14801
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Lanche comunitário

Nesta atividade, veja como organizar um momento em que as crianças compartilham pratos trazidos de casa

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Deborah Cristina Conceição Paiva

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Combine previamente com as famílias para que cada criança traga um prato (receitas como por exemplo: tortas, pães, bolos, salgados etc.) de casa, para a realização de um grande lanche comunitário (piquenique). É importante orientar os responsáveis para que as comidas sejam feitas em casa (e não compradas) e para que as crianças possam participar do momento de escolha e preparo dos alimentos que irão levar para escolha. Ao conhecerem os pratos que trouxeram, elas poderão participar mais ativamente dos diálogos. Faça também um levantamento prévio sobre possíveis alergias ou intolerâncias de cada criança, alertando assim as famílias.

Materiais:

Materiais usuais dos momentos de alimentação que sejam encontrados na escola: copos, guardanapos, talheres e uma grande toalha ou tapete, para que todos possam se sentar em grande roda.

Espaços:

Área externa da escola, como pátios ou jardins.

Tempo sugerido:

De 35 a 45 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais as estratégias usadas pelas crianças para se dividirem em grupos de organização do lanche comunitário?

2. Como as crianças demonstraram autonomia durante a alimentação? Que tipo de ajuda foi necessária para se servirem?

3. Como e quais foram os reconhecimentos que as crianças levantaram sobre a diversidade dos pratos e suas preferências?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. Essa atividade favorece diversas formas de exploração, tanto em relação à alimentação como também à manipulação dos diversos pratos e à interação das crianças. Fique atento, apoie aquelas que necessitarem de ajuda para servir-se e garanta que, em suas individualidades, possam ter seus interesses respeitados, como o que desejam comer, quais comidas querem experimentar e também aquelas das quais não gostam.

O que fazer durante?

ilustracao

1

A atividade se inicia com a organização antes do lanche. Faça uma grande roda com a turma e contextualize a atividade que irá se iniciar, pergunte para as crianças o motivo de terem trazido pratos de casa e, em conjunto com as respostas delas, explique sobre o lanche comunitário. Combine com os pequenos os papéis que cada um irá desempenhar. Pode haver uma divisão do grupo, para que parte seja responsável pela organização antes do lanche e a outra parte da turma recolha e organize tudo após o lanche.Permita que as crianças exponham suas preferências de atividade e também suas preferências de parceiros para os grupos, esteja atento pois um olhar ou gesto pode simbolizar sua posição.


2

Conflitos podem surgir durante as escolhas de parceiros e de papéis a desempenhar. Em situações assim, calmamente se aproxime e dialogue, reconheça o sentimento das crianças, recolha as informações sobre o problema, por exemplo: se não querem trabalhar juntas ou se mais de uma criança quer fazer a mesma atividade. Então peça ideias para que cheguem a uma resolução, tenha certeza de que ambas aceitam as propostas e parabenize suas capacidades de articular em situações de conflitos.

Possíveis falas do professor neste momento: Observando/ouvindo vocês, pude perceber que o problema é ... , então o que podemos fazer para resolvê-lo? Quem tem uma ideia?


3

Com a divisão estabelecida, leve o grande grupo para a área externa escolhida (pátio ou jardim), estenda a toalha ou o tapete com ajuda das crianças, para que o segundo grupo sente para aguardar. Enquanto esperam, sugira que os pequenos cantem algumas músicas do cancioneiro infantil e cultural que conhecem. Paralelamente, apoie todo o grupo da organização, observando suas ações e ajudando, quando requisitado, a dispor os pratos sobre o chão, distribuir talheres, guardanapos etc.


4

Com o espaço organizado, peça para que todos se sentem e convide as crianças para iniciarem o momento da refeição. Durante a alimentação, observe as habilidades das crianças em se alimentar sozinhas e as apoie se for necessário. Instigue-as a observar e dialogar sobre o que cada uma trouxe. Seria interessante, mas não essencial, que cada uma falasse um pouco sobre o próprio prato. Aquelas que não dominam a linguagem oral podem apenas mostrá-lo, pegar um pedaço e dividir com um amigo. Enquanto comem, de forma sutil, dialogue com as crianças e naturalmente se insira no contexto, falando sobre suas preferências. Busque conhecer e se interessar pelas ideias dos pequenos e faça comentários que os auxiliem a perceber as diferenças entre si. Conversem sobre sensações, sabores (como doce, salgado, amargo), sobre costumes na hora da alimentação, preferências, o que mais gostam e também o que não gostam.


Para finalizar:

Organizando para o encerramento, após todos terem comido e se sentido satisfeitos, peça então que o pequeno grupo da organização inicial possa cantar uma canção, enquanto o outro grupo trabalha em conjunto para a organização do final da atividade, por exemplo, colocando os papéis e restos de comida no lixo, recolhendo as louças utilizadas etc. Após o encerramento, proponha um momento de brincadeiras livres, aproveitando o espaço externo do piquenique.

Desdobramentos

Esta atividade pode ser repetida alterando os papéis desempenhados por cada criança, e também alterando os pratos. Outra variação seria a recriação de alguma das receitas trazidas, em uma grande brincadeira de faz de conta, como em momentos de tanque de areia, utilizando panelas e talheres que não estão mais em uso, mas que representem utensílios reais, num preparo coletivo.

Engajando as famílias

Pode-se criar um espaço no mural da escola, como uma pequena urna ou um envelope, para que ali cada família deposite a receita do prato que a criança trouxe para o piquenique, assim, os diversos pratos poderão ser compartilhados com todos.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EO05 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02CG05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano