaptação ao nosso idioma, ficaram configuradas as 17 sílabas poéticas, geralmente divididas em 5-7-5.
  • Peça para eles levantarem hipóteses sobre o que levaria um haicai a ter um número tão pequeno de sílabas - Espera-se que eles associem a concisão ao minimalismo do haicai, que não admite exageros e delongas.
  • Se julgar necessário e adequado para a turma, faça uma observação de que a divisão em 5-7-5 sílabas poéticas pode se alterar em alguns poemas, apresentando um menor ou maior número de sílabas, mas que esse número gira sempre em torno de 17 sílabas no total.

Fonte:

Iura, E. Disponível em: <https://kakinet.com/antologia/>. Acesso em:24 jan. 2019.

Franchetti, Paulo. Disponível em: <http://desenredos.dominiotemporario.com/doc/03_poesia_-_franchetti.pdf>. Acesso em: 13 set. 2018.

Material complementar: Caso haja tempo disponível e julgue adequado, projete o artigo de Rosa Clement sobre as sílabas poéticas, disponível neste link.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Retome o poema da abertura da aula com os alunos, projetando-o (ou reescrevendo no quadro).
  • Entregue aos alunos a atividade sobre o poema disponível nos materiais complementares. Peça para que eles continuem em duplas para resolver os exercícios.
  • Antes de os alunos começarem a responder aos exercícios, peça para que eles se atentem ao título do poema. Ele é uma informação valiosa para compreender o poema. Comente com os alunos que o poema do Guilherme de Almeida é um exemplo de metalinguagem, uma vez que ele usa um haicai para falar sobre a composição do gênero.
  • Os alunos deverão responder às seguintes questões no caderno.
  • Veja o poema de Guilherme de Almeida, projetado no quadro. Ele associa o haicai ao trabalho de garimpo. Diante de tudo o que vimos sobre o gênero até agora, justifique essa associação. Espera-se que eles percebam que o poema aborda a prática do haicai como um trabalho de busca e de escolha dentre as palavras, mas uma busca apenas daquelas que resultam num bom resultado. Assim sendo, o haicai seria a pepita de ouro que fica na bateia depois que a areia e as outras pedras são desprezadas.

  • Leia uma estrofe de um soneto de Camões, cuja métrica é decassílaba, ou seja, apresenta 10 sílabas poéticas.

    “Amor é fogo que arde sem se ver
    é ferida que dói e não se sente
    é um contentamento descontente
    é dor que desatina sem doer”
    (Luis de Camões)

Compare o ritmo de leitura imposto pelos versos decassílabos, no soneto acima, ao ritmo dos verso do haicai. Que diferença há entre eles? A que você atribui essa diferença? Espera-se que o aluno perceba que a leitura do soneto tem um ritmo mais lento do que a leitura do haicai. Essa diferença vem não apenas do número de versos, mas também do número de sílabas em cada verso.

  • O que aconteceria ao ritmo do haicai se ele fosse composto por três versos decassílabos? De que forma essa alteração impactaria na forma como o instante pode ser registrado pelo poeta? Espera-se que os alunos percebam que, com três versos decassílabos, o ritmo do haicai iria se tornar mais longo, o que impactaria na forma como o momento captado pelo poeta seria retratado. A brevidade daria lugar ao prolongamento do momento, abordado com mais detalhes.
  • Após cinco minutos, socialize as respostas entre os alunos, ouvindo as respostas deles e conduzindo a análise para as respostas certas.
  • Caso julgue necessário e haja tempo hábil, dê mais tempo para os alunos responderem às questões.

Material complementar

Atividade para impressão, disponível aqui.

Resolução de atividade, disponível aqui.

Caso haja tempo disponível, é possível tocar a música Monte Castelo para os alunos ouvirem antes de lerem o poema de Camões.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete o vídeo da Adriana Calcanhoto, disponível aqui.
  • Projete o slide com a fala da Adriana Calcanhoto.
  • Peça aos alunos para redigirem um texto em resposta à cantora no qual expliquem se concordam ou não com a frase projetada no slide e por que. Oriente-os a pautarem seu posicionamento na análise e exposição dos conceitos sobre haicai que aprenderam até o momento. Espera-se que os alunos percebam que a fala da Adriana Calcanhoto é coerente com as características dos haicais. O número reduzido de sílabas poéticas obriga o poeta a selecionar não apenas o que será dito sobre o momento retratado, mas também com quais palavras.
  • Finalize a aula pedindo para que alguns alunos leiam suas respostas e discuta-as em sala. Caso julgue adequado, recolha as atividades dos alunos para correção. Esse pode ser um instrumento de verificação do que foi apreendido até o momento.

Material Complementar:

Se desejar, acesse o exercício para impressão aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP37 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP48 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano