15150
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Oralidade

Plano de aula - Oficina de Escrita

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Oficina de Escrita

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Jardelina Oliveira Passos Moura

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
- Necessários: canais de comunicação (como WhatsApp ou e-mail), para envio das sugestões de atividades e das orientações (que também podem ser escritas em um documento de texto e disponibilizadas da maneira que for mais acessível às famílias).

- Opcionais: canais para aulas online, como Google Meet ou Zoom (tutorial disponível aqui); Google Drive (tutorial disponível aqui); Google Docs (tutorial disponível aqui).

Introdução
A proposta da aula é realizar uma Oficina de Escrita. Este é um dos momentos de um processo permanente de trabalho com a escrita em sala de aula. Faça um vídeo falando sobre a proposta da Oficina de Escrita e, em seguida, declame um poema feito por você, inspirado em alguma notícia atual. Em seguida, lance um desafio aos alunos: organizarem-se em duplas para escrever um poema e gravar um vídeo declamando-o, para publicar nas redes sociais da escola. Sorteie, utilizando um sorteador online (disponível aqui), uma sugestão de escrita para cada dupla:
1 - Mostre uma canção aos alunos e solicite que, a partir desse texto, elaborem um poema para reivindicar a garantia de direitos das crianças à educação.
2 - Apresente um provérbio aos alunos e peça que, em seguida, produzam um poema apenas usando substantivos para traduzir a ideia explícita nesse dito popular.
3 - Apresente uma charge aos alunos e peça que, considerando a crítica abordada nesse texto, criem um texto poético de protesto.
4 - Mostre aos alunos um vídeo sobre respeito às diferenças e solicite que produzam um poema explorando essa temática.
Defina um prazo e auxilie seus alunos pelos canais de comunicação que vocês costumam utilizar.

Desenvolvimento
Terminado o prazo, peça (por áudio) que os alunos compartilhem seus poemas na versão escrita em uma pasta do Google Drive. Solicite, então, no mesmo áudio, que todos leiam os poemas dos colegas. Organize de forma que cada dupla faça a revisão de outra dupla, conforme as orientações do Plano. Peça que os comentários sejam feitos no próprio Doc da dupla autora do poema. Encerre o áudio estabelecendo um prazo para essa revisão e dizendo que as duplas, após adequarem seus textos, podem gravar os vídeos com a declamação (pode ser apenas um declamador ou a dupla, a depender da escolha dos alunos).

Fechamento
Depois desse processo, publique os vídeos nas redes sociais da escola e incentive, via WhatsApp, familiares e demais professores a curtirem e comentarem os trabalhos. Solicite aos alunos (por áudio ou por escrito) que escrevam o que acharam da experiência, do que gostaram, do que não gostaram e o que fariam diferente em uma próxima vez. Peça que compartilhem essas impressões (sugestão: pasta no Google Drive).

Convite às famílias
O auxílio das famílias neste Plano é fundamental, estimulando a escrita, ajudando na filmagem do vídeo e depois assistindo aos vídeos feitos pela turma. Pergunte se há, entre os familiares, algum poeta (amador ou profissional) e convide-o a postar um vídeo também, para enriquecer ainda mais essa experiência.

Sugestão Enviada Por: Luciana Ferreira Soares


Código: LPO6_05ATP01

(EF69LP50) Elaborar texto teatral, a partir da adaptação de romances, contos, mitos, narrativas de enigma e de aventura, novelas, biografias romanceadas, crônicas, dentre outros, indicando as rubricas para caracterização do cenário, do espaço, do tempo; explicitando a caracterização física e psicológica dos personagens e dos seus modos de ação; reconfigurando a inserção do discurso direto e dos tipos de narrador; explicitando as marcas de variação linguística (dialetos, registros e jargões) e retextualizando o tratamento da temática.

(EF69LP51) Engajar-se ativamente nos processos de planejamento, textualização, revisão/ edição e reescrita, tendo em vista as restrições temáticas, composicionais e estilísticas dos textos pretendidos e as configurações da situação de produção – o leitor pretendido, o suporte, o contexto de circulação do texto, as finalidades etc. – e considerando a imaginação, a estesia e a verossimilhança próprias ao texto literário.

(EF67LP11) Planejar resenhas, vlogs, vídeos e podcasts variados, e textos e vídeos de apresentação e apreciação próprios das culturas juvenis (algumas possibilidades: fanzines, fanclipes, e-zines, gameplay, detonado etc.), dentre outros, tendo em vista as condições de produção do texto – objetivo, leitores/espectadores, veículos e mídia de circulação etc. –, a partir da escolha de uma produção ou evento cultural para analisar – livro, filme, série, game, canção, videoclipe, fanclipe, show, saraus, slams etc. – da busca de informação sobre a produção ou evento escolhido, da síntese de informações sobre a obra/evento e do elenco/seleção de aspectos, elementos ou recursos que possam ser destacados positiva ou negativamente ou da roteirização do passo a passo do game para posterior gravação dos vídeos.

(EF67LP12) Produzir resenhas críticas, vlogs, vídeos, podcasts variados e produções e gêneros próprios das culturas juvenis (algumas possibilidades: fanzines, fanclipes, e-zines, gameplay, detonado etc.), que apresentem/descrevam e/ou avaliem produções culturais (livro, filme, série, game, canção, disco, videoclipe etc.) ou evento (show, sarau, slam etc.), tendo em vista o contexto de produção dado, as características do gênero, os recursos das mídias envolvidas e a textualização adequada dos textos e/ou produções.

(EF67LP30) Criar narrativas ficcionais, tais como contos populares, contos de suspense, mistério, terror, humor, narrativas de enigma, crônicas, histórias em quadrinhos, dentre outros, que utilizem cenários e personagens realistas ou de fantasia, observando os elementos da estrutura narrativa próprios ao gênero pretendido, tais como enredo, personagens, tempo, espaço e narrador, utilizando tempos verbais adequados à narração de fatos passados, empregando conhecimentos sobre diferentes modos de se iniciar uma história e de inserir os discursos direto e indireto.

(EF67LP31) Criar poemas compostos por versos livres e de forma fixa (como quadras e sonetos), utilizando recursos visuais, semânticos e sonoros, tais como cadências, ritmos e rimas, e poemas visuais e vídeo-poemas, explorando as relações entre imagem e texto verbal, a distribuição da mancha gráfica (poema visual) e outros recursos visuais e sonoros.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 6º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas