14649
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 5º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A retomada de termos pelos pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 5º ano do EF sobre A retomada de termos pelos pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos

Plano 01 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Katiuscia Macêdo Cardoso Brandão

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é verificar e utilizar as relações anafóricas estabelecidas pelos pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos e seus efeitos de sentidos em textos de divulgação científica.

Materiais necessários: Cartaz com o texto, texto impresso Por que um copo com água gelada "transpira"? , copo com água bem gelada.

Dificuldades antecipadas: Desconhecimento de pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Análise de textos: fundamentos e práticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

_______________. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães. Os sentidos do texto. 1ª. edição, 3ª. reimpressão. São Paulo: Contexto, 2016.

LERNER, Delia. A autonomia do leitor. Uma análise didática. Porto Alegre, 2002. Disponível em http://www.escoladavila.com.br/html/outros/2010/30_anos/pdf_30/30_textos/13_D%E9lia_lerner.pdf. Acesso em 06 de outubro de 2018.

SANTOS, Leonor Werneck. Análise e produção de textos. São Paulo: Contexto, 2015.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Diretoria de Orientação Técnica. Recuperação Língua Portuguesa – Aprender os padrões da linguagem escrita de modo reflexivo: unidade IV – Você sabia? – Livro do professor / Secretaria Municipal de Educação. – São Paulo: SME/ DOT, 2011. - 56p. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Portals/1/Files/16469.pdf

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Apresente a finalidade da aula e questione-os sobre os pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos.
  • Quais palavras podem substituir os nomes repetidos em um texto? O que são pronomes?
  • Quem lembra os pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos? Escreva os nomes no quadro branco dentro de uma tabela. Neste momento, perceba as dificuldades e os conhecimentos da turma.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações:

  • Leia em voz alta o título do texto a ser lido. Apresente também um copo com água bem gelada.
  • Reveja os conhecimentos sobre o gênero Curiosidades, pertencente aos textos de divulgação científica, promovendo a discussão:
  • Quem conhece textos de Divulgação Científica, especificamente Curiosidades?
  • O que conhece sobre o gênero? Nesse momento, é importante salientar a objetividade e formalidade do gênero, o título em forma de pergunta para suscitar a curiosidade.
  • Qual a finalidade do gênero Divulgação Científica? Apresente o copo trazido para a sala, demonstre o copo “transpirando”. Espera-se que respondam tratar-se de transmissão de conhecimento científico.

Material Complementar: Copo com água bem gelada. Para acessar o texto na íntegra, clique em

https://www.terra.com.br/noticias/educacao/voce-sabia/por-que-um-copo-com-agua-gelada-transpira,b1bf58fd9e34135d9e4aacfbc0fedb45w5elh9hx.html

OBS. A partir deste slide você irá promover a atividade de descoberta através do cartaz diferente: Uma folha de cartolina ou papel peso 40 com o texto escrito. No entanto, alguns trechos serão substituídos por bloquinhos com três folhinhas - a primeira com o trecho a ser substituído; a segunda com a classe morfológica adequada à substituição e por fim a terceira folhinha com o pronome específico. A cada leitura, os alunos serão induzidos a descobrirem por si só o que cada folhinha esconde. Nos slides seguintes serão apresentadas as orientações para cada etapa.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente o cartaz diferente, com um bloquinho de três folhas substituindo alguns trechos do texto, conforme slide . Cada folhinha deve estar registrado os seguintes comandos:
  • Primeira folhinha - O trecho a ser substituído e que demonstra a repetição excessiva. Exemplo: Um copo com água transpirando;
  • Segunda folhinha - A classe de palavra a ser escolhida para a substituição do trecho. Exemplo: Pronome Demonstrativo;
  • Terceira folhinha - O pronome determinado para sanar a falha da repetição. Exemplo: Essa.
  • Peça que um aluno leia em voz alta o texto e os trechos da primeira folhinha. Destaque neste momento, as repetições e os sentidos expressos por elas.
  • Confirme com os alunos se o texto encaixa corretamente no gênero discutido anteriormente e qual a sua finalidade.
  • Incite-os oralmente a perceberem as repetições - os termos em negrito e na primeira folha - e o que elas causam no leitor:
  • Perceberam algo de diferente no texto? Espera-se que digam as palavras em negrito que se repetem.
  • O que essa repetição causa em quem ouve/lê? Espera-se que respondam - atrapalha o entendimento e causam um estranhamento provocado pela repetição desnecessária. Embora, segundo ANTUNES(2010), [...] a repetição de uma unidade, de qualquer classe gramatical, pode ter relevância para a construção do texto[...] possui suas regularidades.(pág.122). De acordo com o objetivo, a repetição pode significar algo importante ao texto, como no caso de propagandas ou poemas.
  • Qual a solução para melhorar o texto tornando a leitura/audição mais agradável e direta? Pretende-se chegar à resposta: Estabelecer clareza utilizando mecanismos de coesão, substituindo por pronomes, por exemplo. A clareza de um texto[...] passa por essa continuidade referencial que vai se estabelecendo a partir das ligações, dos nexos que se vão construindo. Os pronomes - de todos os tipos- têm essa função textual de ir promovendo as cadeias de referência que vão dando ao texto articulação e unidade. ANTUNES (2010, pág. 131)

Materiais complementares: Para acesso às folhinhas do cartaz, acesse aqui.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Siga as orientações do slide 4.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a discussão sobre a repetição dos termos e os efeitos que causam no texto, retire a primeira folhinha e deixe aparecer a segunda com a classe de palavras a ser escrita como pista para melhorar o texto. Aparecem respectivamente: pronome demonstrativo, pronome pessoal, pronome possessivo, pronome demonstrativo, pronome demonstrativo, pronome demonstrativo.
  • Fazendo relação com os pronomes escritos no quadro (slide 2), verifique as tentativas que os alunos sugeriram, analisando os efeitos de cada pronome escolhido - tomando sempre o referente como base.
  • O referente — expressão a quem é referido, escrito na primeira folha — está em qual gênero, número, posição textual? Para CAVALCANTE( 2016), o referente é um objeto, uma entidade, uma representação construída a partir do texto e percebido, na maioria das vezes, a partir de expressões referenciais (pág. 98).
  • Relembre, neste momento, o que cada pronome escrito no quadro representa em relação à pessoa, gênero, número, posição no texto. Exemplo:
  • Pronome pessoal - Eu: 1ª. pessoa do singular, masculino ou feminino.

c) Aponte os pronomes como elementos anafóricos. Indague-os a promoverem a definição a partir do que já foi discutido. Espera-se que consigam entender que [...] Diz respeito à continuidade referencial, ou seja, à retomada de um referente por meio de novas expressões referenciais (CAVALCANTE 2016, pág. 123) - grifo nosso

d) Qual a diferença entre o uso de “este” e “esse” no discurso? Espera-se que respondam: Em anáforas, tanto se pode usar “esse/isso” como “este/isto”. O “este” anafórico só se usa, a rigor, em oposição a “aquele”, isto é, quando se deseja retomar dois termos já utilizados.

3. Distribua o texto com as lacunas para serem preenchidas com o pronome. A atividade segue a orientação de “organização descendente”, que para LERNER (2002) começa com o trabalho coletivo e culmina no trabalho individual ou em duplas. Nesse sentido, proponha que façam individualmente, a partir das discussões coletivas.

Materiais complementares: Para acesso ao texto com as lacunas, clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Ao concluir a atividade, organize a turma em duplas e peça que cada um apresente o texto para o colega e discuta a resposta.
  • Coletivamente, apresente o texto original mostrando a terceira folhinha com o termo original, no caso o pronome específico.
  • Perceba como foi defendido cada escolha e realize as intervenções necessárias.
  • Realize a memória da aula: escolha um(a) voluntário(a) para descrever todos os encaminhamentos da aula e os conhecimentos adquirido acerca do tema, peça que a turma o(a) ajude. SUGESTÃO: Encaminhe o Caderno das Descobertas (um caderno para anotações, espécie de diário) para um aluno levar para casa e anotarem em forma de diário, os acontecimentos da aula - incluindo as aprendizagens e dúvidas. Recolha na aula seguinte e use-o como partida para o planejamento e possível alteração da rota.

Materiais complementares: Para acesso ao gabarito da atividade, clique aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é verificar e utilizar as relações anafóricas estabelecidas pelos pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos e seus efeitos de sentidos em textos de divulgação científica.

Materiais necessários: Cartaz com o texto, texto impresso Por que um copo com água gelada "transpira"? , copo com água bem gelada.

Dificuldades antecipadas: Desconhecimento de pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos.

Referências sobre o assunto:

ANTUNES, Irandé. Análise de textos: fundamentos e práticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

_______________. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães. Os sentidos do texto. 1ª. edição, 3ª. reimpressão. São Paulo: Contexto, 2016.

LERNER, Delia. A autonomia do leitor. Uma análise didática. Porto Alegre, 2002. Disponível em http://www.escoladavila.com.br/html/outros/2010/30_anos/pdf_30/30_textos/13_D%E9lia_lerner.pdf. Acesso em 06 de outubro de 2018.

SANTOS, Leonor Werneck. Análise e produção de textos. São Paulo: Contexto, 2015.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Diretoria de Orientação Técnica. Recuperação Língua Portuguesa – Aprender os padrões da linguagem escrita de modo reflexivo: unidade IV – Você sabia? – Livro do professor / Secretaria Municipal de Educação. – São Paulo: SME/ DOT, 2011. - 56p. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Portals/1/Files/16469.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Apresente a finalidade da aula e questione-os sobre os pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos.
  • Quais palavras podem substituir os nomes repetidos em um texto? O que são pronomes?
  • Quem lembra os pronomes pessoais, possessivos e demonstrativos? Escreva os nomes no quadro branco dentro de uma tabela. Neste momento, perceba as dificuldades e os conhecimentos da turma.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 07 minutos

Orientações:

  • Leia em voz alta o título do texto a ser lido. Apresente também um copo com água bem gelada.
  • Reveja os conhecimentos sobre o gênero Curiosidades, pertencente aos textos de divulgação científica, promovendo a discussão:
  • Quem conhece textos de Divulgação Científica, especificamente Curiosidades?
  • O que conhece sobre o gênero? Nesse momento, é importante salientar a objetividade e formalidade do gênero, o título em forma de pergunta para suscitar a curiosidade.
  • Qual a finalidade do gênero Divulgação Científica? Apresente o copo trazido para a sala, demonstre o copo “transpirando”. Espera-se que respondam tratar-se de transmissão de conhecimento científico.

Material Complementar: Copo com água bem gelada. Para acessar o texto na íntegra, clique em

https://www.terra.com.br/noticias/educacao/voce-sabia/por-que-um-copo-com-agua-gelada-transpira,b1bf58fd9e34135d9e4aacfbc0fedb45w5elh9hx.html

OBS. A partir deste slide você irá promover a atividade de descoberta através do cartaz diferente: Uma folha de cartolina ou papel peso 40 com o texto escrito. No entanto, alguns trechos serão substituídos por bloquinhos com três folhinhas - a primeira com o trecho a ser substituído; a segunda com a classe morfológica adequada à substituição e por fim a terceira folhinha com o pronome específico. A cada leitura, os alunos serão induzidos a descobrirem por si só o que cada folhinha esconde. Nos slides seguintes serão apresentadas as orientações para cada etapa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente o cartaz diferente, com um bloquinho de três folhas substituindo alguns trechos do texto, conforme slide . Cada folhinha deve estar registrado os seguintes comandos:
  • Primeira folhinha - O trecho a ser substituído e que demonstra a repetição excessiva. Exemplo: Um copo com água transpirando;
  • Segunda folhinha - A classe de palavra a ser escolhida para a substituição do trecho. Exemplo: Pronome Demonstrativo;
  • Terceira folhinha - O pronome determinado para sanar a falha da repetição. Exemplo: Essa.
  • Peça que um aluno leia em voz alta o texto e os trechos da primeira folhinha. Destaque neste momento, as repetições e os sentidos expressos por elas.
  • Confirme com os alunos se o texto encaixa corretamente no gênero discutido anteriormente e qual a sua finalidade.
  • Incite-os oralmente a perceberem as repetições - os termos em negrito e na primeira folha - e o que elas causam no leitor:
  • Perceberam algo de diferente no texto? Espera-se que digam as palavras em negrito que se repetem.
  • O que essa repetição causa em quem ouve/lê? Espera-se que respondam - atrapalha o entendimento e causam um estranhamento provocado pela repetição desnecessária. Embora, segundo ANTUNES(2010), [...] a repetição de uma unidade, de qualquer classe gramatical, pode ter relevância para a construção do texto[...] possui suas regularidades.(pág.122). De acordo com o objetivo, a repetição pode significar algo importante ao texto, como no caso de propagandas ou poemas.
  • Qual a solução para melhorar o texto tornando a leitura/audição mais agradável e direta? Pretende-se chegar à resposta: Estabelecer clareza utilizando mecanismos de coesão, substituindo por pronomes, por exemplo. A clareza de um texto[...] passa por essa continuidade referencial que vai se estabelecendo a partir das ligações, dos nexos que se vão construindo. Os pronomes - de todos os tipos- têm essa função textual de ir promovendo as cadeias de referência que vão dando ao texto articulação e unidade. ANTUNES (2010, pág. 131)

Materiais complementares: Para acesso às folhinhas do cartaz, acesse aqui.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Siga as orientações do slide 4.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após a discussão sobre a repetição dos termos e os efeitos que causam no texto, retire a primeira folhinha e deixe aparecer a segunda com a classe de palavras a ser escrita como pista para melhorar o texto. Aparecem respectivamente: pronome demonstrativo, pronome pessoal, pronome possessivo, pronome demonstrativo, pronome demonstrativo, pronome demonstrativo.
  • Fazendo relação com os pronomes escritos no quadro (slide 2), verifique as tentativas que os alunos sugeriram, analisando os efeitos de cada pronome escolhido - tomando sempre o referente como base.
  • O referente — expressão a quem é referido, escrito na primeira folha — está em qual gênero, número, posição textual? Para CAVALCANTE( 2016), o referente é um objeto, uma entidade, uma representação construída a partir do texto e percebido, na maioria das vezes, a partir de expressões referenciais (pág. 98).
  • Relembre, neste momento, o que cada pronome escrito no quadro representa em relação à pessoa, gênero, número, posição no texto. Exemplo:
  • Pronome pessoal - Eu: 1ª. pessoa do singular, masculino ou feminino.

c) Aponte os pronomes como elementos anafóricos. Indague-os a promoverem a definição a partir do que já foi discutido. Espera-se que consigam entender que [...] Diz respeito à continuidade referencial, ou seja, à retomada de um referente por meio de novas expressões referenciais (CAVALCANTE 2016, pág. 123) - grifo nosso

d) Qual a diferença entre o uso de “este” e “esse” no discurso? Espera-se que respondam: Em anáforas, tanto se pode usar “esse/isso” como “este/isto”. O “este” anafórico só se usa, a rigor, em oposição a “aquele”, isto é, quando se deseja retomar dois termos já utilizados.

3. Distribua o texto com as lacunas para serem preenchidas com o pronome. A atividade segue a orientação de “organização descendente”, que para LERNER (2002) começa com o trabalho coletivo e culmina no trabalho individual ou em duplas. Nesse sentido, proponha que façam individualmente, a partir das discussões coletivas.

Materiais complementares: Para acesso ao texto com as lacunas, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Ao concluir a atividade, organize a turma em duplas e peça que cada um apresente o texto para o colega e discuta a resposta.
  • Coletivamente, apresente o texto original mostrando a terceira folhinha com o termo original, no caso o pronome específico.
  • Perceba como foi defendido cada escolha e realize as intervenções necessárias.
  • Realize a memória da aula: escolha um(a) voluntário(a) para descrever todos os encaminhamentos da aula e os conhecimentos adquirido acerca do tema, peça que a turma o(a) ajude. SUGESTÃO: Encaminhe o Caderno das Descobertas (um caderno para anotações, espécie de diário) para um aluno levar para casa e anotarem em forma de diário, os acontecimentos da aula - incluindo as aprendizagens e dúvidas. Recolha na aula seguinte e use-o como partida para o planejamento e possível alteração da rota.

Materiais complementares: Para acesso ao gabarito da atividade, clique aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 5º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 5º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP14 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano