14800
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Conhecendo o cardápio da escola

Para elaborar um cartaz com os alimentos oferecidos na escola, as crianças conduzirão uma conversa com os profissionais envolvidos na preparação deles.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Deborah Cristina Conceição Paiva

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Faça um levantamento prévio do cardápio oferecido na escola (de 1 semana ou até 15 dias) e selecione imagens que representem esses pratos (opte por fotos reais dos pratos ou imagens de qualidade, evitando ilustrações de má qualidade e estereotipadas). Combine com integrantes da equipe da cozinha, como o nutricionista e os cozinheiros, para que possam participar do diálogo com as crianças.

Materiais:

Materiais simples para confecção do cartaz como cartolina, cola, tesoura e as imagens que irá utilizar.

Espaços:

O diálogo inicial será feito na sala da turma, prosseguindo para o refeitório ou outro lugar em que as crianças podem encontrar os alimentos da escola, como por exemplo, uma cantina.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 35 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Os diálogos realizados provocam novas descobertas das crianças sobre sua alimentação? Quais?

2. Como as crianças desenvolvem a comunicação entre elas e os adultos? De que maneira compreendem e se fazem compreendidas?

3. Durante os momentos de grande roda, quais relatos, experiências e fatos acontecidos as crianças citam?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e às diferenças de cada criança ou do grupo. O diálogo sobre alimentação pode ser realizado por todas as crianças, de diferentes maneiras, respeitando sempre as características pessoaise acolhendo diversas formas de interação e de exploração. Utilize imagens, aromas e tato. Isso favorecerá a compreensão da turma e estimulará a participação de todos.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Organize os materiais necessários para confecção do cartaz contendo o cardápio da escola e/ou opções de cardápio oferecidas na cantina, o coloque sobre o chão ou em cima de uma mesa na sala (de maneira que todos possam reunir-se em torno dele), em um local de fácil visibilidade. Com a presença dos integrantes da equipe de cozinha (como nutricionista, cozinheiro ou algum outro representante) traga o grande grupo para o local.

Neste primeiro momento,deixe as crianças explorarem o cartaz, observarem-no e conversarem sobre o que está ali. Depois, convide-as a se sentarem em volta dele e contextualize a atividade aproveitando as observações delas sobre o que acabaram de fazer. Mostre o cardápio e dialogue sobre os tipos de alimentos que serão servidos na escola, quem os escolhem e o por que. Esteja atento a todas as contribuições e observações das crianças, pois com o decorrer do diálogo as contribuições delas podem mudar.


2

Distribua as imagens já recortadas para as crianças explorarem e conversarem sobre elas; estimule os diálogos entre a equipe que cuida da alimentação e as crianças sobre os alimentos oferecidos na escola. Enquanto as conversas ocorrem, convide as crianças em pequenos grupos ou até mesmo individualmente para que se aproximem do cartaz e ajudem na confecção, colando as imagens que lhes foram entregues. Observe indicações, preferências e curiosidades delas.


3

Ainda em grande roda, aproveite a presença do cozinheiro e/ou do nutricionista e pergunte às crianças o que sabem sobre as funções e sobre importância desses funcionários para a escola. Demonstre modelos de diálogos ao grupo, lançando perguntas simples, para que assim elas possam engajar-se e, também, questionar.

Observe e registre como cada criança se relaciona com os adultos e suas reações às ações de outros colegas de turma, se imitam perguntas, repetem falas e se participam ativamente ou tendem a ficar mais quietas. Esteja atento às falas, entre os diálogos faça intervenções apenas quando necessário, não iniba investigações das crianças.

Em paralelo, deixe disponível outras imagens recortadas que não tenham sido utilizadas na colagem do cartaz ou até mesmo as revistas das quais as imagens foram retiradas, para que fiquem disponíveis para as crianças que não estejam mais interessadas no diálogo, envolvendo-as na dinâmica.


4

Com a finalização do diálogo em grande roda, explique às crianças que o cardápio apresentado será fixado em algum local da escola que elas irão ajudar a escolher um lugar que considerem interessante para deixá-lo exposto. Assim, elas e outras crianças poderão sempre consultá-lo para saberem o que irão comer.

Caso queiram, saia da sala com o grande grupo e explore os arredores da escola, é possível que as crianças deem preferência aos locais como suas respectivas salas ou até mesmo o refeitório.


Para finalizar:

Ao encontrarem um local adequado, verifique se todas as crianças concordam com a escolha do grupo, caso não, peça para que ela exponha os motivos da discordância. Nesses momentos, apoie para mediar as negociações que possam surgir, ajudando as crianças a superar possíveis conflitos.

Com o lugar definido, peça ajuda para que todos juntos fixem o cardápio, finalizando assim a atividade.

Desdobramentos

O conhecimento prévio do cardápio pode se tornar uma atividade permanente.

Uma outra proposta possível seria as crianças escolherem um prato por semana, ou quinzenalmente (de acordo com a dinâmica da cozinha da escola). No dia em que escolhem o menu, é interessante que os pequenos possam ajudar no preparo dos alimentos, fazendo assim uma atividade de culinária prática, o que estimula não só a participação delas, mas também o engajamento em sua própria alimentação.

É possível também organizar um momento para que, após concluírem e exporem o cardápio, convidem uma outra turma para apresentá-lo como sugestão de uma boa alimentação.Outra ideia é aproveitar o cardápio para conversas sobre os alimentos preferidos de cada um, encontrando semelhanças e diferenças entre as crianças, que podem sugerir à equipe da escola o oferecimento de um ou mais alimentos dentre os mais queridos da turma.

Engajando as famílias

Combine com as crianças que, no momento da saída, elas convidem os pais para entrar na escola, para que possam ver o cartaz do cardápio. Estimule-as para que elas mesmas apresentem aos familiares quais pratos serão servidos. Deixe uma caixa de sugestões na qual os responsáveis possam depositar opiniões e dicas para o momento da alimentação, como algumas receitas.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) :

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

Creche / Educação Infantil / Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EO04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI02EF05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano