15355
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Produção de textos

Plano de aula - Planejamento e produção do texto dramático: a composição da comédia de costumes

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do Ensino Fundamental sobre estratégias de produção: planejamento, textualização e revisão.

Plano 13 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Carolina Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos; ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a 13ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero textual dramático (comédias) e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte de uma sequência de atividades voltada para texto dramático, teatro e humor.

Informações sobre o Gênero: Texto dramático (comédias): produção artístico-literária que, reunindo texto e espetáculo, organiza e estrutura o humor dentro de uma apresentação, por meio dos elementos/momentos da narrativa e sequências dialogais. É irreverente, retrata o cotidiano e as pessoas comuns. Seu objetivo é entreter, provocando o riso do espectador e ampliando seu imaginário, levando-o a uma maior compreensão da realidade.

Materiais necessários: materiais de estudo dos alunos para a elaboração de fichas e rascunhos; livros, anotações de conteúdos para consulta, que versem sobre elementos e momentos da narrativa, texto dramático, sequências dialogais, comédias e temas afins.

Dificuldades antecipadas: os alunos podem não se lembrar de conteúdos linguísticos importantes para a produção dos textos dramáticos. Alguns estudantes encontram dificuldades em tarefas que exijam planejamento de produções textuais, devido à pouca familiaridade com atividades de organização dos conhecimentos adquiridos ou com exercício de escrita por etapas.

Referências no assunto:

BORGATTO, Ana Trinconi; BERTIN, Terezinha; MARCHEZI, Vera. Projeto Teláris: Português: 1ª ed. São Paulo: Ática, 2012.

Marega, Larissa Minuesa Pontes. A palavra em cena: o texto dramático no ensino de Língua Portuguesa. Tese (Doutorado). São Paulo, 2015.

PEIXOTO, Fernando. O que é teatro. São Paulo: Brasiliense, 1986.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Introduza o tema à turma por meio das seguintes questões: Por que razão escrevemos? A escrita é uma atividade aleatória? Há escolhas no processo de escrita? É possível praticar a escrita como atividade planejada?
  • As perguntas anteriores convidam os alunos a uma reflexão e espera-se que, por meio delas e de suas vivências, eles entendam que, geralmente, escrevemos para dar alcance às nossas ideias e pensamentos, de modo que nos dedicamos a essa atividade com a noção de nos dirigirmos sempre a alguém, a quem chamamos de interlocutor. Dessa forma, a escrita não se trata de um exercício plenamente aleatório: seu processo envolve, muitas vezes, escolhas cuidadosas e planejamentos por parte do escritor. É a respeito desse tema que esta aula vai tratar, passando por diferentes níveis de reflexões, acerca de diferentes aspectos).

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Peça à turma para se reunir em duplas ou grupos de 3 a 4 alunos, com o objetivo de trocar conhecimentos entre si e refletir.
  • Proponha a escrita individual de um texto dramático que poderá: 1. ser uma paródia de trecho de peça já existente. 2. ser um texto escrito a partir de vivências pessoais. Nesses dois casos, deverá ser abordado um tema voltado à comédia de costumes. Redigida a peça, o texto deverá servir de base para uma encenação em grupo. Antes de iniciarmos as produções, que acontecerão por etapas, atentem-se para as seguintes reflexões:

a) Qual o propósito comunicativo de uma comédia de costumes, em forma de texto dramático? (Historicamente, o teatro, por meio do texto dramático, amplia a visão sobre os homens, suas sociedades e culturas. A comédia de costumes promove a crítica social por intermédio do humor. Cria sátira dos comportamentos de grupos de pessoas ao construir um enredo em torno dos códigos sociais presentes nos contextos em que se dão os personagens).

b) Que temas poderiam ser abordados numa comédia de costumes? Conversem com seus colegas e inspirem-se em dados da realidade. (A resposta é pessoal. No entanto, a questão anterior já delimita um pouco a resposta, ao citar “crítica dos comportamentos de grupos de pessoas em torno de códigos sociais existentes”. Há um universo de possibilidades, motivo pelo qual é importante sua receptividade às contribuições dos alunos).

c) A que público se destinaria o texto produzido por vocês? Em que contextos se daria sua circulação? (É importante os alunos notarem que, por se tratar de uma produção textual que será encenada, a princípio, o maior público é a comunidade escolar, que poderá ter acesso ao texto em sua versão impressa ou oralizada (esta última, se considerarmos a encenação de esquetes, como previsto). Portanto, seu público incluiria professores, colegas de turma, e, em uma proposta mais ampliada, responsáveis, convidados, outros funcionários da escola).

d) Tomando por base a proposta da produção bem como os possíveis interlocutores dela, discutam entre si e apontem que nível de linguagem esse texto poderia apresentar. (Levando em consideração a proposta de criação de uma comédia de costumes, que retrata o cotidiano, e um público que verá no texto o reflexo de seus comportamentos mais corriqueiros, é possível que os estudantes pensem na construção de um discurso mais informal. No entanto, sabe-se que tal escolha dependerá dos espaços que os autores imaginarão para a passagem do enredo, seus contextos e etc. A possibilidade da ocorrência de outros níveis como a linguagem padrão, regionalismos e etc. também pode ser prevista, ou mesmo a ocorrência simultânea de mais de um desses tipos linguísticos).

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Nesta etapa, os alunos podem continuar organizados em duplas/grupos, desde que se dediquem a iniciar a primeira versão escrita do texto individualmente. É saudável que eles troquem conhecimentos ou impressões durante a produção, mas tendo atenção, sobretudo, às próprias tarefas. Anuncie a proposta, abaixo, à turma:
  • O texto dramático é um texto narrativo. Suas peculiaridades fazem com que ele não tenha, necessariamente, a mesma estrutura bem como todas as características de outros da mesma tipologia. O drama estrutura-se por meio de sequências dialogais e, pelo fato de se tratar de um escrito cujo tecido narrativo se constrói por meio das ações das personagens, ele não possui, tradicionalmente, todos os elementos da narrativa. Cite quais elementos aparecer, com mais frequência, no texto dramático. (Resposta: enredo, personagens, tempo, espaço. É importante refletir sobre o papel do narrador, que pode, eventualmente, aparecer numa produção desse gênero. No entanto, não é via de regra, pois, no texto teatral, interessa saber o que se passa na história por meio da observação das atitudes e sentimentos dos próprios personagens, sem a narração).
  • Sabe-se que a comédia surgiu na antiguidade grega e era mais voltada para o cotidiano, as relações entre pessoas comuns, conflitos domésticos, vícios, desvios e comportamentos dos indivíduos etc. Era frequente haver uma personagem vítima de um engano, conhecido do espectador, que quantos mais produzia outros enganos, mais provocava o riso da plateia. Pensando nisso, crie perfis de personagens, levando em consideração quais deles poderiam ser ridicularizados, de modo que, assim, costumes atuais da sociedade brasileira possam ser questionados, com certo grau de deboche. (Nesta questão, a preocupação do aluno será em pensar o humor e os temas que serão tocados por sua narrativa. Seja receptivo às contribuições dos discentes, já que eles costumam ser inventivos e, muitas vezes, engraçados. Incentive e proporcione a liberdade de criação).
  • Tendo em vista que o texto dramático é escrito para contar uma história por meio de uma encenação, inferimos que este pertence à ordem do narrar e, portanto, apresenta momentos de narrativa. Produza um rascunho de sua peça. Depois, cheque quais desses momentos configuram seu texto e cite-os aqui. (Espera-se que os estudantes identifiquem: situação inicial, conflito, clímax, desfecho, situação final).
  • A partir do que foi pensado em questão anterior, no que se refere aos dados sobre as personagens, indique, numa folha à parte, detalhes sobre elas e também sobre o cenário, como forma de criação de um roteiro técnico da peça. (Alguns dados que podem ser inseridos: lista com nomes das personagens; seus papéis na trama - protagonista, vilão, coadjuvante etc.; suas relações de parentesco com outros personagens do texto ou outras características que possam ser destacadas, ex.: JOSÉ PIMENTA - cabo da Guarda Nacional e pai de Chiquinha e Maricota; itens e aspectos de figurino e/ou maquiagem).

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Organize a turma em um grande círculo e peça para um aluno, voluntariamente, compartilhar os resultados de sua tarefa.
  • Ele deverá relatar, sucintamente, o enredo de sua peça, apresentando seus personagens e indicando detalhes de sua ficha técnica.
  • Os demais alunos deverão utilizar a oportunidade para discutir com os colegas e o professor os resultados do trabalho proposto. A turma poderá comentar a produção do estudante que se voluntariou, sugerindo, inclusive, inserções, exclusões e alterações no texto do companheiro; mas cada aluno precisa aproveitar o momento para fazer correções na própria peça.
  • Conduza esta etapa orientando a análise comparativa das produções, ressaltando os comentários mais pertinentes que forem levantados em aula, bem como indicando e aprofundando reflexões e adaptações, se for o caso, para melhor aproveitamento da tarefa pelos discentes.
  • Como tarefa de casa, os alunos deverão desenvolver mais a produção iniciada em aula, enriquecendo-a com detalhes que darão ao texto maior atributo de comédia dramática. Esse trabalho deverá ser apresentado em aula posterior para apreciação do professor e dinâmicas de reescrita em aula.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos; ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a 13ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero textual dramático (comédias) e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte de uma sequência de atividades voltada para texto dramático, teatro e humor.

Informações sobre o Gênero: Texto dramático (comédias): produção artístico-literária que, reunindo texto e espetáculo, organiza e estrutura o humor dentro de uma apresentação, por meio dos elementos/momentos da narrativa e sequências dialogais. É irreverente, retrata o cotidiano e as pessoas comuns. Seu objetivo é entreter, provocando o riso do espectador e ampliando seu imaginário, levando-o a uma maior compreensão da realidade.

Materiais necessários: materiais de estudo dos alunos para a elaboração de fichas e rascunhos; livros, anotações de conteúdos para consulta, que versem sobre elementos e momentos da narrativa, texto dramático, sequências dialogais, comédias e temas afins.

Dificuldades antecipadas: os alunos podem não se lembrar de conteúdos linguísticos importantes para a produção dos textos dramáticos. Alguns estudantes encontram dificuldades em tarefas que exijam planejamento de produções textuais, devido à pouca familiaridade com atividades de organização dos conhecimentos adquiridos ou com exercício de escrita por etapas.

Referências no assunto:

BORGATTO, Ana Trinconi; BERTIN, Terezinha; MARCHEZI, Vera. Projeto Teláris: Português: 1ª ed. São Paulo: Ática, 2012.

Marega, Larissa Minuesa Pontes. A palavra em cena: o texto dramático no ensino de Língua Portuguesa. Tese (Doutorado). São Paulo, 2015.

PEIXOTO, Fernando. O que é teatro. São Paulo: Brasiliense, 1986.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Introduza o tema à turma por meio das seguintes questões: Por que razão escrevemos? A escrita é uma atividade aleatória? Há escolhas no processo de escrita? É possível praticar a escrita como atividade planejada?
  • As perguntas anteriores convidam os alunos a uma reflexão e espera-se que, por meio delas e de suas vivências, eles entendam que, geralmente, escrevemos para dar alcance às nossas ideias e pensamentos, de modo que nos dedicamos a essa atividade com a noção de nos dirigirmos sempre a alguém, a quem chamamos de interlocutor. Dessa forma, a escrita não se trata de um exercício plenamente aleatório: seu processo envolve, muitas vezes, escolhas cuidadosas e planejamentos por parte do escritor. É a respeito desse tema que esta aula vai tratar, passando por diferentes níveis de reflexões, acerca de diferentes aspectos).
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Peça à turma para se reunir em duplas ou grupos de 3 a 4 alunos, com o objetivo de trocar conhecimentos entre si e refletir.
  • Proponha a escrita individual de um texto dramático que poderá: 1. ser uma paródia de trecho de peça já existente. 2. ser um texto escrito a partir de vivências pessoais. Nesses dois casos, deverá ser abordado um tema voltado à comédia de costumes. Redigida a peça, o texto deverá servir de base para uma encenação em grupo. Antes de iniciarmos as produções, que acontecerão por etapas, atentem-se para as seguintes reflexões:

a) Qual o propósito comunicativo de uma comédia de costumes, em forma de texto dramático? (Historicamente, o teatro, por meio do texto dramático, amplia a visão sobre os homens, suas sociedades e culturas. A comédia de costumes promove a crítica social por intermédio do humor. Cria sátira dos comportamentos de grupos de pessoas ao construir um enredo em torno dos códigos sociais presentes nos contextos em que se dão os personagens).

b) Que temas poderiam ser abordados numa comédia de costumes? Conversem com seus colegas e inspirem-se em dados da realidade. (A resposta é pessoal. No entanto, a questão anterior já delimita um pouco a resposta, ao citar “crítica dos comportamentos de grupos de pessoas em torno de códigos sociais existentes”. Há um universo de possibilidades, motivo pelo qual é importante sua receptividade às contribuições dos alunos).

c) A que público se destinaria o texto produzido por vocês? Em que contextos se daria sua circulação? (É importante os alunos notarem que, por se tratar de uma produção textual que será encenada, a princípio, o maior público é a comunidade escolar, que poderá ter acesso ao texto em sua versão impressa ou oralizada (esta última, se considerarmos a encenação de esquetes, como previsto). Portanto, seu público incluiria professores, colegas de turma, e, em uma proposta mais ampliada, responsáveis, convidados, outros funcionários da escola).

d) Tomando por base a proposta da produção bem como os possíveis interlocutores dela, discutam entre si e apontem que nível de linguagem esse texto poderia apresentar. (Levando em consideração a proposta de criação de uma comédia de costumes, que retrata o cotidiano, e um público que verá no texto o reflexo de seus comportamentos mais corriqueiros, é possível que os estudantes pensem na construção de um discurso mais informal. No entanto, sabe-se que tal escolha dependerá dos espaços que os autores imaginarão para a passagem do enredo, seus contextos e etc. A possibilidade da ocorrência de outros níveis como a linguagem padrão, regionalismos e etc. também pode ser prevista, ou mesmo a ocorrência simultânea de mais de um desses tipos linguísticos).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientações:

  • Nesta etapa, os alunos podem continuar organizados em duplas/grupos, desde que se dediquem a iniciar a primeira versão escrita do texto individualmente. É saudável que eles troquem conhecimentos ou impressões durante a produção, mas tendo atenção, sobretudo, às próprias tarefas. Anuncie a proposta, abaixo, à turma:
  • O texto dramático é um texto narrativo. Suas peculiaridades fazem com que ele não tenha, necessariamente, a mesma estrutura bem como todas as características de outros da mesma tipologia. O drama estrutura-se por meio de sequências dialogais e, pelo fato de se tratar de um escrito cujo tecido narrativo se constrói por meio das ações das personagens, ele não possui, tradicionalmente, todos os elementos da narrativa. Cite quais elementos aparecer, com mais frequência, no texto dramático. (Resposta: enredo, personagens, tempo, espaço. É importante refletir sobre o papel do narrador, que pode, eventualmente, aparecer numa produção desse gênero. No entanto, não é via de regra, pois, no texto teatral, interessa saber o que se passa na história por meio da observação das atitudes e sentimentos dos próprios personagens, sem a narração).
  • Sabe-se que a comédia surgiu na antiguidade grega e era mais voltada para o cotidiano, as relações entre pessoas comuns, conflitos domésticos, vícios, desvios e comportamentos dos indivíduos etc. Era frequente haver uma personagem vítima de um engano, conhecido do espectador, que quantos mais produzia outros enganos, mais provocava o riso da plateia. Pensando nisso, crie perfis de personagens, levando em consideração quais deles poderiam ser ridicularizados, de modo que, assim, costumes atuais da sociedade brasileira possam ser questionados, com certo grau de deboche. (Nesta questão, a preocupação do aluno será em pensar o humor e os temas que serão tocados por sua narrativa. Seja receptivo às contribuições dos discentes, já que eles costumam ser inventivos e, muitas vezes, engraçados. Incentive e proporcione a liberdade de criação).
  • Tendo em vista que o texto dramático é escrito para contar uma história por meio de uma encenação, inferimos que este pertence à ordem do narrar e, portanto, apresenta momentos de narrativa. Produza um rascunho de sua peça. Depois, cheque quais desses momentos configuram seu texto e cite-os aqui. (Espera-se que os estudantes identifiquem: situação inicial, conflito, clímax, desfecho, situação final).
  • A partir do que foi pensado em questão anterior, no que se refere aos dados sobre as personagens, indique, numa folha à parte, detalhes sobre elas e também sobre o cenário, como forma de criação de um roteiro técnico da peça. (Alguns dados que podem ser inseridos: lista com nomes das personagens; seus papéis na trama - protagonista, vilão, coadjuvante etc.; suas relações de parentesco com outros personagens do texto ou outras características que possam ser destacadas, ex.: JOSÉ PIMENTA - cabo da Guarda Nacional e pai de Chiquinha e Maricota; itens e aspectos de figurino e/ou maquiagem).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Organize a turma em um grande círculo e peça para um aluno, voluntariamente, compartilhar os resultados de sua tarefa.
  • Ele deverá relatar, sucintamente, o enredo de sua peça, apresentando seus personagens e indicando detalhes de sua ficha técnica.
  • Os demais alunos deverão utilizar a oportunidade para discutir com os colegas e o professor os resultados do trabalho proposto. A turma poderá comentar a produção do estudante que se voluntariou, sugerindo, inclusive, inserções, exclusões e alterações no texto do companheiro; mas cada aluno precisa aproveitar o momento para fazer correções na própria peça.
  • Conduza esta etapa orientando a análise comparativa das produções, ressaltando os comentários mais pertinentes que forem levantados em aula, bem como indicando e aprofundando reflexões e adaptações, se for o caso, para melhor aproveitamento da tarefa pelos discentes.
  • Como tarefa de casa, os alunos deverão desenvolver mais a produção iniciada em aula, enriquecendo-a com detalhes que darão ao texto maior atributo de comédia dramática. Esse trabalho deverá ser apresentado em aula posterior para apreciação do professor e dinâmicas de reescrita em aula.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 8º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP50 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP51 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano