15320
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Oralidade

Plano de aula - Dê voz a um soneto...

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Ensino Fundamental sobre produção de textos orais. Oralização.

Plano 12 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Danielle Lima De Vasconcelos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero soneto e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Textos impressos. Projetor ou quadro digital para apresentação, notebooks ou outro tipo de equipamento para executar as músicas que serão cantadas ou que acompanharão as declamações.

Informações sobre o gênero: Soneto, poema de forma fixa, com 14 versos, cuja formação mais usual é 4-4-3-3 ou 4-4-4-2. Normalmente o soneto apresenta rimas e suas sílabas poéticas são decassílabos ou versos alexandrinos.

Dificuldades antecipadas: Timidez para se apresentar ou não conseguir fazer a declamação do soneto de forma correta, respeitando suas pausas, entonação, ritmo ou empregar os recursos linguísticos, paralinguísticos e cinésicos necessários aos efeitos de sentido pretendidos.

Referências sobre o assunto:

ALVES, José Hélder Pinheiro. Caminhos da abordagem do poema em sala de aula. Graphos. João Pessoa, v. 10, n. 1, 2008 – ISSN 1516-1536. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/graphos/article/viewFile/4299/3250>. Acesso em: 17 jul. 2018.

COSTA, Marta Moraes da. Teoria da literatura II. Curitiba: IESDE Brasil, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Oralidade e escrita. Signótica, 9:119-145, jan./dez. 1997. Disponível em: <file:///C:/Users/USER/Downloads/7396-27693-1-PB.pdf>. Acesso em: 25 out. 2018.

PIGNATARI, Décio. O que é comunicação poética. São Paulo: Brasiliense, 1987.
PLAZA, Júlio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2000.
ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor. Coleção alfabetização e letramento. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal: aplicações na hipermídia. 3. ed. São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SILVA, E.F.; DE JESUS, W.G. Como e por que trabalhar a poesia na sala de aula. Revista Graduando. Nº 2, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www2.uefs.br/dla/graduando/n2/n2.21-34.pdf>. Acesso em: 25 jul. 2018.

TEIXEIRA, Madalena Telles; REIS, Maria Filomena. A Organização do espaço em sala de aula e as suas implicações na aprendizagem cooperativa. Meta: Avaliação | Rio de Janeiro, v. 4, n. 11, p. 162-187, mai./ago. 2012. Disponível em: <http://www.adventista.edu.br/_imagens/area_academica/files/A%20organiza%C3%A7%C3%A3o%20do%20espa%C3%A7o%20em%20sala%20de%20aula.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Abra a aula com o nome do evento projetado ou escrito. Agradeça a presença de todos e passe a fala para o mestre de cerimônias.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • O mestre de cerimônias deverá fazer uma fala inicial, ressaltando a importância da poesia e a necessidade de resgatar os sonetos e garantir-lhes um lugar no século XXI. Ele deve também explicar como funcionará o karaokê e que o público (caso o evento conte com a participação de outras classes ou de toda a comunidade escolar) poderá participar, escolhendo um soneto nos cardápios que estarão circulando pela sala.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • O mestre de cerimônias deve chamar nominalmente cada participante, anunciando também o soneto escolhido, seu autor e ano de produção.
  • Se optar por envolver outras classes ou toda a comunidade escolar, faça uso de um cardápio de sonetos, para participação do público (eles podem escolher um soneto e fazer também uma apresentação, cantando ou declamando). Neste caso, circule as pastas com o repertório poético, de vários autores e épocas. As pessoas da plateia podem fazer sua escolha durante as apresentações ou pode ser estabelecida uma pausa para este fim, quando poderão fazer sua inscrição no evento.
  • Caso o espaço escolhido para a realização do evento tenha um projetor ou quadro digital, pode ser feita uma apresentação no PowerPoint com os títulos dos sonetos, autor, ano e nome do participante,

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça que a plateia vote (por meio de um Google Forms) no soneto, cantado/declamado, que mais gostaram. Uma sugestão é premiar a escolha do público.
  • Caso haja tempo, feche a aula com o feedback dos alunos e demais participantes sobre o karaokê de sonetos e sobre a importância de ouvirmos sonetos. Espera-se que os alunos percebam a necessidade de valorizar esse gênero textual e que declamar ou cantar viabiliza melhor compreender o ritmo, as pausas, a entonação que contribuem para os efeitos de sentido do texto,

Observação: Sugere-se o uso de mais de uma aula para o karaokê de sonetos.

Materiais complementares: Para acessar um tutorial sobre como criar um Formulário Google, clique aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero soneto e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Textos impressos. Projetor ou quadro digital para apresentação, notebooks ou outro tipo de equipamento para executar as músicas que serão cantadas ou que acompanharão as declamações.

Informações sobre o gênero: Soneto, poema de forma fixa, com 14 versos, cuja formação mais usual é 4-4-3-3 ou 4-4-4-2. Normalmente o soneto apresenta rimas e suas sílabas poéticas são decassílabos ou versos alexandrinos.

Dificuldades antecipadas: Timidez para se apresentar ou não conseguir fazer a declamação do soneto de forma correta, respeitando suas pausas, entonação, ritmo ou empregar os recursos linguísticos, paralinguísticos e cinésicos necessários aos efeitos de sentido pretendidos.

Referências sobre o assunto:

ALVES, José Hélder Pinheiro. Caminhos da abordagem do poema em sala de aula. Graphos. João Pessoa, v. 10, n. 1, 2008 – ISSN 1516-1536. Disponível em: <http://www.periodicos.ufpb.br/index.php/graphos/article/viewFile/4299/3250>. Acesso em: 17 jul. 2018.

COSTA, Marta Moraes da. Teoria da literatura II. Curitiba: IESDE Brasil, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Oralidade e escrita. Signótica, 9:119-145, jan./dez. 1997. Disponível em: <file:///C:/Users/USER/Downloads/7396-27693-1-PB.pdf>. Acesso em: 25 out. 2018.

PIGNATARI, Décio. O que é comunicação poética. São Paulo: Brasiliense, 1987.
PLAZA, Júlio. Tradução Intersemiótica. São Paulo: Perspectiva, 2000.
ROJO, Roxane. As relações entre fala e escrita: mitos e perspectivas - caderno do professor. Coleção alfabetização e letramento. Belo Horizonte: Ceale, 2006.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal: aplicações na hipermídia. 3. ed. São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SILVA, E.F.; DE JESUS, W.G. Como e por que trabalhar a poesia na sala de aula. Revista Graduando. Nº 2, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www2.uefs.br/dla/graduando/n2/n2.21-34.pdf>. Acesso em: 25 jul. 2018.

TEIXEIRA, Madalena Telles; REIS, Maria Filomena. A Organização do espaço em sala de aula e as suas implicações na aprendizagem cooperativa. Meta: Avaliação | Rio de Janeiro, v. 4, n. 11, p. 162-187, mai./ago. 2012. Disponível em: <http://www.adventista.edu.br/_imagens/area_academica/files/A%20organiza%C3%A7%C3%A3o%20do%20espa%C3%A7o%20em%20sala%20de%20aula.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Abra a aula com o nome do evento projetado ou escrito. Agradeça a presença de todos e passe a fala para o mestre de cerimônias.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • O mestre de cerimônias deverá fazer uma fala inicial, ressaltando a importância da poesia e a necessidade de resgatar os sonetos e garantir-lhes um lugar no século XXI. Ele deve também explicar como funcionará o karaokê e que o público (caso o evento conte com a participação de outras classes ou de toda a comunidade escolar) poderá participar, escolhendo um soneto nos cardápios que estarão circulando pela sala.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • O mestre de cerimônias deve chamar nominalmente cada participante, anunciando também o soneto escolhido, seu autor e ano de produção.
  • Se optar por envolver outras classes ou toda a comunidade escolar, faça uso de um cardápio de sonetos, para participação do público (eles podem escolher um soneto e fazer também uma apresentação, cantando ou declamando). Neste caso, circule as pastas com o repertório poético, de vários autores e épocas. As pessoas da plateia podem fazer sua escolha durante as apresentações ou pode ser estabelecida uma pausa para este fim, quando poderão fazer sua inscrição no evento.
  • Caso o espaço escolhido para a realização do evento tenha um projetor ou quadro digital, pode ser feita uma apresentação no PowerPoint com os títulos dos sonetos, autor, ano e nome do participante,
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça que a plateia vote (por meio de um Google Forms) no soneto, cantado/declamado, que mais gostaram. Uma sugestão é premiar a escolha do público.
  • Caso haja tempo, feche a aula com o feedback dos alunos e demais participantes sobre o karaokê de sonetos e sobre a importância de ouvirmos sonetos. Espera-se que os alunos percebam a necessidade de valorizar esse gênero textual e que declamar ou cantar viabiliza melhor compreender o ritmo, as pausas, a entonação que contribuem para os efeitos de sentido do texto,

Observação: Sugere-se o uso de mais de uma aula para o karaokê de sonetos.

Materiais complementares: Para acessar um tutorial sobre como criar um Formulário Google, clique aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 9º ano :

9º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP53 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano