15231
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Etiquetando espaços

Nesta atividade, as crianças refletem sobre a escrita ao compor etiquetas para identificar itens da sala de referência.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Danielle Moreira de Oliveira

O que fazer antes?

Contextos prévios: Antes da realização desta atividade, observe quais são as dificuldades que as crianças enfrentam na organização dos materiais no ambiente, quando terminam as brincadeiras e atividades, e quais são os espaços mais problemáticos no momento da organização. Perceba se isso acontece por não saberem o local correto para guardar os brinquedos e os materiais utilizados por elas.

Materiais:

Separe filipetas de papel da mesma cor, canetinhas e fita adesiva para fixar as etiquetas nos espaços. Fotografe previamente quatro locais para serem etiquetados (essas fotos precisam revelar para as crianças que materiais serão guardados ali, fazendo sentido na perspectiva delas) como o dos brinquedos, o dos jogos de encaixe, o dos quebra-cabeças, o dos materiais de pintura, entre outros, de acordo com sua observação prévia.

Espaços:

A atividade deverá ser realizada na própria sala. Inicialmente planeje um espaço para a roda de conversa em grande grupo. Depois, algumas crianças irão andar pela sala, em pequenos grupos, para etiquetar os espaços. Enquanto isso, as outras estarão em um momento de livre escolha em outros espaços da sala.

Tempo sugerido:

Aproximadamente uma hora.

Perguntas para guiar suas observações:

Como as crianças interagem uma com as outras ao conversar sobre a problematização gerada pelo professor? Elas dialogam expressando opiniões e levantando hipóteses?

Quais artifícios as crianças utilizam ao auxiliar o professor na escrita? Reconhecem letras ou parte das palavras, fazendo relações com os nomes ou se referindo ao tamanho do texto? Apontam letras conhecidas em cartazes da sala?

Que estratégias as crianças utilizam ao organizar a sala e ao se depararem com as etiquetas? Apontam-nas com dedo tentando ler o que está escrito ou se apoiam nas fotos?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Observe as crianças mais acanhadas e que não se colocam diante do grupo para expor opiniões e hipóteses. Chame-as para auxiliar você, segurando fotos ou etiquetas que serão lidas pelos colegas. É importante que elas se sintam parte do grupo ao participar da atividade, porém, se atente para que as crianças em questão não se sintam constrangidas ao estarem em evidência.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Em roda com o grande grupo fale que você tem observadoque a turma está com dificuldades de guardar brinquedos e materiais nos lugares corretos. Converse sobre a importância de manter a sala organizada e sobre o que todos podem fazer para melhorar essa situação. Escute e acolha as contribuições das crianças e, a partir delas, diga que você também teve uma ideia e convide-as para produzir com você etiquetas organizadoras para os espaços. Converse sobre a função social das etiquetas, que servem para identificar algo ou algum local, e diga que elas servirão para ajudar na identificação dos espaços onde os materiais devem ser guardados. Fale que primeiro vocês irão colar as fotos e escrever o nome do espaço a ser etiquetado e que, depois de tudo pronto, as crianças precisarão ler as etiqueta produzidas para que saibam onde guardar os materiais e os brinquedos.


2

Leve para a roda as fotos de quatro espaços escolhidos por você, a partir das suas observações e dos desafios que a turma vem enfrentando na organização da sala ao final das brincadeiras. Convide as crianças para observar as imagens, identificando os espaços oralmente, e fale que você irá escrever nas etiquetas os nomes deles, para que possam acompanhar as fotos. Fique atento ao que as crianças comunicam e observe se todas conseguem identificar os espaços por meio das fotos. Caso alguma criança tenha dificuldade, aponte para o espaço representado na foto ou peça que um colega mostre para todo o grupo onde está esse local na sala.

Possíveis ações da criança neste momento: Elas podem comunicar alguns saberes sobre a escrita das palavras, pegar uma canetinha e trazê-la até você. Podem ir até algum cartaz, indicando que para escrever é necessário usar as letras, ou falar algumas palavras conhecidas em algum portador etc.


3

Peça ajuda a uma criança para colar a foto na etiqueta, pergunte como elas acham que escrevemos essa palavra e com que letra ela começa. Escute todas as hipóteses e escreva o nome do espaço ao lado da foto com letra maiúscula. Leia em voz alta, apontando para a direção correta da leitura, e observe se alguma criança faz comentários sobre a sua escrita. Se reconhecem e apontam alguma letra ou parte da palavra, se fazem relação com seus nomes ou dos colegas ou, ainda, se recorrem a algum cartaz da sala para mostrar letras parecidas. Caso isso não ocorra, faça outros questionamentos e intervenções sobre a escrita, como por exemplo, comparar a letra ou sílaba inicial da palavra com a letra ou sílaba inicial do nome de alguma criança, comparar tamanhos ou partes parecidas, entre outras. Repita esse passo com as outras etiquetas, mas se atente para que não fique cansativo para as crianças.

Possíveis falas do professor neste momento: Vocês acham que jogo começa parecido com o nome do João? Vamos ver se eles começam com a mesma letra? Vocês acham que a palavra jogo começa com j por que tem o som parecido com o nome dele? Olha só, é verdade! Essa palavra também é pequena como o nome dele, vocês perceberam? Ele disse que esse espaço aqui tem muitas palavras e o outro tem uma só. Isso mesmo!


4

Fale para as crianças que agora elas se organizarão em pequenos grupos (um para cada etiqueta) para que possam etiquetar os espaços escolhidos. Para isso, deixe que se dividam conforme seus interesses e, se necessário, as auxilie. Diga que enquanto você está colando a etiqueta com um grupo, os outros poderão brincar em um outro espaço fixo da sala, como por exemplo um canto de leitura, enquanto esperam. Comente que você vai convidá-los posteriormente, mas dê autonomia para as crianças dos outros grupos irem com você ou segurarem as etiquetas, pois muitas ficam bastante interessadas e se mostram solícitas nesse momento. Leve o pequeno grupo até o local a ser identificado e convide as crianças para ler novamente o que está escrito na etiqueta antes de colá-la. Deixe que colem a etiqueta com autonomia e as apoie nesse momento. Repita esse passo com os outros pequenos grupos.


Para finalizar:

Convide o grande grupo para brincarcom os materiais dos espaços da sala que foram etiquetados (brinquedos, jogos de encaixe, entre outros) em um momento de livre escolha. Proponha que organizem as brincadeiras a seu modo e auxilie os pequenos, se necessário. Brinque com eles nos enredos e nofaz-de-conta. Passado o tempo destinado à brincadeira (aproximadamente 20 minutos), solicite a ajuda das crianças para organizar a sala. Nesse momento, observe a ação delas ao se depararem com as etiquetas, verifique se elas se apoiam nas fotos para identificar o local onde devem guardar um material ou se tentam ler o que está escrito (apontando as letras com o dedinho), se ajudam-se mutuamente na tentativa de ler asetiquetas etc. Você pode cantar uma música já conhecida por elas para o momento da arrumação.

Desdobramentos

Repita esta atividade para que as crianças tenham novas oportunidades de fazer um esforço leitor ao identificar espaços e materiais,sempre a partir de um propósito social. Depois que elas crianças memorizarem onde os materiais devem ser guardados, proponha novas arrumações, trocando-os de lugar. Aproveite e coloque uma das caixas de brinquedos apenas com a etiqueta com o nome (sem foto) e levante as hipóteses do que pode estar escrito ali. No início do segundo semestre tire as etiquetas das caixas, dizendo que nas férias foram retiradas para serem lavadas e que devemos recolocá-las. As crianças terão que identificar qual deve ir em cada caixa, com ou sem foto.

Engajando as famílias

Envie um bilhete para as famílias contando sobre o trabalho realizado em sala e perguntando se em casa os responsáveis possuem algum espaço que é etiquetado, para que todos saibam o que se guarda nesse local como, por exemplo, remédios, ferramentas, temperos, entre outros. Os pais podem escrever ou tirar uma foto para que isso seja socializado com a turma.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EO04 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano