15302
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Estudo das onomatopeias em HQs: diferentes formas de representar o som

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Estudo das onomatopeias em HQs: diferentes formas de representar o som

Plano 07 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Suzana De Carvalho Lima Kawai

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero História em quadrinhos e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Análise linguística.

Materiais necessários: Data show, imagens das capas das HQs do Popeye. Cópias impressas, se possível. Reprodução do roteiro de análise.

Informações sobre o gênero:

A produção de uma história em quadrinhos envolve operações complexas como a combinação coerente entre roteiro e arte, texto verbal e não verbal. Esta aula visa proporcionar uma primeira experiência de uso dos elementos textuais próprios das HQs, valendo-se da estrutura já bastante conhecida de um meme como apoio para o desafio que os alunos deverão enfrentar. Há diferentes definições para a narrativa em quadrinhos. Segundo Moacy Cirne, trata-se de uma narrativa gráfico-visual, com suas particularidades, com base no agenciamento de, no mínimo, duas imagens desenhadas que se relacionam (2002, p.14). Os textos apresentados aqui possuem estas características dos quadrinhos, mas também o hibridismo e a circulação própria dos memes. Leia mais sobre este tema nos links sugeridos a seguir.

Dificuldades antecipadas:

A definição da onomatopeia como figura de linguagem que busca representar os sons pode esbarrar na percepção subjetiva que cada criança tem de determinados sons.

Referências sobre o assunto:

CIRNE, Moacy. Quadrinhos, Paixão e sedução. Petrópolis: Vozes, 2000.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula aos alunos: nesta aula, serão analisadas quatro capas de histórias em quadrinhos.
  • Questione se eles conhecem o Popeye, se eles já leram alguma história dele ou se já o assistiram na TV. Provavelmente, alguns alunos não conhecerão o Popeye por ser um desenho antigo. Continue a provocação perguntando a eles se realmente nunca ouviram aquela frase tão conhecida: “Sou o marinheiro Popeye”, ou se nunca ouviram falar que quem come espinafre fica forte, já que isso remete à história do personagem, que sempre se valia de uma lata de espinafre para combater o inimigo (Brutus). Se ainda assim eles disserem que não recordam, pergunte a eles se sabem por que algumas pessoas muito magras são chamadas de Olívia Palito. Explique que é uma referência à mocinha da história, Olívia Palito, que era disputada por Brutus e Popeye: este era o maior motivo das brigas entre os dois.

Possíveis respostas:

Provavelmente, alguns alunos não conhecem o personagem devido a ele ter marcado outra geração. É possível que alguns conheçam, pois às vezes alguns canais de TV aberta incluem a versão em desenho animado na grade de programação. Além das perguntas provocativas apresentadas, fazendo referência ao espinafre e à Olívia Palito, por exemplo, solicite a eles que pesquisem quando chegarem em casa, na internet, ou perguntem ao seus pais sobre este personagem. Com certeza, a maioria dos pais lembrará de algo para falar para seus filhos. Peça que eles registrem, em casa, no caderno, o que descobriram, pois farão algumas atividades envolvendo o Popeye.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Explique aos alunos que serão trabalhadas capas de histórias em quadrinhos do Popeye.
  • Mostre as capas das revistas que estão nos slides e os personagens ali representados. Caso os alunos saibam os nomes dos personagens, peça para que apontem quem é quem; caso não saibam, diga a eles. Na primeira capa, temos a Olívia, um bebê que mora com o Popeye (Gugu), o Popeye e o Brutus. Na segunda capa, Olívia e Popeye. Na terceira, Popeye e Brutus. Na última, somente o Popeye. Explique que vão explorar essas capas bem detalhadamente, mas antes, irão fazer uma rápida atividade para preparar a aula de hoje.
  • Questione se eles acham que tem como representar, na escrita, os barulhos e movimentos que fazemos.
  • Questione:
  • Qual seria o barulho da chuva?
  • Qual seria o de um carro passando?
  • Qual seria o barulho de alguém dormindo?
  • E de uma porta batendo?

4. Solicite que algum aluno voluntário vá ao quadro e escreva como seria a representação do som. Permita que os outros alunos o ajudem a registrar os sons por escrito. Busque ajudar a turma a entrar em consenso sobre como seria a melhor representação dos sons indicados, mas, se houver mais de uma possibilidade, peça que o aluno voluntário também registre.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações

  • Solicite aos alunos que eles sentem em duplas para discutir entre pares as suas ideias para a realização da atividade que virá a seguir, gerando maior aprendizado e interação entre eles.
  • Explique que foram escolhidas capas de HQs do Popeye porque ele marcou gerações. Relembre sobre o contexto que envolve o personagem: sua relação de rivalidade com o Brutus, a força que ele tem após comer espinafre, a briga pela Olívia. Alguns sentidos poderão ser construídos acerca das onomatopeias usadas, se levarmos em consideração todo este contexto.
  • Solicite aos alunos que observem as capas das revistas e os elementos verbais e não verbais, com atenção, pois isso é importante para compreenderem a narrativa. Peça que observem bem as cores, os destaques dados, as palavras e as formas como elas estão escritas. Caso haja possibilidade, entregue as capas impressas (acesse aqui a versão para impressão) para que eles possam observar mais detalhadamente. Entregue a eles um pequeno roteiro de análise das capas:
    a) O que você acha que há em comum em todas as capas apresentadas?
    b) O que o personagem Popeye está fazendo em praticamente todas as narrativas presentes nas capas?
    c) Após ter identificado em qual ação Popeye está envolvido, reproduza, em seu caderno, os elementos que foram utilizados para representar algumas ações/movimentos dele.
    d) Você sabia que temos nesta capa uma figura de linguagem?
  • Sugira que os alunos pesquisem, no celular, livro didático ou que consultem os colegas, a fim de identificar qual é a figura de linguagem que apareceu em todas as capas.

Possíveis respostas:

  • Espera-se que os alunos percebam que todas as capas contêm representação de sons e movimentos de personagens. Pode ser que alguns alunos já percebam que se trata de onomatopeias, mas o foco não é conceituar, e sim, observar a regularidade deste recurso linguístico em funcionamento no gênero.
  • Lutando com o Brutus (nestas narrativas têm representação dos movimentos feitos por ele). Em uma das narrativas, temos a imitação do barulho feito pelo bicho da maçã.
  • Zap! Grrrr! Arf! Arf! Plat!
  • Espera-se que os alunos identifiquem que a figura de linguagem trabalhada (com regularidade) é a onomatopeia.

Outras observações importantes: Chame a atenção para que eles observem os movimentos e como eles são representados. É provável que os alunos percebam que os movimentos estão acompanhados de “barulhos”, registrados por escrito e correspondendo a determinadas ações do personagem Popeye. Explique a eles sobre as imagens (traços representando os movimentos) que aparecem junto com estes “barulhos”. Informe aos alunos que isto é chamado de linhas cinéticas pelos produtores de HQ. Ressalte que esta representação dos movimentos ajuda a compreender o efeito de sentido destes “barulhos” que eles identificaram e descobriram que o nome é “onomatopeia”. Por exemplo, a depender da dimensão e do destaque dado às linhas cinéticas, podemos inferir que o soco foi bem forte.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Organize a sala em círculo e escreva no quadro a seguinte provocação: Vocês perceberam que o tempo todo estamos cercados por barulhos, sejam eles de máquina, sons da natureza, gritos, canto dos animais? Nós aprendemos hoje que para imitar estes barulhos, para representá-los, recorremos às onomatopeias.
  • Pergunte à classe: Qual a importância de representarmos as onomatopeias em uma história em quadrinhos?
  • Solicite que alguns alunos respondam oralmente. Registre as respostas em um cartaz para que fique na aula e seja aproveitado em outras oportunidades, caso queira seguir trabalhando com o gênero HQ nas próximas aulas.

Respostas possíveis/desejáveis:

É possível que os alunos respondam que as onomatopeias ajudam a entender a história e dar mais vida e movimento a ela. Com base na representação dos sons, conseguimos entender o que está acontecendo sem a necessidade de haver um texto grande explicando e descrevendo
as ações dos personagens. A representação do som por escrito junto com as linhas cinéticas nos dá uma ideia de que ação o personagem está realizando.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero História em quadrinhos e no campo de atuação Artístico-literário. A aula faz parte do módulo Análise linguística.

Materiais necessários: Data show, imagens das capas das HQs do Popeye. Cópias impressas, se possível. Reprodução do roteiro de análise.

Informações sobre o gênero:

A produção de uma história em quadrinhos envolve operações complexas como a combinação coerente entre roteiro e arte, texto verbal e não verbal. Esta aula visa proporcionar uma primeira experiência de uso dos elementos textuais próprios das HQs, valendo-se da estrutura já bastante conhecida de um meme como apoio para o desafio que os alunos deverão enfrentar. Há diferentes definições para a narrativa em quadrinhos. Segundo Moacy Cirne, trata-se de uma narrativa gráfico-visual, com suas particularidades, com base no agenciamento de, no mínimo, duas imagens desenhadas que se relacionam (2002, p.14). Os textos apresentados aqui possuem estas características dos quadrinhos, mas também o hibridismo e a circulação própria dos memes. Leia mais sobre este tema nos links sugeridos a seguir.

Dificuldades antecipadas:

A definição da onomatopeia como figura de linguagem que busca representar os sons pode esbarrar na percepção subjetiva que cada criança tem de determinados sons.

Referências sobre o assunto:

CIRNE, Moacy. Quadrinhos, Paixão e sedução. Petrópolis: Vozes, 2000.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientações:

  • Apresente a proposta da aula aos alunos: nesta aula, serão analisadas quatro capas de histórias em quadrinhos.
  • Questione se eles conhecem o Popeye, se eles já leram alguma história dele ou se já o assistiram na TV. Provavelmente, alguns alunos não conhecerão o Popeye por ser um desenho antigo. Continue a provocação perguntando a eles se realmente nunca ouviram aquela frase tão conhecida: “Sou o marinheiro Popeye”, ou se nunca ouviram falar que quem come espinafre fica forte, já que isso remete à história do personagem, que sempre se valia de uma lata de espinafre para combater o inimigo (Brutus). Se ainda assim eles disserem que não recordam, pergunte a eles se sabem por que algumas pessoas muito magras são chamadas de Olívia Palito. Explique que é uma referência à mocinha da história, Olívia Palito, que era disputada por Brutus e Popeye: este era o maior motivo das brigas entre os dois.

Possíveis respostas:

Provavelmente, alguns alunos não conhecem o personagem devido a ele ter marcado outra geração. É possível que alguns conheçam, pois às vezes alguns canais de TV aberta incluem a versão em desenho animado na grade de programação. Além das perguntas provocativas apresentadas, fazendo referência ao espinafre e à Olívia Palito, por exemplo, solicite a eles que pesquisem quando chegarem em casa, na internet, ou perguntem ao seus pais sobre este personagem. Com certeza, a maioria dos pais lembrará de algo para falar para seus filhos. Peça que eles registrem, em casa, no caderno, o que descobriram, pois farão algumas atividades envolvendo o Popeye.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Explique aos alunos que serão trabalhadas capas de histórias em quadrinhos do Popeye.
  • Mostre as capas das revistas que estão nos slides e os personagens ali representados. Caso os alunos saibam os nomes dos personagens, peça para que apontem quem é quem; caso não saibam, diga a eles. Na primeira capa, temos a Olívia, um bebê que mora com o Popeye (Gugu), o Popeye e o Brutus. Na segunda capa, Olívia e Popeye. Na terceira, Popeye e Brutus. Na última, somente o Popeye. Explique que vão explorar essas capas bem detalhadamente, mas antes, irão fazer uma rápida atividade para preparar a aula de hoje.
  • Questione se eles acham que tem como representar, na escrita, os barulhos e movimentos que fazemos.
  • Questione:
  • Qual seria o barulho da chuva?
  • Qual seria o de um carro passando?
  • Qual seria o barulho de alguém dormindo?
  • E de uma porta batendo?

4. Solicite que algum aluno voluntário vá ao quadro e escreva como seria a representação do som. Permita que os outros alunos o ajudem a registrar os sons por escrito. Busque ajudar a turma a entrar em consenso sobre como seria a melhor representação dos sons indicados, mas, se houver mais de uma possibilidade, peça que o aluno voluntário também registre.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações

  • Solicite aos alunos que eles sentem em duplas para discutir entre pares as suas ideias para a realização da atividade que virá a seguir, gerando maior aprendizado e interação entre eles.
  • Explique que foram escolhidas capas de HQs do Popeye porque ele marcou gerações. Relembre sobre o contexto que envolve o personagem: sua relação de rivalidade com o Brutus, a força que ele tem após comer espinafre, a briga pela Olívia. Alguns sentidos poderão ser construídos acerca das onomatopeias usadas, se levarmos em consideração todo este contexto.
  • Solicite aos alunos que observem as capas das revistas e os elementos verbais e não verbais, com atenção, pois isso é importante para compreenderem a narrativa. Peça que observem bem as cores, os destaques dados, as palavras e as formas como elas estão escritas. Caso haja possibilidade, entregue as capas impressas (acesse aqui a versão para impressão) para que eles possam observar mais detalhadamente. Entregue a eles um pequeno roteiro de análise das capas:
    a) O que você acha que há em comum em todas as capas apresentadas?
    b) O que o personagem Popeye está fazendo em praticamente todas as narrativas presentes nas capas?
    c) Após ter identificado em qual ação Popeye está envolvido, reproduza, em seu caderno, os elementos que foram utilizados para representar algumas ações/movimentos dele.
    d) Você sabia que temos nesta capa uma figura de linguagem?
  • Sugira que os alunos pesquisem, no celular, livro didático ou que consultem os colegas, a fim de identificar qual é a figura de linguagem que apareceu em todas as capas.

Possíveis respostas:

  • Espera-se que os alunos percebam que todas as capas contêm representação de sons e movimentos de personagens. Pode ser que alguns alunos já percebam que se trata de onomatopeias, mas o foco não é conceituar, e sim, observar a regularidade deste recurso linguístico em funcionamento no gênero.
  • Lutando com o Brutus (nestas narrativas têm representação dos movimentos feitos por ele). Em uma das narrativas, temos a imitação do barulho feito pelo bicho da maçã.
  • Zap! Grrrr! Arf! Arf! Plat!
  • Espera-se que os alunos identifiquem que a figura de linguagem trabalhada (com regularidade) é a onomatopeia.

Outras observações importantes: Chame a atenção para que eles observem os movimentos e como eles são representados. É provável que os alunos percebam que os movimentos estão acompanhados de “barulhos”, registrados por escrito e correspondendo a determinadas ações do personagem Popeye. Explique a eles sobre as imagens (traços representando os movimentos) que aparecem junto com estes “barulhos”. Informe aos alunos que isto é chamado de linhas cinéticas pelos produtores de HQ. Ressalte que esta representação dos movimentos ajuda a compreender o efeito de sentido destes “barulhos” que eles identificaram e descobriram que o nome é “onomatopeia”. Por exemplo, a depender da dimensão e do destaque dado às linhas cinéticas, podemos inferir que o soco foi bem forte.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Organize a sala em círculo e escreva no quadro a seguinte provocação: Vocês perceberam que o tempo todo estamos cercados por barulhos, sejam eles de máquina, sons da natureza, gritos, canto dos animais? Nós aprendemos hoje que para imitar estes barulhos, para representá-los, recorremos às onomatopeias.
  • Pergunte à classe: Qual a importância de representarmos as onomatopeias em uma história em quadrinhos?
  • Solicite que alguns alunos respondam oralmente. Registre as respostas em um cartaz para que fique na aula e seja aproveitado em outras oportunidades, caso queira seguir trabalhando com o gênero HQ nas próximas aulas.

Respostas possíveis/desejáveis:

É possível que os alunos respondam que as onomatopeias ajudam a entender a história e dar mais vida e movimento a ela. Com base na representação dos sons, conseguimos entender o que está acontecendo sem a necessidade de haver um texto grande explicando e descrevendo
as ações dos personagens. A representação do som por escrito junto com as linhas cinéticas nos dá uma ideia de que ação o personagem está realizando.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP38 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano