14436
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 3º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Diálogo em fábulas

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 3º ano do EF sobre Diálogo em fábulas

Plano 09 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Elenir Aparecida De Oliveira Novaes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Fábulas / Provérbios e no campo de atuação Artístico literário/ Vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística/ Semiótica

Materiais necessários: Textos impressos, projetor, lápis, borracha, quadro, giz.

Informações sobre o gênero: De acordo com Bagno (2006) é muito provável que as fábulas que chegaram até nós, por meio da escrita, tenham existido durante muito tempo como narrativas tradicionais orais, o que faz esse gênero remontar a estágios muito arcaicos da civilização humana. As fábulas devem ter sido usadas com objetivos claramente pedagógicos: a pequena narrativa exemplar serviria como instrumento de aprendizagem, fixação e memorização dos valores morais do grupo social. É importante salientarmos também que as narrativas tradicionais orais circulavam entre crianças e adultos, indistintamente. Essa informação é importante para reconstruirmos os modos como esse gênero textual era produzido em épocas passadas e até mesmo para permitir uma análise mais crítica acerca das modificações por ele sofridas ao longo dos séculos.

Dificuldades antecipadas: Alunos que ainda não sabem ler ou escrever convencionalmente necessitam de orientação individual para auxiliar em momentos de leitura e escrita.

Referências sobre o assunto:

VIEIRA, Martha Lourenço. Produção de textos escritos: construção de espaços de interlocução. Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005. P. 11-21. Disponível em: http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/files/uploads/Col.%20Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o%20e%20Letramento/Col%20Alf.Let.%2005%20Producao_textos_escritos.pdf

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Organize a sala para a aula. Leia para os alunos o tema da aula.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Escreva no quadro a seguinte frase: Você ganhou um passarinho, sem pontuação no final. Proponha aos alunos que leiam a frase e a escrevam no caderno.
  • Diga aos alunos que a pontuem conforme a leitura do professor. Você deverá ler com expressão de sentimento de alegria, e eles deverão usar o ponto que acharem adequado para que quem for ler esta frase entenda o que o autor quis demonstrar. Espera-se que usem o ponto de exclamação.
  • Socialize as respostas e perceba o que as crianças pensam sobre a pontuação. É fundamental ter claro que a descoberta e o uso da pontuação pelos alunos demandam um longo processo de estudo e envolvem muitas questões: decisão sobre que pontuação usar, sua função no contexto usado e, finalmente que a aprendizagem desse recurso é gradativa.
  • Questione agora com os alunos como ficaria se você a lesse do modo de quem questiona, tem uma dúvida, quer saber sobre o fato. Espera-se que percebam que sua entonação exigirá o ponto de interrogação. Ouça suas explicações, levando-os a perceberem que uma frase pode ter diferentes significados, dependendo do sinal de pontuação usado. Espera-se que percebam a função do sinal de pontuação no contexto proposto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Projete ou entregue cópias prontas do texto, ou ainda, poderá passar no quadro, considerando o tempo desta aula. Faça a leitura para os alunos, promova a compreensão geral através de questionamentos sobre cenário, personagens, conflito e resolução e finalmente, qual ensinamento a fábula trouxe ao leitor.
  • Peça aos alunos que marquem os sinais de pontuação que encontrarem. Promova a socialização, pedindo que falem quais sinais de pontuação encontraram e justifiquem como souberem, o seu uso.
  • Questione sobre o porquê de usarem as vírgulas no 2º parágrafo, o uso do ponto final, e, finalmente se houve diálogo. Espera-se que digam que a vírgula vem separando ações realizadas pela personagem rã, os pontos finais dão fechamento de ideias e não houve diálogo, a história foi narrada em 3ª pessoa, os personagens conversam já que aparecem verbos que indicam isto, (perguntou - responderam). É importante que percebam o contexto em que foram usados os sinais de pontuação, a intenção do autor ao usá-los.
  • Proponha uma mudança no texto: os alunos deverão encontrar e introduzir o diálogo realizado entre a rã e as companheiras. Antes de começar poderá reativar suas memórias a respeito dos sinais de pontuação presentes em um diálogo, existente no discurso direto. Espera-se que digam que usamos travessão, parágrafo, dois-pontos, já que são os mais usuais. Pergunte também, em que parte do texto, acham que o diálogo deverá ser introduzido? Existe alguma palavra que possa nos mostrar? Espera-se que encontrem verbos que indicam diálogos como: perguntou, responderam.
  • Organize esta tarefa em duplas, com saberes diferentes e circule entre os alunos, observando suas resoluções e o que pensam sobre o uso da pontuação.
  • Faça a socialização das respostas. O texto poderá ser ditado pelos alunos, cada grupo fará sua contribuição, enquanto o professor é o escriba.

Materiais complementares:

Texto para impressão: clique aqui

Resolução da atividade: clique aqui

Referência bibliográfica: ABREU, A. R. A rã e o touro. In: Ana Rosa Abreu ... [et al.] Alfabetização : livro do aluno. Brasília : FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos que, em duplas, escrevam uma frase que identifique o que aprenderam sobre discurso direto e indireto, os sinais de pontuação e sua função. Espera-se que digam que nomeiem os sinais de pontuação usados, que no discurso direto , usamos travessão, dois-pontos, (existe aspas também), mas são os mais usuais. Espera-se que percebam que quando ouvimos alguém falar, sabemos sua intenção pela expressão oral e corporal, no entanto, nos textos escritos, seria a pontuação a responsável por interferir no significado do texto quando o lemos.
  • Questione sobre o que os ajudou no momento de acrescentar diálogo aos textos. Espera-se que eles identifiquem que os verbos de elocução ajudaram a localizar onde seriam introduzidas as falas para o diálogo, bem como o recurso da pontuação.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é nona aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Fábulas / Provérbios e no campo de atuação Artístico literário/ Vida cotidiana. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística/ Semiótica

Materiais necessários: Textos impressos, projetor, lápis, borracha, quadro, giz.

Informações sobre o gênero: De acordo com Bagno (2006) é muito provável que as fábulas que chegaram até nós, por meio da escrita, tenham existido durante muito tempo como narrativas tradicionais orais, o que faz esse gênero remontar a estágios muito arcaicos da civilização humana. As fábulas devem ter sido usadas com objetivos claramente pedagógicos: a pequena narrativa exemplar serviria como instrumento de aprendizagem, fixação e memorização dos valores morais do grupo social. É importante salientarmos também que as narrativas tradicionais orais circulavam entre crianças e adultos, indistintamente. Essa informação é importante para reconstruirmos os modos como esse gênero textual era produzido em épocas passadas e até mesmo para permitir uma análise mais crítica acerca das modificações por ele sofridas ao longo dos séculos.

Dificuldades antecipadas: Alunos que ainda não sabem ler ou escrever convencionalmente necessitam de orientação individual para auxiliar em momentos de leitura e escrita.

Referências sobre o assunto:

VIEIRA, Martha Lourenço. Produção de textos escritos: construção de espaços de interlocução. Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005. P. 11-21. Disponível em: http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/files/uploads/Col.%20Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o%20e%20Letramento/Col%20Alf.Let.%2005%20Producao_textos_escritos.pdf

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Organize a sala para a aula. Leia para os alunos o tema da aula.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Escreva no quadro a seguinte frase: Você ganhou um passarinho, sem pontuação no final. Proponha aos alunos que leiam a frase e a escrevam no caderno.
  • Diga aos alunos que a pontuem conforme a leitura do professor. Você deverá ler com expressão de sentimento de alegria, e eles deverão usar o ponto que acharem adequado para que quem for ler esta frase entenda o que o autor quis demonstrar. Espera-se que usem o ponto de exclamação.
  • Socialize as respostas e perceba o que as crianças pensam sobre a pontuação. É fundamental ter claro que a descoberta e o uso da pontuação pelos alunos demandam um longo processo de estudo e envolvem muitas questões: decisão sobre que pontuação usar, sua função no contexto usado e, finalmente que a aprendizagem desse recurso é gradativa.
  • Questione agora com os alunos como ficaria se você a lesse do modo de quem questiona, tem uma dúvida, quer saber sobre o fato. Espera-se que percebam que sua entonação exigirá o ponto de interrogação. Ouça suas explicações, levando-os a perceberem que uma frase pode ter diferentes significados, dependendo do sinal de pontuação usado. Espera-se que percebam a função do sinal de pontuação no contexto proposto.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Projete ou entregue cópias prontas do texto, ou ainda, poderá passar no quadro, considerando o tempo desta aula. Faça a leitura para os alunos, promova a compreensão geral através de questionamentos sobre cenário, personagens, conflito e resolução e finalmente, qual ensinamento a fábula trouxe ao leitor.
  • Peça aos alunos que marquem os sinais de pontuação que encontrarem. Promova a socialização, pedindo que falem quais sinais de pontuação encontraram e justifiquem como souberem, o seu uso.
  • Questione sobre o porquê de usarem as vírgulas no 2º parágrafo, o uso do ponto final, e, finalmente se houve diálogo. Espera-se que digam que a vírgula vem separando ações realizadas pela personagem rã, os pontos finais dão fechamento de ideias e não houve diálogo, a história foi narrada em 3ª pessoa, os personagens conversam já que aparecem verbos que indicam isto, (perguntou - responderam). É importante que percebam o contexto em que foram usados os sinais de pontuação, a intenção do autor ao usá-los.
  • Proponha uma mudança no texto: os alunos deverão encontrar e introduzir o diálogo realizado entre a rã e as companheiras. Antes de começar poderá reativar suas memórias a respeito dos sinais de pontuação presentes em um diálogo, existente no discurso direto. Espera-se que digam que usamos travessão, parágrafo, dois-pontos, já que são os mais usuais. Pergunte também, em que parte do texto, acham que o diálogo deverá ser introduzido? Existe alguma palavra que possa nos mostrar? Espera-se que encontrem verbos que indicam diálogos como: perguntou, responderam.
  • Organize esta tarefa em duplas, com saberes diferentes e circule entre os alunos, observando suas resoluções e o que pensam sobre o uso da pontuação.
  • Faça a socialização das respostas. O texto poderá ser ditado pelos alunos, cada grupo fará sua contribuição, enquanto o professor é o escriba.

Materiais complementares:

Texto para impressão: clique aqui

Resolução da atividade: clique aqui

Referência bibliográfica: ABREU, A. R. A rã e o touro. In: Ana Rosa Abreu ... [et al.] Alfabetização : livro do aluno. Brasília : FUNDESCOLA/SEFMEC, 2000. 3 v.: 128 p. n. 2.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações:

  • Peça aos alunos que, em duplas, escrevam uma frase que identifique o que aprenderam sobre discurso direto e indireto, os sinais de pontuação e sua função. Espera-se que digam que nomeiem os sinais de pontuação usados, que no discurso direto , usamos travessão, dois-pontos, (existe aspas também), mas são os mais usuais. Espera-se que percebam que quando ouvimos alguém falar, sabemos sua intenção pela expressão oral e corporal, no entanto, nos textos escritos, seria a pontuação a responsável por interferir no significado do texto quando o lemos.
  • Questione sobre o que os ajudou no momento de acrescentar diálogo aos textos. Espera-se que eles identifiquem que os verbos de elocução ajudaram a localizar onde seriam introduzidas as falas para o diálogo, bem como o recurso da pontuação.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 3º ano :

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 3º ano:

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03LP07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP30 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano