14604
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 4º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Como pontuar texto expositivo de divulgação científica para crianças?

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do EF sobre Como pontuar texto expositivo de divulgação científica para crianças?

Plano 08 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Márcia Regina Pereira

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero verbete (resumo) e no campo de atuação de Estudo e práticas de pesquisa / Todos os campos. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Projetor de slides, tela, quadro ou flip chart, canetas, atividades impressas.

Informações sobre o gênero: O conhecimento científico foi por muito tempo restrito a poucos, a organização da enciclopédia (e seus verbetes) foi uma das primeiras tentativas de compilação de conhecimentos de diversas áreas, de uma forma simples e breve, com o intuito de divulgação para o público leigo. O verbete é, portanto, um gênero específico da esfera de divulgação científica. Verbetes são encontrados principalmente em enciclopédias, dicionários comuns da língua ou em específicos de determinadas áreas do conhecimento, sendo utilizados quando não se consegue fazer inferências sobre o significado de uma expressão ou de uma palavra a partir do seu contexto ou para se obter dados mais específicos a respeito de algum vocábulo. É considerado o 1º hipertexto do qual se tem notícia: sua leitura pode seguir muitos caminhos e o uso de remissões a outras palavras tem a função de “linkagem”, recurso muito comum hoje na internet. Para dialogar com o gênero será importante se familiarizar também com outros textos de divulgação científica, como as reportagens científicas, que nessa sequência serão fonte de informações para a produção de verbetes.

Dificuldades antecipadas: A dificuldade que a maioria dos alunos encontra para pontuar é não entender a função que esta ação exerce em um texto escrito. Ensiná-los que a pontuação está relacionada ao gênero, ao propósito comunicativo, pode ajudá-los a desenvolver essa compreensão. O desenvolvimento da leitura fluente auxilia nesse aprendizado. Por isso, para garantir aos alunos, que ainda se encontram em níveis iniciais de leitura, que esse estudo seja significativo, agrupe-os com pares que possam ajudá-los a perceber o ritmo da leitura perante: a vírgula, que enumera ou explica algo anterior; o ponto final que finaliza uma ideia; o ponto de interrogação que provoca o desejo de uma resposta no interlocutor, mesmo que mental; os dois pontos que esclarece algo dito anteriormente.

Referências sobre o assunto: ROJO, Roxane. O letramento escolar e os textos da divulgação científica – a apropriação dos gêneros de discurso na escola. Linguagem em (Dis)curso – LemD, v. 8, n. 3, p. 581-612, set./dez. 2008.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Apresente o título da aula enfatizando o objeto de estudo: pontuação.
  • Esta é a oitava aula de uma sequência de atividades dedicadas ao estudo do gênero verbete (resumo), entretanto é possível ministrá-la isoladamente.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • A leitura é um exercício mental onde vários conhecimentos são acionados ao mesmo tempo. Apresente esse vídeo aos alunos (4:28 min.) com o intuito de resgatarem o que já sabem sobre o Sistema Solar para facilitar o diálogo com os textos escritos que serão usados posteriormente: “ Por que a Via Láctea tem esse nome?” e “ O Sistema Solar".
  • O vídeo apresenta o Sistema Solar por meio de versos, cantados no ritmo de um “repente”. Explica que o Sistema Solar faz parte da Via Láctea; é composto pelo Sol, que é um astro e pelos planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpter, Saturno, Urano e Netuno.
  • Após o vídeo, converse com a turma a fim de que falem sobre o que sabem sobre o assunto. Faça perguntas como: “Vocês já estudaram o Sistema Solar?”; “O que sabem sobre a Via Láctea?

4. Ouça o que têm a dizer.

Materiais complementares:

O sistema Solar, Quintal da Cultura, TV Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kABqQx0iyrk. Acesso em 25/10/2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Explique-lhes que iniciarão a aula, realizando um desafio com o conhecimento que já possuem sobre pontuação.
  • Receberão dois textos que trazem curiosidades sobre a Via Láctea e sobre o Sistema Solar, que contêm lacunas que devem ser preenchidas com a pontuação adequada.
  • Leia para os alunos as orientações que estão registradas no slide.
  • Acrescente as seguintes:
  • Nesse momento, trabalharão individualmente.
  • Terão dez minutos para realizarem essa primeira tarefa.

5. Movimente-se pela sala, observando como os alunos realizam essa atividade.

Materiais complementares:

CORRADINI, Ana Paula. Universo, uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p. 21-22.

Texto lacunado para impressão: aqui

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após pontuarem individualmente os textos solicitados, forme duplas de acordo com níveis próximos de saberes.
  • As duplas deverão comparar as respostas que deram ao desafio proposto, analisando e justificando suas escolhas.
  • Caso haja discordância entre os pares, deverão analisar as hipóteses apresentadas para concluírem qual seria a opção de pontuação mais adequada para cada caso.
  • As duplas terão 8 minutos para realizarem as discussões.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Esse é o momento de socialização da atividade.
  • Projete os textos lacunados projetados na tela para facilitar a socialização e a discussão das hipóteses.
  • Vá anotados no quadro ou registrados em um cartaz as pontuações que ficarem definidas, assim todos podem se localizar e corrigir suas respostas quando necessário.
  • Para que mais duplas possam falar, divida o texto de modo que cada dupla fale a respeito de apenas um trecho. Os demais alunos devem ouvir e, se não concordarem, deverão apresentar suas hipóteses.
  • Estimule o diálogo reflexivo entre os alunos.
  • Ao concluírem, deve estar claro:
  • O título deve ser encerrado com ponto de interrogação, pois trata-se de uma frase interrogativa. O “por que” que inicia a frase está grafado separadamente pois é um pronome interrogativo. É possível saber disso também pela maneira como o texto está organizado: título, uma pergunta; corpo do texto, a resposta. Títulos escritos em forma de pergunta têm o objetivo de despertar a curiosidade no leitor.
  • Após a palavra Via Láctea deve vir o ponto final. É possível que empreguem a vírgula, caso isso ocorra solicite a atenção para a escrita da palavra ”nosso”, está grafada com letra inicial maiúscula. Se for conveniente, aprofunde a reflexão, explore a formação do primeiro parágrafo composto por dois períodos. O primeiro responde à pergunta trazida pelo título. O segundo acrescenta a informação de que o nosso planeta pertence a Via Láctea.
  • Após a palavra “lá”, no início do segundo parágrafo, devem usar os dois pontos. A informação que segue inicia a explicação dos gregos para a existência da Via Láctea.
  • Nas três próximas lacunas, deverão empregar a vírgula. Provavelmente acertem, entretanto é preciso que compreendam as razões. Os elementos grafados após as vírgulas são “apostos” porque retomam termos ditos anteriormente a ela, explicando ou restringindo.

Ex.: Hera, sua madrasta. (As palavras que estão após a vírgula, “sua madrasta”, esclarecem que Hera era a madrasta de Hércules.) O mesmo acontece em “Hermes, irmão dele”. (As palavras entre vírgulas, “irmão dele”, informa que Hermes é irmão de Hércules.).

  • Para finalizar o segundo parágrafo, após a palavra “céu” podem empregar tanto os dois pontos como a vírgula. Há casos em que a pontuação, quando não há regra que a justifique, depende da escolha pessoal do autor. Nesse caso teremos um aposto porque o nome Via Láctea foi usado para retomar o significado da palavra rastro.

Materiais complementares:

Fonte: Corradini, Ana Paula. Universo: uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p.21.

Textos lacunados projetados na tela, anotados no quadro ou registrados em um cartaz;

Resolução da atividade: aqui

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Siga a discussão coletiva com o 2º texto.
  • Ouça as hipóteses formuladas.
  • Estimule o diálogo reflexivo, chame uma dupla para preencher as lacunas e pergunte às demais duplas se concordam ou não. Peça que justifiquem suas respostas.
  • Os alunos devem perceber que o trecho lacunado é uma espécie de lista com os nomes dos planetas que giram em torno do Sol. A 1ª lacuna deve ser preenchida com “dois pontos” que têm a função de anunciar os itens da lista que vem a seguir. É possível que os alunos confundam com ponto final e justifiquem pelo fato da palavra Mercúrio iniciar com letra maiúscula, esclareça que isso ocorre por ser o nome de um planeta.
  • As vírgulas, subtraídas da oração, por sua vez, têm a função de organizar os itens da lista. A cada novo nome de planeta apresentado aparece uma vírgula. Essa Vírgula também indica a continuidade da listagem, que finaliza apenas com o ponto final. O conectivo ” e” no final da frase substitui uma nova vírgula e “anuncia” ao leitor a vinda do último item da lista.
  • Será interessante conversar com os alunos sobre a ausência da última vírgula em uma lista e sobre a possibilidade de trocá-la pelo conectivo “e”. Buscando evidenciar os efeitos de sentido promovidos por essa escolha.

Materiais complementares:

Fonte: Corradini, Ana Paula. Universo: uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p.21.

Textos lacunados projetados na tela, anotados no quadro ou registrados em um cartaz;

Resolução da atividade: aqui

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos: “O que aprendemos sobre pontuação?”
  • Proponha-lhes o desafio de responder a essa pergunta montando um quebra-cabeça.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mantenha-os em duplas, entregue um impresso para cada integrante, garanta que tenham os materiais necessários como cola e tesoura.
  • Explique-lhes que receberão um impresso com os nomes das pontuações usadas nessa aula e suas funções de maneira desencontrada. Eles devem recortar, organizar os pares e colar no caderno.
  • Montagem do quebra cabeça:

Ponto de interrogação: Insere uma pergunta ao interlocutor.
Ponto final: Encerra a apresentação de um pensamento, ideia ou conceito. Pode ser afirmando ou negando. Após o uso desse sinal de pontuação, a próxima palavra deve vir grafada com letra inicial maiúscula.
Vírgula: Pode ser usada para indicar o aposto, expressão que explica o que foi dito antes. Também separa enumerações.

Dois pontos: precede uma citação, uma enumeração ou um esclarecimento de algo que foi dito antes.

Materiais complementares: cola, tesoura, cadernos dos alunos, um jogo impresso para cada aluno: aqui

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a oitava aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero verbete (resumo) e no campo de atuação de Estudo e práticas de pesquisa / Todos os campos. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Projetor de slides, tela, quadro ou flip chart, canetas, atividades impressas.

Informações sobre o gênero: O conhecimento científico foi por muito tempo restrito a poucos, a organização da enciclopédia (e seus verbetes) foi uma das primeiras tentativas de compilação de conhecimentos de diversas áreas, de uma forma simples e breve, com o intuito de divulgação para o público leigo. O verbete é, portanto, um gênero específico da esfera de divulgação científica. Verbetes são encontrados principalmente em enciclopédias, dicionários comuns da língua ou em específicos de determinadas áreas do conhecimento, sendo utilizados quando não se consegue fazer inferências sobre o significado de uma expressão ou de uma palavra a partir do seu contexto ou para se obter dados mais específicos a respeito de algum vocábulo. É considerado o 1º hipertexto do qual se tem notícia: sua leitura pode seguir muitos caminhos e o uso de remissões a outras palavras tem a função de “linkagem”, recurso muito comum hoje na internet. Para dialogar com o gênero será importante se familiarizar também com outros textos de divulgação científica, como as reportagens científicas, que nessa sequência serão fonte de informações para a produção de verbetes.

Dificuldades antecipadas: A dificuldade que a maioria dos alunos encontra para pontuar é não entender a função que esta ação exerce em um texto escrito. Ensiná-los que a pontuação está relacionada ao gênero, ao propósito comunicativo, pode ajudá-los a desenvolver essa compreensão. O desenvolvimento da leitura fluente auxilia nesse aprendizado. Por isso, para garantir aos alunos, que ainda se encontram em níveis iniciais de leitura, que esse estudo seja significativo, agrupe-os com pares que possam ajudá-los a perceber o ritmo da leitura perante: a vírgula, que enumera ou explica algo anterior; o ponto final que finaliza uma ideia; o ponto de interrogação que provoca o desejo de uma resposta no interlocutor, mesmo que mental; os dois pontos que esclarece algo dito anteriormente.

Referências sobre o assunto: ROJO, Roxane. O letramento escolar e os textos da divulgação científica – a apropriação dos gêneros de discurso na escola. Linguagem em (Dis)curso – LemD, v. 8, n. 3, p. 581-612, set./dez. 2008.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Apresente o título da aula enfatizando o objeto de estudo: pontuação.
  • Esta é a oitava aula de uma sequência de atividades dedicadas ao estudo do gênero verbete (resumo), entretanto é possível ministrá-la isoladamente.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • A leitura é um exercício mental onde vários conhecimentos são acionados ao mesmo tempo. Apresente esse vídeo aos alunos (4:28 min.) com o intuito de resgatarem o que já sabem sobre o Sistema Solar para facilitar o diálogo com os textos escritos que serão usados posteriormente: “ Por que a Via Láctea tem esse nome?” e “ O Sistema Solar".
  • O vídeo apresenta o Sistema Solar por meio de versos, cantados no ritmo de um “repente”. Explica que o Sistema Solar faz parte da Via Láctea; é composto pelo Sol, que é um astro e pelos planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpter, Saturno, Urano e Netuno.
  • Após o vídeo, converse com a turma a fim de que falem sobre o que sabem sobre o assunto. Faça perguntas como: “Vocês já estudaram o Sistema Solar?”; “O que sabem sobre a Via Láctea?

4. Ouça o que têm a dizer.

Materiais complementares:

O sistema Solar, Quintal da Cultura, TV Cultura. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kABqQx0iyrk. Acesso em 25/10/2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Explique-lhes que iniciarão a aula, realizando um desafio com o conhecimento que já possuem sobre pontuação.
  • Receberão dois textos que trazem curiosidades sobre a Via Láctea e sobre o Sistema Solar, que contêm lacunas que devem ser preenchidas com a pontuação adequada.
  • Leia para os alunos as orientações que estão registradas no slide.
  • Acrescente as seguintes:
  • Nesse momento, trabalharão individualmente.
  • Terão dez minutos para realizarem essa primeira tarefa.

5. Movimente-se pela sala, observando como os alunos realizam essa atividade.

Materiais complementares:

CORRADINI, Ana Paula. Universo, uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p. 21-22.

Texto lacunado para impressão: aqui

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Após pontuarem individualmente os textos solicitados, forme duplas de acordo com níveis próximos de saberes.
  • As duplas deverão comparar as respostas que deram ao desafio proposto, analisando e justificando suas escolhas.
  • Caso haja discordância entre os pares, deverão analisar as hipóteses apresentadas para concluírem qual seria a opção de pontuação mais adequada para cada caso.
  • As duplas terão 8 minutos para realizarem as discussões.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Esse é o momento de socialização da atividade.
  • Projete os textos lacunados projetados na tela para facilitar a socialização e a discussão das hipóteses.
  • Vá anotados no quadro ou registrados em um cartaz as pontuações que ficarem definidas, assim todos podem se localizar e corrigir suas respostas quando necessário.
  • Para que mais duplas possam falar, divida o texto de modo que cada dupla fale a respeito de apenas um trecho. Os demais alunos devem ouvir e, se não concordarem, deverão apresentar suas hipóteses.
  • Estimule o diálogo reflexivo entre os alunos.
  • Ao concluírem, deve estar claro:
  • O título deve ser encerrado com ponto de interrogação, pois trata-se de uma frase interrogativa. O “por que” que inicia a frase está grafado separadamente pois é um pronome interrogativo. É possível saber disso também pela maneira como o texto está organizado: título, uma pergunta; corpo do texto, a resposta. Títulos escritos em forma de pergunta têm o objetivo de despertar a curiosidade no leitor.
  • Após a palavra Via Láctea deve vir o ponto final. É possível que empreguem a vírgula, caso isso ocorra solicite a atenção para a escrita da palavra ”nosso”, está grafada com letra inicial maiúscula. Se for conveniente, aprofunde a reflexão, explore a formação do primeiro parágrafo composto por dois períodos. O primeiro responde à pergunta trazida pelo título. O segundo acrescenta a informação de que o nosso planeta pertence a Via Láctea.
  • Após a palavra “lá”, no início do segundo parágrafo, devem usar os dois pontos. A informação que segue inicia a explicação dos gregos para a existência da Via Láctea.
  • Nas três próximas lacunas, deverão empregar a vírgula. Provavelmente acertem, entretanto é preciso que compreendam as razões. Os elementos grafados após as vírgulas são “apostos” porque retomam termos ditos anteriormente a ela, explicando ou restringindo.

Ex.: Hera, sua madrasta. (As palavras que estão após a vírgula, “sua madrasta”, esclarecem que Hera era a madrasta de Hércules.) O mesmo acontece em “Hermes, irmão dele”. (As palavras entre vírgulas, “irmão dele”, informa que Hermes é irmão de Hércules.).

  • Para finalizar o segundo parágrafo, após a palavra “céu” podem empregar tanto os dois pontos como a vírgula. Há casos em que a pontuação, quando não há regra que a justifique, depende da escolha pessoal do autor. Nesse caso teremos um aposto porque o nome Via Láctea foi usado para retomar o significado da palavra rastro.

Materiais complementares:

Fonte: Corradini, Ana Paula. Universo: uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p.21.

Textos lacunados projetados na tela, anotados no quadro ou registrados em um cartaz;

Resolução da atividade: aqui

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Siga a discussão coletiva com o 2º texto.
  • Ouça as hipóteses formuladas.
  • Estimule o diálogo reflexivo, chame uma dupla para preencher as lacunas e pergunte às demais duplas se concordam ou não. Peça que justifiquem suas respostas.
  • Os alunos devem perceber que o trecho lacunado é uma espécie de lista com os nomes dos planetas que giram em torno do Sol. A 1ª lacuna deve ser preenchida com “dois pontos” que têm a função de anunciar os itens da lista que vem a seguir. É possível que os alunos confundam com ponto final e justifiquem pelo fato da palavra Mercúrio iniciar com letra maiúscula, esclareça que isso ocorre por ser o nome de um planeta.
  • As vírgulas, subtraídas da oração, por sua vez, têm a função de organizar os itens da lista. A cada novo nome de planeta apresentado aparece uma vírgula. Essa Vírgula também indica a continuidade da listagem, que finaliza apenas com o ponto final. O conectivo ” e” no final da frase substitui uma nova vírgula e “anuncia” ao leitor a vinda do último item da lista.
  • Será interessante conversar com os alunos sobre a ausência da última vírgula em uma lista e sobre a possibilidade de trocá-la pelo conectivo “e”. Buscando evidenciar os efeitos de sentido promovidos por essa escolha.

Materiais complementares:

Fonte: Corradini, Ana Paula. Universo: uma viagem ao espaço. São Paulo: DCL, 2006. p.21.

Textos lacunados projetados na tela, anotados no quadro ou registrados em um cartaz;

Resolução da atividade: aqui

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos: “O que aprendemos sobre pontuação?”
  • Proponha-lhes o desafio de responder a essa pergunta montando um quebra-cabeça.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mantenha-os em duplas, entregue um impresso para cada integrante, garanta que tenham os materiais necessários como cola e tesoura.
  • Explique-lhes que receberão um impresso com os nomes das pontuações usadas nessa aula e suas funções de maneira desencontrada. Eles devem recortar, organizar os pares e colar no caderno.
  • Montagem do quebra cabeça:

Ponto de interrogação: Insere uma pergunta ao interlocutor.
Ponto final: Encerra a apresentação de um pensamento, ideia ou conceito. Pode ser afirmando ou negando. Após o uso desse sinal de pontuação, a próxima palavra deve vir grafada com letra inicial maiúscula.
Vírgula: Pode ser usada para indicar o aposto, expressão que explica o que foi dito antes. Também separa enumerações.

Dois pontos: precede uma citação, uma enumeração ou um esclarecimento de algo que foi dito antes.

Materiais complementares: cola, tesoura, cadernos dos alunos, um jogo impresso para cada aluno: aqui

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 4º ano :

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04LP05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano