14873
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 3º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Diálogo na sala de aula

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 3º ano do EF sobre Diálogo na sala de aula

Plano 08 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Elenir Aparecida De Oliveira Novaes

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Fábulas / provérbios e no campo de atuação Artístico Literário / Vida Cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística / semiótica.

Materiais necessários: Cópias impressas, projetor caso deseje ao invés das cópias, quadro, caderno, lápis, borracha, lápis colorido.

Informações sobre o gênero: De acordo com Bagno (2006) é muito provável que as fábulas que chegaram até nós, por meio da escrita, tenham existido durante muito tempo como narrativas tradicionais orais, o que faz esse gênero remontar a estágios muito arcaicos da civilização humana. As fábulas devem ter sido usadas com objetivos claramente pedagógicos: a pequena narrativa exemplar serviria como instrumento de aprendizagem, fixação e memorização dos valores morais do grupo social. É importante salientarmos também que as narrativas tradicionais orais circulavam entre crianças e adultos, indistintamente. Essa informação é importante para reconstruirmos os modos como esse gênero textual era produzido em épocas passadas e até mesmo para permitir uma análise mais crítica acerca das modificações por ele sofridas ao longo dos séculos. (A referência completa do texto de Bagno encontra-se ao lado e está disponível on-line).

Dificuldades antecipadas: Os alunos que não leem e escrevem autonomamente precisarão de um escriba por perto para auxiliá-los durante as atividades.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Maria Lúcia Ferreira de Figueiredo. Práticas de leitura no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. 144 p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/grades/salto_ple.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente e leia para os alunos o tema da aula.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Convide dois alunos para vir à frente da sala e iniciarem uma conversa. Dê tempo para eles pensarem antes da apresentação. Finalizado o planejamento, peça que a sala preste atenção ao diálogo.
  • Certifique de que ao final da apresentação todos ouviram bem, entenderam as palavras.
  • Peça que um aluno reproduza oralmente o que ele ouviu desta conversa. Questione o que perceberam nesta proposta. Espera-se que tenham percebido que o aluno relatou o que houve, não teve um diálogo,
  • Questione: Que palavras indicaram a vocês que estava acontecendo um diálogo, uma conversa entre duas pessoas? Espera-se que digam alguns verbos de enunciação: falou, respondeu, disse...

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Distribua para os alunos o texto com espaços em branco, onde deverão achar-se os elementos faltosos: os verbos de enunciação, ou seja, palavras que indicam o início de um discurso. O objetivo do texto lacunado é inferir sentido de palavras e expressões, ou seja, construir uma informação nova a partir do estabelecimento de relações entre informações dadas pelo texto e informações do conhecimento prévio. A tarefa do texto lacunado estimula o leitor a realizar inferências. Os textos lacunados servem para o aluno completar a informação que falta, seguindo pistas de informações anteriores. Destacam-se, nas lacunas, informações que o aluno terá de inferir.
  • Organize a sala em grupos de quatro alunos, um agrupamento produtivo onde alunos com saberes diferentes possam trocar informações e argumentar sobre suas respostas.
  • Peça ao grupo que façam uma leitura global, identificando todo o enredo, personagens, conflito, resolução, moral, narrador, personagens e cenário. Solicite depois desta leitura que o grupo identifique os elementos faltosos no texto.
  • Promova a leitura e peça que, a cada lacuna, os grupos possam se pronunciar sobre quais palavras estão faltando. Após ouvir todos os argumentos, ofereça a resposta segundo foi escrita pelo autor do texto para que eles possam comparar com suas respostas e reforçar o sentido que o texto ganhou após suas intervenções. Pergunte suas impressões sobre a utilidade destes verbos no texto. Espera-se que compreendam que os verbos exercem função determinante para a compreensão das informações de diálogo no texto.

Material complementar:

ABREU, A. R. A cigarra e as formigas. In: Ana Rosa Abreu et al. Alfabetização: livro do aluno. Brasília: FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000589.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua cópias deste trecho para os alunos.
  • Peça que marquem os sinais de pontuação que indicam acontecer um diálogo. Espera-se que marquem os travessões.
  • Circule a 2ª fala. Leia observando o sinal de pontuação usado no final das frases. Troque o ponto de interrogação pelo ponto final e perceba o efeito. Conte para os colegas o que percebeu. Espera-se que o uso do ponto final dá uma ideia de certeza e não de questionamento como o proposto originalmente. Que palavra no texto mostrou ao leitor que tratava-se de uma pergunta? Esperamos que percebam que é a palavra perguntaram.
  • Criem um outro diálogo entre a formiga e a cigarra. Para isso escolham as palavras que irão introduzir o diálogo, seguidos de dois-pontos ( : ). Utilizem o travessão sempre que forem escrever as falas dos personagens.
  • Espere que terminem e leiam para os colegas o seu diálogo.Após as leituras, a tarefa será outra: transformar o discurso direto do trecho da fábula A cigarra e as formigas em discurso indireto,

Material complementar:

ABREU, A. R. A cigarra e as formigas. In: Ana Rosa Abreu et al. Alfabetização: livro do aluno. Brasília: FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000589.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Convide os alunos a falarem sobre o que aprenderam nesta aula sobre discurso direto e indireto.
  • Faça o registro no quadro enquanto eles vão expressando suas ideias. Deixe que eles formulem com ajuda uns dos outros o que aprenderam sobre a aula de hoje, em específico sobre discurso direto e indireto.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Fábulas / provérbios e no campo de atuação Artístico Literário / Vida Cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística / semiótica.

Materiais necessários: Cópias impressas, projetor caso deseje ao invés das cópias, quadro, caderno, lápis, borracha, lápis colorido.

Informações sobre o gênero: De acordo com Bagno (2006) é muito provável que as fábulas que chegaram até nós, por meio da escrita, tenham existido durante muito tempo como narrativas tradicionais orais, o que faz esse gênero remontar a estágios muito arcaicos da civilização humana. As fábulas devem ter sido usadas com objetivos claramente pedagógicos: a pequena narrativa exemplar serviria como instrumento de aprendizagem, fixação e memorização dos valores morais do grupo social. É importante salientarmos também que as narrativas tradicionais orais circulavam entre crianças e adultos, indistintamente. Essa informação é importante para reconstruirmos os modos como esse gênero textual era produzido em épocas passadas e até mesmo para permitir uma análise mais crítica acerca das modificações por ele sofridas ao longo dos séculos. (A referência completa do texto de Bagno encontra-se ao lado e está disponível on-line).

Dificuldades antecipadas: Os alunos que não leem e escrevem autonomamente precisarão de um escriba por perto para auxiliá-los durante as atividades.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Maria Lúcia Ferreira de Figueiredo. Práticas de leitura no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. 144 p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/grades/salto_ple.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente e leia para os alunos o tema da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Convide dois alunos para vir à frente da sala e iniciarem uma conversa. Dê tempo para eles pensarem antes da apresentação. Finalizado o planejamento, peça que a sala preste atenção ao diálogo.
  • Certifique de que ao final da apresentação todos ouviram bem, entenderam as palavras.
  • Peça que um aluno reproduza oralmente o que ele ouviu desta conversa. Questione o que perceberam nesta proposta. Espera-se que tenham percebido que o aluno relatou o que houve, não teve um diálogo,
  • Questione: Que palavras indicaram a vocês que estava acontecendo um diálogo, uma conversa entre duas pessoas? Espera-se que digam alguns verbos de enunciação: falou, respondeu, disse...

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Distribua para os alunos o texto com espaços em branco, onde deverão achar-se os elementos faltosos: os verbos de enunciação, ou seja, palavras que indicam o início de um discurso. O objetivo do texto lacunado é inferir sentido de palavras e expressões, ou seja, construir uma informação nova a partir do estabelecimento de relações entre informações dadas pelo texto e informações do conhecimento prévio. A tarefa do texto lacunado estimula o leitor a realizar inferências. Os textos lacunados servem para o aluno completar a informação que falta, seguindo pistas de informações anteriores. Destacam-se, nas lacunas, informações que o aluno terá de inferir.
  • Organize a sala em grupos de quatro alunos, um agrupamento produtivo onde alunos com saberes diferentes possam trocar informações e argumentar sobre suas respostas.
  • Peça ao grupo que façam uma leitura global, identificando todo o enredo, personagens, conflito, resolução, moral, narrador, personagens e cenário. Solicite depois desta leitura que o grupo identifique os elementos faltosos no texto.
  • Promova a leitura e peça que, a cada lacuna, os grupos possam se pronunciar sobre quais palavras estão faltando. Após ouvir todos os argumentos, ofereça a resposta segundo foi escrita pelo autor do texto para que eles possam comparar com suas respostas e reforçar o sentido que o texto ganhou após suas intervenções. Pergunte suas impressões sobre a utilidade destes verbos no texto. Espera-se que compreendam que os verbos exercem função determinante para a compreensão das informações de diálogo no texto.

Material complementar:

ABREU, A. R. A cigarra e as formigas. In: Ana Rosa Abreu et al. Alfabetização: livro do aluno. Brasília: FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000589.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua cópias deste trecho para os alunos.
  • Peça que marquem os sinais de pontuação que indicam acontecer um diálogo. Espera-se que marquem os travessões.
  • Circule a 2ª fala. Leia observando o sinal de pontuação usado no final das frases. Troque o ponto de interrogação pelo ponto final e perceba o efeito. Conte para os colegas o que percebeu. Espera-se que o uso do ponto final dá uma ideia de certeza e não de questionamento como o proposto originalmente. Que palavra no texto mostrou ao leitor que tratava-se de uma pergunta? Esperamos que percebam que é a palavra perguntaram.
  • Criem um outro diálogo entre a formiga e a cigarra. Para isso escolham as palavras que irão introduzir o diálogo, seguidos de dois-pontos ( : ). Utilizem o travessão sempre que forem escrever as falas dos personagens.
  • Espere que terminem e leiam para os colegas o seu diálogo.Após as leituras, a tarefa será outra: transformar o discurso direto do trecho da fábula A cigarra e as formigas em discurso indireto,

Material complementar:

ABREU, A. R. A cigarra e as formigas. In: Ana Rosa Abreu et al. Alfabetização: livro do aluno. Brasília: FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000589.pdf. Acesso em 07/12/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Convide os alunos a falarem sobre o que aprenderam nesta aula sobre discurso direto e indireto.
  • Faça o registro no quadro enquanto eles vão expressando suas ideias. Deixe que eles formulem com ajuda uns dos outros o que aprenderam sobre a aula de hoje, em específico sobre discurso direto e indireto.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 3º ano :

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 3º ano:

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03LP07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP30 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano