15012
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Oralidade

Plano de aula - Apresentação de propostas orais: A questão da publicidade infantil no Brasil

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do Fundamental sobre propostas orais

Plano 11 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Katia Nelsina Pereira Chiaradia

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco nos gêneros Carta de Solicitação e Apresentação de propostas orais no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários: Cópias de trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda.

Informações sobre o gênero: Apresentação de propostas orais: gênero oral e relativamente formal, em que um expositor dirige-se a um grupo de ouvintes, de maneira estruturada e planejada, para lhes transmitir conteúdo, informar e esclarecer sobre determinado tema ou ainda solicitar/reivindicar alguma coisa.

Dificuldades antecipadas: É possível que os estudantes não coordenem, inicialmente, os turnos de fala entre si. Dependendo da região do país, pode ser importante substituir “bolacha” por “biscoito”, para que os estudantes se apropriem mais do assunto.

Referências sobre o assunto:

MAGALHÃES, Marcia Aparecida Alberto; CHAVES, Lindinalva Messias do Nascimento. Uma proposta de ensino do gênero Exposição Oral. Revista Philologus, ano 21, no. 61 Supl.: Anais do VII SINEFIL. Rio de Janeiro: CiFEFiL, jan./abr 2015. Disponível em: <http://www.filologia.org.br/rph/ANO21/61supl/089.pdf>. Acesso em: 12 ago. 2018.

SILVA, Ana Virgínia. Dos textos escritos à exposição oral acadêmica. Revele: Revista Virtual dos Estudantes de Letras. v. 6, 2013. Disponível em: <https://seer.ufmg.br/index.php/revele/article/view/9469/7357>. Acesso em: 12 ago. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Projete o tema da aula ou redija-o no quadro para que todos possam lê-lo. Questione sobre o que os alunos já ouviram falar sobre publicidade infantil. Se você desenvolveu a aula anterior deste módulo, relembre o trecho da audiência pública assistida, em que se discute a questão da publicidade infantil para alimentos no país. A nutricionista, professora, pesquisadora, atual presidente do Consea (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional) Elisabetta Recine fez uma apresentação oral e se posiciona favoravelmente à regulamentação da publicidade infantil de alimentos e de todos os demais elementos que podem levar ou não uma pessoa a ter uma alimentação saudável.
  • Explique aos estudantes que a aula ajudará na preparação da apresentação oral que será feita por grupos de alunos na próxima aula (plano de aula 12) e também no planejamento de uma carta de solicitação (plano de aula 13), caso você esteja desenvolvendo os módulos completos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Solicite que os estudantes se dividam em 4 ou 5 grupos equilibrados numericamente. Explique que os grupos serão responsáveis por, nessa aula, estudar o assunto “a questão da publicidade infantil no Brasil” para, nas próximas aulas, construir uma apresentação oral sobre o assunto e apresentá-la à turma.
  • Coloque a questão acima em discussão.
  • Deixe que os alunos exponham sua visão sobre o que seria publicidade.
  • Auxilie na compreensão do questionamento, fazendo as seguintes perguntas: a) o que seria publicidade, de forma geral? b) Qual a função da publicidade? c) Como anúncios são construídos? Durante os questionamentos do comando anterior, conduza a discussão à compreensão de que publicidade são mensagens, cuja produção é paga por empresas, com a finalidade de convencer alguém (o consumidor) a adquirir/consumir algum produto (material ou imaterial). Essas publicidades são propagandas em televisão, em jornais, outdoors, vinhetas em rádios, banners na internet etc.
  • Conduza a turma à resposta de que publicidade infantil, portanto, consiste em propagandas direcionadas para criança.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • Faça a pergunta aos grupos.
  • Para auxiliar nas respostas, questione-os se a publicidade funciona de fato. Pergunte também se os alunos já sentiram vontade de comprar algum produto por causa de alguma publicidade.
  • Deixe que os alunos contem suas experiências de como foram ou não convencidos a comprar/consumir algum produto.
  • Diante das respostas, pergunte, por fim, como a publicidade nos convence a comprar/consumir algum produto.
  • Instrua os grupos a discutirem a questão de como a publicidade nos convence a comprar. Determine entre 5 e 10 minutos para essa discussão. Ao longo dessa etapa, ande pela sala auxiliando os grupos na construção da discussão.
  • Após o término das discussões, peça aos grupos que exponham suas conclusões sobre como a publicidade convence as pessoas a comprar/consumir algum produto. Entre as respostas possíveis (e que podem complementar as respostas dos grupos) estão: utilização de imagens bonitas do produto que nos fazem ter vontade de tê-lo; construção da ideia de que, ao ter/consumir determinado produto o indivíduo será mais bonito, saudável, interessante, legal etc. Posicionamento estratégico das propagandas (anúncios de comida veiculados próximo ao horário das refeições, por exemplo). Ou seja, a utilização de recursos de persuasão, de convencimento.
  • Uma vez terminada a exposição das respostas do grupo, retorne à pergunta do slide acima. Explique que toda a atividade de discussão feita tem por objetivo fundamentar, dar base as respostas à pergunta do slide. Diga que ainda há uma última questão a ser discutida antes de chegarem a uma boa resposta para a pergunta principal.
  • Questione se crianças têm senso crítico, senso de discernimento, para saberem quando consumir ou não algo; indague se crianças conseguem determinar o que é essencial ou supérfluo na hora de consumir. Deixe que os estudantes respondam também a esses questionamentos.
  • Finalmente, peça que os grupos respondam à pergunta do slide com base em toda a discussão feita. Saliente que seria interessante os grupos anotarem as respostas e os elementos mais importantes da discussão para ajudar na construção da apresentação oral a ser feita para as próximas aulas. As respostas dos grupos devem girar em torno de haver problemas em relação à publicidade infantil no Brasil porque as crianças, muitas vezes, por estarem em formação, podem ser manipuladas pelos recursos de persuasão utilizados nas propagandas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Exponha a propaganda aos alunos.
  • Considerando as discussões feitas anteriormente, peça aos grupos que analisem, na propaganda do slide, quais são os elementos de convencimento tanto de crianças quanto de seus pais. Deixe que discutam isso por 5 minutos.
  • Questione quais foram os elementos encontrados pelos grupos e deixem que exponham suas análises. Entre os elementos presentes na propaganda para convencimento de crianças, é possível apontar as cores vibrantes, a imagem estilizada da bolacha e a ênfase em seu recheio, a concepção divertida do propaganda (cores, imagem do mascote da marca, cenário com características de cenário de aventura). Em relação aos pais, a predominância dos elementos está nos textos. Entre eles, destacam-se: a associação do produto à matemática, ao estudo; a promessa de vitaminas em triplo, que darão mais energia. O fato de “maior energia” e “matemática” estarem juntos na mesma publicidade, faz com que seja possível a associação com melhor desempenho escolar das crianças. Ao longo das respostas, sistematize no quadro os elementos direcionados para pais e filhos na propaganda e peça aos alunos que façam anotações.
  • Pergunte aos estudantes se bolacha recheada é um alimento saudável e por quê. Espera-se que a resposta seja “não”, por causa do alto teor de açúcar, gorduras (mesmo que não tenha gordura trans, há outro tipo de gorduras que, em excesso, fazem mal).
  • Questione também se há outras formas mais saudáveis de conseguir vitaminas que não seja comendo bolacha recheada. Os estudantes podem citar o consumo de frutas, verduras, grãos e alimentos mais saudáveis como forma de obter vitaminas. Se for necessário, permita que aquelas que tenham celulares com acesso a internet pesquisem rapidamente o assunto.
  • Em seguida, diga que os grupos receberão uma cópia de um trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda. Esse documento visa estabelecer formas corretas, adequadas, éticas de se fazer publicidade no Brasil.
  • Instrua os grupos a analisarem o documento e, partir disso, verificar se a propaganda da Trakinas respeita ou não esse código de ética. A análise de cada grupo deverá ser exposta oralmente com a sala. Determine cerca de 10 minutos para essa análise. Ao longo dessa etapa, ande pela sala auxiliando os grupos no entendimento do Código de Ética e na produção da análise.
  • Após a conclusão da etapa de produção das análises, peça aos grupos que apresentem, cada qual, a sua. Instrua os estudantes a fazerem anotações de informações para auxiliar na futura produção da apresentação oral. As análises provavelmente focarão o não cumprimento/desrespeito da propaganda ao terceiro e quarto tópicos do trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda. Em relação ao terceiro trecho do código, os alunos podem associar a propaganda da Trakinas à condução ao erro em razão de a bolacha não ser de fato saudável e não auxiliar no desempenho escolar. Essas mesmas questões também podem se relacionar à questão da inverdade e da desonestidade previstas no Código de Ética. Em relação ao quarto tópico do Código de Ética, a propaganda fere a questão de trazer benefícios à sociedade: a propaganda não faz isso, visto que leva ao consumo de produto não saudável e que pode gerar problemas de saúde (obesidade, diabetes, cáries etc.).
  • Diante das exposições, pergunte aos alunos como resolver esse problema nas propagandas infantis, constatado ao longo das discussões anteriormente feitas. Peça que, em suas respostas, considerem um agente (quem fará a ação para resolver); a ação (o que será feito); e a finalidade (qual será o resultado da ação), objetivos ou consequência de implementar essa ação. Dê algum tempo para os estudantes pensarem e, em seguida, auxilie-os na construção das soluções. Entre as respostas possíveis estão: a criação de leis, que regulamentem ou proíbam publicidade infantil, e/ou maior fiscalização de publicidades pelo governo; a melhor educação da população sobre a questão por parte de pais, escolas, universidades etc. Os objetivos ao implementar tais medidas se relacionam a impedir que crianças sejam manipuladas por propagandas que as levam a consumir produtos supérfluos e prejudiciais à saúde.
  • Uma vez terminadas as discussões, retome a estrutura de apresentação oral encontrada na aula anterior, o plano 10. Você pode acessá-lo aqui.
  • Diga aos alunos que, com base nessa organização, os grupos deverão estruturar uma apresentação oral para ser apresentada na próxima aula.
  • Explique que, a partir da organização estudada da apresentação oral e no conteúdo temático discutido sobre publicidade infantil, na contextualização, por exemplo, eles devem explicar o que é publicidade e o que é publicidade infantil ou quaisquer outras informações que apresentem a questão de forma geral. No desenvolvimento, oriente os estudantes a se posicionarem sobre a questão e explicarem qual o problema que a envolve. E, por fim, na proposta de solução para o problema, oriente-os a propor medidas similares àquelas discutidas há pouco. Lembre-os de que uma solicitação que proponha uma solução deve conter agente (quem fará a ação para resolver); a ação (o que será feito); e a finalidade, objetivos ou consequência de implementar essa ação.
  • Incentive-os a, por meio de pesquisas, buscarem exemplificações de propagandas direcionadas para crianças para a parte de desenvolvimento da apresentação oral. Sugere-se a utilização do laboratório de informática ou da biblioteca para que se faça a pesquisa e a coleta de exemplos.
  • Peça que os estudantes que, fazendo uso das anotações de sala e das pesquisas que ainda farão, preparem em casa as apresentações para serem exibidas na aula seguinte. Sugira que utilizem, em suas apresentações, slides de Google Apresentações, Power Point ou Prezi como apoio para as apresentações orais.

Materiais complementares:

Impressão ou cópias do trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda, disponível aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Questione qual foi a importância de participar das discussões feitas ao longo da aula. É importante que os alunos compreendam que a aula proporcionou base para que eles compreendam a problemática da publicidade infantil no Brasil.
  • Pergunte aos alunos se seria possível discutir sobre determinada questão sem que haja conhecimento sobre ela. Faça com que eles entendam que é preciso conhecer um assunto, ao discuti-lo, para que não haja superficialidade ou equívocos na construção da argumentação, posicionamento, de quem discute.
  • Por fim, oriente os grupos a trazerem suas anotações para a próxima aula. Eles irão utilizá-las para construir a apresentação oral. Se julgar necessário, solicite que os alunos também façam pesquisas em casa a fim de complementar as informações sobre o assunto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é décima primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco nos gêneros Carta de Solicitação e Apresentação de propostas orais no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de Oralidade.

Materiais necessários: Cópias de trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda.

Informações sobre o gênero: Apresentação de propostas orais: gênero oral e relativamente formal, em que um expositor dirige-se a um grupo de ouvintes, de maneira estruturada e planejada, para lhes transmitir conteúdo, informar e esclarecer sobre determinado tema ou ainda solicitar/reivindicar alguma coisa.

Dificuldades antecipadas: É possível que os estudantes não coordenem, inicialmente, os turnos de fala entre si. Dependendo da região do país, pode ser importante substituir “bolacha” por “biscoito”, para que os estudantes se apropriem mais do assunto.

Referências sobre o assunto:

MAGALHÃES, Marcia Aparecida Alberto; CHAVES, Lindinalva Messias do Nascimento. Uma proposta de ensino do gênero Exposição Oral. Revista Philologus, ano 21, no. 61 Supl.: Anais do VII SINEFIL. Rio de Janeiro: CiFEFiL, jan./abr 2015. Disponível em: <http://www.filologia.org.br/rph/ANO21/61supl/089.pdf>. Acesso em: 12 ago. 2018.

SILVA, Ana Virgínia. Dos textos escritos à exposição oral acadêmica. Revele: Revista Virtual dos Estudantes de Letras. v. 6, 2013. Disponível em: <https://seer.ufmg.br/index.php/revele/article/view/9469/7357>. Acesso em: 12 ago. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Projete o tema da aula ou redija-o no quadro para que todos possam lê-lo. Questione sobre o que os alunos já ouviram falar sobre publicidade infantil. Se você desenvolveu a aula anterior deste módulo, relembre o trecho da audiência pública assistida, em que se discute a questão da publicidade infantil para alimentos no país. A nutricionista, professora, pesquisadora, atual presidente do Consea (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional) Elisabetta Recine fez uma apresentação oral e se posiciona favoravelmente à regulamentação da publicidade infantil de alimentos e de todos os demais elementos que podem levar ou não uma pessoa a ter uma alimentação saudável.
  • Explique aos estudantes que a aula ajudará na preparação da apresentação oral que será feita por grupos de alunos na próxima aula (plano de aula 12) e também no planejamento de uma carta de solicitação (plano de aula 13), caso você esteja desenvolvendo os módulos completos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Solicite que os estudantes se dividam em 4 ou 5 grupos equilibrados numericamente. Explique que os grupos serão responsáveis por, nessa aula, estudar o assunto “a questão da publicidade infantil no Brasil” para, nas próximas aulas, construir uma apresentação oral sobre o assunto e apresentá-la à turma.
  • Coloque a questão acima em discussão.
  • Deixe que os alunos exponham sua visão sobre o que seria publicidade.
  • Auxilie na compreensão do questionamento, fazendo as seguintes perguntas: a) o que seria publicidade, de forma geral? b) Qual a função da publicidade? c) Como anúncios são construídos? Durante os questionamentos do comando anterior, conduza a discussão à compreensão de que publicidade são mensagens, cuja produção é paga por empresas, com a finalidade de convencer alguém (o consumidor) a adquirir/consumir algum produto (material ou imaterial). Essas publicidades são propagandas em televisão, em jornais, outdoors, vinhetas em rádios, banners na internet etc.
  • Conduza a turma à resposta de que publicidade infantil, portanto, consiste em propagandas direcionadas para criança.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 40 minutos

Orientações:

  • Faça a pergunta aos grupos.
  • Para auxiliar nas respostas, questione-os se a publicidade funciona de fato. Pergunte também se os alunos já sentiram vontade de comprar algum produto por causa de alguma publicidade.
  • Deixe que os alunos contem suas experiências de como foram ou não convencidos a comprar/consumir algum produto.
  • Diante das respostas, pergunte, por fim, como a publicidade nos convence a comprar/consumir algum produto.
  • Instrua os grupos a discutirem a questão de como a publicidade nos convence a comprar. Determine entre 5 e 10 minutos para essa discussão. Ao longo dessa etapa, ande pela sala auxiliando os grupos na construção da discussão.
  • Após o término das discussões, peça aos grupos que exponham suas conclusões sobre como a publicidade convence as pessoas a comprar/consumir algum produto. Entre as respostas possíveis (e que podem complementar as respostas dos grupos) estão: utilização de imagens bonitas do produto que nos fazem ter vontade de tê-lo; construção da ideia de que, ao ter/consumir determinado produto o indivíduo será mais bonito, saudável, interessante, legal etc. Posicionamento estratégico das propagandas (anúncios de comida veiculados próximo ao horário das refeições, por exemplo). Ou seja, a utilização de recursos de persuasão, de convencimento.
  • Uma vez terminada a exposição das respostas do grupo, retorne à pergunta do slide acima. Explique que toda a atividade de discussão feita tem por objetivo fundamentar, dar base as respostas à pergunta do slide. Diga que ainda há uma última questão a ser discutida antes de chegarem a uma boa resposta para a pergunta principal.
  • Questione se crianças têm senso crítico, senso de discernimento, para saberem quando consumir ou não algo; indague se crianças conseguem determinar o que é essencial ou supérfluo na hora de consumir. Deixe que os estudantes respondam também a esses questionamentos.
  • Finalmente, peça que os grupos respondam à pergunta do slide com base em toda a discussão feita. Saliente que seria interessante os grupos anotarem as respostas e os elementos mais importantes da discussão para ajudar na construção da apresentação oral a ser feita para as próximas aulas. As respostas dos grupos devem girar em torno de haver problemas em relação à publicidade infantil no Brasil porque as crianças, muitas vezes, por estarem em formação, podem ser manipuladas pelos recursos de persuasão utilizados nas propagandas.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Exponha a propaganda aos alunos.
  • Considerando as discussões feitas anteriormente, peça aos grupos que analisem, na propaganda do slide, quais são os elementos de convencimento tanto de crianças quanto de seus pais. Deixe que discutam isso por 5 minutos.
  • Questione quais foram os elementos encontrados pelos grupos e deixem que exponham suas análises. Entre os elementos presentes na propaganda para convencimento de crianças, é possível apontar as cores vibrantes, a imagem estilizada da bolacha e a ênfase em seu recheio, a concepção divertida do propaganda (cores, imagem do mascote da marca, cenário com características de cenário de aventura). Em relação aos pais, a predominância dos elementos está nos textos. Entre eles, destacam-se: a associação do produto à matemática, ao estudo; a promessa de vitaminas em triplo, que darão mais energia. O fato de “maior energia” e “matemática” estarem juntos na mesma publicidade, faz com que seja possível a associação com melhor desempenho escolar das crianças. Ao longo das respostas, sistematize no quadro os elementos direcionados para pais e filhos na propaganda e peça aos alunos que façam anotações.
  • Pergunte aos estudantes se bolacha recheada é um alimento saudável e por quê. Espera-se que a resposta seja “não”, por causa do alto teor de açúcar, gorduras (mesmo que não tenha gordura trans, há outro tipo de gorduras que, em excesso, fazem mal).
  • Questione também se há outras formas mais saudáveis de conseguir vitaminas que não seja comendo bolacha recheada. Os estudantes podem citar o consumo de frutas, verduras, grãos e alimentos mais saudáveis como forma de obter vitaminas. Se for necessário, permita que aquelas que tenham celulares com acesso a internet pesquisem rapidamente o assunto.
  • Em seguida, diga que os grupos receberão uma cópia de um trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda. Esse documento visa estabelecer formas corretas, adequadas, éticas de se fazer publicidade no Brasil.
  • Instrua os grupos a analisarem o documento e, partir disso, verificar se a propaganda da Trakinas respeita ou não esse código de ética. A análise de cada grupo deverá ser exposta oralmente com a sala. Determine cerca de 10 minutos para essa análise. Ao longo dessa etapa, ande pela sala auxiliando os grupos no entendimento do Código de Ética e na produção da análise.
  • Após a conclusão da etapa de produção das análises, peça aos grupos que apresentem, cada qual, a sua. Instrua os estudantes a fazerem anotações de informações para auxiliar na futura produção da apresentação oral. As análises provavelmente focarão o não cumprimento/desrespeito da propaganda ao terceiro e quarto tópicos do trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda. Em relação ao terceiro trecho do código, os alunos podem associar a propaganda da Trakinas à condução ao erro em razão de a bolacha não ser de fato saudável e não auxiliar no desempenho escolar. Essas mesmas questões também podem se relacionar à questão da inverdade e da desonestidade previstas no Código de Ética. Em relação ao quarto tópico do Código de Ética, a propaganda fere a questão de trazer benefícios à sociedade: a propaganda não faz isso, visto que leva ao consumo de produto não saudável e que pode gerar problemas de saúde (obesidade, diabetes, cáries etc.).
  • Diante das exposições, pergunte aos alunos como resolver esse problema nas propagandas infantis, constatado ao longo das discussões anteriormente feitas. Peça que, em suas respostas, considerem um agente (quem fará a ação para resolver); a ação (o que será feito); e a finalidade (qual será o resultado da ação), objetivos ou consequência de implementar essa ação. Dê algum tempo para os estudantes pensarem e, em seguida, auxilie-os na construção das soluções. Entre as respostas possíveis estão: a criação de leis, que regulamentem ou proíbam publicidade infantil, e/ou maior fiscalização de publicidades pelo governo; a melhor educação da população sobre a questão por parte de pais, escolas, universidades etc. Os objetivos ao implementar tais medidas se relacionam a impedir que crianças sejam manipuladas por propagandas que as levam a consumir produtos supérfluos e prejudiciais à saúde.
  • Uma vez terminadas as discussões, retome a estrutura de apresentação oral encontrada na aula anterior, o plano 10. Você pode acessá-lo aqui.
  • Diga aos alunos que, com base nessa organização, os grupos deverão estruturar uma apresentação oral para ser apresentada na próxima aula.
  • Explique que, a partir da organização estudada da apresentação oral e no conteúdo temático discutido sobre publicidade infantil, na contextualização, por exemplo, eles devem explicar o que é publicidade e o que é publicidade infantil ou quaisquer outras informações que apresentem a questão de forma geral. No desenvolvimento, oriente os estudantes a se posicionarem sobre a questão e explicarem qual o problema que a envolve. E, por fim, na proposta de solução para o problema, oriente-os a propor medidas similares àquelas discutidas há pouco. Lembre-os de que uma solicitação que proponha uma solução deve conter agente (quem fará a ação para resolver); a ação (o que será feito); e a finalidade, objetivos ou consequência de implementar essa ação.
  • Incentive-os a, por meio de pesquisas, buscarem exemplificações de propagandas direcionadas para crianças para a parte de desenvolvimento da apresentação oral. Sugere-se a utilização do laboratório de informática ou da biblioteca para que se faça a pesquisa e a coleta de exemplos.
  • Peça que os estudantes que, fazendo uso das anotações de sala e das pesquisas que ainda farão, preparem em casa as apresentações para serem exibidas na aula seguinte. Sugira que utilizem, em suas apresentações, slides de Google Apresentações, Power Point ou Prezi como apoio para as apresentações orais.

Materiais complementares:

Impressão ou cópias do trecho do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda, disponível aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Questione qual foi a importância de participar das discussões feitas ao longo da aula. É importante que os alunos compreendam que a aula proporcionou base para que eles compreendam a problemática da publicidade infantil no Brasil.
  • Pergunte aos alunos se seria possível discutir sobre determinada questão sem que haja conhecimento sobre ela. Faça com que eles entendam que é preciso conhecer um assunto, ao discuti-lo, para que não haja superficialidade ou equívocos na construção da argumentação, posicionamento, de quem discute.
  • Por fim, oriente os grupos a trazerem suas anotações para a próxima aula. Eles irão utilizá-las para construir a apresentação oral. Se julgar necessário, solicite que os alunos também façam pesquisas em casa a fim de complementar as informações sobre o assunto.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP24 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP25 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP26 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano