15035
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A função dos operadores argumentativos

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Fundamental sobre operadores argumentativos

Plano 07 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ilcilene Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Editorial e no campo de atuação jornalístico midiático. A aula faz parte do módulo de Análise linguística/ Semiótica.

Materiais necessários: Providencie notebook e data show. Quadro síntese reproduzido em cartolina ou papel 40 kg (modelo do quadro disponível aqui); enunciado anotado em cartolina (o enunciado encontra-se disponível aqui), cartolinas (de acordo com o número de equipes), marcadores permanentes (um para cada equipe)

Informações sobre o gênero: O Editorial é um gênero textual que se situa no campo de atuação Jornalístico-midiático, circulando tanto em jornais quanto em revistas impressas ou digitais. Como texto opinativo, é construído com base em um ponto de vista sustentado por argumentos. Embora escrito por um indivíduo, não expressa uma opinião particular, mas a opinião de um grupo, refletindo a ideologia da maioria das pessoas que compõem a equipe (de jornal, de revista etc.), por isso raramente vem assinado. Seu estudo envolve também o estudo da argumentação, dos movimentos argumentativos, das estratégias argumentativas. dos tipos de argumentos.

Dificuldades antecipadas: Dependendo do nível de leitura da turma é possível que tenham dificuldade para identificar as relações entre as partes do texto.

Referências sobre o assunto:

KOCK, Ingedore Grunfeld Villaça. Argumentação e linguagem.13ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

___________________________________ . A inter-ação pela linguagem. 10ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

________________ & ELIAS, Vanda Maria. Ler e escrever: estratégias de produção textual. 2ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2011.

NEVES, Maria Helena de Moura. Que gramática estudar na escola? Norma e uso na língua portuguesa. São Paulo: Editora Contexto, 2013.

SCHWARZBOLD, Caroline. Uma abordagem dos operadores argumentativos em artigos de opinião: uma proposta de sequência didática para o 9º ano. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/16770/1/AbordagemOperadoresArgumentativos.pdf>. Acesso em 5 nov. de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta de atividade da aula, dizendo que quando se defende opiniões, precisa-se de “amarras” que enlacem os argumentos para um fim traçado previamente. Diga que, para isso, é importante planejar o discurso e conhecer os elementos linguísticos que se utiliza para conectar os argumentos. Explique que a proposta da aula é descobrir quais são esses elementos responsáveis por “amarrar” as ideias dentro do texto.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Diga que o encadeamento de ideias é necessário para estabelecer a progressão textual e ajudar a construir a coesão e a coerência do texto.
  • Explique que há duas formas de se encadear ideias: a justaposição e a conexão. Aquela não faz uso de elementos linguísticos para relacionar as ideias que são apenas colocadas lado a lado; esta, precisa de elementos linguísticos que funcionem como conectivos, operando sentidos na construção dos argumentos.
  • Apresente os enunciados (no slide ou reproduzido). Pergunte se as ideias estão justapostas ou conectadas. Espera-se que percebam a justaposição. Caso não percebam, conduza a exploração do enunciado.

a) Qual a opinião defendida no parágrafo? (A permissão de uso de boné em sala de aula)

b) Quais argumentos são usados para defendê-la? (Não interfere na aprendizagem; é um adereço como a tiara das meninas).

c) Qual a conclusão que os argumentos conduzem? (Se não é proibido usar tiara, não pode ser proibido usar boné)

d) Como os argumentos e a conclusão são colocados no texto? Algum elemento linguístico foi usado? (Os argumentos e a conclusão são colocados lado a lado, sem o auxílio de conectivos, os pontos unem esses argumentos sem relação de sentido)

d) Como o locutor encadeia os argumentos? (Os argumentos são encadeados por justaposição)

  • Depois, pergunte se é possível organizar o enunciado relacionando as ideias através de elementos linguísticos. Convide-os ao exercício da reorganização com o auxílio de conectivos.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 27 minutos

Orientações:

  • Antes de apresentar o desafio, explique que a conexão se faz por palavras conhecidas como conectivos, elementos linguísticos responsáveis por indicar a argumentatividade do enunciado.
  • Organize a turma em dois grupos. A escolha dessa organização se dá em virtude da complexidade da atividade, posto que se pressupõe ser esse o primeiro contato da turma com o tema.
  • Entregue um texto de trabalho para cada grupo. Explique que receberão um editorial, publicado no Jornal O Globo, que expressa a opinião do referido jornal sobre a questão da intolerância religiosa. Texto disponível aqui.
  • Em seguida, entregue um envelope contendo as pistas da caça ao tesouro. Explique que essas pistas dizem respeito ao sentido que esses “tesouros linguísticos” têm na construção do sentido argumentativo dos textos. Imprima as pistas que se encontram disponíveis aqui. Caso seja necessário, acesse a solução das pistas aqui.
  • Diga que o desafio consiste em localizar no texto que receberão os conectivos responsáveis pelas relações de sentido indicadas nas pistas, anotando-os no espaço indicado na tabela que receberão. Dê tempo para que façam a atividade (15 minutos).
  • Solicite que cada grupo socialize os resultados do desafio proposto. Anotando as respostas no quadro disponível aqui (reproduza-o em tamanho maior). Os exemplos solicitados no quadro são os trechos do texto nos quais aparecem.
  • Depois que todos os grupos socializarem, conduza a análise das respostas, comparando as relações e os elementos encontrados pelos dois grupos. Leve-os a perceber que alguns elementos linguísticos aparecem nos dois textos, pois os sentidos também são comuns nos dois textos e que isso tem a ver com os movimentos argumentativos que se faz na defesa de opiniões.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Encerrada a socialização dos resultados do desafio, convide-os a sintetizar as informações geradas durante a atividade. Para isso, apresente, ou reproduza em cartaz, o quadro do slide. Acesse o material para impressão disponível aqui.
  • Cruzando os dados dos quadros da etapa anterior, convide-os a comparar e sistematizar as informações coletadas dos textos lidos.
  • Finalizada a síntese, explique que não há somente esses conectivos e essas relações, mas que estas são as que se encontram nos textos analisados. Diga que o quadro dos operadores argumentativos é bem mais amplo.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Editorial e no campo de atuação jornalístico midiático. A aula faz parte do módulo de Análise linguística/ Semiótica.

Materiais necessários: Providencie notebook e data show. Quadro síntese reproduzido em cartolina ou papel 40 kg (modelo do quadro disponível aqui); enunciado anotado em cartolina (o enunciado encontra-se disponível aqui), cartolinas (de acordo com o número de equipes), marcadores permanentes (um para cada equipe)

Informações sobre o gênero: O Editorial é um gênero textual que se situa no campo de atuação Jornalístico-midiático, circulando tanto em jornais quanto em revistas impressas ou digitais. Como texto opinativo, é construído com base em um ponto de vista sustentado por argumentos. Embora escrito por um indivíduo, não expressa uma opinião particular, mas a opinião de um grupo, refletindo a ideologia da maioria das pessoas que compõem a equipe (de jornal, de revista etc.), por isso raramente vem assinado. Seu estudo envolve também o estudo da argumentação, dos movimentos argumentativos, das estratégias argumentativas. dos tipos de argumentos.

Dificuldades antecipadas: Dependendo do nível de leitura da turma é possível que tenham dificuldade para identificar as relações entre as partes do texto.

Referências sobre o assunto:

KOCK, Ingedore Grunfeld Villaça. Argumentação e linguagem.13ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

___________________________________ . A inter-ação pela linguagem. 10ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

________________ & ELIAS, Vanda Maria. Ler e escrever: estratégias de produção textual. 2ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2011.

NEVES, Maria Helena de Moura. Que gramática estudar na escola? Norma e uso na língua portuguesa. São Paulo: Editora Contexto, 2013.

SCHWARZBOLD, Caroline. Uma abordagem dos operadores argumentativos em artigos de opinião: uma proposta de sequência didática para o 9º ano. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/16770/1/AbordagemOperadoresArgumentativos.pdf>. Acesso em 5 nov. de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta de atividade da aula, dizendo que quando se defende opiniões, precisa-se de “amarras” que enlacem os argumentos para um fim traçado previamente. Diga que, para isso, é importante planejar o discurso e conhecer os elementos linguísticos que se utiliza para conectar os argumentos. Explique que a proposta da aula é descobrir quais são esses elementos responsáveis por “amarrar” as ideias dentro do texto.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Diga que o encadeamento de ideias é necessário para estabelecer a progressão textual e ajudar a construir a coesão e a coerência do texto.
  • Explique que há duas formas de se encadear ideias: a justaposição e a conexão. Aquela não faz uso de elementos linguísticos para relacionar as ideias que são apenas colocadas lado a lado; esta, precisa de elementos linguísticos que funcionem como conectivos, operando sentidos na construção dos argumentos.
  • Apresente os enunciados (no slide ou reproduzido). Pergunte se as ideias estão justapostas ou conectadas. Espera-se que percebam a justaposição. Caso não percebam, conduza a exploração do enunciado.

a) Qual a opinião defendida no parágrafo? (A permissão de uso de boné em sala de aula)

b) Quais argumentos são usados para defendê-la? (Não interfere na aprendizagem; é um adereço como a tiara das meninas).

c) Qual a conclusão que os argumentos conduzem? (Se não é proibido usar tiara, não pode ser proibido usar boné)

d) Como os argumentos e a conclusão são colocados no texto? Algum elemento linguístico foi usado? (Os argumentos e a conclusão são colocados lado a lado, sem o auxílio de conectivos, os pontos unem esses argumentos sem relação de sentido)

d) Como o locutor encadeia os argumentos? (Os argumentos são encadeados por justaposição)

  • Depois, pergunte se é possível organizar o enunciado relacionando as ideias através de elementos linguísticos. Convide-os ao exercício da reorganização com o auxílio de conectivos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 27 minutos

Orientações:

  • Antes de apresentar o desafio, explique que a conexão se faz por palavras conhecidas como conectivos, elementos linguísticos responsáveis por indicar a argumentatividade do enunciado.
  • Organize a turma em dois grupos. A escolha dessa organização se dá em virtude da complexidade da atividade, posto que se pressupõe ser esse o primeiro contato da turma com o tema.
  • Entregue um texto de trabalho para cada grupo. Explique que receberão um editorial, publicado no Jornal O Globo, que expressa a opinião do referido jornal sobre a questão da intolerância religiosa. Texto disponível aqui.
  • Em seguida, entregue um envelope contendo as pistas da caça ao tesouro. Explique que essas pistas dizem respeito ao sentido que esses “tesouros linguísticos” têm na construção do sentido argumentativo dos textos. Imprima as pistas que se encontram disponíveis aqui. Caso seja necessário, acesse a solução das pistas aqui.
  • Diga que o desafio consiste em localizar no texto que receberão os conectivos responsáveis pelas relações de sentido indicadas nas pistas, anotando-os no espaço indicado na tabela que receberão. Dê tempo para que façam a atividade (15 minutos).
  • Solicite que cada grupo socialize os resultados do desafio proposto. Anotando as respostas no quadro disponível aqui (reproduza-o em tamanho maior). Os exemplos solicitados no quadro são os trechos do texto nos quais aparecem.
  • Depois que todos os grupos socializarem, conduza a análise das respostas, comparando as relações e os elementos encontrados pelos dois grupos. Leve-os a perceber que alguns elementos linguísticos aparecem nos dois textos, pois os sentidos também são comuns nos dois textos e que isso tem a ver com os movimentos argumentativos que se faz na defesa de opiniões.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Encerrada a socialização dos resultados do desafio, convide-os a sintetizar as informações geradas durante a atividade. Para isso, apresente, ou reproduza em cartaz, o quadro do slide. Acesse o material para impressão disponível aqui.
  • Cruzando os dados dos quadros da etapa anterior, convide-os a comparar e sistematizar as informações coletadas dos textos lidos.
  • Finalizada a síntese, explique que não há somente esses conectivos e essas relações, mas que estas são as que se encontram nos textos analisados. Diga que o quadro dos operadores argumentativos é bem mais amplo.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP18 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF89LP15 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano