15495
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Oralidade

Plano de aula - Soneto: palavra, som e imagem

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Ensino Fundamental sobre o uso de recursos como o ritmo, as pausas e a entonação, para a compreensão e a interpretação dos poemas.

Plano 10 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Danielle Lima De Vasconcelos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Soneto e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários: Textos impressos e/ou digitais. Projetor ou quadro digital para exibição de sonetos, canções e poemas visuais.

Informações sobre o gênero: Soneto, poema de forma fixa, com 14 versos, cuja formação mais usual é 4-4-3-3 ou 4-4-4-2. Normalmente o soneto apresenta rimas e suas sílabas poéticas são decassílabos ou versos alexandrinos.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade na interpretação dos textos. Não reconhecimento dos recursos paralinguísticos e cinésicos, da gestualidade e da pantomima para a construção de efeitos de sentido. Constrangimento para fazer a leitura expressiva dos sonetos e expor opinião. O professor deve esclarecer as dúvidas dos alunos e incentivar a troca de informações nos grupos e entre os grupos para que todos alcancem os objetivos da aula.

Referências sobre o assunto:

ALVES, José Hélder Pinheiro. Caminhos da abordagem do poema em sala de aula. Graphos. João Pessoa, v. 10, n. 1, 2008 – ISSN 1516-1536. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/graphos/article/viewFile/4299/3250>. Acesso em: 17 jul. 2018.

COSTA, Marta Moraes da. Teoria da literatura II. Curitiba: IESDE Brasil, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Oralidade e escrita. Signótica, 9:119-145, jan./dez. 1997. Disponível em: <file:///C:/Users/USER/Downloads/7396-27693-1-PB.pdf>. Acesso em: 25 out. 2018.

PIGNATARI, Décio. O que é comunicação poética. São Paulo: Brasiliense, 1987.
PLAZA, Júlio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2000.
ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor. Coleção alfabetização e letramento. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal: aplicações na hipermídia. 3. ed. São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SILVA, E.F.; DE JESUS, W.G. Como e por que trabalhar a poesia na sala de aula. Revista Graduando. Nº 2, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www2.uefs.br/dla/graduando/n2/n2.21-34.pdf>. Acesso em: 25 jul. 2018.

TEIXEIRA, Madalena Telles; REIS, Maria Filomena. A Organização do espaço em sala de aula e as suas implicações na aprendizagem cooperativa. Meta: Avaliação | Rio de Janeiro, v. 4, n. 11, p. 162-187, mai./ago. 2012. Disponível em : <http://www.adventista.edu.br/_imagens/area_academica/files/A%20organiza%C3%A7%C3%A3o%20do%20espa%C3%A7o%20em%20sala%20de%20aula.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Divida a sala em quatro grupos, para facilitar a análise dos sonetos, das canções e dos sonetos visuais. Desta forma, também não serão necessárias muitas cópias impressas dos textos.
  • Projete ou escreva o título da aula e peça que os alunos, de forma colaborativa, verbalizem o que é um soneto, associando a definição com o título da aula.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações:

  • Inicialmente, distribua dois poemas para leitura: “Fanatismo”, de Florbela Espanca, e o “Soneto XXVII”, de Shakespeare.

Materiais complementares: Para acessar os sonetos desta aula, acesse aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos.

Orientações:

  • Avise que irá exibir os mesmos sonetos que foram lidos, mas musicados, porque eles deverão realizar uma atividade em que terão que musicar um soneto e cantá-lo em um "concurso" de karaokê.
  • Apresente o vídeo com a versão em canção (Fagner) do soneto “Fanatismo”, de Florbela Espanca. Peça que os alunos acompanhem a canção com o soneto impresso.
  • Em seguida, passe para os alunos ouvirem a versão hard rock do “Soneto XXVII”, de Shakespeare. Da mesma forma, Peça que os alunos acompanhem a canção com o soneto impresso. No caso deste soneto, ofereça também uma tradução.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo do soneto “Fanatismo”, clique aqui.

Para acessar a versão musicada do “Soneto XXVII” , clique aqui*.

*Observação: Para acessar o Spotify, é necessário criar uma conta. Caso prefira, pode ser sua conta do Facebook.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Exiba dois poemas visuais. Entregue também os mesmos sonetos visuais impressos para cada grupo.

Materiais complementares: Para acessar os sonetos visuais, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

  • Peça que os grupos escolham um dos quatro sonetos trabalhados na aula para exploração: leitura, reflexão, troca de comentários. Os alunos devem interpretar o texto escolhido e identificar seu tema, condições de produção (refletir sobre a função social do poeta, em termos de diálogo com um dado público) e características composicionais e de estilo (linguagem empregada, organização, posição enunciativa do sujeito, estrutura narrativa dos textos). Espera-se que os alunos desenvolvam capacidades linguísticas e discursivas para sua formação leitora, refletindo sobre o papel social dos autores e dos leitores, o momento histórico de produção dos textos e o uso da linguagem e de elementos da língua para se fazer compreender.
  • Para os que optarem pelos sonetos musicados, oriente que eles devem buscar, por meio da leitura, perceber como os elementos que caracterizam o gênero (ritmo, pausa, entonação, tom e timbre vocal) favorecem a interpretação do soneto, favorecendo a emoção intentada pelo eu lírico. Também devem observar como a transposição do poema para canção contribuiu para a interpretação do soneto.
  • Para os que optaram pelos poemas visuais, solicite que identifiquem em conjunto quais são os elementos do poema visual e suas semelhanças com os sonetos musicados. Também que reflitam sobre o papel da imagem para a construção do sentido.
  • Eles devem anotar suas observações numa folha de sulfite, criando uma espécie de mapa mental. A folha deve conter também o nome dos componentes do grupo, o título e autor do soneto. Acesse a explicação sobre mapas mentais no link disponível no Material complementar, que a ajudará a entender o que é e como orientar os alunos na construção do mapa mental. O ideal é não dar muitas orientações, mas cada grupo criar o mapa como achar mais eficiente.

Materiais complementares: Para acessar acessar informações sobre mapas mentais, clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos.

Orientações:

  • Peça que os grupos apresentem suas considerações sobre o texto analisado.
  • Finalize questionando sobre a construção da imagem e da emoção nos poemas, considerando os gêneros: soneto, canção e poema visual. Espera-se que eles consigam perceber que nos sonetos musicados, elementos como ritmo, pausa, entonação, tom e timbre vocal favorecem a emoção do texto, alcançando o público-alvo de forma mais efetiva. Já nos poemas visuais, a identificação como soneto decorre da disposição das imagens em dois quartetos e dois tercetos, já a rima, pela repetição da figura em versos alternados. Quanto ao tema, o uso de perfurações de bala no “soneto das ditaduras” sugere o uso de armas, de violência para dominação. No “soneto alado”, os pássaros em diversas posições, sempre dispostos em fios (pautas). É importante que os alunos expressem sua interpretação, verbalizando o sentido alcançado nos textos.
  • Questione: Os sonetos são para ser lidos, vistos ou ouvidos?
  • Introduza o tema da próxima aula, indagando sobre a importância da voz/som para a emoção no soneto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Soneto e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários: Textos impressos e/ou digitais. Projetor ou quadro digital para exibição de sonetos, canções e poemas visuais.

Informações sobre o gênero: Soneto, poema de forma fixa, com 14 versos, cuja formação mais usual é 4-4-3-3 ou 4-4-4-2. Normalmente o soneto apresenta rimas e suas sílabas poéticas são decassílabos ou versos alexandrinos.

Dificuldades antecipadas: Dificuldade na interpretação dos textos. Não reconhecimento dos recursos paralinguísticos e cinésicos, da gestualidade e da pantomima para a construção de efeitos de sentido. Constrangimento para fazer a leitura expressiva dos sonetos e expor opinião. O professor deve esclarecer as dúvidas dos alunos e incentivar a troca de informações nos grupos e entre os grupos para que todos alcancem os objetivos da aula.

Referências sobre o assunto:

ALVES, José Hélder Pinheiro. Caminhos da abordagem do poema em sala de aula. Graphos. João Pessoa, v. 10, n. 1, 2008 – ISSN 1516-1536. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/graphos/article/viewFile/4299/3250>. Acesso em: 17 jul. 2018.

COSTA, Marta Moraes da. Teoria da literatura II. Curitiba: IESDE Brasil, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Oralidade e escrita. Signótica, 9:119-145, jan./dez. 1997. Disponível em: <file:///C:/Users/USER/Downloads/7396-27693-1-PB.pdf>. Acesso em: 25 out. 2018.

PIGNATARI, Décio. O que é comunicação poética. São Paulo: Brasiliense, 1987.
PLAZA, Júlio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2000.
ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor. Coleção alfabetização e letramento. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal: aplicações na hipermídia. 3. ed. São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SILVA, E.F.; DE JESUS, W.G. Como e por que trabalhar a poesia na sala de aula. Revista Graduando. Nº 2, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www2.uefs.br/dla/graduando/n2/n2.21-34.pdf>. Acesso em: 25 jul. 2018.

TEIXEIRA, Madalena Telles; REIS, Maria Filomena. A Organização do espaço em sala de aula e as suas implicações na aprendizagem cooperativa. Meta: Avaliação | Rio de Janeiro, v. 4, n. 11, p. 162-187, mai./ago. 2012. Disponível em : <http://www.adventista.edu.br/_imagens/area_academica/files/A%20organiza%C3%A7%C3%A3o%20do%20espa%C3%A7o%20em%20sala%20de%20aula.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Divida a sala em quatro grupos, para facilitar a análise dos sonetos, das canções e dos sonetos visuais. Desta forma, também não serão necessárias muitas cópias impressas dos textos.
  • Projete ou escreva o título da aula e peça que os alunos, de forma colaborativa, verbalizem o que é um soneto, associando a definição com o título da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações:

  • Inicialmente, distribua dois poemas para leitura: “Fanatismo”, de Florbela Espanca, e o “Soneto XXVII”, de Shakespeare.

Materiais complementares: Para acessar os sonetos desta aula, acesse aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos.

Orientações:

  • Avise que irá exibir os mesmos sonetos que foram lidos, mas musicados, porque eles deverão realizar uma atividade em que terão que musicar um soneto e cantá-lo em um "concurso" de karaokê.
  • Apresente o vídeo com a versão em canção (Fagner) do soneto “Fanatismo”, de Florbela Espanca. Peça que os alunos acompanhem a canção com o soneto impresso.
  • Em seguida, passe para os alunos ouvirem a versão hard rock do “Soneto XXVII”, de Shakespeare. Da mesma forma, Peça que os alunos acompanhem a canção com o soneto impresso. No caso deste soneto, ofereça também uma tradução.

Materiais complementares: Para acessar o vídeo do soneto “Fanatismo”, clique aqui.

Para acessar a versão musicada do “Soneto XXVII” , clique aqui*.

*Observação: Para acessar o Spotify, é necessário criar uma conta. Caso prefira, pode ser sua conta do Facebook.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações:

  • Exiba dois poemas visuais. Entregue também os mesmos sonetos visuais impressos para cada grupo.

Materiais complementares: Para acessar os sonetos visuais, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos.

Orientações:

  • Peça que os grupos escolham um dos quatro sonetos trabalhados na aula para exploração: leitura, reflexão, troca de comentários. Os alunos devem interpretar o texto escolhido e identificar seu tema, condições de produção (refletir sobre a função social do poeta, em termos de diálogo com um dado público) e características composicionais e de estilo (linguagem empregada, organização, posição enunciativa do sujeito, estrutura narrativa dos textos). Espera-se que os alunos desenvolvam capacidades linguísticas e discursivas para sua formação leitora, refletindo sobre o papel social dos autores e dos leitores, o momento histórico de produção dos textos e o uso da linguagem e de elementos da língua para se fazer compreender.
  • Para os que optarem pelos sonetos musicados, oriente que eles devem buscar, por meio da leitura, perceber como os elementos que caracterizam o gênero (ritmo, pausa, entonação, tom e timbre vocal) favorecem a interpretação do soneto, favorecendo a emoção intentada pelo eu lírico. Também devem observar como a transposição do poema para canção contribuiu para a interpretação do soneto.
  • Para os que optaram pelos poemas visuais, solicite que identifiquem em conjunto quais são os elementos do poema visual e suas semelhanças com os sonetos musicados. Também que reflitam sobre o papel da imagem para a construção do sentido.
  • Eles devem anotar suas observações numa folha de sulfite, criando uma espécie de mapa mental. A folha deve conter também o nome dos componentes do grupo, o título e autor do soneto. Acesse a explicação sobre mapas mentais no link disponível no Material complementar, que a ajudará a entender o que é e como orientar os alunos na construção do mapa mental. O ideal é não dar muitas orientações, mas cada grupo criar o mapa como achar mais eficiente.

Materiais complementares: Para acessar acessar informações sobre mapas mentais, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos.

Orientações:

  • Peça que os grupos apresentem suas considerações sobre o texto analisado.
  • Finalize questionando sobre a construção da imagem e da emoção nos poemas, considerando os gêneros: soneto, canção e poema visual. Espera-se que eles consigam perceber que nos sonetos musicados, elementos como ritmo, pausa, entonação, tom e timbre vocal favorecem a emoção do texto, alcançando o público-alvo de forma mais efetiva. Já nos poemas visuais, a identificação como soneto decorre da disposição das imagens em dois quartetos e dois tercetos, já a rima, pela repetição da figura em versos alternados. Quanto ao tema, o uso de perfurações de bala no “soneto das ditaduras” sugere o uso de armas, de violência para dominação. No “soneto alado”, os pássaros em diversas posições, sempre dispostos em fios (pautas). É importante que os alunos expressem sua interpretação, verbalizando o sentido alcançado nos textos.
  • Questione: Os sonetos são para ser lidos, vistos ou ouvidos?
  • Introduza o tema da próxima aula, indagando sobre a importância da voz/som para a emoção no soneto.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 9º ano :

9º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP53 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano