14578
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A linguagem persuasiva no gênero resenha crítica

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do Fundamental sobre resenha crítica

Plano 06 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fernanda Costa Baccaro Fonseca

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero resenha/vlog e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Textos impressos, Datashow.

Informações sobre o gênero: A resenha crítica é texto que avalia uma manifestação cultural, filme, peça de teatro, show, exposição, com o objetivo de orientar o leitor. Sua função social é comentar e avaliar obras e espetáculos para que o leitor possa ter informações e avaliações. O gênero circula em diferentes veículos de comunicação como jornais, revistas, blogs, vlogs e, a depender desse veículo, pode estar voltado a diferentes públicos. Ao explorar tal gênero na escola, espera-se desenvolver a capacidade argumentativa do estudante com foco na exposição de suas apreciações e posicionamentos diante desses textos.

Dificuldades antecipadas: Os estudantes podem não identificar a linguagem como um mecanismo para persuadir os interlocutores; nesse caso, reforce as técnicas de persuasão mais empregadas, exemplificando-as. Você encontra informações sobre o tema nas referências a seguir.

Referências para o professor:

CITELLI, Adilson. Linguagem e Persuasão. São Paulo: Editora Ática, 1988. Disponível em:

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4234777/mod_resource/content/1/Livro%20Citelli.pdf

FIORIN, José Luiz. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Leia o tema da aula para os alunos, perguntando a eles se conseguem definir a palavra “persuasão”.
  • Ouça as respostas e, na eventualidade de algum aluno apresentar uma definição muito inadequada, sinalize que o conceito não é bem aquele, informando que, na sequência, uma definição adequada será exibida.
  • Espere que os alunos se manifestem, antes de passar a próximo slide.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Exiba o slide e leia a definição para os alunos.
  • Pergunte à classe se a definição está de acordo com o que eles previram.
  • Esclareça à turma que muitos textos empregam uma linguagem persuasiva, na tentativa de fazer com que o leitor compartilhe do ponto de vista de seu autor.
  • Peça aos alunos que deem exemplos de textos que empregam essa técnica. (Espera-se que os alunos mencionem textos de opinião, textos publicitários e as próprias resenhas)
  • Mesmo que as resenhas não tenham sido citadas como exemplo de textos persuasivos, pergunte à classe: De que forma as resenhas se enquadram na categoria de textos persuasivos? (Espera-se que os alunos percebam que as resenhas podem estimular ou desencorajar o contato com o objeto de sua análise, uma vez que os argumentos do resenhista garantem o caráter persuasivo do gênero.)
  • Encerre essa etapa esclarecendo aos alunos que a persuasão vai, muitas vezes, além do convencimento, pois os argumentos empregados podem se capazes de modificar pensamentos, ações e opiniões, e não apenas constituírem-se em um artifício para nos fazer consumir um produto ou alguma ideia.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Exiba o slide e distribua cópias do texto na íntegra, disponível em materiais complementares.
  • Peça que os alunos façam a leitura silenciosa da resenha.
  • Pergunte à classe se a resenhista estimula ou desencoraja o contato com a obra. (Espera-se que os alunos percebam que a resenhista tece elogios à obra e estimula o leitor a conhecê-la).
  • Peça que os alunos citem palavras ou expressões que confirmem sua resposta anterior, como “ganhou minha atenção” e “vai muito além disso”.
  • Na sequência, pergunte à classe quem sentiu vontade de conhecer o livro após a leitura do texto.
  • Indique alguns alunos para explicarem sua posição (inclinação para ler o livro). Faça o mesmo com alguns alunos que afirmaram não ter interesse pela obra. (Espera-se que os alunos consigam embasar as opiniões emitidas, de forma coesa e coerente).

Materiais complementares:

Para acessar o texto na íntegra, clique aqui. (Ao imprimir a resenha, mantenha as passagens em negrito; elas serão abordadas na sequência).

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações

  • Exiba o slide para os alunos e explique o conceito de recursos persuasivos: técnicas empregadas com o objetivo de convencer ou modificar o pensamento de alguém.
  • Leia cada um dos itens e discorra brevemente sobre eles. Recorra às referências bibliográficas que constam no primeiro slide, caso julgue necessário.
  • Agrupe os alunos em quartetos para que, juntos, possam localizar os recursos de persuasão usados na resenha.
  • Distribua as fichas de avaliação (reprodução do texto do slide, com linhas para a resposta) e peça às equipes que identifiquem e comentem sobre os recursos encontrados no texto. As fichas estão disponíveis em materiais complementares.
  • Por fim, peça às equipes que troquem os textos com outro grupo, para cruzarem as informações e efetuar uma correção compartilhada. Enquanto os textos circulam, caminhe pelos grupos, verificando a adequação das respostas.
  • Ao final da aula, você pode fixar uma cópia do gabarito disponível em materiais complementares no mural, para conferência. Caso haja dúvidas, coloque-se à disposição para os esclarecimentos.

Materiais complementares

Para acessar as fichas de avaliação, clique aqui.

Para acessar o gabarito, clique aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos de onde foi tirada essa frase. Caso não obtenha a resposta esperada, lembre-os que foi assim que a resenhista encerrou seu texto sobre a obra “O sol na cabeça”.
  • Pergunte aos alunos se esse final é persuasivo o suficiente. Espera-se que os alunos digam que ele é muito sucinto (lembre-os, porém, de que às vezes isso pode ser intencional, à medida em que quebra uma expectativa, provocando o leitor).
  • Independentemente das respostas obtidas, proponha a criação individual de um parágrafo final mais elaborado e persuasivo, que não deixe dúvidas no leitor de que a resenhista estimula, de fato, a leitura do livro.
  • Reserve alguns minutos para a atividade e, em seguida, solicite que alguns alunos escrevam suas frases no quadro.
  • Leia os exemplos e peça que os demais alunos identifiquem e analisem a adequação dos recursos empregados. Espera-se que sejam criadas construções mais complexas, reunindo adjetivação abundante, verbos no imperativo, argumentação eficiente.
  • Encerre a aula, reforçando o caráter persuasivo presente nas resenhas.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é a sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero resenha/vlog e no campo de atuação jornalístico/midiático. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e Semiótica.

Materiais necessários: Textos impressos, Datashow.

Informações sobre o gênero: A resenha crítica é texto que avalia uma manifestação cultural, filme, peça de teatro, show, exposição, com o objetivo de orientar o leitor. Sua função social é comentar e avaliar obras e espetáculos para que o leitor possa ter informações e avaliações. O gênero circula em diferentes veículos de comunicação como jornais, revistas, blogs, vlogs e, a depender desse veículo, pode estar voltado a diferentes públicos. Ao explorar tal gênero na escola, espera-se desenvolver a capacidade argumentativa do estudante com foco na exposição de suas apreciações e posicionamentos diante desses textos.

Dificuldades antecipadas: Os estudantes podem não identificar a linguagem como um mecanismo para persuadir os interlocutores; nesse caso, reforce as técnicas de persuasão mais empregadas, exemplificando-as. Você encontra informações sobre o tema nas referências a seguir.

Referências para o professor:

CITELLI, Adilson. Linguagem e Persuasão. São Paulo: Editora Ática, 1988. Disponível em:

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4234777/mod_resource/content/1/Livro%20Citelli.pdf

FIORIN, José Luiz. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Leia o tema da aula para os alunos, perguntando a eles se conseguem definir a palavra “persuasão”.
  • Ouça as respostas e, na eventualidade de algum aluno apresentar uma definição muito inadequada, sinalize que o conceito não é bem aquele, informando que, na sequência, uma definição adequada será exibida.
  • Espere que os alunos se manifestem, antes de passar a próximo slide.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Exiba o slide e leia a definição para os alunos.
  • Pergunte à classe se a definição está de acordo com o que eles previram.
  • Esclareça à turma que muitos textos empregam uma linguagem persuasiva, na tentativa de fazer com que o leitor compartilhe do ponto de vista de seu autor.
  • Peça aos alunos que deem exemplos de textos que empregam essa técnica. (Espera-se que os alunos mencionem textos de opinião, textos publicitários e as próprias resenhas)
  • Mesmo que as resenhas não tenham sido citadas como exemplo de textos persuasivos, pergunte à classe: De que forma as resenhas se enquadram na categoria de textos persuasivos? (Espera-se que os alunos percebam que as resenhas podem estimular ou desencorajar o contato com o objeto de sua análise, uma vez que os argumentos do resenhista garantem o caráter persuasivo do gênero.)
  • Encerre essa etapa esclarecendo aos alunos que a persuasão vai, muitas vezes, além do convencimento, pois os argumentos empregados podem se capazes de modificar pensamentos, ações e opiniões, e não apenas constituírem-se em um artifício para nos fazer consumir um produto ou alguma ideia.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Exiba o slide e distribua cópias do texto na íntegra, disponível em materiais complementares.
  • Peça que os alunos façam a leitura silenciosa da resenha.
  • Pergunte à classe se a resenhista estimula ou desencoraja o contato com a obra. (Espera-se que os alunos percebam que a resenhista tece elogios à obra e estimula o leitor a conhecê-la).
  • Peça que os alunos citem palavras ou expressões que confirmem sua resposta anterior, como “ganhou minha atenção” e “vai muito além disso”.
  • Na sequência, pergunte à classe quem sentiu vontade de conhecer o livro após a leitura do texto.
  • Indique alguns alunos para explicarem sua posição (inclinação para ler o livro). Faça o mesmo com alguns alunos que afirmaram não ter interesse pela obra. (Espera-se que os alunos consigam embasar as opiniões emitidas, de forma coesa e coerente).

Materiais complementares:

Para acessar o texto na íntegra, clique aqui. (Ao imprimir a resenha, mantenha as passagens em negrito; elas serão abordadas na sequência).

Slide Plano Aula

Orientações

  • Exiba o slide para os alunos e explique o conceito de recursos persuasivos: técnicas empregadas com o objetivo de convencer ou modificar o pensamento de alguém.
  • Leia cada um dos itens e discorra brevemente sobre eles. Recorra às referências bibliográficas que constam no primeiro slide, caso julgue necessário.
  • Agrupe os alunos em quartetos para que, juntos, possam localizar os recursos de persuasão usados na resenha.
  • Distribua as fichas de avaliação (reprodução do texto do slide, com linhas para a resposta) e peça às equipes que identifiquem e comentem sobre os recursos encontrados no texto. As fichas estão disponíveis em materiais complementares.
  • Por fim, peça às equipes que troquem os textos com outro grupo, para cruzarem as informações e efetuar uma correção compartilhada. Enquanto os textos circulam, caminhe pelos grupos, verificando a adequação das respostas.
  • Ao final da aula, você pode fixar uma cópia do gabarito disponível em materiais complementares no mural, para conferência. Caso haja dúvidas, coloque-se à disposição para os esclarecimentos.

Materiais complementares

Para acessar as fichas de avaliação, clique aqui.

Para acessar o gabarito, clique aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos de onde foi tirada essa frase. Caso não obtenha a resposta esperada, lembre-os que foi assim que a resenhista encerrou seu texto sobre a obra “O sol na cabeça”.
  • Pergunte aos alunos se esse final é persuasivo o suficiente. Espera-se que os alunos digam que ele é muito sucinto (lembre-os, porém, de que às vezes isso pode ser intencional, à medida em que quebra uma expectativa, provocando o leitor).
  • Independentemente das respostas obtidas, proponha a criação individual de um parágrafo final mais elaborado e persuasivo, que não deixe dúvidas no leitor de que a resenhista estimula, de fato, a leitura do livro.
  • Reserve alguns minutos para a atividade e, em seguida, solicite que alguns alunos escrevam suas frases no quadro.
  • Leia os exemplos e peça que os demais alunos identifiquem e analisem a adequação dos recursos empregados. Espera-se que sejam criadas construções mais complexas, reunindo adjetivação abundante, verbos no imperativo, argumentação eficiente.
  • Encerre a aula, reforçando o caráter persuasivo presente nas resenhas.
Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP16 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano