14974
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Oralidade

Plano de aula - Apreciação de uma entrevista em suporte audiovisual

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Apreciação de uma entrevista em suporte audiovisual

Plano 10 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Carolina Cristovão De Macedo

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Entrevista e no campo de atuação Jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários:

Computador com acesso à internet; projetor multimídia; caixas de som; notas adesivas; cópias do diagrama para atividade.

Informações sobre o gênero: A entrevista é um gênero de caráter interacional, geralmente entre duas pessoas, organizada em turnos com uma pequena introdução sobre o entrevistado e o tema. O intercâmbio pode ser registrado em áudio e/ou vídeo e assim ser exibido (nos suportes em que a linguagem audiovisual é permitida) ou ser posteriormente transcrito e editado para publicação por escrito. A entrevista ainda pode ser feita com a interação já por escrito (por e-mail, por exemplo). O objetivo deste gênero é obter informações sobre a pessoa entrevistada ou sobre um tema/fato que a envolva.

Para mais informações sobre o gênero: MEDINA, C. Entrevista - O diálogo possível. São Paulo: Ática, 1986.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades para interpretar a linguagem sonora e cinésica de uma entrevista em suporte audiovisual.

Referências sobre o assunto:

FARIAS, A. S.; LIMA, T. de A. ; PEREIRA, B. A. ; REINALDO, M.A. G. M. . O gênero entrevista em sala de aula: uma sequência didática realizada por professores em formação. 2008. Disponível em: <http://www.uesc.br/eventos/selipeanais/anais/brunoalveseoutros.pdf>. Acesso em: 10 nov. de 2018.

PACHECO, L. P. O gênero entrevista como ferramenta de ensino em aulas de língua portuguesa. 2008. Disponível em: <http://jararaca.ufsm.br/websites/l&c/download/artigo08_2/leticia.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2018.

PEASE, Allan; PEASE, Barbara. Desvendando os segredos da linguagem corporal. Trad. Pedro Jorgensen Junior. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

POLITO, Reinaldo. Como falar corretamente e sem inibições. 69. ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

WEIL, Pierre; TOMPAKOW, Roland. O corpo fala: A linguagem silenciosa da comunicação não verbal. 66. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Projete ou diga aos alunos o tema da aula. Explique que, nesta aula, será abordada uma modalidade diferente do gênero Entrevista, que será explorada em seu formato audiovisual, e não escrito.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se, além de entrevistas escritas, já tiveram contato com entrevistas em áudio (em um programa de rádio ou em podcast, por exemplo) ou vídeo (na TV ou no YouTube, por exemplo).
  • Deixe que os alunos comentem as entrevistas que viram e/ou ouviram. Para compreender melhor, pergunte em que contextos e por quais motivos leram/ouviram as entrevistas e quem eram os entrevistados.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • Diga aos alunos que eles verão uma entrevista em vídeo com a dupla Palavra Cantada.
  • Pergunte se os alunos conhecem a dupla. Se sim, pergunte quem são e acolha as respostas. Em caso negativo, faça uma breve apresentação da dupla.
  • Informações para o professor sobre a dupla Palavra Cantada: Sandra Peres e Paulo Tatit são os músicos que fundaram o Palavra Cantada em 1994. Suas melodias são destinadas ao público infantil e procuram explorar sons e ritmos brasileiros com base em uma visão poética e de respeito ao pensamento infantil. Com premiações diversas, a dupla conta com 15 CDs, 10 DVDs e sete livros publicados.
  • Antes de assistir ao vídeo, mostre aos alunos o diagrama que deverão completar com base na visão do filme. Desta forma, eles saberão em que focar a atenção durante o vídeo e vão evitar dispersar.
  • O diagrama pode ser impresso ou reproduzido em grande dimensão para ser afixado na sala de aula.
  • Leia cada item que deve ser respondido com os alunos e assegure-se de que compreenderam todos eles.
  • Só então reproduza o vídeo.
  • Entrevista com Palavra Cantada. Mariane Bigio e Cláudia Bettini. Disponível em: <https://corujices.com/tv-corujices/entrevista-com-palavra-cantada>. Acesso em: 3 nov. 2018.
  • Após a reprodução do vídeo, diga aos alunos que souberem responder a um dos itens que peçam a palavra (erguendo a mão, por exemplo). O aluno lê a pergunta e dá sua resposta. Após verificar se os colegas concordam, e após validação da resposta pelo professor, peça que o aluno que respondeu escreva sua resposta em uma nota adesiva, e que a afixe no diagrama.
  • Proceda assim até concluir todos os 6 (seis) itens.
  • Por fim, pergunte aos alunos se eles acham que as perguntas foram planejadas. Imagina-se que os alunos fiquem divididos. Por se tratar de uma entrevista oral, as perguntas podem parecer sempre improvisadas. Destaque então que há um planejamento das questões, mas certa adaptação, alteração ou inserção de perguntas podem ocorrer a partir do momento da interação.

Materiais complementares: Para acessar o diagrama para a atividade, clique aqui. Para acessar uma sugestão de respostas para o diagrama, clique aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a conclusão do preenchimento do diagrama, passe para a próxima etapa. Diga que os alunos agora irão analisar as modulações de voz e a linguagem corporal dos participantes da entrevista.
  • Para esta análise, explique aos alunos que o vídeo será reproduzido novamente e que será pausado em alguns momentos. Explique ainda que, a cada interrupção, os alunos deverão imitar a postura, os gestos e a voz do participante informado pelo professor, e que a classe deverá interpretar que efeitos de sentido estes aspectos produzem.
  • Faça conforme explicado. Aponte para o participante que se quer priorizar em cada cena para que os alunos possam se orientar. Caso os alunos tenham dificuldades em interpretar as modulações de voz ou a linguagem corporal, faça perguntas como: O que este gesto demonstra? Esta expressão é negativa ou positiva? Por que o entrevistado/entrevistador está com esta postura? Que palavra foi enfatizada? Porque o entrevistado/entrevistador falou mais rápido/mais devagar/mais alto neste trecho?
  • Para orientação do professor, disponibilizamos nos Materiais complementares um roteiro para as interrupções e análise.

Materiais complementares: Para acessar uma sugestão de roteiro para interrupção e análise, clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Projete e/ou leia as perguntas do slide. Acredita-se que após as atividades da aula os alunos tenham uma visão mais explícita dos fatores específicos da entrevista em suporte audiovisual.
  • Espera-se que os alunos percebam que não só o conteúdo do que se diz e a manipulação das palavras são importantes para o sentido do texto mas também a forma como os participantes se expressam utilizando recursos de modulação de voz e da linguagem corporal são relevantes. A imagem e a voz trazem sentidos diversos para a linguagem verbal, como uma postura, uma expressão do rosto, a ênfase em uma frase ou palavra, uma pausa, uma hesitação etc. Por outro lado, pode ser relevante ressaltar que, assim como em uma entrevista escrita, existe uma introdução e uma sequência de turnos de fala prioritariamente de perguntas e respostas.
  • Caso os alunos não manifestem esta percepção, faça perguntas como: O que há de diferente entre uma entrevista em vídeo e uma em texto? A que posso ter acesso em uma entrevista de rádio que a entrevista em texto não? O que é igual em qualquer entrevista (escrita, em áudio ou em vídeo)?
  • Mostre que a análise que fizeram durante a aula acusou diversos sentidos para além do que é falado.
  • Sobre a segunda pergunta, espera-se que os alunos percebam a necessidade de ensaiar a forma de dizer as perguntas, planejar o cenário da entrevista, prever palavras que se queira destacar durante o vídeo/áudio etc.
  • É possível que os alunos não percebam a necessidade de se planejar tais aspectos, por imaginarem que são intuitivos e espontâneos. Caso perceba que é este o caso de seus alunos, explique que intuitivamente estes fatores são produzidos de fato, mas que esta “intuição” pode manifestar algo que não se queira durante uma entrevista, e que dominar tais fatores permite orientá-los melhor para o objetivo que tem a entrevista.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é décima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Entrevista e no campo de atuação Jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo Oralidade.

Materiais necessários:

Computador com acesso à internet; projetor multimídia; caixas de som; notas adesivas; cópias do diagrama para atividade.

Informações sobre o gênero: A entrevista é um gênero de caráter interacional, geralmente entre duas pessoas, organizada em turnos com uma pequena introdução sobre o entrevistado e o tema. O intercâmbio pode ser registrado em áudio e/ou vídeo e assim ser exibido (nos suportes em que a linguagem audiovisual é permitida) ou ser posteriormente transcrito e editado para publicação por escrito. A entrevista ainda pode ser feita com a interação já por escrito (por e-mail, por exemplo). O objetivo deste gênero é obter informações sobre a pessoa entrevistada ou sobre um tema/fato que a envolva.

Para mais informações sobre o gênero: MEDINA, C. Entrevista - O diálogo possível. São Paulo: Ática, 1986.

Dificuldades antecipadas: Os alunos podem ter dificuldades para interpretar a linguagem sonora e cinésica de uma entrevista em suporte audiovisual.

Referências sobre o assunto:

FARIAS, A. S.; LIMA, T. de A. ; PEREIRA, B. A. ; REINALDO, M.A. G. M. . O gênero entrevista em sala de aula: uma sequência didática realizada por professores em formação. 2008. Disponível em: <http://www.uesc.br/eventos/selipeanais/anais/brunoalveseoutros.pdf>. Acesso em: 10 nov. de 2018.

PACHECO, L. P. O gênero entrevista como ferramenta de ensino em aulas de língua portuguesa. 2008. Disponível em: <http://jararaca.ufsm.br/websites/l&c/download/artigo08_2/leticia.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2018.

PEASE, Allan; PEASE, Barbara. Desvendando os segredos da linguagem corporal. Trad. Pedro Jorgensen Junior. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

POLITO, Reinaldo. Como falar corretamente e sem inibições. 69. ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

WEIL, Pierre; TOMPAKOW, Roland. O corpo fala: A linguagem silenciosa da comunicação não verbal. 66. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Projete ou diga aos alunos o tema da aula. Explique que, nesta aula, será abordada uma modalidade diferente do gênero Entrevista, que será explorada em seu formato audiovisual, e não escrito.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se, além de entrevistas escritas, já tiveram contato com entrevistas em áudio (em um programa de rádio ou em podcast, por exemplo) ou vídeo (na TV ou no YouTube, por exemplo).
  • Deixe que os alunos comentem as entrevistas que viram e/ou ouviram. Para compreender melhor, pergunte em que contextos e por quais motivos leram/ouviram as entrevistas e quem eram os entrevistados.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos.

Orientações:

  • Diga aos alunos que eles verão uma entrevista em vídeo com a dupla Palavra Cantada.
  • Pergunte se os alunos conhecem a dupla. Se sim, pergunte quem são e acolha as respostas. Em caso negativo, faça uma breve apresentação da dupla.
  • Informações para o professor sobre a dupla Palavra Cantada: Sandra Peres e Paulo Tatit são os músicos que fundaram o Palavra Cantada em 1994. Suas melodias são destinadas ao público infantil e procuram explorar sons e ritmos brasileiros com base em uma visão poética e de respeito ao pensamento infantil. Com premiações diversas, a dupla conta com 15 CDs, 10 DVDs e sete livros publicados.
  • Antes de assistir ao vídeo, mostre aos alunos o diagrama que deverão completar com base na visão do filme. Desta forma, eles saberão em que focar a atenção durante o vídeo e vão evitar dispersar.
  • O diagrama pode ser impresso ou reproduzido em grande dimensão para ser afixado na sala de aula.
  • Leia cada item que deve ser respondido com os alunos e assegure-se de que compreenderam todos eles.
  • Só então reproduza o vídeo.
  • Entrevista com Palavra Cantada. Mariane Bigio e Cláudia Bettini. Disponível em: <https://corujices.com/tv-corujices/entrevista-com-palavra-cantada>. Acesso em: 3 nov. 2018.
  • Após a reprodução do vídeo, diga aos alunos que souberem responder a um dos itens que peçam a palavra (erguendo a mão, por exemplo). O aluno lê a pergunta e dá sua resposta. Após verificar se os colegas concordam, e após validação da resposta pelo professor, peça que o aluno que respondeu escreva sua resposta em uma nota adesiva, e que a afixe no diagrama.
  • Proceda assim até concluir todos os 6 (seis) itens.
  • Por fim, pergunte aos alunos se eles acham que as perguntas foram planejadas. Imagina-se que os alunos fiquem divididos. Por se tratar de uma entrevista oral, as perguntas podem parecer sempre improvisadas. Destaque então que há um planejamento das questões, mas certa adaptação, alteração ou inserção de perguntas podem ocorrer a partir do momento da interação.

Materiais complementares: Para acessar o diagrama para a atividade, clique aqui. Para acessar uma sugestão de respostas para o diagrama, clique aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a conclusão do preenchimento do diagrama, passe para a próxima etapa. Diga que os alunos agora irão analisar as modulações de voz e a linguagem corporal dos participantes da entrevista.
  • Para esta análise, explique aos alunos que o vídeo será reproduzido novamente e que será pausado em alguns momentos. Explique ainda que, a cada interrupção, os alunos deverão imitar a postura, os gestos e a voz do participante informado pelo professor, e que a classe deverá interpretar que efeitos de sentido estes aspectos produzem.
  • Faça conforme explicado. Aponte para o participante que se quer priorizar em cada cena para que os alunos possam se orientar. Caso os alunos tenham dificuldades em interpretar as modulações de voz ou a linguagem corporal, faça perguntas como: O que este gesto demonstra? Esta expressão é negativa ou positiva? Por que o entrevistado/entrevistador está com esta postura? Que palavra foi enfatizada? Porque o entrevistado/entrevistador falou mais rápido/mais devagar/mais alto neste trecho?
  • Para orientação do professor, disponibilizamos nos Materiais complementares um roteiro para as interrupções e análise.

Materiais complementares: Para acessar uma sugestão de roteiro para interrupção e análise, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações:

  • Projete e/ou leia as perguntas do slide. Acredita-se que após as atividades da aula os alunos tenham uma visão mais explícita dos fatores específicos da entrevista em suporte audiovisual.
  • Espera-se que os alunos percebam que não só o conteúdo do que se diz e a manipulação das palavras são importantes para o sentido do texto mas também a forma como os participantes se expressam utilizando recursos de modulação de voz e da linguagem corporal são relevantes. A imagem e a voz trazem sentidos diversos para a linguagem verbal, como uma postura, uma expressão do rosto, a ênfase em uma frase ou palavra, uma pausa, uma hesitação etc. Por outro lado, pode ser relevante ressaltar que, assim como em uma entrevista escrita, existe uma introdução e uma sequência de turnos de fala prioritariamente de perguntas e respostas.
  • Caso os alunos não manifestem esta percepção, faça perguntas como: O que há de diferente entre uma entrevista em vídeo e uma em texto? A que posso ter acesso em uma entrevista de rádio que a entrevista em texto não? O que é igual em qualquer entrevista (escrita, em áudio ou em vídeo)?
  • Mostre que a análise que fizeram durante a aula acusou diversos sentidos para além do que é falado.
  • Sobre a segunda pergunta, espera-se que os alunos percebam a necessidade de ensaiar a forma de dizer as perguntas, planejar o cenário da entrevista, prever palavras que se queira destacar durante o vídeo/áudio etc.
  • É possível que os alunos não percebam a necessidade de se planejar tais aspectos, por imaginarem que são intuitivos e espontâneos. Caso perceba que é este o caso de seus alunos, explique que intuitivamente estes fatores são produzidos de fato, mas que esta “intuição” pode manifestar algo que não se queira durante uma entrevista, e que dominar tais fatores permite orientá-los melhor para o objetivo que tem a entrevista.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Oralidade do 6º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP11 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP14 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano