14569
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 9º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Expressões denotativas e conotativas no gênero conto

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 9º ano do EF sobre Expressões denotativas e conotativas no gênero conto

Plano 09 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Daiane Eloisa Dos Santos

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero conto clássico e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Quadro, giz, cópias do texto, projetor multimídia, computadores conectados à internet, cartolina, EVA (espuma vinílica acetinada).

Informações sobre o gênero: O que caracteriza o conto (tradicional ou moderno), conforme aponta Gotlib (2006), é o seu movimento enquanto uma narrativa através dos tempos. “O que era verdade para todos passa ou tende a ser verdade para um só. Neste sentido, evolui-se do enredo que dispõe um acontecimento em ordem linear, para um Outro, diluído nos feelings, sensações, percepções, revelações ou sugestões íntimas. . .” (GOTLIB, 2006, pg. 30).

Dificuldades antecipadas: Identificar os conceitos linguísticos (adjetivos, locuções adjetivas, orações subordinadas adjetivas) e compreender seus efeitos de sentido no texto. Fazer uma retomada dos conteúdos pode auxiliar o aluno à relembrar os conceitos linguísticos. Proporcionar atividades coletivas, como em grupos ou duplas, pode facilitar as análises do texto, porém é indispensável a mediação do professor.

Referências sobre o assunto:

BRAIT, Beth. A personagem. São Paulo: Ática, 2002.

COHAN, Silvia. Como narrar uma história. Belo Horizonte: Gutenberg, 2011.

GAIGNOUX, Aline de Azevedo. Seleção lexical e argumentatividade na construção da narrativa: o adjetivo no conto a cartomante. Letras em Revista, Teresina, V. 04, n. 02, jul./-dez, 2013.

GANCHO, Cândida. Como analisar narrativas. São Paulo: Ática, 2000.
GOTLIB, Nádia. Teoria do conto. São Paulo: Ática, 2006.
LEITE, Ligia Chiappini. O foco narrativo. São Paulo: Ática, 1989.

MOREIRA, Marco Antonio. Mapas conceituais e diagramas V. Porto Alegre: Edição do Autor, 2006.

NICOLA, José de. Gramática: palavra, frase, texto. 2º ed. São Paulo: Scipione, 2009.

TERRA, Ernani. Curso Prático de Gramática. São Paulo: Editora Scipione, 2011.
TERRA, E.; PACHECO, J.. O conto na sala de aula. Curitiba: Intersaberes, 2017.
TERRA, E. O Conto. In: Da leitura literária à produção de textos. São Paulo: Contexto, 2018. p. 65-82.
TODOROV, Tzvetan. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva, 2003.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o título da aula aos alunos.
  • Pergunte a eles o que recordam sobre adjetivos. Acolha as respostas. Sugestão: Se considerar necessário, apresente para eles uma definição do termo adjetivo, em linhas gerais. Você pode pedir que consultem em uma gramática também. De acordo com Nicola (2009), o adjetivo é a palavra que modifica o substantivo, atribuindo-lhe um estado, uma característica ou uma qualidade.
  • Explique que eles retornarão ao conto de Machado de Assis, para analisar o emprego dos adjetivos,a locuções adjetivas e orações subordinadas adjetivas, para entender como essas palavras ou expressões contribuem para a compreensão da narrativa.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Projete o slide para os alunos e chame atenção para o título e para a imagem.
  • Pergunte oralmente a eles:
  • A quem essa característica é atribuída no texto? Resposta esperada: É atribuída à cartomante.
  • Quais palavras caracterizam a palavra olhos no título? Resposta esperada: Grandes, sonsos e a agudos. Relembre-os de que as palavras que caracterizam o substantivo olhos pertencem à classe de palavras dos adjetivos.
  • Que sentido cada adjetivo agrega aos olhos da cartomante? Eles estão empregados em sentido literal ou figurado? Resposta esperada: Grandes diz respeito ao tamanho do olhos da cartomante; sonsos diz respeito ao comportamento de uma pessoa, o ato de enganar alguém, essa característica é na verdade da pessoa, da cartomante, mas foi atribuída aos olhos por metonímia (figura de linguagem - a parte pelo todo); já agudos quer dizer um olhar penetrante, de quem observa a fundo o outro, também temos a linguagem figurada aqui, o sentido de agudo é modificado, ocorrendo uma metáfora.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete para os alunos o slide e chame a atenção para a imagem da carta. Relembre-os que a personagem Camilo recebeu algumas cartas no conto.
  • Peça para que observem a caixa abaixo da figura, com os adjetivos.
  • Pergunte: Quais dos adjetivos podemos relacionar às cartas recebidas por Camilo? Resposta esperada: anônima, insultante, ofensiva, agressiva, apaixonadas, ameaçadoras.
  • Por que podemos dizer que a carta era insultante, ofensiva? Justifiquem com um trecho do texto. Resposta esperada: Uma das cartas recebidas por Camilo o chamava de imoral e pérfido (que lhe chamava imoral e pérfido). Esse trecho atribui à carta a característica de ofensiva ou insultante, pois tinha o propósito de ofender Camilo.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para finalizar a introdução da aula, agora é proposto que os alunos reconheçam uma locução adjetiva. Para isso, projete o trecho do conto para eles.
  • Chame a atenção para a expressão em destaque.
  • Pergunte aos alunos oralmente:
  • Que sentido a locução adjetiva de cristal atribui à óculos? Resposta esperada: Os óculos com as lentes de cristal proporcionam uma visão mais clara, por ser transparente.
  • Qual foi a intenção do narrador ao dizer que faltava a ação do tempo e os óculos de cristal em Camilo? As imagens projetadas no slide podem ajudá-los a entender. Resposta esperada: O narrador não quis dizer que Camilo necessitava literalmente de óculos porque não enxergava bem, mas o que faltava em Camilo era a intuição, uma visão mais clara de certas coisas, mais discernimento.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações:

  • Projete o slide para os alunos.
  • Leia para eles as alternativas possíveis sobre quais efeitos de sentido os adjetivos causam no conto A cartomante.
  • Pergunte a eles qual alternativa está correta. Resposta esperada: todas as alternativas.
  • Explique a eles que a partir dessas alternativas eles vão produzir mapas conceituais com os adjetivos presentes no conto, evidenciando cada efeito de sentido gerado pelo seu uso.
  • De acordo com Moreira (2006) os mapas são formas organizadas de expressar relações entre conceitos que auxiliam na ordenação e sequenciamento de conteúdos. Pode-se utilizar uma analogia com os mapas geográficos, nos quais as cidades estariam exemplificando os conceitos e as estradas representam as linhas, ou seja, as relações entre estes conceitos. Você pode explicar esse conceito para os alunos, dizendo que eles vão elaborar esquemas gráficos, parecidos com organogramas, para explicar a relação e os efeitos de sentido provocados pelos adjetivos no conto. Se achar oportuno, pode fazer a analogia com os mapas geográficos.
  • Para tanto, divida os alunos em grupos de até quatro integrantes.
  • Sorteie entre os grupos as letras das alternativas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete o modelo de mapa conceitual para os alunos.
  • Explique que a partir do efeito de sentido que foi sorteado para eles, eles farão uma pesquisa no conto, buscando pelos substantivos e adjetivos empregados para a criação do efeito.
  • Depois que eles encontrarem as expressões no texto, eles farão um mapa conceitual.
  • Se achar necessário, imprima um modelo de mapa conceitual para que os alunos tenham base para produzir o deles. O modelo está disponível para impressão em materiais complementares.
  • Para isso, você pode levar os alunos na sala de informática e acessar o site https://www.canva.com/. Nesse site, eles podem criar diversos modelos de mapas conceituais, a partir de modelos/designs previamente elaborados e disponíveis para edição.
  • Se não houver a possibilidade de utilizar a sala de informática, você pode pedir que os alunos elaborem os mapas manualmente, utilizando outros materiais, como cartolina ou EVA.
  • Terminada a atividade, peça que os alunos entreguem-na para avaliação. Elas podem ser apresentadas impressas, feitas manualmente ou em arquivo digital.
  • Faça a correção e devolva aos alunos.

Materiais complementares: Acesse um tutorial para o uso da ferramenta online Canva aqui.

Acesse a resolução da atividade aqui.

Acesse um modelo de mapa conceitual aqui.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete os trechos do conto para os alunos.
  • Leia para eles os frases e explique que Camilo não acreditava na cartomante no início do conto e depois ele acaba “caindo na própria armadilha”, ou seja, seu estado emocional leva-o a acreditar em superstições que para ele estavam mortas.
  • Com os alunos dispostos em trios, chame a atenção das expressões destacadas e pergunte oralmente: As expressões destacadas são empregadas no sentido denotativo ou conotativo? Explique o que compreenderam de cada uma delas. Dê um tempo para que eles discutam entre si, depois peça que compartilhem suas respostas para a classe. Sugestão de respostas: As expressões são empregadas no sentido conotativo. A primeira personifica a palavra ideia, dando-lhe asas, as asas correspondem ao movimento de seus pensamentos, que iam e vinham. A segunda expressão “longo véu opaco” é a ilusão que Camilo tinha de achar uma solução fácil para seu impasse, para resolver a iminente situação perigosa.
  • Qual é o sentido dos adjetivos nas expressões conotativas? Vastas e cinzentas, longo e opaco? Sugestão de respostas: Cinzentas e opaco dão sentido de ideias pouco claras, irreais. Vastas e longo dão a dimensão da ideia, era algo que estava ganhando espaço e tomando conta dos pensamentos de Camilo.
  • Para finalizar, peça que reescrevam os trechos substituindo as expressões conotativas por expressões denotativas. Sugestão de resposta: asas pode ser substituída por pensamentos; véu pode ser substituído por ilusão, devaneio, imaginação ou confusão mental.
  • Finalizada a reescrita, peça que respondam: Qual diferença o uso das expressões conotativas e denotativas causam no texto? Sugestão de resposta: As expressões conotativas são mais expressivas e contribuem para a construção do mistério e da imaginação.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero conto clássico e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Quadro, giz, cópias do texto, projetor multimídia, computadores conectados à internet, cartolina, EVA (espuma vinílica acetinada).

Informações sobre o gênero: O que caracteriza o conto (tradicional ou moderno), conforme aponta Gotlib (2006), é o seu movimento enquanto uma narrativa através dos tempos. “O que era verdade para todos passa ou tende a ser verdade para um só. Neste sentido, evolui-se do enredo que dispõe um acontecimento em ordem linear, para um Outro, diluído nos feelings, sensações, percepções, revelações ou sugestões íntimas. . .” (GOTLIB, 2006, pg. 30).

Dificuldades antecipadas: Identificar os conceitos linguísticos (adjetivos, locuções adjetivas, orações subordinadas adjetivas) e compreender seus efeitos de sentido no texto. Fazer uma retomada dos conteúdos pode auxiliar o aluno à relembrar os conceitos linguísticos. Proporcionar atividades coletivas, como em grupos ou duplas, pode facilitar as análises do texto, porém é indispensável a mediação do professor.

Referências sobre o assunto:

BRAIT, Beth. A personagem. São Paulo: Ática, 2002.

COHAN, Silvia. Como narrar uma história. Belo Horizonte: Gutenberg, 2011.

GAIGNOUX, Aline de Azevedo. Seleção lexical e argumentatividade na construção da narrativa: o adjetivo no conto a cartomante. Letras em Revista, Teresina, V. 04, n. 02, jul./-dez, 2013.

GANCHO, Cândida. Como analisar narrativas. São Paulo: Ática, 2000.
GOTLIB, Nádia. Teoria do conto. São Paulo: Ática, 2006.
LEITE, Ligia Chiappini. O foco narrativo. São Paulo: Ática, 1989.

MOREIRA, Marco Antonio. Mapas conceituais e diagramas V. Porto Alegre: Edição do Autor, 2006.

NICOLA, José de. Gramática: palavra, frase, texto. 2º ed. São Paulo: Scipione, 2009.

TERRA, Ernani. Curso Prático de Gramática. São Paulo: Editora Scipione, 2011.
TERRA, E.; PACHECO, J.. O conto na sala de aula. Curitiba: Intersaberes, 2017.
TERRA, E. O Conto. In: Da leitura literária à produção de textos. São Paulo: Contexto, 2018. p. 65-82.
TODOROV, Tzvetan. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva, 2003.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Apresente o título da aula aos alunos.
  • Pergunte a eles o que recordam sobre adjetivos. Acolha as respostas. Sugestão: Se considerar necessário, apresente para eles uma definição do termo adjetivo, em linhas gerais. Você pode pedir que consultem em uma gramática também. De acordo com Nicola (2009), o adjetivo é a palavra que modifica o substantivo, atribuindo-lhe um estado, uma característica ou uma qualidade.
  • Explique que eles retornarão ao conto de Machado de Assis, para analisar o emprego dos adjetivos,a locuções adjetivas e orações subordinadas adjetivas, para entender como essas palavras ou expressões contribuem para a compreensão da narrativa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos

Orientações:

  • Projete o slide para os alunos e chame atenção para o título e para a imagem.
  • Pergunte oralmente a eles:
  • A quem essa característica é atribuída no texto? Resposta esperada: É atribuída à cartomante.
  • Quais palavras caracterizam a palavra olhos no título? Resposta esperada: Grandes, sonsos e a agudos. Relembre-os de que as palavras que caracterizam o substantivo olhos pertencem à classe de palavras dos adjetivos.
  • Que sentido cada adjetivo agrega aos olhos da cartomante? Eles estão empregados em sentido literal ou figurado? Resposta esperada: Grandes diz respeito ao tamanho do olhos da cartomante; sonsos diz respeito ao comportamento de uma pessoa, o ato de enganar alguém, essa característica é na verdade da pessoa, da cartomante, mas foi atribuída aos olhos por metonímia (figura de linguagem - a parte pelo todo); já agudos quer dizer um olhar penetrante, de quem observa a fundo o outro, também temos a linguagem figurada aqui, o sentido de agudo é modificado, ocorrendo uma metáfora.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete para os alunos o slide e chame a atenção para a imagem da carta. Relembre-os que a personagem Camilo recebeu algumas cartas no conto.
  • Peça para que observem a caixa abaixo da figura, com os adjetivos.
  • Pergunte: Quais dos adjetivos podemos relacionar às cartas recebidas por Camilo? Resposta esperada: anônima, insultante, ofensiva, agressiva, apaixonadas, ameaçadoras.
  • Por que podemos dizer que a carta era insultante, ofensiva? Justifiquem com um trecho do texto. Resposta esperada: Uma das cartas recebidas por Camilo o chamava de imoral e pérfido (que lhe chamava imoral e pérfido). Esse trecho atribui à carta a característica de ofensiva ou insultante, pois tinha o propósito de ofender Camilo.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para finalizar a introdução da aula, agora é proposto que os alunos reconheçam uma locução adjetiva. Para isso, projete o trecho do conto para eles.
  • Chame a atenção para a expressão em destaque.
  • Pergunte aos alunos oralmente:
  • Que sentido a locução adjetiva de cristal atribui à óculos? Resposta esperada: Os óculos com as lentes de cristal proporcionam uma visão mais clara, por ser transparente.
  • Qual foi a intenção do narrador ao dizer que faltava a ação do tempo e os óculos de cristal em Camilo? As imagens projetadas no slide podem ajudá-los a entender. Resposta esperada: O narrador não quis dizer que Camilo necessitava literalmente de óculos porque não enxergava bem, mas o que faltava em Camilo era a intuição, uma visão mais clara de certas coisas, mais discernimento.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 23 minutos

Orientações:

  • Projete o slide para os alunos.
  • Leia para eles as alternativas possíveis sobre quais efeitos de sentido os adjetivos causam no conto A cartomante.
  • Pergunte a eles qual alternativa está correta. Resposta esperada: todas as alternativas.
  • Explique a eles que a partir dessas alternativas eles vão produzir mapas conceituais com os adjetivos presentes no conto, evidenciando cada efeito de sentido gerado pelo seu uso.
  • De acordo com Moreira (2006) os mapas são formas organizadas de expressar relações entre conceitos que auxiliam na ordenação e sequenciamento de conteúdos. Pode-se utilizar uma analogia com os mapas geográficos, nos quais as cidades estariam exemplificando os conceitos e as estradas representam as linhas, ou seja, as relações entre estes conceitos. Você pode explicar esse conceito para os alunos, dizendo que eles vão elaborar esquemas gráficos, parecidos com organogramas, para explicar a relação e os efeitos de sentido provocados pelos adjetivos no conto. Se achar oportuno, pode fazer a analogia com os mapas geográficos.
  • Para tanto, divida os alunos em grupos de até quatro integrantes.
  • Sorteie entre os grupos as letras das alternativas.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete o modelo de mapa conceitual para os alunos.
  • Explique que a partir do efeito de sentido que foi sorteado para eles, eles farão uma pesquisa no conto, buscando pelos substantivos e adjetivos empregados para a criação do efeito.
  • Depois que eles encontrarem as expressões no texto, eles farão um mapa conceitual.
  • Se achar necessário, imprima um modelo de mapa conceitual para que os alunos tenham base para produzir o deles. O modelo está disponível para impressão em materiais complementares.
  • Para isso, você pode levar os alunos na sala de informática e acessar o site https://www.canva.com/. Nesse site, eles podem criar diversos modelos de mapas conceituais, a partir de modelos/designs previamente elaborados e disponíveis para edição.
  • Se não houver a possibilidade de utilizar a sala de informática, você pode pedir que os alunos elaborem os mapas manualmente, utilizando outros materiais, como cartolina ou EVA.
  • Terminada a atividade, peça que os alunos entreguem-na para avaliação. Elas podem ser apresentadas impressas, feitas manualmente ou em arquivo digital.
  • Faça a correção e devolva aos alunos.

Materiais complementares: Acesse um tutorial para o uso da ferramenta online Canva aqui.

Acesse a resolução da atividade aqui.

Acesse um modelo de mapa conceitual aqui.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete os trechos do conto para os alunos.
  • Leia para eles os frases e explique que Camilo não acreditava na cartomante no início do conto e depois ele acaba “caindo na própria armadilha”, ou seja, seu estado emocional leva-o a acreditar em superstições que para ele estavam mortas.
  • Com os alunos dispostos em trios, chame a atenção das expressões destacadas e pergunte oralmente: As expressões destacadas são empregadas no sentido denotativo ou conotativo? Explique o que compreenderam de cada uma delas. Dê um tempo para que eles discutam entre si, depois peça que compartilhem suas respostas para a classe. Sugestão de respostas: As expressões são empregadas no sentido conotativo. A primeira personifica a palavra ideia, dando-lhe asas, as asas correspondem ao movimento de seus pensamentos, que iam e vinham. A segunda expressão “longo véu opaco” é a ilusão que Camilo tinha de achar uma solução fácil para seu impasse, para resolver a iminente situação perigosa.
  • Qual é o sentido dos adjetivos nas expressões conotativas? Vastas e cinzentas, longo e opaco? Sugestão de respostas: Cinzentas e opaco dão sentido de ideias pouco claras, irreais. Vastas e longo dão a dimensão da ideia, era algo que estava ganhando espaço e tomando conta dos pensamentos de Camilo.
  • Para finalizar, peça que reescrevam os trechos substituindo as expressões conotativas por expressões denotativas. Sugestão de resposta: asas pode ser substituída por pensamentos; véu pode ser substituído por ilusão, devaneio, imaginação ou confusão mental.
  • Finalizada a reescrita, peça que respondam: Qual diferença o uso das expressões conotativas e denotativas causam no texto? Sugestão de resposta: As expressões conotativas são mais expressivas e contribuem para a construção do mistério e da imaginação.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 9º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP54 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP55 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano