15198
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Brincadeiras com linguagem: Chamada musical

Nesta atividade, uma música com os nomes das crianças e fotografias transformam o momento em uma possibilidade de que elas se reconheçam e conheçam os colegas.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Talita Regina Lopes de Oliveira Marques

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Deixe preparado um varal (pode ser feito de barbante, corda, linha ou tecido) com os pregadores. Prepare um canto próximo ao varal na sala de referência com um tapete bem colorido (pode ser feito de retalhos de tecidos costurados um ao lado do outro, com um tecido estampado ou com tecido liso sem estampa). No meio, coloque o saquinho onde estarão as fotos dos bebês. Plastifique-as para uma maior durabilidade e guarde dentro do saquinho de tecido (sacolinha plástica ou caixa de papelão encapada).

Materiais:

Selecione a canção com nomes que irá utilizar. Uma boa sugestão é a música "Na chaminé" (acesse aqui). Se preferir, grave em uma mídia compatível para reproduzir no aparelho que tiver disponível em sua escola.Fotos das crianças plastificadas de modo que fiquem resistentes para os bebês manusearem (utilize plástico autoadesivo e papel cartão ou papelão). Coloque sua foto junto com as fotos dos bebês. As imagens podem ser tiradas e reveladas na escola ou pedidas para os familiares. Saquinho de tecido para colocar as fotos, tapete colorido, pregador e um varal (pode ser feito de barbante, corda, linha ou tecido).

Espaços:

O varal onde serão colocadas as fotos penduradas após o manuseio delas pelos bebês deverá ser montado em um momento anterior a proposta e em local estratégico próximo às paredes. A localização deve permitir que as crianças circulem livremente e tenham fácil acesso. Coloque um tapete bem colorido para deixar o espaço mais convidativo para a vivência no canto próximo ao varal na sala de referência. Em cima e no meio do tapete, coloque o saquinho de tecido onde estão guardadas as fotos dos bebês..

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. De que maneira os bebês imitam os gestos e movimentos de seus pares e dos adultos presentes ?

2. Durante a proposta, de que maneira a comunicação dos bebê acontece? (com movimentos, gestos, balbucios, fala ou outras formas de expressão)

3. De que forma os bebês demonstram reconhecer quando são chamados pelos nomes e reconhecem os nomes de pessoas com quem convivem?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Convide os bebês e incentive a participação de todos. Propicie um espaço seguro para eles. Esteja disponível próximo a eles garantindo que tenham acesso ao varal. O varal deve ser colocado em uma altura acessível para os que ainda não se locomovem com autonomia. Narre o que está acontecendo e faça com que seu corpo sirva de suporte para os movimentos deles, acolhendo quando for necessário.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Converse com os bebês do grupo todo acerca da proposta que será realizada, ou seja, um momento de chamada musical. Inicie fazendo uma roda e cantando a canção. É relevante que as ações e situações sejam conversadas com os bebês previamente. Registre, se possível, com fotos, vídeos e pequenas anotações para reflexão posterior.Para os bebês que não andam, acomode-os próximos ao varal e entregue as fotos nas mãos deles, estabelecendo uma comunicação e conversando com eles.


2

Inclua o nome de cada bebê na canção e, ao mesmo tempo, retire do saquinho uma foto e pergunte ao grupo todo quem é. Durante a canção, ao falar o nome do bebê, faça perguntas como: “onde está o bebê desta foto? Será que ele está na minha frente ou ao meu lado?”.

Nesse momentoos bebês estarão próximos a você. Entre na brincadeira com eles. Deixe-os livres para continuar suas iniciativas de exploração e interações. Intervenha a partir de suas observações, interesses e necessidades.

Possíveis ações das crianças neste momento: O bebê bate suas perninhas freneticamente e estende seus braços para pegar a foto que está na mão do professor. Converse com os bebês sendo recíproco às suas ações e nomeie o que acontece.


3

Note como acontece a interação dos bebês, cada qual com sua foto. Em um momento posterior, atente-se à troca das fotografias por parte de dois bebês. Permita que a criança se reconheça e que outros do grupo digam quem é a criança da foto. Pergunte se (nome da criança) veio hoje à escola e onde ele está na roda. Observe como acontece a exploração e quais os pontos de maior interesse. Continue na brincadeira com eles, retire sua foto do saquinho e faça boas intervenções a partir da ação dos bebês.

Possíveis falas do professor neste momento: Onde está a pessoa desta foto? (Mostre a foto do professor que foi retirada) vocês sabem o nome dela?


4

Após a exploração das fotografias de forma livre, observe se algum bebê está próximo ao varal mexendo no barbante com seus dedinhos. Valide sua iniciativa e descoberta, convidando as demais crianças em pequenos grupos, duplas ou individualmente a acompanharem você até o varal para prenderem as fotos. Neste momento, observe aquele bebê que oferece à você sua fotografia para prender no varal mas se interessa pelo pregador. Atente-se como ocorre esta exploração.


Para finalizar:

Com a aproximação da finalização da proposta, converse com os bebês e convide-os para começarem a organizar o espaço. Para ajudar na localização temporal, avise-os qual será o próximo acontecimento do dia. Informe o quanto é importante organizar o espaço antes de seguirem para a próxima experiência. Valorize e encoraje as iniciativas dos bebês neste momento. Pode ser usada uma música que marque o momento de arrumação com o grupo, como “Nós vamos guardar”, de Fabiana Goddoy (Ninho Musical). Para quem já finalizou sua participação na vivência, deixe disponível uma caixa com brinquedos preferidos.

Desdobramentos

Reapresente essa vivência aos bebês. Trazer a proposta de chamada diariamenteé muito importante para a construção da identidade individual e coletiva. Você pode, por exemplo, projetar na parede ou em um tecido branco pendurado (fazendo como se fosse uma tela) a foto de cada criança no decorrer da música. Faça pesquisas de boas canções na internet, como sugestão você pode utilizar “A canoa virou” (para acessar, clique aqui).

Engajando as famílias

Convide os familiares para acompanhar, por meio da observação, os relatos das experiências vividas pelos bebês de forma conjunta. Por meio da montagem de um mural interativo, apresente os registros feitos pelos professores, envie para casa no formato de informativos ou até mesmo colocando em um portfólio. Faça isso de acordo com a forma que costumam compartilhar em sua escola.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês :

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01CG03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI01EF06 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano