15310
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Produção de textos

Plano de aula - Produção de texto dramático: edição e revisão de texto.

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Produção de texto dramático: edição e revisão de texto.

Plano 15 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Wania Aparecida Guedes da Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é 15ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Texto dramático (esquetes, peças curtas) e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Produção de textos.

Materiais necessários: Cópia dos critérios de avaliação (rubrica) construída com os estudantes na aula anterior à sequência deste plano de aula; computador e projetor; texto para revisão e texto com sugestões de edição e revisão (ambos podem ser projetados ou impressos).

Informações sobre o gênero: Texto dramático (esquetes, peças curtas). O gênero dramático é um dos três gêneros literários, junto com o lírico e do épico. Diferentemente de outros textos narrativos, o dramático, ou teatral, é feito para ser encenado, e não para ser contado; sendo assim, não é necessária a presença de um narrador. O texto teatral apresenta em sua estrutura três elementos básicos: as falas, os personagens e as rubricas. É interessante observar que a palavra “drama” tem origem grega e significa “ação”, ficando assim mais fácil de constatar que a ação é o elemento caracterizador deste gênero. Por este motivo, a linguagem corporal tem fundamental importância no momento da encenação, tornando-se, junto com a linguagem verbal, dinâmica, expressiva e envolvente.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades em realizar a edição de texto autonomamente por não estar habituados a fazê-la.

Referências sobre o assunto:

CHANDRASEGARAN, Antonia. A intervenção como recurso no processo da escrita. São Paulo: SBS Livraria, 2003. Tradução de Rosana Sakugawa Ramos Cruz Gouveia.

COBRA, Rubem Queiroz. Como escrever uma peça de teatro. Disponível em: <http://www.cobra.pages.nom.br/ecp-teatroscript.html>. Acesso em: 3 dez. 2018.

DIANA, Daniela. Gênero dramático. Disponível em: <https://www.todamateria.com.br/genero-dramatico/>. Acesso em: 3 dez. 2018.

DIANA, Daniela. Texto teatral. Disponível em: <https://www.todamateria.com.br/texto-teatral/>. Acesso em: 29 nov. 2018.

FORMAGIO, Amélia Zenir Coral. Transposição do conto para a peça teatral. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2009_uem_portugues_md_amelia_zenir_coral.pdf>. Acesso em: 29 nov. 2018.

MACHADO, Maria Clara. A aventura do teatro & como fazer teatrinho de bonecos. Rio de Janeiro: Singular, 2009. 2a edição.

NOVA ESCOLA. Adaptação de conto para peça teatral. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/5407/adaptacao-de-conto-para-peca-teatral>. Acesso em: 3 dez. 2018.

VASCONCELOS, Ângela do Céo Gonzaga. Produção textual e encenação com base em histórias infantis. Disponível em: <http://teatronaescola.com/index.php/noticias/item/114-producao-textual-e-encenacao-com-base-em-historias-infantis>. Acesso em: 3 dez. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Apresente aos alunos o tema da aula: edição e revisão do texto dramático.
  • Pergunte se os alunos sabem do que se trata: se já ouviram falar em “edição e revisão de texto”.
  • Ouça brevemente os comentários e explique que a revisão e a edição de texto são procedimentos comuns e necessários para quem escreve, pois ajudam a deixar o texto mais adequado ao propósito de comunicação e mais bem escrito, e são estes processos que deverão ser desenvolvidos por eles nesta aula.
  • Sugere-se a leitura do texto a seguir a respeito da revisão de texto: SANTOMAURO, Beatriz. Revisão: a hora de aperfeiçoar o texto. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/2595/revisao-a-hora-de-aperfeicoar-o-texto>. Acesso em: 9 dez. 2018.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Retome com os alunos os critérios para avaliação do texto dramático.
  • Como esta é a terceira aula relativa à produção de texto, sugerimos o uso dos planos em sequência; no plano anterior, está disponível um modelo dos critérios de avaliação (rubrica), mas o ideal é que estes critérios sejam construídos com os alunos anteriormente.
  • No plano anterior, também estão orientações sobre a construção destes critérios.
  • Na introdução desta aula, é importante que os alunos estejam com a cópia dos critérios em mãos e que eles sejam retomados com os estudantes, para ser “guias” ao avaliar os textos.
  • É importante destacar para os alunos que a edição e a revisão de texto, assim como a reescrita, não são um “castigo” porque o texto está “ruim”, mas são processos pelos quais todo aquele que escreve deve passar, a fim de buscar um aprimoramento. Assim, não se deve referir a um texto de colegas para criticar completamente sem sugerir alterações que possam ajudá-los a melhorar seu texto.
  • Por isso, leia para eles o trecho de uma carta de Mário de Andrade a Fernando Sabino. Trata-se de um trecho em que Mário de Andrade, escritor já consagrado, responde a Fernando Sabino - na época um escritor iniciante - sobre as dificuldades de escrever. Dialogue com os alunos sobre isso: mesmo grandes escritores realizam edições e revisões nos seus textos, pois a escrita é um processo.
  • Faça aos alunos a pergunta do slide: Do que se trata o trabalho de polimento sugerido por Mário de Andrade? A ideia é que eles relacionem este “polimento” ao trabalho de revisão e edição do texto. Explique que o sentido de polimento, neste caso, está relacionado ao aprimoramento, refinamento do texto.
  • A referência completa do excerto é: Andrade, Mário. Cartas a um jovem escritor. Remetente: Mário de Andrade. Destinatário: Fernando Sabino. 3ª ed. Rio de Janeiro: Record, 1993.
  • A proposta de edição e revisão que será sugerida a seguir focará aspectos discursivos do texto, com a observação de seu contexto de produção e características pertinentes ao gênero (estilo, temática, estrutura composicional), além de observar aspectos de ordem gramatical que influenciam no entendimento do texto como um todo.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • O ideal é realizar esta atividade com o texto já produzido pelos alunos; se estiver utilizando os planos em sequência, neste momento, os alunos já terão uma primeira versão do texto de adaptação de contos de fadas para a versão teatral.
  • A primeira atividade, que consta neste slide, é uma revisão coletiva, que o professor conduz para que os alunos compreendam o processo de revisão e edição. Trata-se de um texto hipotético, apenas a título de ilustração. O ideal é que seja selecionado um trecho de texto real para a atividade, adaptando a revisão e a edição às necessidades da turma.
  • Considerando aspectos fundamentais do texto dramático escrito, temos: a fala das personagens em discurso direto; a presença de rubricas, indicativas de cenário, figurino e ações cênicas em geral; pontuação expressiva. Além disso, é importante que o texto adaptado tenha coerência e sequência lógica, de forma que as falas das personagens conduzam o desenvolvimento do texto. Por isso, oriente os alunos a observar estes aspectos.
  • No texto apresentado no slide, com uma adaptação hipotética da Chapeuzinho Vermelho, sugere-se que os alunos realizem a revisão com o auxílio do professor, observando aspectos que podem ser melhorados, por exemplo: utilizar a pontuação expressiva, visto que o texto não aparece pontuado adequadamente; inserir rubricas indicativas das ações cênicas; tornar as falas mais engraçadas, enfáticas, mais elaboradas.
  • Pergunte aos estudantes o que acharam do texto; o que eles consideram que pode ser melhorado, aprimorado, com base em critérios elaborados por vocês anteriormente. Pergunte para eles o que está adequado e o que precisa ser melhorado. Espera-se que os alunos percebam que há rubricas, mas ainda são poucas; há as falas das personagens, indicadas por discurso direto, mas estas falas podem ser aprimoradas com rubricas e maior expressividade a partir da pontuação utilizada também.
  • Clique aqui para acessar o texto do slide, caso opte pela impressão do texto, para distribuir às duplas.
  • Clique aqui para uma versão desse mesmo texto, editada e revisada com comentários para auxiliar o processo de edição e revisão. Caso seja de seu interesse, a versão editada e revisada sugerida aqui pode ser impressa, para que se proponha uma comparação entre as versões, e os alunos possam perceber possibilidades para quando forem realizar os procedimentos em duplas, mais autonomamente, sem tanta intervenção do professor.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • O ideal é realizar esta atividade com o texto já produzido pelos alunos. Se estiver utilizando os planos em sequência, neste momento, os alunos já terão uma primeira versão do texto de adaptação de Contos de fadas para a versão teatral.
  • A primeira atividade, que consta neste slide, é uma revisão coletiva, que o professor conduz para que os alunos compreendam o processo de revisão e edição. Trata-se de um texto hipotético, apenas a título de ilustração. O ideal é que seja selecionado um trecho de texto real para a atividade, adaptando a revisão e a edição às necessidades da turma.
  • Considerando aspectos fundamentais do texto dramático escrito, temos: a fala das personagens em discurso direto; a presença de rubricas, indicativas de cenário, figurino e ações cênicas em geral; pontuação expressiva. Além disso, é importante que o texto adaptado tenha coerência e sequência lógica, de forma que as falas das personagens conduzam o desenvolvimento do texto. Por isso, oriente os alunos a observar estes aspectos.
  • No texto apresentado no slide, com uma adaptação hipotética de Chapeuzinho vermelho, sugere-se que os alunos realizem a revisão com o auxílio do professor observando aspectos que podem ser melhorados, por exemplo: utilizar a pontuação expressiva, visto que o texto não aparece pontuado adequadamente; inserir rubricas indicativas das ações cênicas; tornar as falas mais engraçadas, enfáticas, mais elaboradas.
  • Pergunte aos estudantes o que acharam do texto; o que eles consideram que pode ser melhorado, aprimorado, com base nos critérios elaborados por vocês anteriormente. Pergunte para eles o que está adequado e o que precisa ser melhorado. Espera-se que os alunos percebam que há rubricas, mas ainda são poucas; há as falas das personagens, indicadas por discurso direto, mas estas falas podem ser aprimoradas com rubricas e maior expressividade com base na pontuação utilizada também.
  • Clique aqui para acessar o texto do slide, caso opte pela impressão do texto, para distribuir para as duplas.
  • Clique aqui para uma versão desse mesmo texto, editada e revisada com comentários para auxiliar o processo de edição e revisão. Caso seja de seu interesse, a versão editada e revisada sugerida aqui pode ser impressa, para que se proponha uma comparação entre as versões, e os alunos possam perceber possibilidades para quando forem realizar os procedimentos em duplas, mais autonomamente, sem tanta intervenção do professor.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Possivelmente esta etapa da edição e revisão mais autônoma não será concluída nesta aula, sendo necessário dispor de pelo menos mais um tempo de aula para que este processo se finalize, e com as observações dos colegas, cada dupla possa iniciar seu processo de reescrita.
  • As mesmas duplas que escreveram as adaptações deverão realizar esta atividade, trocando seu texto com outra dupla a fim de analisar a produção dos colegas, observando os critérios construídos anteriormente para a avaliação dos textos.
  • A sugestão é que esta revisão/edição ocorra, se possível, em um ambiente externo: pátio da escola, quadra etc., para deixar as duplas livres para circular e fazer uma leitura dramática do texto, verificando as possibilidades de encenação e de como tornar as falas mais atrativas para o público,
    por exemplo. Deixá-los livres para ler em voz alta, movimentar-se, é fundamental dadas as características do gênero texto dramático.
  • Leia para os alunos o slide e frise as dicas do que observar.
  • Acompanhe os trabalhos e incentive a anotação das observações, em uma folha de caderno, que deverá ser entregue à dupla que posteriormente fará a reescrita.
  • Peça que as duplas revisoras sejam específicas quanto àquilo que deve ser aprimorado, por exemplo, em qual parte do texto faltaram rubricas; onde a pontuação pode ser mais bem empregada; que falas poderiam ser reescritas, e qual a sugestão de acréscimo. Peça que anotem tudo para que os colegas possam realizar os ajustes necessários.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Após a finalização do processo de edição e revisão, deve ser realizada a reescrita do texto, em outro tempo de aula.
  • Finalizada a reescrita, é importante combinar com os alunos como serão apresentados os textos: Uma encenação para os colegas de classe? Para a escola?
    Na reunião de pais? Uma gravação de vídeo, criando um DVD de histórias adaptadas pela turma, ou postando os vídeos produzidos no YouTube?
    As possibilidades são várias, e devem ser colocadas em votação, de forma que os alunos percebam que não escreveram apenas para ganhar nota, mas porque seus textos terão leitores reais (no caso do texto dramático, uma plateia). Compreender a função social dos textos produzidos tornará a escrita significativa para eles.
  • A última atividade sugerida no slide é uma síntese específica sobre a aula de edição e revisão (e seus desdobramentos). Espera-se que o aluno consiga compreender que a escrita é um processo, que revisar e editar faz parte deste processo, que ao editar e revisar podemos melhorar o texto, tornando-o mais adequado ao propósito comunicativo.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é 15ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Texto dramático (esquetes, peças curtas) e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Produção de textos.

Materiais necessários: Cópia dos critérios de avaliação (rubrica) construída com os estudantes na aula anterior à sequência deste plano de aula; computador e projetor; texto para revisão e texto com sugestões de edição e revisão (ambos podem ser projetados ou impressos).

Informações sobre o gênero: Texto dramático (esquetes, peças curtas). O gênero dramático é um dos três gêneros literários, junto com o lírico e do épico. Diferentemente de outros textos narrativos, o dramático, ou teatral, é feito para ser encenado, e não para ser contado; sendo assim, não é necessária a presença de um narrador. O texto teatral apresenta em sua estrutura três elementos básicos: as falas, os personagens e as rubricas. É interessante observar que a palavra “drama” tem origem grega e significa “ação”, ficando assim mais fácil de constatar que a ação é o elemento caracterizador deste gênero. Por este motivo, a linguagem corporal tem fundamental importância no momento da encenação, tornando-se, junto com a linguagem verbal, dinâmica, expressiva e envolvente.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades em realizar a edição de texto autonomamente por não estar habituados a fazê-la.

Referências sobre o assunto:

CHANDRASEGARAN, Antonia. A intervenção como recurso no processo da escrita. São Paulo: SBS Livraria, 2003. Tradução de Rosana Sakugawa Ramos Cruz Gouveia.

COBRA, Rubem Queiroz. Como escrever uma peça de teatro. Disponível em: <http://www.cobra.pages.nom.br/ecp-teatroscript.html>. Acesso em: 3 dez. 2018.

DIANA, Daniela. Gênero dramático. Disponível em: <https://www.todamateria.com.br/genero-dramatico/>. Acesso em: 3 dez. 2018.

DIANA, Daniela. Texto teatral. Disponível em: <https://www.todamateria.com.br/texto-teatral/>. Acesso em: 29 nov. 2018.

FORMAGIO, Amélia Zenir Coral. Transposição do conto para a peça teatral. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2009_uem_portugues_md_amelia_zenir_coral.pdf>. Acesso em: 29 nov. 2018.

MACHADO, Maria Clara. A aventura do teatro & como fazer teatrinho de bonecos. Rio de Janeiro: Singular, 2009. 2a edição.

NOVA ESCOLA. Adaptação de conto para peça teatral. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/5407/adaptacao-de-conto-para-peca-teatral>. Acesso em: 3 dez. 2018.

VASCONCELOS, Ângela do Céo Gonzaga. Produção textual e encenação com base em histórias infantis. Disponível em: <http://teatronaescola.com/index.php/noticias/item/114-producao-textual-e-encenacao-com-base-em-historias-infantis>. Acesso em: 3 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Apresente aos alunos o tema da aula: edição e revisão do texto dramático.
  • Pergunte se os alunos sabem do que se trata: se já ouviram falar em “edição e revisão de texto”.
  • Ouça brevemente os comentários e explique que a revisão e a edição de texto são procedimentos comuns e necessários para quem escreve, pois ajudam a deixar o texto mais adequado ao propósito de comunicação e mais bem escrito, e são estes processos que deverão ser desenvolvidos por eles nesta aula.
  • Sugere-se a leitura do texto a seguir a respeito da revisão de texto: SANTOMAURO, Beatriz. Revisão: a hora de aperfeiçoar o texto. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/2595/revisao-a-hora-de-aperfeicoar-o-texto>. Acesso em: 9 dez. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Retome com os alunos os critérios para avaliação do texto dramático.
  • Como esta é a terceira aula relativa à produção de texto, sugerimos o uso dos planos em sequência; no plano anterior, está disponível um modelo dos critérios de avaliação (rubrica), mas o ideal é que estes critérios sejam construídos com os alunos anteriormente.
  • No plano anterior, também estão orientações sobre a construção destes critérios.
  • Na introdução desta aula, é importante que os alunos estejam com a cópia dos critérios em mãos e que eles sejam retomados com os estudantes, para ser “guias” ao avaliar os textos.
  • É importante destacar para os alunos que a edição e a revisão de texto, assim como a reescrita, não são um “castigo” porque o texto está “ruim”, mas são processos pelos quais todo aquele que escreve deve passar, a fim de buscar um aprimoramento. Assim, não se deve referir a um texto de colegas para criticar completamente sem sugerir alterações que possam ajudá-los a melhorar seu texto.
  • Por isso, leia para eles o trecho de uma carta de Mário de Andrade a Fernando Sabino. Trata-se de um trecho em que Mário de Andrade, escritor já consagrado, responde a Fernando Sabino - na época um escritor iniciante - sobre as dificuldades de escrever. Dialogue com os alunos sobre isso: mesmo grandes escritores realizam edições e revisões nos seus textos, pois a escrita é um processo.
  • Faça aos alunos a pergunta do slide: Do que se trata o trabalho de polimento sugerido por Mário de Andrade? A ideia é que eles relacionem este “polimento” ao trabalho de revisão e edição do texto. Explique que o sentido de polimento, neste caso, está relacionado ao aprimoramento, refinamento do texto.
  • A referência completa do excerto é: Andrade, Mário. Cartas a um jovem escritor. Remetente: Mário de Andrade. Destinatário: Fernando Sabino. 3ª ed. Rio de Janeiro: Record, 1993.
  • A proposta de edição e revisão que será sugerida a seguir focará aspectos discursivos do texto, com a observação de seu contexto de produção e características pertinentes ao gênero (estilo, temática, estrutura composicional), além de observar aspectos de ordem gramatical que influenciam no entendimento do texto como um todo.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • O ideal é realizar esta atividade com o texto já produzido pelos alunos; se estiver utilizando os planos em sequência, neste momento, os alunos já terão uma primeira versão do texto de adaptação de contos de fadas para a versão teatral.
  • A primeira atividade, que consta neste slide, é uma revisão coletiva, que o professor conduz para que os alunos compreendam o processo de revisão e edição. Trata-se de um texto hipotético, apenas a título de ilustração. O ideal é que seja selecionado um trecho de texto real para a atividade, adaptando a revisão e a edição às necessidades da turma.
  • Considerando aspectos fundamentais do texto dramático escrito, temos: a fala das personagens em discurso direto; a presença de rubricas, indicativas de cenário, figurino e ações cênicas em geral; pontuação expressiva. Além disso, é importante que o texto adaptado tenha coerência e sequência lógica, de forma que as falas das personagens conduzam o desenvolvimento do texto. Por isso, oriente os alunos a observar estes aspectos.
  • No texto apresentado no slide, com uma adaptação hipotética da Chapeuzinho Vermelho, sugere-se que os alunos realizem a revisão com o auxílio do professor, observando aspectos que podem ser melhorados, por exemplo: utilizar a pontuação expressiva, visto que o texto não aparece pontuado adequadamente; inserir rubricas indicativas das ações cênicas; tornar as falas mais engraçadas, enfáticas, mais elaboradas.
  • Pergunte aos estudantes o que acharam do texto; o que eles consideram que pode ser melhorado, aprimorado, com base em critérios elaborados por vocês anteriormente. Pergunte para eles o que está adequado e o que precisa ser melhorado. Espera-se que os alunos percebam que há rubricas, mas ainda são poucas; há as falas das personagens, indicadas por discurso direto, mas estas falas podem ser aprimoradas com rubricas e maior expressividade a partir da pontuação utilizada também.
  • Clique aqui para acessar o texto do slide, caso opte pela impressão do texto, para distribuir às duplas.
  • Clique aqui para uma versão desse mesmo texto, editada e revisada com comentários para auxiliar o processo de edição e revisão. Caso seja de seu interesse, a versão editada e revisada sugerida aqui pode ser impressa, para que se proponha uma comparação entre as versões, e os alunos possam perceber possibilidades para quando forem realizar os procedimentos em duplas, mais autonomamente, sem tanta intervenção do professor.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • O ideal é realizar esta atividade com o texto já produzido pelos alunos. Se estiver utilizando os planos em sequência, neste momento, os alunos já terão uma primeira versão do texto de adaptação de Contos de fadas para a versão teatral.
  • A primeira atividade, que consta neste slide, é uma revisão coletiva, que o professor conduz para que os alunos compreendam o processo de revisão e edição. Trata-se de um texto hipotético, apenas a título de ilustração. O ideal é que seja selecionado um trecho de texto real para a atividade, adaptando a revisão e a edição às necessidades da turma.
  • Considerando aspectos fundamentais do texto dramático escrito, temos: a fala das personagens em discurso direto; a presença de rubricas, indicativas de cenário, figurino e ações cênicas em geral; pontuação expressiva. Além disso, é importante que o texto adaptado tenha coerência e sequência lógica, de forma que as falas das personagens conduzam o desenvolvimento do texto. Por isso, oriente os alunos a observar estes aspectos.
  • No texto apresentado no slide, com uma adaptação hipotética de Chapeuzinho vermelho, sugere-se que os alunos realizem a revisão com o auxílio do professor observando aspectos que podem ser melhorados, por exemplo: utilizar a pontuação expressiva, visto que o texto não aparece pontuado adequadamente; inserir rubricas indicativas das ações cênicas; tornar as falas mais engraçadas, enfáticas, mais elaboradas.
  • Pergunte aos estudantes o que acharam do texto; o que eles consideram que pode ser melhorado, aprimorado, com base nos critérios elaborados por vocês anteriormente. Pergunte para eles o que está adequado e o que precisa ser melhorado. Espera-se que os alunos percebam que há rubricas, mas ainda são poucas; há as falas das personagens, indicadas por discurso direto, mas estas falas podem ser aprimoradas com rubricas e maior expressividade com base na pontuação utilizada também.
  • Clique aqui para acessar o texto do slide, caso opte pela impressão do texto, para distribuir para as duplas.
  • Clique aqui para uma versão desse mesmo texto, editada e revisada com comentários para auxiliar o processo de edição e revisão. Caso seja de seu interesse, a versão editada e revisada sugerida aqui pode ser impressa, para que se proponha uma comparação entre as versões, e os alunos possam perceber possibilidades para quando forem realizar os procedimentos em duplas, mais autonomamente, sem tanta intervenção do professor.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Possivelmente esta etapa da edição e revisão mais autônoma não será concluída nesta aula, sendo necessário dispor de pelo menos mais um tempo de aula para que este processo se finalize, e com as observações dos colegas, cada dupla possa iniciar seu processo de reescrita.
  • As mesmas duplas que escreveram as adaptações deverão realizar esta atividade, trocando seu texto com outra dupla a fim de analisar a produção dos colegas, observando os critérios construídos anteriormente para a avaliação dos textos.
  • A sugestão é que esta revisão/edição ocorra, se possível, em um ambiente externo: pátio da escola, quadra etc., para deixar as duplas livres para circular e fazer uma leitura dramática do texto, verificando as possibilidades de encenação e de como tornar as falas mais atrativas para o público,
    por exemplo. Deixá-los livres para ler em voz alta, movimentar-se, é fundamental dadas as características do gênero texto dramático.
  • Leia para os alunos o slide e frise as dicas do que observar.
  • Acompanhe os trabalhos e incentive a anotação das observações, em uma folha de caderno, que deverá ser entregue à dupla que posteriormente fará a reescrita.
  • Peça que as duplas revisoras sejam específicas quanto àquilo que deve ser aprimorado, por exemplo, em qual parte do texto faltaram rubricas; onde a pontuação pode ser mais bem empregada; que falas poderiam ser reescritas, e qual a sugestão de acréscimo. Peça que anotem tudo para que os colegas possam realizar os ajustes necessários.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Após a finalização do processo de edição e revisão, deve ser realizada a reescrita do texto, em outro tempo de aula.
  • Finalizada a reescrita, é importante combinar com os alunos como serão apresentados os textos: Uma encenação para os colegas de classe? Para a escola?
    Na reunião de pais? Uma gravação de vídeo, criando um DVD de histórias adaptadas pela turma, ou postando os vídeos produzidos no YouTube?
    As possibilidades são várias, e devem ser colocadas em votação, de forma que os alunos percebam que não escreveram apenas para ganhar nota, mas porque seus textos terão leitores reais (no caso do texto dramático, uma plateia). Compreender a função social dos textos produzidos tornará a escrita significativa para eles.
  • A última atividade sugerida no slide é uma síntese específica sobre a aula de edição e revisão (e seus desdobramentos). Espera-se que o aluno consiga compreender que a escrita é um processo, que revisar e editar faz parte deste processo, que ao editar e revisar podemos melhorar o texto, tornando-o mais adequado ao propósito comunicativo.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Produção de textos do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP50 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP51 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06LP11 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano