14986
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 5º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Conjunções

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 5º ano do EF sobre Conjunções

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Tânia Tavares Paulino

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é identificar as conjunções e a relação que estabelecem entre as partes do texto, assim como a função de ligar palavras e frases.

Materiais necessários: Projetor ou lousa e folhas impressas.

Dificuldades antecipadas: Perceber os sentidos estabelecidos pelas conjunções: adição, oposição, tempo, causa, condição ou finalidade.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

CUNHA, Celso F. da; CINTRA, Lindley F. L. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 6. ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2013,

DAVID, Ricardo Santos. Análise de uma conjunção. Disponível em: https://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/gramatica/analise-uma-conjuncao.htm Acesso em: 1 nov. 2018

OLIVEIRA, L. A. Coisas que todo professor de português precisa saber: a teoria na prática. São Paulo: Parábola Editorial, 2010. (Estratégias de Ensino).

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente a frase do slide e converse sobre o significado dela. Pergunte se alguém tem ideia de como essa amizade começou. É provável que respondam que essa amizade teve início com a convivência dos humanos com os lobos, que depois foram domesticados. Informe também, que cientistas de três países analisaram fósseis caninos e concluíram que os cachorros convivem com os humanos há cerca de 30 mil anos. Esses animais eram mais pesados e tinham características de grande porte, além de serem descendentes dos lobos.
  • Peça que prestem atenção nas palavras destacadas: mas e e. Questione se alguém sabe explicar qual a função dessas palavras no texto e também pergunte se elas podem ser substituídas por outras. A palavra mas poderá ser substituída por: porém ou no entanto, por exemplo. A conjunção e, não apresenta uma substituição possível dentro da linguagem formal. Na linguagem coloquial, ouve-se, em algumas regiões do Brasil, a conjunção e ser substituída por mais. Ex: João mais Maria foram ao museu.
  • Espera-se que os alunos percebam que a palavra mas está estabelecendo uma relação de sentido com a frase verbal anterior, criando uma ideia de oposição. “ Mas como será que amizade entre humanos e caninos começou.” Já a palavra e tem a função, nesse contexto, de adicionar mais um item com o mesmo valor gramatical: humanos e caninos.
  • Explique que trabalharemos com um texto para compreender a importância do uso de palavras que ligam palavras e/ou frases verbais, introduzindo relações de sentido, como adição, oposição, tempo, causa, condição e finalidade. Diga que essas palavras recebem o nome de conjunções e que são muito importantes para a construção do sentido do texto. Fale também que são palavras invariáveis, não variam quanto ao número e quanto ao gênero.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente o texto Mistério canino.
  • Faça a leitura do texto com os alunos e converse sobre o tema apresentado. Faça questionamentos como: Na opinião de vocês, por que o título do texto é “Mistério canino”? Qual o sentido do termo “melhores amigos do homem”? De acordo com o texto, quando os cães começaram a ser domesticados?. Espera-se que os alunos respondam que o título refere-se ao fato de não se saber como começou a amizade entre os humanos e os cachorros. O termo “melhores amigos do homem” pode ser explicado pela fidelidade dos cães aos seus donos. De acordo com o texto, os cães começaram a ser domesticados há mais de 12 mil anos, tanto na Europa quanto na Ásia.
  • Após a conversa, organize os alunos em duplas e explique que deverão ler novamente o texto, mas agora observando as conjunções utilizadas que estão em negrito. Eles deverão fazer, nesse momento, apenas uma leitura. Diga que conjunções são palavras que auxiliam na organização e na construção de sentidos do texto e que elas unem orações/frases verbais e também palavras com o mesmo valor gramatical. Além disso, estabelecem relações de causa, tempo, finalidade, oposição, adição, conformidade, dúvida etc entre as partes do texto.
  • Observação: O texto em questão apresenta várias conjunções integrantes (que), porém elas não são objeto de estudo deste plano, uma vez que não apresentam relações de causa, tempo, dúvida, oposição etc e só são usadas para introduzir orações substantivas. Essas conjunções serão trabalhadas nos anos finais do Ensino Fundamental II.

Materiais complementares:

GORO, Livia. Mistério canino. 2016. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações: (continuação do texto)

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações: (continuação do texto)

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Entregue para as duplas o texto “Mistério canino” impresso, mas com algumas conjunções retiradas. Faça a leitura compartilhada do texto (cada dupla lê um trecho).
  • Após a leitura, explique que o desafio da dupla será encaixar as conjunções de modo a dar sentido ao texto.
  • Apresente o slide com sugestões de conjunções e explique que algumas delas poderão ser encaixadas no texto, podendo repetir algumas.
  • Quando concluírem a atividade, organize a exposição oral das duplas, fazendo as intervenções necessárias.
  • Pergunte aos alunos se acham que as conjunções são importantes e se o sentido do texto e a ligação das orações havia sido prejudicados com a ausência das conjunções. Espera-se que os alunos percebam que as conjunções desempenham um papel relevante para a construção do sentido do texto.
  • Explique, também, que as conjunções são invariáveis, isto é, não se flexionam em número e gênero.
  • Diga aos alunos, por exemplo, que há conjunções que exprimem a mesma ideia como: mas, porém, todavia contudo (ideia de oposição)

Explique também que há, no texto, várias palavras “como” repetidas, mas para ser conjunção precisa unir orações/frases verbais e terem o valor de adição ou de conformidade. Na frase “Como não há indícios de cães domésticos[...]” a palavra em destaque é uma conjunção causal, por aparecer no início da frase e ter o mesmo sentido de porque.

  • Apresente os slides com o texto completo novamente para que os alunos verifiquem se acertaram nas suas hipóteses em relação à escolha das conjunções.
  • Veja junto com os alunos as relações que as conjunções inseridas no texto estão estabelecendo: quando (tempo), e (adição), mas/no entanto (oposição), talvez (dúvida), tanto… quanto (comparação), porque (explicação/causa).

Materiais complementares

Texto lacunado para impressão.

Resolução da atividade.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para finalizar, apresente o seguinte desafio às duplas: deverão unir duas frases, usando a conjunção indicada e fazendo as adaptações necessárias. Mostre o exemplo do slide e explique que a conjunção permitiu unir frases verbais ( orações) e introduzir ideia de conclusão. Diga, também, que a conjunção logo pode ser substituída por: portanto, por isso, então, por conseguinte. As frases estarão nas folhas impressas também.
  • As duplas deverão ler as frases que elaboraram e explicar oralmente qual a função da conjunção: adição, causa, finalidade, oposição, tempo, etc.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é identificar as conjunções e a relação que estabelecem entre as partes do texto, assim como a função de ligar palavras e frases.

Materiais necessários: Projetor ou lousa e folhas impressas.

Dificuldades antecipadas: Perceber os sentidos estabelecidos pelas conjunções: adição, oposição, tempo, causa, condição ou finalidade.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

CUNHA, Celso F. da; CINTRA, Lindley F. L. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 6. ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2013,

DAVID, Ricardo Santos. Análise de uma conjunção. Disponível em: https://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/gramatica/analise-uma-conjuncao.htm Acesso em: 1 nov. 2018

OLIVEIRA, L. A. Coisas que todo professor de português precisa saber: a teoria na prática. São Paulo: Parábola Editorial, 2010. (Estratégias de Ensino).

Slide Plano Aula
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Apresente a frase do slide e converse sobre o significado dela. Pergunte se alguém tem ideia de como essa amizade começou. É provável que respondam que essa amizade teve início com a convivência dos humanos com os lobos, que depois foram domesticados. Informe também, que cientistas de três países analisaram fósseis caninos e concluíram que os cachorros convivem com os humanos há cerca de 30 mil anos. Esses animais eram mais pesados e tinham características de grande porte, além de serem descendentes dos lobos.
  • Peça que prestem atenção nas palavras destacadas: mas e e. Questione se alguém sabe explicar qual a função dessas palavras no texto e também pergunte se elas podem ser substituídas por outras. A palavra mas poderá ser substituída por: porém ou no entanto, por exemplo. A conjunção e, não apresenta uma substituição possível dentro da linguagem formal. Na linguagem coloquial, ouve-se, em algumas regiões do Brasil, a conjunção e ser substituída por mais. Ex: João mais Maria foram ao museu.
  • Espera-se que os alunos percebam que a palavra mas está estabelecendo uma relação de sentido com a frase verbal anterior, criando uma ideia de oposição. “ Mas como será que amizade entre humanos e caninos começou.” Já a palavra e tem a função, nesse contexto, de adicionar mais um item com o mesmo valor gramatical: humanos e caninos.
  • Explique que trabalharemos com um texto para compreender a importância do uso de palavras que ligam palavras e/ou frases verbais, introduzindo relações de sentido, como adição, oposição, tempo, causa, condição e finalidade. Diga que essas palavras recebem o nome de conjunções e que são muito importantes para a construção do sentido do texto. Fale também que são palavras invariáveis, não variam quanto ao número e quanto ao gênero.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente o texto Mistério canino.
  • Faça a leitura do texto com os alunos e converse sobre o tema apresentado. Faça questionamentos como: Na opinião de vocês, por que o título do texto é “Mistério canino”? Qual o sentido do termo “melhores amigos do homem”? De acordo com o texto, quando os cães começaram a ser domesticados?. Espera-se que os alunos respondam que o título refere-se ao fato de não se saber como começou a amizade entre os humanos e os cachorros. O termo “melhores amigos do homem” pode ser explicado pela fidelidade dos cães aos seus donos. De acordo com o texto, os cães começaram a ser domesticados há mais de 12 mil anos, tanto na Europa quanto na Ásia.
  • Após a conversa, organize os alunos em duplas e explique que deverão ler novamente o texto, mas agora observando as conjunções utilizadas que estão em negrito. Eles deverão fazer, nesse momento, apenas uma leitura. Diga que conjunções são palavras que auxiliam na organização e na construção de sentidos do texto e que elas unem orações/frases verbais e também palavras com o mesmo valor gramatical. Além disso, estabelecem relações de causa, tempo, finalidade, oposição, adição, conformidade, dúvida etc entre as partes do texto.
  • Observação: O texto em questão apresenta várias conjunções integrantes (que), porém elas não são objeto de estudo deste plano, uma vez que não apresentam relações de causa, tempo, dúvida, oposição etc e só são usadas para introduzir orações substantivas. Essas conjunções serão trabalhadas nos anos finais do Ensino Fundamental II.

Materiais complementares:

GORO, Livia. Mistério canino. 2016. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2018.

Slide Plano Aula

Orientações: (continuação do texto)

Slide Plano Aula

Orientações: (continuação do texto)

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Entregue para as duplas o texto “Mistério canino” impresso, mas com algumas conjunções retiradas. Faça a leitura compartilhada do texto (cada dupla lê um trecho).
  • Após a leitura, explique que o desafio da dupla será encaixar as conjunções de modo a dar sentido ao texto.
  • Apresente o slide com sugestões de conjunções e explique que algumas delas poderão ser encaixadas no texto, podendo repetir algumas.
  • Quando concluírem a atividade, organize a exposição oral das duplas, fazendo as intervenções necessárias.
  • Pergunte aos alunos se acham que as conjunções são importantes e se o sentido do texto e a ligação das orações havia sido prejudicados com a ausência das conjunções. Espera-se que os alunos percebam que as conjunções desempenham um papel relevante para a construção do sentido do texto.
  • Explique, também, que as conjunções são invariáveis, isto é, não se flexionam em número e gênero.
  • Diga aos alunos, por exemplo, que há conjunções que exprimem a mesma ideia como: mas, porém, todavia contudo (ideia de oposição)

Explique também que há, no texto, várias palavras “como” repetidas, mas para ser conjunção precisa unir orações/frases verbais e terem o valor de adição ou de conformidade. Na frase “Como não há indícios de cães domésticos[...]” a palavra em destaque é uma conjunção causal, por aparecer no início da frase e ter o mesmo sentido de porque.

  • Apresente os slides com o texto completo novamente para que os alunos verifiquem se acertaram nas suas hipóteses em relação à escolha das conjunções.
  • Veja junto com os alunos as relações que as conjunções inseridas no texto estão estabelecendo: quando (tempo), e (adição), mas/no entanto (oposição), talvez (dúvida), tanto… quanto (comparação), porque (explicação/causa).

Materiais complementares

Texto lacunado para impressão.

Resolução da atividade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Para finalizar, apresente o seguinte desafio às duplas: deverão unir duas frases, usando a conjunção indicada e fazendo as adaptações necessárias. Mostre o exemplo do slide e explique que a conjunção permitiu unir frases verbais ( orações) e introduzir ideia de conclusão. Diga, também, que a conjunção logo pode ser substituída por: portanto, por isso, então, por conseguinte. As frases estarão nas folhas impressas também.
  • As duplas deverão ler as frases que elaboraram e explicar oralmente qual a função da conjunção: adição, causa, finalidade, oposição, tempo, etc.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 5º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF05LP07 da BNCC

5º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

5º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

5º ano / Língua Portuguesa / Atividade de Sistematização

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano