14919
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A intencionalidade no processo modalizador no Regimento Escolar

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre A intencionalidade no processo modalizador no Regimento Escolar

Plano 07 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Luiz Henrique Scalise Monteiro Campos Junior

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Regimento Escolar e no campo de atuação na vida pública. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: ler previamente os textos dos slides para decidir se serão projetados ou impressos para os alunos.

Informações sobre o gênero: “O Regimento Escolar é um instrumento fundamental para a organização pedagógica e administrativa de uma Instituição Escolar. É um documento que expressa um conjunto de normas e regras e regula as atividades desenvolvidas por cada segmento da comunidade escolar. Suas ações devem estar pautadas na legislação vigente, sempre na busca do aperfeiçoamento para a qualidade da educação. O Regimento Escolar deve garantir a gestão democrática da escola, possibilitar a qualidade do ensino, fortalecer a autonomia pedagógica, valorizar a comunidade escolar, através das Instâncias Colegiadas, e fazer cumprir as ações educativas estabelecidas no Projeto Político Pedagógico da escola.”

Fonte: Centro Estadual de Educação Profissional de Arapoti - Ensino Médio e Profissional

Dificuldades antecipadas: A linguagem técnica pode se apresentar como obstáculo para a compreensão do texto, além da abstração a que pode chegar o aluno ao analisar os aspectos que envolvem a modalização nos textos de Regimento Escolar.

Referências sobre o assunto:

Portal educação - Elaboração do Projeto Pedagógico, do Regimento Escolar e do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE). Disponível em: <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/direito/elaboracao-do-projeto-pedagogico-do-regimento-escolar-e-do-plano-de-desenvolvimento-da-escola-pde/45657>. Acesso em: 1 jul. 2018.

BAIRROS, Mariângela. Gomes, Maria Beatriz. Regimento escolar e projeto político pedagógico: espaços para a construção de uma escola pública democrática. Disponível em: . Acesso em: 1 jul. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Projete o tema da aula ou escreva-o no quadro. Pergunte aos alunos se sabem o que significa intencionalidade e qual seria a relação com a modalização e considere as respostas. Não é necessário aprofundar-se, pois isso será mote da introdução da aula.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Divida os alunos em trios. Essa divisão proporcionará cenário favorável às atividades desta aula, as quais prezam por uma reflexão conjunta.
  • Projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos.
  • Explique o conceito de intencionalidade levando em conta a ideia de que a escolha vocabular, no texto de Regimento Escolar, está sendo feita para atingir um objetivo, um propósito.
  • Peça para que os alunos reflitam sobre o uso da palavra “independemente”. Qual é a relação que ela estabelece com as palavras que se seguem (de raça, sexo, situação socioeconômica e cultural, credo religioso e posicionamento político)? Espera-se que os alunos percebam que ao relacionar o advérbio “independentemente” às palavras mencionadas, o texto apresenta um compromisso com a educação de maneira ampla e não com outras perspectivas que são de cunho mais particular. Assim, sabe-se que a educação naquele colégio leva conta apenas o aluno em si. Essa premissa garante que ninguém será recusado por professar qualquer fé, ou mesmo que não será recusado aluno que possua posicionamento político divergente do posicionamento político de qualquer pessoa da comunidade escolar.
  • Questione se a escola escolheu o termo de maneira aleatória ou se há um propósito nessa escolha. Espera-se que, como visto no item anterior, a escolha foi pautada por uma motivação - a de possibilitar que qualquer pessoa possa ser aluno daquela instituição, pois ao utilizar o advérbio de modo em questão, a escola afirma que todas as raças, sexos, situações econômicas e culturais, além de credos religiosos e posicionamentos políticos são bem-vindos. Ou seja, para a escola esses fatores não impedem que os alunos façam parte de corpo discente. Dessa forma, a escola tem um propósito na escolha do advérbio “independentemente” que é evidenciar a liberdade de pensamento e expressão cultural que seus alunos possuem. Não sendo assim, uma escolha aleatória utilizar o advérbio em questão.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se ele acreditam que a única classe de palavras que pode conferir intencionalidade é a classe dos advérbios? Explique que a resposta à pergunta será confirmada ao final desta etapa. Pode ser necessário rever o estudo de classe de palavras com os alunos. Se julgar necessário, reserve momento anterior a aplicação desta aula para isso.
  • Independente da resposta, projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos. Há um arquivo preparado para impressão nos materiais complementares abaixo.
  • Peça que identifiquem a classe de palavras a que pertencem os termos destacados (são adjetivos). Pergunte como foi possível chegar à conclusão de que são adjetivos. Espera-se que os educandos notem que as palavras caracterizam os substantivos com os quais se relacionam. Pode ser necessário rever o estudo de classe de palavras com os alunos. Se julgar necessário, reserve momento anterior a aplicação desta aula para isso.
  • Oriente os alunos e identificar o propósito de cada uma delas. Qual seria a intenção dessa escolha? Peça que os trios produzam respostas curtas e as compartilhem oralmente. Escolha um aluno por trio para partilhar as suas respostas com os colegas e faça apreciação das respostas de maneira coletiva. O propósito do termo indispensável é afirmar que a escola acredita que a formação é essencial para que se tornem cidadão. Com relação ao termo integral, é possível notar que a escola não se preocupa apenas com seus conhecimentos acadêmicos, mas com sua integridade emocional, física e, até mesmo, com seu bem estar social. A palavra “positiva” revela que há uma preocupação da escola em possibilitar ao aluno uma construção de uma autoimagem que lhe confira segurança e felicidade. Ou seja, autoestima positiva.
  • Na sequência, peça para que analisem o Texto II que é uma versão do Texto I, mas não possui as palavras destacadas na versão original. Assim, oriente para que eles apontem o que mudou com relação às palavras com as quais elas se relacionavam, e também o que mudou de maneira geral no texto. Espera-se que os alunos notem que os adjetivos qualificavam “formação”, “desenvolvimento da criança” e “imagem”, respectivamente, alterando-as significantemente. A alteração no texto II se dá ao deixar de ser uma proposta com olhar mais humanista sobre a educação, que passa a ser muito técnica e prática. Afinal, a versão inicial do texto assegura que a formação ampla do aluno é uma preocupação da escola, que a considera “indispensável “ para a prática da cidadania. No segundo texto, a ausência do termo “indispensável” parece fazer crer que a formação do aluno o leva automaticamente para o exercício da cidadania. Além disso, o desenvolvimento integral da criança sugere que não espera apenas que a vida acadêmica seja contemplada, mas toda a vida do aluno é preocupação da escola. Quanto ao termo positiva, se retirado, como no texto II, torna o texto frágil, pois a intencionalidade da escola é apenas que o aluno possua uma imagem de si que o auxiliem no caminho do autoconhecimento, mas é possível um aluno desenvolver plena e saudavelmente seu autoconhecimento assombrado por uma autoimagem negativa? Dessa maneira, a escolha dos adjetivos no primeiro texto caracterizam uma visão de educação que coloca o aluno no centro do processo e sua ausência no segundo texto, embora não torne o texto negativo, perde essencialmente essa visão.

Materiais complementares: arquivo para impressão neste link.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para finalizar essa etapa, vamos perceber que intenção pode constar também na semântica de algumas palavras.
  • Projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos.
  • Peça que os alunos que analisem como o regimento apresenta os verbos destacados nos dois trechos do regimento.
  • Espera-se que os trios cheguem à conclusão de que o primeiro texto busca a obrigatoriedade, enquanto o segundo texto apresenta caráter de possibilidade.
  • Explique ao alunos que a esse caráter que o texto apresenta, chamamos caráter deôntico e diz respeito ao texto que possui valor de proibição ou de possibilidade. Essa perspectiva é muito comum em construção de normas, pois há casos em que as normas nos obrigam a agir de determinadas maneiras, em outros, elas nos possibilitam agirmos, caso seja a nossa vontade. Neste último, não há imposição/obrigatoriedade, mas possibilidade. Podemos observar que no primeiro texto o trecho “que deve sintetizar um padrão mínimo de conhecimentos” preconiza uma obrigação. É uma situação impositiva e o que determina isso é o uso do verbo “dever” que confere sentido de obrigação em sua aplicação no texto. Já no segundo texto, em “poderá apresentar pedido de reconsideração do resultado junto à direção da escola em até 05 (cinco) dias da divulgação dos resultados” vemos que não há caráter de obrigação, mas uma possibilidade. Isso se configura com o sentido do verbo “poder”.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos que compartilhem oralmente suas respostas ao questionamento.
  • Explique, em seguida, que textos são sempre norteados por intenções e que, no caso dos trechos de Regimento Escolar que analisamos, a intencionalidade se deu no uso das classes de palavras (adjetivo, advérbio e verbos), mas que nas duas próximas aulas o foco será no caráter deôntico, visto por último, pois é um recurso muito característico do texto de Regimento Escolar e possui muitos aspectos ainda a serem descobertos.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é sétima aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Regimento Escolar e no campo de atuação na vida pública. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: ler previamente os textos dos slides para decidir se serão projetados ou impressos para os alunos.

Informações sobre o gênero: “O Regimento Escolar é um instrumento fundamental para a organização pedagógica e administrativa de uma Instituição Escolar. É um documento que expressa um conjunto de normas e regras e regula as atividades desenvolvidas por cada segmento da comunidade escolar. Suas ações devem estar pautadas na legislação vigente, sempre na busca do aperfeiçoamento para a qualidade da educação. O Regimento Escolar deve garantir a gestão democrática da escola, possibilitar a qualidade do ensino, fortalecer a autonomia pedagógica, valorizar a comunidade escolar, através das Instâncias Colegiadas, e fazer cumprir as ações educativas estabelecidas no Projeto Político Pedagógico da escola.”

Fonte: Centro Estadual de Educação Profissional de Arapoti - Ensino Médio e Profissional

Dificuldades antecipadas: A linguagem técnica pode se apresentar como obstáculo para a compreensão do texto, além da abstração a que pode chegar o aluno ao analisar os aspectos que envolvem a modalização nos textos de Regimento Escolar.

Referências sobre o assunto:

Portal educação - Elaboração do Projeto Pedagógico, do Regimento Escolar e do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE). Disponível em: <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/direito/elaboracao-do-projeto-pedagogico-do-regimento-escolar-e-do-plano-de-desenvolvimento-da-escola-pde/45657>. Acesso em: 1 jul. 2018.

BAIRROS, Mariângela. Gomes, Maria Beatriz. Regimento escolar e projeto político pedagógico: espaços para a construção de uma escola pública democrática. Disponível em: . Acesso em: 1 jul. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Projete o tema da aula ou escreva-o no quadro. Pergunte aos alunos se sabem o que significa intencionalidade e qual seria a relação com a modalização e considere as respostas. Não é necessário aprofundar-se, pois isso será mote da introdução da aula.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Divida os alunos em trios. Essa divisão proporcionará cenário favorável às atividades desta aula, as quais prezam por uma reflexão conjunta.
  • Projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos.
  • Explique o conceito de intencionalidade levando em conta a ideia de que a escolha vocabular, no texto de Regimento Escolar, está sendo feita para atingir um objetivo, um propósito.
  • Peça para que os alunos reflitam sobre o uso da palavra “independemente”. Qual é a relação que ela estabelece com as palavras que se seguem (de raça, sexo, situação socioeconômica e cultural, credo religioso e posicionamento político)? Espera-se que os alunos percebam que ao relacionar o advérbio “independentemente” às palavras mencionadas, o texto apresenta um compromisso com a educação de maneira ampla e não com outras perspectivas que são de cunho mais particular. Assim, sabe-se que a educação naquele colégio leva conta apenas o aluno em si. Essa premissa garante que ninguém será recusado por professar qualquer fé, ou mesmo que não será recusado aluno que possua posicionamento político divergente do posicionamento político de qualquer pessoa da comunidade escolar.
  • Questione se a escola escolheu o termo de maneira aleatória ou se há um propósito nessa escolha. Espera-se que, como visto no item anterior, a escolha foi pautada por uma motivação - a de possibilitar que qualquer pessoa possa ser aluno daquela instituição, pois ao utilizar o advérbio de modo em questão, a escola afirma que todas as raças, sexos, situações econômicas e culturais, além de credos religiosos e posicionamentos políticos são bem-vindos. Ou seja, para a escola esses fatores não impedem que os alunos façam parte de corpo discente. Dessa forma, a escola tem um propósito na escolha do advérbio “independentemente” que é evidenciar a liberdade de pensamento e expressão cultural que seus alunos possuem. Não sendo assim, uma escolha aleatória utilizar o advérbio em questão.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se ele acreditam que a única classe de palavras que pode conferir intencionalidade é a classe dos advérbios? Explique que a resposta à pergunta será confirmada ao final desta etapa. Pode ser necessário rever o estudo de classe de palavras com os alunos. Se julgar necessário, reserve momento anterior a aplicação desta aula para isso.
  • Independente da resposta, projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos. Há um arquivo preparado para impressão nos materiais complementares abaixo.
  • Peça que identifiquem a classe de palavras a que pertencem os termos destacados (são adjetivos). Pergunte como foi possível chegar à conclusão de que são adjetivos. Espera-se que os educandos notem que as palavras caracterizam os substantivos com os quais se relacionam. Pode ser necessário rever o estudo de classe de palavras com os alunos. Se julgar necessário, reserve momento anterior a aplicação desta aula para isso.
  • Oriente os alunos e identificar o propósito de cada uma delas. Qual seria a intenção dessa escolha? Peça que os trios produzam respostas curtas e as compartilhem oralmente. Escolha um aluno por trio para partilhar as suas respostas com os colegas e faça apreciação das respostas de maneira coletiva. O propósito do termo indispensável é afirmar que a escola acredita que a formação é essencial para que se tornem cidadão. Com relação ao termo integral, é possível notar que a escola não se preocupa apenas com seus conhecimentos acadêmicos, mas com sua integridade emocional, física e, até mesmo, com seu bem estar social. A palavra “positiva” revela que há uma preocupação da escola em possibilitar ao aluno uma construção de uma autoimagem que lhe confira segurança e felicidade. Ou seja, autoestima positiva.
  • Na sequência, peça para que analisem o Texto II que é uma versão do Texto I, mas não possui as palavras destacadas na versão original. Assim, oriente para que eles apontem o que mudou com relação às palavras com as quais elas se relacionavam, e também o que mudou de maneira geral no texto. Espera-se que os alunos notem que os adjetivos qualificavam “formação”, “desenvolvimento da criança” e “imagem”, respectivamente, alterando-as significantemente. A alteração no texto II se dá ao deixar de ser uma proposta com olhar mais humanista sobre a educação, que passa a ser muito técnica e prática. Afinal, a versão inicial do texto assegura que a formação ampla do aluno é uma preocupação da escola, que a considera “indispensável “ para a prática da cidadania. No segundo texto, a ausência do termo “indispensável” parece fazer crer que a formação do aluno o leva automaticamente para o exercício da cidadania. Além disso, o desenvolvimento integral da criança sugere que não espera apenas que a vida acadêmica seja contemplada, mas toda a vida do aluno é preocupação da escola. Quanto ao termo positiva, se retirado, como no texto II, torna o texto frágil, pois a intencionalidade da escola é apenas que o aluno possua uma imagem de si que o auxiliem no caminho do autoconhecimento, mas é possível um aluno desenvolver plena e saudavelmente seu autoconhecimento assombrado por uma autoimagem negativa? Dessa maneira, a escolha dos adjetivos no primeiro texto caracterizam uma visão de educação que coloca o aluno no centro do processo e sua ausência no segundo texto, embora não torne o texto negativo, perde essencialmente essa visão.

Materiais complementares: arquivo para impressão neste link.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para finalizar essa etapa, vamos perceber que intenção pode constar também na semântica de algumas palavras.
  • Projete o texto do slide ou imprima-o e distribua-o para os alunos.
  • Peça que os alunos que analisem como o regimento apresenta os verbos destacados nos dois trechos do regimento.
  • Espera-se que os trios cheguem à conclusão de que o primeiro texto busca a obrigatoriedade, enquanto o segundo texto apresenta caráter de possibilidade.
  • Explique ao alunos que a esse caráter que o texto apresenta, chamamos caráter deôntico e diz respeito ao texto que possui valor de proibição ou de possibilidade. Essa perspectiva é muito comum em construção de normas, pois há casos em que as normas nos obrigam a agir de determinadas maneiras, em outros, elas nos possibilitam agirmos, caso seja a nossa vontade. Neste último, não há imposição/obrigatoriedade, mas possibilidade. Podemos observar que no primeiro texto o trecho “que deve sintetizar um padrão mínimo de conhecimentos” preconiza uma obrigação. É uma situação impositiva e o que determina isso é o uso do verbo “dever” que confere sentido de obrigação em sua aplicação no texto. Já no segundo texto, em “poderá apresentar pedido de reconsideração do resultado junto à direção da escola em até 05 (cinco) dias da divulgação dos resultados” vemos que não há caráter de obrigação, mas uma possibilidade. Isso se configura com o sentido do verbo “poder”.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos que compartilhem oralmente suas respostas ao questionamento.
  • Explique, em seguida, que textos são sempre norteados por intenções e que, no caso dos trechos de Regimento Escolar que analisamos, a intencionalidade se deu no uso das classes de palavras (adjetivo, advérbio e verbos), mas que nas duas próximas aulas o foco será no caráter deôntico, visto por último, pois é um recurso muito característico do texto de Regimento Escolar e possui muitos aspectos ainda a serem descobertos.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP27 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP28 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF07LP14 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano