15386
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Articuladores textuais no gênero resumo: coesão referencial

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do Ensino Fundamental sobre os elementos de coesão referencial.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carolina Alecrim Benzoni

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
Necessários: canais de envio de mensagens, vídeos e áudios, como WhatsApp ou similares. Dependendo da realidade de cada escola, você também pode encaminhar as atividades como documento impresso.

Opcionais: PowerPoint narrado (tutorial disponível aqui); plataforma de design gráfico Canva (tutorial disponível aqui).

Tema
Encaminhe aos alunos o slide da Introdução (plano original) e diga-lhes que, nas próximas aulas, o trabalho será analisar o entrelaçamento de ideias em um resumo (o resumo na íntegra está disponível aqui). Na introdução da aula, serão levantados os conhecimentos prévios dos alunos.

Introdução
Faça uma breve apresentação, no PowerPoint com narração ou em outra plataforma de apresentações da sua escolha, com a imagem do mapa mental presente no slide da Introdução, no plano original. O esquema já foi mostrado na aula 03 desta sequência, então, retome-o para que os alunos reflitam sobre o que sabem a respeito de coesão. Junto ao mapa, informe-lhes que “coesão” é o mecanismo estrutural que garante a relação de sentido entre as diversas ideias abordadas em um texto. Ela está ligada à estrutura do texto e pode ser representada por diversos mecanismos: pronomes, advérbios, preposições, conjunções, sinônimos e antônimos. Compartilhe este material com os alunos via WhatsApp.

Desenvolvimento
A atividade deve ser feita individualmente, a fim de que cada aluno tenha oportunidade de trabalhar com o texto no seu ritmo. Encaminhe aos alunos a cópia de um trecho do resumo lido previamente, que apresenta palavras sublinhadas, e peça que eles encontrem os referentes de cada um dos termos sublinhados. Informe que entendemos por “referente” a palavra ou expressão que é retomada pelos termos grifados. Ao terminarem, peça que eles confiram o quadro com um colega e comparem as respostas, discutindo as divergências, se houver. Para isso, peça que escolham um colega e que já combinem de fazer a troca pelo WhatsApp. Para muitos alunos, pode ser difícil o trabalho de retomada do referente; por isso, questione-os, no grupo da turma, de tempos em tempos, durante o período previsto para a atividade, se há alguma dúvida (o texto a ser compartilhado com os alunos está disponível aqui; a tabela a ser distribuída aos alunos está disponível aqui). Encaminhe aos alunos, em seguida, a resolução da tabela (disponível aqui). Em seguida, pergunte a eles, por meio de um material gráfico (sugerimos que seja feito no Canva; veja em Recursos Opcionais) se, na estrutura “sua principal contribuição”, o pronome “sua” poderia retomar “política imperial” e qual seria o sentido atribuído ao texto com essa hipótese de leitura. Ela seria válida para esse contexto? Por quê? Espera-se que os alunos percebam que, nessa nova relação, a contribuição seria da política imperial, como se essa política fosse delinear uma alternativa para a dinâmica do parlamentarismo e não o artigo. Essa leitura é, portanto, incoerente, já que é o artigo que estuda a política imperial e apresenta uma alternativa para o que se sabe sobre o assunto. Projete o restante da tabela com a correção e peça que os alunos confiram suas respostas e relacionem “instabilidade governamental no Segundo Reinado” a outras expressões presentes no quadro. Eles devem perceber que “episódios de substituição de gabinetes” são os fatos relacionados à “instabilidade governamental”. Peça para eles levantarem hipótese: por que há muitos elementos que retomam “substituição de gabinetes” e, por consequência, remetem à ideia-macro de “instabilidade governamental”? Espera-se que eles percebam que o resumo fala, num primeiro momento, sobre essa questão, por isso a retomada de ideias através dos elementos coesivos é importante.

Fechamento
Peça que os alunos digam o que eles compreenderam mediante o que foi trabalhado em aula. Sugira que encaminhem áudios no grupo da turma (WhatsApp). Certifique-se de que eles compreenderam que os elementos coesivos servem, muitas vezes, para retomar ideias já ditas anteriormente, garantindo a manutenção temática do que está sendo dito. Diga aos alunos que, para a próxima aula, eles trabalharão com o mesmo texto.

Convite às famílias
Os familiares poderão ser convidados a pesquisar, em livros, revistas e na internet, frases em geral, ditas no dia a dia, para analisar os recursos coesivos utilizados. Será que eles conseguem perceber juntos alguma substituição de palavras? Lance o desafio. Peça que os alunos compartilhem no grupo da turma o que eles encontraram.

Sugestão Enviada Por: Michele Batista


Código: LPO8_05SQA07

(EF08LP13) Inferir efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos de coesão sequencial: conjunções e articuladores textuais.

(EF08LP14) Utilizar, ao produzir texto, recursos de coesão sequencial (articuladores) e referencial (léxica e pronominal), construções passivas e impessoais, discurso direto e indireto e outros recursos expressivos adequados ao gênero textual.

(EF08LP04) Utilizar, ao produzir texto, conhecimentos linguísticos e gramaticais: ortografia, regências e concordâncias nominal e verbal, modos e tempos verbais, pontuação etc.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas