15478
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Análise do uso de advérbios e locuções adverbiais em situações diversas

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do Fundamental sobre advérbios e locuções adverbiais

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Maria Ruth De Castro Almeida Barbosa

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a segunda aula de um conjunto de três planos de aula com foco em Análise linguística e semiótica. A finalidade deste conjunto de planos é identificar o papel de advérbios e locuções adverbiais na ampliação de sentidos do núcleo do predicado oracional.

Materiais necessários: Computador ligado a projetor, quadro e giz, folhas com exercícios.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldade em estabelecer relações entre advérbios e locuções adverbiais e a intencionalidade linguística de seu uso, de início.
É importante, então, que o professor, sem críticas, leve-os a perceber que a língua é viva e as atribuições de sentido são dadas pelos falantes. Assim, verão que a análise a ser feita é natural e não se restringe a normas memorizadas.

Referências sobre o assunto:

Lexicon - Gramática básica da língua portuguesa. Disponível em: <http://www.aulete.com.br/gram/cap12-00-adverbio>. Acesso em: 2 dez. 2018.

PERINI, Mário A. Gramática descritiva do português. São Paulo: Ática, 2000. P. 338-342.

SCHUMACHER, Cristina A. Uma gramática intuitiva. Rio de Janeiro: LTC, 2013. P. 98-9

SOUZA, Kaligina Carla Bazilio de. A problemática dos advérbios e seu funcionamento no gênero discursivo: notícia. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV045_MD1_SA15_ID8197_08092015212035.pdf>. Acesso em: 2 dez. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Pergunte aos alunos o que eles entendem por análise (provavelmente dirão que significa examinar, estudar). Diga, então, que, como eles sabem, a língua é viva; por isso, nem sempre basta decorar regras para saber a importância de uma palavra em um contexto. Explique que a proposta do trabalho do dia será analisar o uso de advérbios e locuções adverbiais além da gramática.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Apresente o slide aos alunos e peça a um deles para ler a mensagem (ou escreva-a no quadro).
  • Pergunte quando, no dia a dia, usamos a expressão “Fala sério”. (Usamos a expressão para mostrar surpresa diante da fala de alguém.)
  • Pergunte, então, o significado da mensagem lida. (O interlocutor da mensagem está achando um absurdo algumas pessoas considerarem que O Rei Leão é um filme só para crianças.)
  • Peça que os alunos classifiquem as palavras “fala”. (Verbo. Ressalte que está no imperativo porque está dando uma ordem ou fazendo um pedido.) e “sério” (adjetivo).
  • Pergunte-lhes se percebem que a palavra “sério” está modificando o verbo, mostrando como se deveria falar. (Sim.)
  • Conclua que, se a palavra modifica um verbo, ela é um advérbio. Pergunte, então, como normalmente, terminam os advérbios de modo. (Grande parte deles termina em -mente. Observação: Caso não esteja observando a sequência de planos, talvez os alunos não tenham tanta clareza quanto a isso. Se for o caso, fale outros advérbios de modo - calmamente, rapidamente, pausadamente - e pergunte como eles terminam: em -mente.)
  • Pergunte-lhes, então, como é possível que “sério” seja um advérbio se é um adjetivo. (Ele é um adjetivo com função de advérbio. Se não chegarem a esta conclusão, fale para eles.) Observação: Algum aluno poderá questionar se a palavra “sério”, então, não estaria escrita de forma errada, alegando que deveria ser “seriamente”. Neste caso, reforce que a língua é viva e os falantes vão acrescentando novas formas de falar, mas que seria, sim, uma alternativa de escrita, principalmente se em um texto mais formal.
  • Instigue o pensamento dos alunos, questionando se, na frase, a palavra “sério” estaria desempenhando o papel de advérbio de modo ou de dúvida. (A palavra “sério” desempenharia a função de advérbio de modo, mas a frase inteira formaria uma expressão idiomática que indica dúvida ou, pelo menos, surpresa diante de uma situação. Veja, professor, que a elaboração desta resposta não é tão simples. Então, conduza o pensamento dos alunos para que cheguem a essa formulação, lembrando que, anteriormente, os alunos falaram que era modo, mas, ao mesmo tempo, falaram de espanto.)

Materiais complementares: Computador e projetor ou quadros e giz.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • Diga que, assim como no exemplo dado anteriormente, outras palavras assumem a função de advérbio ou de locução adverbial e que o exercício a ser feito mostrará isso, além de mostrar que uma mesma palavra ou expressão pode ter intenções adverbiais diferentes.
  • Mostre o slide aos alunos, chamando a atenção para as expressões nos retângulos. Pergunte o que elas têm em comum. (A palavra lá.) Diga que farão um exercício em que dirão se a palavra “lá” nestas expressões tem o mesmo significado, além de ter de mostrar o entendimento de outras expressões também.
  • Peça-lhes que se sentem em duplas para fazer a atividade, lembrando aos alunos que o objetivo de estar em dupla é discutir as possibilidades de resolução do exercício proposto.
  • Entregue-lhes a folha e peça que façam os exercícios. Enquanto os alunos fazem a atividade, é importante que você caminhe pela sala observando como eles reagem diante dos exercícios. Talvez alguma dupla se negue a fazer, por achar difícil. Se isso acontecer, junte-se à dupla e leve-a a pensar em situações do dia a dia em que os advérbios ou locuções adverbiais citados são usados. Leve-os a perceber que as respostas são tão naturais quanto as situações em que as expressões são usadas.
  • Faça a correção do exercício. Peça a uma dupla para ler a frase e as respostas. Por exemplo: Exercício 1a)Ele ficou assistindo ao filme na moral. Pergunte qual o sentido de
    “na moral” (tranquilamente) e qual circunstância essa locução adverbial expressa (modo). (Veja o gabarito, com todas as respostas, aqui.)
  • Ao fazer a correção, cuide para que cada dupla diga uma resposta. Se esta não for adequada, peça a outra dupla que diga o que acha, até obter a resposta esperada. Aproveite o momento da correção para enfatizar o quanto a nossa língua é rica e, por isso, ser possível depararmo-nos com advérbios e locuções adverbiais que nem sempre constam nas gramáticas ou dicionários, além de, às vezes, lugares e épocas diferentes registrarem advérbios e locuções adverbiais diferentes (“pra lá de Bagdá”, por exemplo, é uma expressão que não é tão usual na atualidade).

Materiais complementares: Folha xerografada com exercícios, conforme descrito nas orientações acima.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Explique à turma que farão a brincadeira do “Morto-vivo das afirmativas”. Diga que, à medida que for falando as frases (neste caso, não exiba o slide, a fim de que os alunos não leiam as frases com antecedência, “estudando” o que fazer quando elas forem ditas), eles deverão ficar de pé se a frase estiver adequada e deverão ficar assentados se ela estiver inadequada de acordo com o que aprenderam. (Gabarito: inadequada, adequada, inadequada, adequada, ou seja, sentados, em pé, sentados, em pé.) Diga, ainda, que uma pessoa entre as que acertarem a resposta deverá dar um exemplo que a justifique.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a segunda aula de um conjunto de três planos de aula com foco em Análise linguística e semiótica. A finalidade deste conjunto de planos é identificar o papel de advérbios e locuções adverbiais na ampliação de sentidos do núcleo do predicado oracional.

Materiais necessários: Computador ligado a projetor, quadro e giz, folhas com exercícios.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldade em estabelecer relações entre advérbios e locuções adverbiais e a intencionalidade linguística de seu uso, de início.
É importante, então, que o professor, sem críticas, leve-os a perceber que a língua é viva e as atribuições de sentido são dadas pelos falantes. Assim, verão que a análise a ser feita é natural e não se restringe a normas memorizadas.

Referências sobre o assunto:

Lexicon - Gramática básica da língua portuguesa. Disponível em: <http://www.aulete.com.br/gram/cap12-00-adverbio>. Acesso em: 2 dez. 2018.

PERINI, Mário A. Gramática descritiva do português. São Paulo: Ática, 2000. P. 338-342.

SCHUMACHER, Cristina A. Uma gramática intuitiva. Rio de Janeiro: LTC, 2013. P. 98-9

SOUZA, Kaligina Carla Bazilio de. A problemática dos advérbios e seu funcionamento no gênero discursivo: notícia. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV045_MD1_SA15_ID8197_08092015212035.pdf>. Acesso em: 2 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Pergunte aos alunos o que eles entendem por análise (provavelmente dirão que significa examinar, estudar). Diga, então, que, como eles sabem, a língua é viva; por isso, nem sempre basta decorar regras para saber a importância de uma palavra em um contexto. Explique que a proposta do trabalho do dia será analisar o uso de advérbios e locuções adverbiais além da gramática.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Apresente o slide aos alunos e peça a um deles para ler a mensagem (ou escreva-a no quadro).
  • Pergunte quando, no dia a dia, usamos a expressão “Fala sério”. (Usamos a expressão para mostrar surpresa diante da fala de alguém.)
  • Pergunte, então, o significado da mensagem lida. (O interlocutor da mensagem está achando um absurdo algumas pessoas considerarem que O Rei Leão é um filme só para crianças.)
  • Peça que os alunos classifiquem as palavras “fala”. (Verbo. Ressalte que está no imperativo porque está dando uma ordem ou fazendo um pedido.) e “sério” (adjetivo).
  • Pergunte-lhes se percebem que a palavra “sério” está modificando o verbo, mostrando como se deveria falar. (Sim.)
  • Conclua que, se a palavra modifica um verbo, ela é um advérbio. Pergunte, então, como normalmente, terminam os advérbios de modo. (Grande parte deles termina em -mente. Observação: Caso não esteja observando a sequência de planos, talvez os alunos não tenham tanta clareza quanto a isso. Se for o caso, fale outros advérbios de modo - calmamente, rapidamente, pausadamente - e pergunte como eles terminam: em -mente.)
  • Pergunte-lhes, então, como é possível que “sério” seja um advérbio se é um adjetivo. (Ele é um adjetivo com função de advérbio. Se não chegarem a esta conclusão, fale para eles.) Observação: Algum aluno poderá questionar se a palavra “sério”, então, não estaria escrita de forma errada, alegando que deveria ser “seriamente”. Neste caso, reforce que a língua é viva e os falantes vão acrescentando novas formas de falar, mas que seria, sim, uma alternativa de escrita, principalmente se em um texto mais formal.
  • Instigue o pensamento dos alunos, questionando se, na frase, a palavra “sério” estaria desempenhando o papel de advérbio de modo ou de dúvida. (A palavra “sério” desempenharia a função de advérbio de modo, mas a frase inteira formaria uma expressão idiomática que indica dúvida ou, pelo menos, surpresa diante de uma situação. Veja, professor, que a elaboração desta resposta não é tão simples. Então, conduza o pensamento dos alunos para que cheguem a essa formulação, lembrando que, anteriormente, os alunos falaram que era modo, mas, ao mesmo tempo, falaram de espanto.)

Materiais complementares: Computador e projetor ou quadros e giz.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • Diga que, assim como no exemplo dado anteriormente, outras palavras assumem a função de advérbio ou de locução adverbial e que o exercício a ser feito mostrará isso, além de mostrar que uma mesma palavra ou expressão pode ter intenções adverbiais diferentes.
  • Mostre o slide aos alunos, chamando a atenção para as expressões nos retângulos. Pergunte o que elas têm em comum. (A palavra lá.) Diga que farão um exercício em que dirão se a palavra “lá” nestas expressões tem o mesmo significado, além de ter de mostrar o entendimento de outras expressões também.
  • Peça-lhes que se sentem em duplas para fazer a atividade, lembrando aos alunos que o objetivo de estar em dupla é discutir as possibilidades de resolução do exercício proposto.
  • Entregue-lhes a folha e peça que façam os exercícios. Enquanto os alunos fazem a atividade, é importante que você caminhe pela sala observando como eles reagem diante dos exercícios. Talvez alguma dupla se negue a fazer, por achar difícil. Se isso acontecer, junte-se à dupla e leve-a a pensar em situações do dia a dia em que os advérbios ou locuções adverbiais citados são usados. Leve-os a perceber que as respostas são tão naturais quanto as situações em que as expressões são usadas.
  • Faça a correção do exercício. Peça a uma dupla para ler a frase e as respostas. Por exemplo: Exercício 1a)Ele ficou assistindo ao filme na moral. Pergunte qual o sentido de
    “na moral” (tranquilamente) e qual circunstância essa locução adverbial expressa (modo). (Veja o gabarito, com todas as respostas, aqui.)
  • Ao fazer a correção, cuide para que cada dupla diga uma resposta. Se esta não for adequada, peça a outra dupla que diga o que acha, até obter a resposta esperada. Aproveite o momento da correção para enfatizar o quanto a nossa língua é rica e, por isso, ser possível depararmo-nos com advérbios e locuções adverbiais que nem sempre constam nas gramáticas ou dicionários, além de, às vezes, lugares e épocas diferentes registrarem advérbios e locuções adverbiais diferentes (“pra lá de Bagdá”, por exemplo, é uma expressão que não é tão usual na atualidade).

Materiais complementares: Folha xerografada com exercícios, conforme descrito nas orientações acima.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Explique à turma que farão a brincadeira do “Morto-vivo das afirmativas”. Diga que, à medida que for falando as frases (neste caso, não exiba o slide, a fim de que os alunos não leiam as frases com antecedência, “estudando” o que fazer quando elas forem ditas), eles deverão ficar de pé se a frase estiver adequada e deverão ficar assentados se ela estiver inadequada de acordo com o que aprenderam. (Gabarito: inadequada, adequada, inadequada, adequada, ou seja, sentados, em pé, sentados, em pé.) Diga, ainda, que uma pessoa entre as que acertarem a resposta deverá dar um exemplo que a justifique.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07LP09 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano