14468
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 6º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Descobrindo a concordância nominal a partir da leitura de um texto de cordel

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 6º ano do EF sobre Descobrindo a concordância nominal a partir da leitura de um texto de cordel

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Cláudio Santana Bispo

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
- Necessários: canais de comunicação (como WhatsApp ou e-mail), para envio das sugestões de atividades e das orientações (que também podem ser escritas em um documento de texto e disponibilizadas da maneira que for mais acessível às famílias);

- Opcionais: canais para aulas online, como o Google Meet ou o Zoom (veja como usá-lo no tutorial disponível aqui); Google Drive (tutorial disponível aqui); Google Docs (tutorial disponível aqui); Planilhas Google (tutorial disponível aqui).

Introdução
Envie aos alunos o texto “Vida na Natureza”, do cordelista César Obeid, disponível em Materiais e Atividades do plano. Envie também um áudio com sua leitura expressiva do texto, e peça que ouçam dando atenção para as palavras empregadas pelo autor para nomear as coisas que dão vida à natureza.
Em sua leitura para o áudio, promova a interpretação oral do texto procurando evidenciar algumas características do gênero, como o tema, as rimas, o ritmo, a linguagem etc. Diga, ao final, que enviará por escrito as orientações sobre a atividade a ser feita.

Desenvolvimento
Encaminhe aos alunos a tabela e o quadro disponíveis nos Materiais do Plano: “Exercitando a concordância nominal a partir da leitura de um texto de cordel”. Como sugestão, faça uma pasta no Google Drive para essa atividade e compartilhe as duas tabelas em formato de Planilhas Google, o que facilita o preenchimento para seus alunos. Grave um áudio ou vídeo orientando-os a preencher o “Quadro de substantivos do cordel” e utilizar a tabela com os determinantes para fazer as frases. Proponha que cada aluno faça, ao menos, 4 frases, escolhendo um substantivo de cada coluna do Quadro de Substantivos. Por exemplo: escolher sol-vales-lua-montanhas para formar as frases. Combine uma data de entrega e acompanhe-os pelos canais de comunicação combinados entre vocês para auxiliá-los.

Após ler as produções de seus alunos, faça em um Google Doc as perguntas: 1. Que estratégias você utilizou para combinar as palavras do Quadro de Determinantes com os substantivos, para formar as frases? 2. Que regra pode estar por trás da Concordância Nominal, ou seja, que regra é possível perceber quando estamos montando as frases? Solicite que os alunos respondam às perguntas no próprio Google Doc criado por você, de forma a ir criando um texto colaborativo. Peça também que os alunos leiam as frases produzidas pelos colegas e compartilhadas na pasta do Google Drive (ou outro meio) para responder às perguntas. Se não for possível o uso do Google Drive, faça a compilação das respostas e envie por e-mail ou WhatsApp.

Fechamento
Depois de ler as respostas dos alunos, faça a finalização do texto colaborativo, alinhavando-o e eliminando as repetições, para criar a conclusão da turma sobre o que aprenderam com os exercícios. É importante que, em suas orientações pelos canais de comunicação com a turma, você encaminhe para que os alunos cheguem à regra básica da concordância nominal: em uma sentença, quando o substantivo é acompanhado por outros termos, é necessário que haja concordância entre eles, isto é, os termos que acompanham o substantivo devem estar de acordo com ele em gênero (masculino ou feminino) e em número (singular ou plural). Se houver possibilidade, realize um encontro no Google Meet ou no Zoom para concluir esta aula e dar esse feedback, aproveitando para interagir mais com seus alunos e provocar a aprendizagem com mais perguntas sobre as estratégias usadas para fazer as frases com os elementos da natureza.

Convite às famílias
Os cordéis são poemas em verso muito populares no Nordeste brasileiro, berço desse gênero. O cordelista César Obeid, autor do cordel deste Plano, tem vários vídeos no YouTube em que declama seus cordéis e até ensina a fazer um. Que tal convidar as famílias a conhecer mais um cordel desse escritor? O vídeo de “A velhota fofoqueira” está disponível aqui. Quem sabe, entre as famílias dos alunos, não há alguma que tenha cordéis em casa? Ou até mesmo algum familiar cordelista? Pergunte e, se for o caso, sugira que compartilhem seus cordéis com a turma por áudio, fotos ou vídeo.

Sugestão Enviada Por: Luciana Ferreira Soares


Código: LPO6_12ATS01

(EF06LP06) Empregar, adequadamente, as regras de concordância nominal (relações entre os substantivos e seus determinantes) e as regras de concordância verbal (relações entre o verbo e o sujeito simples e composto).


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 6º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 6º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas