15005
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 2º ano > Oralidade

Plano de aula - Planejando e elaborando uma instrução de brincadeira oral

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 2º ano do Fundamental sobre oralidade e brincadeiras

Plano 11 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Amara Maria Bicudo De Souza

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é 11ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Instrução de Brincadeira e no campo de atuação da vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Aparelho para reprodução do vídeo (multimídia ou datashow), que possa ser usado em sala de aula e sulfite (para anotações dos grupos - planejamento).

Informações sobre o gênero: Esse gênero textual tem características bem específicas. Ele se apóia em frases curtas elencadas por meio de letras ou números, verbo no imperativo ou no infinitivo, sequências de ações que demandam recomendações para cada passo a ser realizado. O gênero Texto Instrucional - “ Instruções de Montagem” apresenta, portanto, uma série de orientações que devem ser seguidas por quem deseja criar algo. Em geral, o texto é composto pelo título - o nome do objeto a ser confeccionado, a lista dos materiais necessários, a que se seguem as orientações de como se confecciona.Os gêneros orais formais que circulam na escola, sequer percebemos que fazem parte de nossa prática cotidiana. A vantagem de explorá-lo como objeto de ensino-aprendizagem de língua-materna está justamente no fato de muitos deles constituírem práticas sociais reais.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem encontrar dificuldades em identificar no texto de instrução de brincadeira oral, as três partes principais que o compõem (título, materiais e necessários e modo de brincar) e consequentemente oralizá-las numa sequência correta de fatos. A questão da oralidade pode ser também uma dificuldade dos alunos, já que numa apresentação oral é necessário que haja clareza na fala, boa articulação das palavras, sequência correta das instruções, etc.

Referências sobre o assunto:

GARCIA-REIS, Andreia Rezende; BOTELHO, Laura Silveira; MAGALHÃES, Tânia Guedes (Orgs.) Leitura e escrita de textos instrucionais. Recife: Pipa Comunicação, 2017. p. 69 - 96.

MARCUSCHI, Luiz Antônio; DIONíSIO, Angela Paiva (Orgs.) Fala e escrita. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

SCHNEUWLY, B.;DOLZ, J.et al. Os generos escolares-práticas de linguagem aos objetos de ensino. In.SCHNEUWLY, B.;DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Marci; CAVALCANTE, Marianne C.B. (Orgs.) Diversidade Textual: o gênero na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Diga aos alunos que nesta aula irão assistir dois vídeos que ensinam algumas brincadeiras. Em seguida, se reunirão em grupos para planejar um texto de instrução oral de brincadeira, baseado nas características que observarem nos vídeos.

Introdução </span> <svg width="24" height="24" viewBox="0 0 24 24" xmlns="http://www.w3.org/2000/svg"><title>select-down

Slide Plano Aula Introdução <p><strong>Tempo sugerido</strong>: 11 minutos</p><p><strong>Orientações:</strong></p><ul><li>Inicialmente converse com os alunos sobre as possibilidades de ensinarmos a construir uma brincadeira: por meio de um texto escrito (instruções de brincadeiras) ou por meio da fala (com demonstração prática ou apenas oralmente). </li><li>Diga aos alunos que irão assistir dois vídeos de instrução de brincadeiras. Peça que prestem bastante atenção nos vídeos porque irão conversar sobre eles depois.</li><li>Passe os vídeos das brincadeiras Vivo ou morto e Passa Balão (disponíveis nos materiais complementares).</li><li>Após a apresentação dos vídeos, discuta com os alunos as seguintes questões:</li><li>O que nos ensinam os vídeos que acabamos de assistir?</li></ul><p>Espera-se que os alunos digam que os vídeos ensinam como brincar de vivo ou morto e passa balão.</p><ul><li>Vocês conseguiram perceber os nomes das brincadeiras no vídeo? Em que momento descobriram isso?</li></ul><p>Os nomes das brincadeiras e o momento em que aparecem são muito claros e isso as crianças terão percepção rápida. Uma ou outra criança pode não ter percebido porque aparecem logo no início e de forma bem rápida.</p><ul><li>Quem lembra quais são as três partes de um texto de instrução?</li></ul><p>Aqui espera-se que os alunos já nomeiem as partes e saibam até explicá-las, visto que há uma sequência de atividades. Porém, se esta sequência não estiver sendo seguida completamente, é importante que os alunos saibam nomear as partes: título, materiais necessários e modo de fazer.</p><ul><li>Vocês conseguiram perceber essas partes nos dois vídeos? Vamos anotá-las no quadro e em seguida vamos lembrando em quais partes dos vídeos aparecem os materiais usados e o modo de brincar.</li></ul><p>Nessa questão, é preciso que os alunos citem em que momento dos dois vídeos perceberam as partes do texto de instrução de brincadeira. Retomar com os alunos as partes que compõem um texto de instrução, significa trazer à tona um conhecimento já adquirido e complementá-lo com novas possibilidades, que no caso, a oralidade traz em si mesma. Por isso, espera-se que os alunos consigam observar que os títulos das brincadeiras aparecem quando são citados seus nomes, tanto pela personagem da minhoca, como pela menina. Em relação ao materiais usados, espera-se que os alunos percebam que no vídeo da brincadeira Vivo ou Morto não há materiais usados, enquanto que no segundo vídeo, são apresentados quais serão os materiais necessários. Já na terceira e última parte de um texto de instrução, que é em si o modo de ensinar a brincar, os dois vídeos contam com a explicação do orador. Essas percepções nem sempre estarão nítidas para os alunos, mesmo quando questionados, por isso, vá intervindo à medida que se fizer necessário.</p><ul><li>Quem explica como é a brincadeira em cada um dos vídeos?</li></ul><p>Espera-se que os alunos notem que no vídeo da brincadeira “vivo ou morto” é a minhoca (personagem) quem ensina a brincar. Já no vídeo da brincadeira “passa balão” é uma menina (criança) quem explica a brincadeira.</p><ul><li>Enquanto acontece essa retomada e as comparações entre os vídeos, coloque no quadro os nomes dos dois vídeos e vá anotando junto com os alunos essas três características presentes em cada vídeo, de maneira bem sucinta, porque estão apenas retomando, pois o foco é planejar e para isso precisam ter subsídios.</li></ul><p></p><p><strong>Materiais complementares: </strong></p><p>Para acessar os vídeos das brincadeiras, clique:</p><p>Brincadeira Vivo ou Morto: <a href='https://www.youtube.com/watch?v=pwJ0OcZ4Kpc' target='_blank';><span style="text-decoration: underline;">https://www.youtube.com/watch?v=pwJ0OcZ4Kpc</span></a> (tempo: 2’11”) acesso em 12/11/2018</p><p>Brincadeira Passa Balão: <a href='https://www.youtube.com/watch?v=JsN1Wru0yiQ' target='_blank';><span style="text-decoration: underline;">https://www.youtube.com/watch?v=JsN1Wru0yiQ</span></a> (tempo 1’46”) acesso em 12/11/2018</p> <div class="ne-clearfix"></div> </div> </div> </div> </section> <section id="atividade-desenvolvimento"> <div data-ne-component="ne-accordion" class="ne-accordion active ne-card ne-margin-bottom-2"> <p class="ne-accordion__header ne-card__title ne-bg-acai ne-uppercase" style="border: none!important;"> <span>Desenvolvimento </span> <svg width="24" height="24" viewBox="0 0 24 24" xmlns="http://www.w3.org/2000/svg"><title>select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 28 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos quem consegue explicar as instruções de uma brincadeira conhecida. Provavelmente, vários alunos irão se manifestar. Pergunte a esses alunos quais os aspectos que apareceram nos vídeos que assistiram e que não podem esquecer quando forem ensinar uma brincadeira.
  • Liste no quadro os principais tópicos apresentados pelos alunos.

Aqui, espera-se que os alunos apresentem como tópicos as três principais características de um texto de instrução já mencionadas, a clareza ao falar, quem irá falar, quem irá brincar, todas as etapas de como se brinca, etc. Essa sistematização das informações ajudará no momento de planejar o texto oral. Por isso, se os alunos não mencionarem todos esses tópicos, vá questionando-os para que reflitam e cheguem às conclusões esperadas.

  • Em seguida, divida os alunos em grupos de seis alunos.
  • Peça que eles sugiram nomes de brincadeiras que gostariam de ensinar aos colegas. Cada grupo irá escolher uma brincadeira. Vá mediando essa escolha para que não apareçam brincadeiras repetidas e possa se garantir um repertório maior de brincadeiras na turma. A ideia é que os alunos sugiram brincadeiras tradicionais conhecidas por eles como por exemplo: Corre-cotia, pega-pega, amarelinha, barra-manteiga, etc.
  • Após a escolha, entregue uma tabela para cada grupo e diga que nessa tabela devem anotar as partes principais da brincadeira que cada grupo ensinará aos colegas, quais serão os participantes, qual a função de cada um na apresentação oral etc. Essa tabela servirá para norteá-los no planejamento, ao mesmo tempo que, facilitará para você professor, perceber em que partes cada grupo está encontrando mais ou menos dificuldades, favorecendo sua orientação.
  • Peça para que, ao planejar, não esqueçam o que é necessário e essencial no texto oral. Lembre-os que a lista elaborada por eles está no quadro para ser consultada e que podem o tempo todo retomá-la em seu planejamento. A ideia é que esse registro contenha as informações principais para orientar a fala durante a apresentação da brincadeira.
  • Diga aos grupos que podem dividir as funções (cada um explica uma parte da brincadeira) ou eleger um orador (alguém que representará o grupo).
  • Explique que a ideia é ensinar como brincar, apresentando o nome da brincadeira, quantas pessoas, quais materiais são necessários, e o como brincar, englobando assim as três principais características de um texto de instrução.
  • Passe o tempo todo pelos grupos orientando e chamando a atenção dos alunos para o que é preciso que se tenha no texto.

Materiais complementares:

Acesse a tabela: clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Após o planejamento do texto oral, peça para que cada grupo apresente para a sala qual a brincadeira escolhida, o que é necessário para que possam brincar e como se brinca.
  • O importante é que todos oralizem o que planejaram e ao mesmo tempo percebam as diferenças entre as apresentações.
  • Para isso, ao final das apresentações, faça uma avaliação coletiva. Questione os alunos a respeito das brincadeiras que ouviram os colegas apresentar. Pergunte se entenderam todas ou se houve alguma brincadeira que não compreenderam e o porquê, o que pode ter faltado, se foi falado baixo e/ou rápido, pergunte se eles perceberam a lista sendo seguida em todas as apresentações etc. Chame atenção dos alunos para a importância deste momento, em que podemos pensar em quais pontos podem ser melhorados na apresentação.

Espera-se que os alunos percebam que há diferentes maneiras de se apresentar uma brincadeira, porém elas devem ficar claras ao serem apresentadas para que sejam compreendidas. É como num texto escrito, se faltam informações ou estão erradas, o texto não atinge seu objetivo. Isso não é diferente num texto de instrução oral. Se não há clareza nas informações ou na explicação faltam partes, o texto também não atinge seu objetivo: ensinar a brincar (nesse caso).

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é 11ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Instrução de Brincadeira e no campo de atuação da vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de oralidade.

Materiais necessários: Aparelho para reprodução do vídeo (multimídia ou datashow), que possa ser usado em sala de aula e sulfite (para anotações dos grupos - planejamento).

Informações sobre o gênero: Esse gênero textual tem características bem específicas. Ele se apóia em frases curtas elencadas por meio de letras ou números, verbo no imperativo ou no infinitivo, sequências de ações que demandam recomendações para cada passo a ser realizado. O gênero Texto Instrucional - “ Instruções de Montagem” apresenta, portanto, uma série de orientações que devem ser seguidas por quem deseja criar algo. Em geral, o texto é composto pelo título - o nome do objeto a ser confeccionado, a lista dos materiais necessários, a que se seguem as orientações de como se confecciona.Os gêneros orais formais que circulam na escola, sequer percebemos que fazem parte de nossa prática cotidiana. A vantagem de explorá-lo como objeto de ensino-aprendizagem de língua-materna está justamente no fato de muitos deles constituírem práticas sociais reais.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem encontrar dificuldades em identificar no texto de instrução de brincadeira oral, as três partes principais que o compõem (título, materiais e necessários e modo de brincar) e consequentemente oralizá-las numa sequência correta de fatos. A questão da oralidade pode ser também uma dificuldade dos alunos, já que numa apresentação oral é necessário que haja clareza na fala, boa articulação das palavras, sequência correta das instruções, etc.

Referências sobre o assunto:

GARCIA-REIS, Andreia Rezende; BOTELHO, Laura Silveira; MAGALHÃES, Tânia Guedes (Orgs.) Leitura e escrita de textos instrucionais. Recife: Pipa Comunicação, 2017. p. 69 - 96.

MARCUSCHI, Luiz Antônio; DIONíSIO, Angela Paiva (Orgs.) Fala e escrita. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

SCHNEUWLY, B.;DOLZ, J.et al. Os generos escolares-práticas de linguagem aos objetos de ensino. In.SCHNEUWLY, B.;DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Marci; CAVALCANTE, Marianne C.B. (Orgs.) Diversidade Textual: o gênero na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Diga aos alunos que nesta aula irão assistir dois vídeos que ensinam algumas brincadeiras. Em seguida, se reunirão em grupos para planejar um texto de instrução oral de brincadeira, baseado nas características que observarem nos vídeos.

Slide Plano Aula
Introdução <p><strong>Tempo sugerido</strong>: 11 minutos</p><p><strong>Orientações:</strong></p><ul><li>Inicialmente converse com os alunos sobre as possibilidades de ensinarmos a construir uma brincadeira: por meio de um texto escrito (instruções de brincadeiras) ou por meio da fala (com demonstração prática ou apenas oralmente). </li><li>Diga aos alunos que irão assistir dois vídeos de instrução de brincadeiras. Peça que prestem bastante atenção nos vídeos porque irão conversar sobre eles depois.</li><li>Passe os vídeos das brincadeiras Vivo ou morto e Passa Balão (disponíveis nos materiais complementares).</li><li>Após a apresentação dos vídeos, discuta com os alunos as seguintes questões:</li><li>O que nos ensinam os vídeos que acabamos de assistir?</li></ul><p>Espera-se que os alunos digam que os vídeos ensinam como brincar de vivo ou morto e passa balão.</p><ul><li>Vocês conseguiram perceber os nomes das brincadeiras no vídeo? Em que momento descobriram isso?</li></ul><p>Os nomes das brincadeiras e o momento em que aparecem são muito claros e isso as crianças terão percepção rápida. Uma ou outra criança pode não ter percebido porque aparecem logo no início e de forma bem rápida.</p><ul><li>Quem lembra quais são as três partes de um texto de instrução?</li></ul><p>Aqui espera-se que os alunos já nomeiem as partes e saibam até explicá-las, visto que há uma sequência de atividades. Porém, se esta sequência não estiver sendo seguida completamente, é importante que os alunos saibam nomear as partes: título, materiais necessários e modo de fazer.</p><ul><li>Vocês conseguiram perceber essas partes nos dois vídeos? Vamos anotá-las no quadro e em seguida vamos lembrando em quais partes dos vídeos aparecem os materiais usados e o modo de brincar.</li></ul><p>Nessa questão, é preciso que os alunos citem em que momento dos dois vídeos perceberam as partes do texto de instrução de brincadeira. Retomar com os alunos as partes que compõem um texto de instrução, significa trazer à tona um conhecimento já adquirido e complementá-lo com novas possibilidades, que no caso, a oralidade traz em si mesma. Por isso, espera-se que os alunos consigam observar que os títulos das brincadeiras aparecem quando são citados seus nomes, tanto pela personagem da minhoca, como pela menina. Em relação ao materiais usados, espera-se que os alunos percebam que no vídeo da brincadeira Vivo ou Morto não há materiais usados, enquanto que no segundo vídeo, são apresentados quais serão os materiais necessários. Já na terceira e última parte de um texto de instrução, que é em si o modo de ensinar a brincar, os dois vídeos contam com a explicação do orador. Essas percepções nem sempre estarão nítidas para os alunos, mesmo quando questionados, por isso, vá intervindo à medida que se fizer necessário.</p><ul><li>Quem explica como é a brincadeira em cada um dos vídeos?</li></ul><p>Espera-se que os alunos notem que no vídeo da brincadeira “vivo ou morto” é a minhoca (personagem) quem ensina a brincar. Já no vídeo da brincadeira “passa balão” é uma menina (criança) quem explica a brincadeira.</p><ul><li>Enquanto acontece essa retomada e as comparações entre os vídeos, coloque no quadro os nomes dos dois vídeos e vá anotando junto com os alunos essas três características presentes em cada vídeo, de maneira bem sucinta, porque estão apenas retomando, pois o foco é planejar e para isso precisam ter subsídios.</li></ul><p></p><p><strong>Materiais complementares: </strong></p><p>Para acessar os vídeos das brincadeiras, clique:</p><p>Brincadeira Vivo ou Morto: <a href='https://www.youtube.com/watch?v=pwJ0OcZ4Kpc' target='_blank';><span style="text-decoration: underline;">https://www.youtube.com/watch?v=pwJ0OcZ4Kpc</span></a> (tempo: 2’11”) acesso em 12/11/2018</p><p>Brincadeira Passa Balão: <a href='https://www.youtube.com/watch?v=JsN1Wru0yiQ' target='_blank';><span style="text-decoration: underline;">https://www.youtube.com/watch?v=JsN1Wru0yiQ</span></a> (tempo 1’46”) acesso em 12/11/2018</p> </div> </div> <div class="ne-slide__image"> <div class="base-slides"> <img data-src="https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/XnYQDHzQcrsTXeFb5mr7RtV8C55aJXR8d97sXEGzpVumDQmNU6XYys7YUJtP/title-introducao" class="lazyload" alt="Slide Plano Aula"> </div> </div> </div> <div class="ne-slide swiper-slide" title="Desenvolvimento" data-hash="slide-4"> <div class="ne-slide__notes materiaPlano"> <div class="ne-wysiwyg"> <p><strong>Tempo sugerido</strong>: 28 minutos</p><p><strong>Orientações:</strong></p><ul><li>Pergunte aos alunos quem consegue explicar as instruções de uma brincadeira conhecida. Provavelmente, vários alunos irão se manifestar. Pergunte a esses alunos quais os aspectos que apareceram nos vídeos que assistiram e que não podem esquecer quando forem ensinar uma brincadeira.</li><li>Liste no quadro os principais tópicos apresentados pelos alunos. </li></ul><p>Aqui, espera-se que os alunos apresentem como tópicos as três principais características de um texto de instrução já mencionadas, a clareza ao falar, quem irá falar, quem irá brincar, todas as etapas de como se brinca, etc. Essa sistematização das informações ajudará no momento de planejar o texto oral. Por isso, se os alunos não mencionarem todos esses tópicos, vá questionando-os para que reflitam e cheguem às conclusões esperadas.</p><ul><li>Em seguida, divida os alunos em grupos de seis alunos.</li><li>Peça que eles sugiram nomes de brincadeiras que gostariam de ensinar aos colegas. Cada grupo irá escolher uma brincadeira. Vá mediando essa escolha para que não apareçam brincadeiras repetidas e possa se garantir um repertório maior de brincadeiras na turma. A ideia é que os alunos sugiram brincadeiras tradicionais conhecidas por eles como por exemplo: Corre-cotia, pega-pega, amarelinha, barra-manteiga, etc.</li><li>Após a escolha, entregue uma tabela para cada grupo e diga que nessa tabela devem anotar as partes principais da brincadeira que cada grupo ensinará aos colegas, quais serão os participantes, qual a função de cada um na apresentação oral etc. Essa tabela servirá para norteá-los no planejamento, ao mesmo tempo que, facilitará para você professor, perceber em que partes cada grupo está encontrando mais ou menos dificuldades, favorecendo sua orientação.</li><li>Peça para que, ao planejar, não esqueçam o que é necessário e essencial no texto oral. Lembre-os que a lista elaborada por eles está no quadro para ser consultada e que podem o tempo todo retomá-la em seu planejamento. A ideia é que esse registro contenha as informações principais para orientar a fala durante a apresentação da brincadeira.</li><li>Diga aos grupos que podem dividir as funções (cada um explica uma parte da brincadeira) ou eleger um orador (alguém que representará o grupo).</li><li>Explique que a ideia é ensinar como brincar, apresentando o nome da brincadeira, quantas pessoas, quais materiais são necessários, e o como brincar, englobando assim as três principais características de um texto de instrução. </li><li>Passe o tempo todo pelos grupos orientando e chamando a atenção dos alunos para o que é preciso que se tenha no texto.</li></ul><p><strong></strong></p><p><strong>Materiais complementares: </strong></p><p>Acesse a tabela: <a href='https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/KzRkxVvDkx3HPwRfCg6g7FRgv8CSXkpzErExqMexugKkkYzyjdeUJwEFDD8f/atividade-para-impressao-tabela-lp02-01sqa11.pdf' target='_blank';><span style="text-decoration: underline;">clique aqui. </span></a> </p> </div> </div> <div class="ne-slide__image"> <div class="base-slides"> <img data-src="https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/RDNcdECxwGb7c4ywn5TmJbNDspyhT2V5xqDHvUfJPp2Jd6ZfWZjXZ4BeAY4X/desenvolvimento" class="lazyload" alt="Slide Plano Aula"> </div> </div> </div> <div class="ne-slide swiper-slide" title="Fechamento" data-hash="slide-5"> <div class="ne-slide__notes materiaPlano"> <div class="ne-wysiwyg"> <p><strong>Tempo sugerido</strong>: 10 minutos</p><p><strong>Orientações:</strong></p><ul><li>Após o planejamento do texto oral, peça para que cada grupo apresente para a sala qual a brincadeira escolhida, o que é necessário para que possam brincar e como se brinca.</li><li>O importante é que todos oralizem o que planejaram e ao mesmo tempo percebam as diferenças entre as apresentações.</li><li>Para isso, ao final das apresentações, faça uma avaliação coletiva. Questione os alunos a respeito das brincadeiras que ouviram os colegas apresentar. Pergunte se entenderam todas ou se houve alguma brincadeira que não compreenderam e o porquê, o que pode ter faltado, se foi falado baixo e/ou rápido, pergunte se eles perceberam a lista sendo seguida em todas as apresentações etc. Chame atenção dos alunos para a importância deste momento, em que podemos pensar em quais pontos podem ser melhorados na apresentação.</li></ul><p>Espera-se que os alunos percebam que há diferentes maneiras de se apresentar uma brincadeira, porém elas devem ficar claras ao serem apresentadas para que sejam compreendidas. É como num texto escrito, se faltam informações ou estão erradas, o texto não atinge seu objetivo. Isso não é diferente num texto de instrução oral. Se não há clareza nas informações ou na explicação faltam partes, o texto também não atinge seu objetivo: ensinar a brincar (nesse caso).</p> </div> </div> <div class="ne-slide__image"> <div class="base-slides"> <img data-src="https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/7TmSfMjfng7VA9FRmQV8jrfPPV5UDxnduUJB9SkKqqXHehZ6eQz6XMrUtZqH/fechamento" class="lazyload" alt="Slide Plano Aula"> </div> </div> </div> </div> </div> <button data-ne-slides-action="nextSlide" class="ne-btn-outline ne-icon-only ne-slides__body__nav-next nextSlide"> <svg width="24" height="24" viewBox="0 0 24 24" xmlns="http://www.w3.org/2000/svg"> <title>ic_arrow_next_24px

Compartilhe este conteúdo:

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 2º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 2º ano:

2º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF12LP06 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas