15342
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Fatores de coesão textual: os operadores argumentativos em editoriais

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do EF sobre Fatores de coesão textual: os operadores argumentativos em editoriais

Plano 08 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ilcilene Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero editorial e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística/ Semiótica.

Materiais necessários: Notebook, data show.

Informações sobre o gênero: O Editorial é um gênero textual que se situa no campo de atuação Jornalístico-midiático, circulando tanto em jornais quanto em revistas impressas ou digitais. Como texto opinativo, é construído com base em um ponto de vista sustentado por argumentos. Embora escrito por um indivíduo, não expressa uma opinião particular, mas a opinião de um grupo, refletindo a ideologia da maioria das pessoas que compõem a equipe (de jornal, de revista etc.), por isso raramente vem assinado. Seu estudo envolve também o estudo da argumentação, dos movimentos argumentativos, das estratégias argumentativas. dos tipos de argumentos.

Dificuldades antecipadas: Reconhecer no texto os conectivos e os advérbios.

Referências sobre o assunto:

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. A inter-ação pela linguagem. 10 ed. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção Textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

SCHWARZBOLD, Caroline. Uma abordagem dos operadores argumentativos em artigos de opinião: uma proposta de sequência didática para o 9º ano. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras), UFU - MG. Uberlândia, 2015. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/16770/1/AbordagemOperadoresArgumentativos.pdf>. Acesso em: 5 nov. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula para a turma.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente a questão abordada pelo jornal online. Pergunte se concordam ou não com a problemática levantada na notícia: efeitos negativos do turismo. Peça que exponham a opinião e apresentem, pelo menos, dois argumentos para justificá-la. Anote as ideias no quadro. É importante que a turma já tenha tratado sobre os movimentos argumentativos: sustentação, refutação e negociação.
  • Explore a questão de que os argumentos e a opinião precisam ser encadeados de modo que o leitor consiga acompanhar o movimento tomado pelo enunciador, percebendo o sentido por ele pretendido. É necessário, portanto, organizar os argumentos e estabelecer as conexões que encaminharão para o desfecho idealizado. Explique que na língua portuguesa há elementos linguísticos responsáveis por esse encadeamento de sentidos. Entre eles, os advérbios e as conjunções.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações:

  • Proponha a leitura do editorial “Turismo sustentável” disponível aqui.
  • Entregue uma cópia para cada aluno. Peça que leiam com atenção. Depois, pergunte se houve estranhamento em algum trecho do texto. Se disserem que sim, pergunte qual foi o estranhamento. Caso digam não, siga a aula, pois a exploração do texto os levará a perceber que há incoerência em alguns trechos do editorial.
  • Em seguida, encaminhe oralmente uma análise mais detalhada do texto a partir dos questionamentos.
  • As afirmações que iniciam o primeiro e o segundo parágrafo podem somar-se ou elas divergem entre si? Por quê? (As informações somam-se de modo divergente, pois no primeiro parágrafo afirma-se que viajar é muito bom e no segundo parágrafo diz que viajar pode ser um problema).
  • Há alguma conexão entre elas? Qual? Como podemos marcar essa conexão? (Há conexão de contraposição primeiramente que pode ser marcada pelas palavras “mas”, “porém” ou “entretanto”; Ao mesmo tempo que se contrapõem, somam-se para indicar que as viagens têm aspectos positivos e negativos, essa ideia de soma é marcada pela palavra “também”.)
  • O trecho “sem viagens a vida se tornaria uma eterna rotina” é explicação da afirmação de que viajar é algo positivo. Como se pode deixar essa relação explícita no texto? (Essa relação pode ser explicitada pelas palavras “pois” ou “porque”).
  • Qual a relação entre o trecho “Sua preferência em termos de hospedagem, seria por uma cadeia internacional pasteurizada de hotéis, por estabelecimentos mais afinados com a comunidade visitada” e a afirmação sobre o turista responsável que dedica respeito aos moradores locais? (A relação sugerida é de que os turistas comprometidos com o respeito pelo povo local prefer os hotéis impessoais de uma rede internacional.)
  • Essa afirmação na conclusão está coerente com a posição tomada pelo editorialista? Por quê? (Não condiz com a opinião defendida, pois afirma-se que o turista responsável procura interagir mais com a comunidade visitada.)
  • Explique que essas incoerências foram provocadas pela retirada de algumas palavras do texto. Essas palavras são conectivos que operam no sentido de construir o percurso argumentativo tomado pelo interlocutor do texto, ou seja, seu papel não se limita a conectar enunciados, mas vai além disso, estabelecendo relações de sentido entre eles.
  • Entregue uma cópia do texto original disponível aqui. Peça que leiam e comparem com o texto anterior. Pergunte se há um melhor direcionamento do sentido que o editorialista pretende construir. Pergunte se há marcas linguísticas no texto original que diferem do texto anterior.
  • Peça que destaquem no texto original essas marcas linguísticas responsáveis por encaminhar o entrelaçamento dos argumentos e dos sentidos do texto.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para encerrar proponha que façam uma síntese das informações compartilhadas durante a atividade.
  • O roteiro através de perguntas pode ser anotado no quadro. Para exemplificar, peça que anotem as palavras destacadas no texto original.

Materiais complementares: Acesse sugestão de síntese disponível aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero editorial e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística/ Semiótica.

Materiais necessários: Notebook, data show.

Informações sobre o gênero: O Editorial é um gênero textual que se situa no campo de atuação Jornalístico-midiático, circulando tanto em jornais quanto em revistas impressas ou digitais. Como texto opinativo, é construído com base em um ponto de vista sustentado por argumentos. Embora escrito por um indivíduo, não expressa uma opinião particular, mas a opinião de um grupo, refletindo a ideologia da maioria das pessoas que compõem a equipe (de jornal, de revista etc.), por isso raramente vem assinado. Seu estudo envolve também o estudo da argumentação, dos movimentos argumentativos, das estratégias argumentativas. dos tipos de argumentos.

Dificuldades antecipadas: Reconhecer no texto os conectivos e os advérbios.

Referências sobre o assunto:

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. A inter-ação pela linguagem. 10 ed. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção Textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

SCHWARZBOLD, Caroline. Uma abordagem dos operadores argumentativos em artigos de opinião: uma proposta de sequência didática para o 9º ano. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras), UFU - MG. Uberlândia, 2015. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/16770/1/AbordagemOperadoresArgumentativos.pdf>. Acesso em: 5 nov. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula para a turma.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente a questão abordada pelo jornal online. Pergunte se concordam ou não com a problemática levantada na notícia: efeitos negativos do turismo. Peça que exponham a opinião e apresentem, pelo menos, dois argumentos para justificá-la. Anote as ideias no quadro. É importante que a turma já tenha tratado sobre os movimentos argumentativos: sustentação, refutação e negociação.
  • Explore a questão de que os argumentos e a opinião precisam ser encadeados de modo que o leitor consiga acompanhar o movimento tomado pelo enunciador, percebendo o sentido por ele pretendido. É necessário, portanto, organizar os argumentos e estabelecer as conexões que encaminharão para o desfecho idealizado. Explique que na língua portuguesa há elementos linguísticos responsáveis por esse encadeamento de sentidos. Entre eles, os advérbios e as conjunções.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações:

  • Proponha a leitura do editorial “Turismo sustentável” disponível aqui.
  • Entregue uma cópia para cada aluno. Peça que leiam com atenção. Depois, pergunte se houve estranhamento em algum trecho do texto. Se disserem que sim, pergunte qual foi o estranhamento. Caso digam não, siga a aula, pois a exploração do texto os levará a perceber que há incoerência em alguns trechos do editorial.
  • Em seguida, encaminhe oralmente uma análise mais detalhada do texto a partir dos questionamentos.
  • As afirmações que iniciam o primeiro e o segundo parágrafo podem somar-se ou elas divergem entre si? Por quê? (As informações somam-se de modo divergente, pois no primeiro parágrafo afirma-se que viajar é muito bom e no segundo parágrafo diz que viajar pode ser um problema).
  • Há alguma conexão entre elas? Qual? Como podemos marcar essa conexão? (Há conexão de contraposição primeiramente que pode ser marcada pelas palavras “mas”, “porém” ou “entretanto”; Ao mesmo tempo que se contrapõem, somam-se para indicar que as viagens têm aspectos positivos e negativos, essa ideia de soma é marcada pela palavra “também”.)
  • O trecho “sem viagens a vida se tornaria uma eterna rotina” é explicação da afirmação de que viajar é algo positivo. Como se pode deixar essa relação explícita no texto? (Essa relação pode ser explicitada pelas palavras “pois” ou “porque”).
  • Qual a relação entre o trecho “Sua preferência em termos de hospedagem, seria por uma cadeia internacional pasteurizada de hotéis, por estabelecimentos mais afinados com a comunidade visitada” e a afirmação sobre o turista responsável que dedica respeito aos moradores locais? (A relação sugerida é de que os turistas comprometidos com o respeito pelo povo local prefer os hotéis impessoais de uma rede internacional.)
  • Essa afirmação na conclusão está coerente com a posição tomada pelo editorialista? Por quê? (Não condiz com a opinião defendida, pois afirma-se que o turista responsável procura interagir mais com a comunidade visitada.)
  • Explique que essas incoerências foram provocadas pela retirada de algumas palavras do texto. Essas palavras são conectivos que operam no sentido de construir o percurso argumentativo tomado pelo interlocutor do texto, ou seja, seu papel não se limita a conectar enunciados, mas vai além disso, estabelecendo relações de sentido entre eles.
  • Entregue uma cópia do texto original disponível aqui. Peça que leiam e comparem com o texto anterior. Pergunte se há um melhor direcionamento do sentido que o editorialista pretende construir. Pergunte se há marcas linguísticas no texto original que diferem do texto anterior.
  • Peça que destaquem no texto original essas marcas linguísticas responsáveis por encaminhar o entrelaçamento dos argumentos e dos sentidos do texto.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para encerrar proponha que façam uma síntese das informações compartilhadas durante a atividade.
  • O roteiro através de perguntas pode ser anotado no quadro. Para exemplificar, peça que anotem as palavras destacadas no texto original.

Materiais complementares: Acesse sugestão de síntese disponível aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP18 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP15 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano