14344
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - A estrutura composicional da autobiografia

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre A estrutura composicional da autobiografia

Plano 02 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Isabel Fernandes, Silvia Albert

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Autobiografia e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de abertura.

Materiais necessários: Microcomputador, projetor multimídia e tela. Um exemplar do livro “Na minha pele”, de Lázaro Ramos. Rio de Janeiro: Objetiva, 2017.

Cópias do trecho que será lido, página 32 até 34.

Informações sobre o gênero: Autobiografia é um relato retrospectivo que a própria pessoa faz de sua vida, ou seja, o autor-narrador-personagem tem um papel de destaque nos acontecimentos do passado e do presente. A reconstituição memorialista, em uma autobiografia, ocorre em dois níveis: o nível dos acontecimentos e o do seu significado. Quanto à função desse gênero do ponto de vista de sua recepção, quem tem acesso a uma autobiografia, pode, por meio dela, identificar-se com as experiências de outra pessoa e, a partir daí, ampliar a percepção que tem de determinado universo cultural, refletir sobre a realidade à sua volta e sobre si mesma.

Dificuldades antecipadas: Alunos podem não conhecer muitas das referências históricas, sociais e culturais citadas no texto. Podem ter dificuldades de ler autonomamente o texto.

Referências sobre o assunto: CARVALHO, Sibéria. O ensino-aprendizagem da autobiografia: uma possibilidade para o desenvolvimento a linguagem escrita. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/13505

LEJEUNE, Phillipe. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

MUSEU DA PESSOA. Disponível em: http://www.museudapessoa.net/pt/home

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Cadernos de apoio e aprendizagem: Língua Portuguesa 1° ano. São Paulo: SME, 2014. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/lingua-Portuguesa-e-Matematica-Aluno-2014

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo estimado: 15 minutos

Orientações:

  • Comece a aula conversando com os alunos sobre o interesse em conhecer a história de outras pessoas. Muitas vezes, revelamos esse interesse em conversas com amigos (quando pedimos notícias de algum conhecido), na curiosidade pelas reportagens que envolvem pessoas famosas ou na vontade de ler livros sobre a trajetória de alguém. Pergunte aos estudantes quais personalidades brasileiras gostariam de conhecer mais. Questione também se já ouviram falar de Lázaro Ramos, se conhecem sua trajetória de ator e se sabem alguma coisa sobre a vida pessoal dele. A conversa pode se estender e o professor deve estar atento para perceber os interesses da turma.
  • Depois, conte aos alunos que Lázaro Ramos escreveu uma autobiografia cujo título é Na minha pele. Pergunte a eles: O que este título sugere?
  • Registre as respostas dos alunos no quadro.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de mergulhar no texto de Lázaro Ramos, projete ou entregue uma cópia impressa do trecho de uma carta que ele escreveu à cineasta Yasmin Thayná. Na mensagem, o ator nos dá mais informações sobre seu livro. Leia o trecho com os alunos. A carta completa está disponível em https://www.nexojornal.com.br/ensaio/2017/O-diálogo-a-empatia-e-a-consciência-uma-carta-de-Lázaro-para-Yasmin (Acesso em 01 de abril de 2018)
  • Chame a atenção dos alunos para a frase: “Sua carta me deu forças porque entendi que esses medos são meus, sim, mas não apenas meus”.
  • Pergunte aos alunos: Por que os “medos” do ator não são apenas dele? Conhecer experiências de vida de uma pessoa pode ampliar nossa percepção do mundo e nos ajudar a refletir sobre a realidade em que vivemos?
  • Lance o desafio: Em sua opinião, qual é a função dos textos autobiográficos?

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo estimado: 30 minutos

Orientações:

  • Depois da conversa inicial, peça aos alunos que leiam em silêncio um trecho do livro autobiográfico Na minha pele, de Lázaro Ramos. Se não tiver projetor, imprima o texto entregue aos estudantes. Controle o tempo para que todos consigam fazer a leitura.
  • Quando eles terminarem, leia em voz alta para a turma. Nessa leitura, você pode fazer pausas e comentar o texto.

Material complementar

Clique aqui para imprimir os trechos do livro de Lázaro Ramos e as questões que serão trabalhadas em seguida.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Depois da leitura compartilhada, divida os alunos em duplas ou trios. Peça aos grupos para responderem às questões exibidas no slide ou escritas no quadro.
  • Passe pelos grupos, acompanhe as discussões e, se for preciso, ajude a esclarecer os significados das perguntas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para ajudar a turma a responder à última questão, relembre que a memória social diz respeito às ações e atitudes, que aprendemos a ter e realizar no convívio social em que se está inserido; a memória cultural refere-se às crenças e valores aceitos pelos grupos sociais e passados de geração a geração, exemplificado por hábitos alimentares, maneiras de falar etc.; e a memória histórica diz respeito à justaposição do fato vivido com o contexto histórico, que pode ser percebido pelo uso de documentos, objetos datados, cartas, gravuras, registros que foram preservados.
  • Depois que os grupos terminarem de responder, peça que cada dupla ou trio leia em voz alta uma delas.
  • Estimule os demais alunos a comentarem as respostas dos colegas. Peça para compararem com o que cada grupo escreveu. Se necessário, eles podem sugerir alterações, ajustes ou complementos ao que foi dito.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo estimado: 10 minutos

Orientações:

  • Leia um dos comentários de leitores que aparecem na quarta capa do livro: “Na minha pele tem a função de despertar em cada um de nós a vontade e a possibilidade de contar nossas próprias histórias de vários pontos de vista.” (Zebrinha, dançarino e coreógrafo).
  • Peça aos alunos que voltem às respostas que deram à pergunta feita no início da aula: “Em sua opinião, qual é a função dos textos autobiográficos?”
  • Liste as respostas dos estudantes. Comente que, ao ler uma autobiografia, o leitor pode identificar-se com as experiências de outra pessoa e, a partir daí, ampliar a percepção que tem de determinado universo cultural. Também pode refletir sobre a realidade à sua volta e sobre si mesmo.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Autobiografia e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de abertura.

Materiais necessários: Microcomputador, projetor multimídia e tela. Um exemplar do livro “Na minha pele”, de Lázaro Ramos. Rio de Janeiro: Objetiva, 2017.

Cópias do trecho que será lido, página 32 até 34.

Informações sobre o gênero: Autobiografia é um relato retrospectivo que a própria pessoa faz de sua vida, ou seja, o autor-narrador-personagem tem um papel de destaque nos acontecimentos do passado e do presente. A reconstituição memorialista, em uma autobiografia, ocorre em dois níveis: o nível dos acontecimentos e o do seu significado. Quanto à função desse gênero do ponto de vista de sua recepção, quem tem acesso a uma autobiografia, pode, por meio dela, identificar-se com as experiências de outra pessoa e, a partir daí, ampliar a percepção que tem de determinado universo cultural, refletir sobre a realidade à sua volta e sobre si mesma.

Dificuldades antecipadas: Alunos podem não conhecer muitas das referências históricas, sociais e culturais citadas no texto. Podem ter dificuldades de ler autonomamente o texto.

Referências sobre o assunto: CARVALHO, Sibéria. O ensino-aprendizagem da autobiografia: uma possibilidade para o desenvolvimento a linguagem escrita. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/13505

LEJEUNE, Phillipe. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

MUSEU DA PESSOA. Disponível em: http://www.museudapessoa.net/pt/home

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Cadernos de apoio e aprendizagem: Língua Portuguesa 1° ano. São Paulo: SME, 2014. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/lingua-Portuguesa-e-Matematica-Aluno-2014

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Apresente a proposta da aula para os alunos.

Slide Plano Aula

Tempo estimado: 15 minutos

Orientações:

  • Comece a aula conversando com os alunos sobre o interesse em conhecer a história de outras pessoas. Muitas vezes, revelamos esse interesse em conversas com amigos (quando pedimos notícias de algum conhecido), na curiosidade pelas reportagens que envolvem pessoas famosas ou na vontade de ler livros sobre a trajetória de alguém. Pergunte aos estudantes quais personalidades brasileiras gostariam de conhecer mais. Questione também se já ouviram falar de Lázaro Ramos, se conhecem sua trajetória de ator e se sabem alguma coisa sobre a vida pessoal dele. A conversa pode se estender e o professor deve estar atento para perceber os interesses da turma.
  • Depois, conte aos alunos que Lázaro Ramos escreveu uma autobiografia cujo título é Na minha pele. Pergunte a eles: O que este título sugere?
  • Registre as respostas dos alunos no quadro.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Antes de mergulhar no texto de Lázaro Ramos, projete ou entregue uma cópia impressa do trecho de uma carta que ele escreveu à cineasta Yasmin Thayná. Na mensagem, o ator nos dá mais informações sobre seu livro. Leia o trecho com os alunos. A carta completa está disponível em https://www.nexojornal.com.br/ensaio/2017/O-diálogo-a-empatia-e-a-consciência-uma-carta-de-Lázaro-para-Yasmin (Acesso em 01 de abril de 2018)
  • Chame a atenção dos alunos para a frase: “Sua carta me deu forças porque entendi que esses medos são meus, sim, mas não apenas meus”.
  • Pergunte aos alunos: Por que os “medos” do ator não são apenas dele? Conhecer experiências de vida de uma pessoa pode ampliar nossa percepção do mundo e nos ajudar a refletir sobre a realidade em que vivemos?
  • Lance o desafio: Em sua opinião, qual é a função dos textos autobiográficos?
Slide Plano Aula

Tempo estimado: 30 minutos

Orientações:

  • Depois da conversa inicial, peça aos alunos que leiam em silêncio um trecho do livro autobiográfico Na minha pele, de Lázaro Ramos. Se não tiver projetor, imprima o texto entregue aos estudantes. Controle o tempo para que todos consigam fazer a leitura.
  • Quando eles terminarem, leia em voz alta para a turma. Nessa leitura, você pode fazer pausas e comentar o texto.

Material complementar

Clique aqui para imprimir os trechos do livro de Lázaro Ramos e as questões que serão trabalhadas em seguida.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Continue lendo em voz alta para a turma e fazendo pausas para comentar o texto.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Depois da leitura compartilhada, divida os alunos em duplas ou trios. Peça aos grupos para responderem às questões exibidas no slide ou escritas no quadro.
  • Passe pelos grupos, acompanhe as discussões e, se for preciso, ajude a esclarecer os significados das perguntas.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Para ajudar a turma a responder à última questão, relembre que a memória social diz respeito às ações e atitudes, que aprendemos a ter e realizar no convívio social em que se está inserido; a memória cultural refere-se às crenças e valores aceitos pelos grupos sociais e passados de geração a geração, exemplificado por hábitos alimentares, maneiras de falar etc.; e a memória histórica diz respeito à justaposição do fato vivido com o contexto histórico, que pode ser percebido pelo uso de documentos, objetos datados, cartas, gravuras, registros que foram preservados.
  • Depois que os grupos terminarem de responder, peça que cada dupla ou trio leia em voz alta uma delas.
  • Estimule os demais alunos a comentarem as respostas dos colegas. Peça para compararem com o que cada grupo escreveu. Se necessário, eles podem sugerir alterações, ajustes ou complementos ao que foi dito.
Slide Plano Aula

Tempo estimado: 10 minutos

Orientações:

  • Leia um dos comentários de leitores que aparecem na quarta capa do livro: “Na minha pele tem a função de despertar em cada um de nós a vontade e a possibilidade de contar nossas próprias histórias de vários pontos de vista.” (Zebrinha, dançarino e coreógrafo).
  • Peça aos alunos que voltem às respostas que deram à pergunta feita no início da aula: “Em sua opinião, qual é a função dos textos autobiográficos?”
  • Liste as respostas dos estudantes. Comente que, ao ler uma autobiografia, o leitor pode identificar-se com as experiências de outra pessoa e, a partir daí, ampliar a percepção que tem de determinado universo cultural. Também pode refletir sobre a realidade à sua volta e sobre si mesmo.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP28 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano