14273
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Atividade - Brincando, cantando e acarinhando

POR: Vera Regina Corrêa de Mello 30/11/2018
Código: EDI1_22UND01

1º ano / Educação Infantil

Atividade alinhada à BNCC:

(EI01CG02) Experimentar as possibilidades corporais nas brincadeiras e interações em ambientes acolhedores e desafiantes.

(EI01ET06) Vivenciar diferentes ritmos, velocidades e fluxos nas interações e brincadeiras (em danças, balanços, escorregadores etc.).

(EI01TS03) Explorar diferentes fontes sonoras e materiais para acompanhar brincadeiras cantadas, canções, músicas e melodias.

Plano de atividade de Educação Infantil com atividades para Bebês sobre brincar com cantigas

Resumo

ilustracao

Nesta atividade, as crianças ouvirão e interagirão com canções como "A canoa virou", "Palma, palma" e "Sai Piaba".

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta atividade será preciso mais de um professor na sala e que os bebês conheçam as cançõesA canoa virou, Palma, palma e Sai piaba, para que possam participar e trazer novas possibilidades durante a atividade. Selecione músicas da cultura regional ou outras de ampla difusão, que sejam ou que possam vir a ser de apreciação do grupo. Organize também uma caixa com instrumentos confeccionados (ou reais) e de boa qualidade sonora.

Materiais:

Músicas: A canoa virou, A pulguinha e Sai Piaba (cantadas pelo professor ou reproduzidas em CD), guizo, chocalho, instrumentos confeccionados (link) ou reais de boa qualidade, uma caixa, aparelho de som, máquina fotográfica ou celular para registro com fins de documentação pedagógica.

Espaços:

A atividade será realizada na sala de referência dos bebês. Prepare um ambiente que permita que todo o grupo de bebês possa se sentar no chão ou ficar em pé, movimentando-se livremente ao embalo das canções e que permita trazer diferentes possibilidades de interação e de exploração. Para os bebês menores e que ainda não se sentam, prepare o espaço com colchões, de maneira que tenham o apoio necessário.

Tempo sugerido:

Entre 40 e 50 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Como os bebês exploram as fontes sonoras durante a brincadeira?

2. Quais descobertas os bebês fazem ao vivenciar os diferentes ritmos propostos?

3. Como os bebês experimentam as possibilidades corporais nas brincadeiras?


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Organize para que todos os bebês tenham garantidas as condições de participação no espaço e exploração do que está sendo ofertado durante a atividade, de acordo com suas preferências, ritmos e possibilidades. Observe as diferentes formas de expressão.

O que fazer durante?

1

Convide o grupo todo de bebêspara perto de você e apresente os guizos e os chocalhos e incentive a livre exploração deles. Providencie para que todos tenham seu próprio guizo ou chocalho para acompanhar. Aproxime as fontes sonoras e objetos, caso perceba essa necessidade. Garanta que todos se expressem de forma espontânea por meio de gestos, palavras, balbucios, olhares, movimentos e que todo o grupo interaja. Acomode os bebês menores em cadeirinhas ou colchonetes perto de você, garantindo a participação. Comece o registro para fins de documentação pedagógica, usando o celular ou a máquina fotográfica e o faça em todos os momentos.


2Após o momento da livre exploração dos guizos e chocalhos, no qual os bebês devem estar envolvidos, convide-os para cantarem junto com você a canção A canoa virou e conte o que irá acontecer. A brincadeira será com um trio de bebês de cada vez, embora todos possam acompanhar com seus instrumentos e expressões. Sente no chão, convide um trio de bebês para sentar na suas pernas, que servirão como canoa (com as pernas de cada um abertas). Observe os bebês menores, convide-os e pegue-os no colo, fazendo a mesma proposta e respeitando suas expressões corporais e faciais no embalo da canção. Convide os outros bebês para acompanhar a música com os instrumentos escolhidos por eles.

Possíveis falas do professor neste momento: Quem quer começar sentando no meu colo? Venha! Vamos navegar na minha canoa?

Possíveis ações da criança neste momento: Algum bebê pode ficar observando e demonstrando timidez para chegar até você, chame-o para perto, respeitando o tempo de cada um e o convide para se sentar em seu colo.


3

Após acomodar os bebês em suas pernas, convide para que todos cantem com você a canção e toquem o guizo/chocalho. Comece a cantar e vá balançando os bebês de um lado para o outro, olhando em seus olhos e falando nos momentos adequados os seus nomes. Observe as reações de cada um e quais possibilidades estão trazendo e como se manifestam. Você pode cantar a canção lentamente e depois mais rapidamente.

Possíveis falas do professor neste momento: Que delícia de balanço! Nossa canoa vai navegar. Vocês me ajudam a cantar a canção?

Possíveis ações da criança neste momento: Os bebês começam a balbuciar, bater palmas, cantar junto podem demonstrar diferentes possibilidades no acompanhamento da canção, além do uso dos instrumentos.


4

Realize a brincadeira com todos os bebês e garanta que estejam confortáveis e se divertindo, aproveitando a atividade. Assegure que eles vivenciem momentos de interação e participação e observe as diferentes formas de expressão e experimentação. Interaja com todos o tempo todo, por meio de olhares, expressões, falas, tom e do ritmo da canção e avise que irão realizar mais uma brincadeira.


5

A partir deste momento, convide os bebês para cantar com você a canção Palma, palma, palma. Permita que cada um movimente livremente seu próprio corpo, observando quais formas de comunicação aparecem, se dispensam os instrumentos e incentive que acompanhem a letra da canção e que realizem o que ela pede. Os bebês menores devem ter garantidos o direito de participar e de se expressar durante a brincadeira. Fale para os bebês quando a brincadeira estiver chegando ao final.


6

Convide agora os bebês para cantar, dançar e acompanhar com os chocalhos a canção Sai piaba. Coloque a música para tocar no aparelho de som. Garanta que os menores possam se movimentar e participar de acordo com suas possibilidades, ritmos e preferências. Propicie que os bebês se movimentem livremente durante a canção e experimentem as possibilidades corporais e de interação entre eles. Na parte tocada da música, convide-os para pegar os chocalhos e acompanhar. No trecho falado, movimente-se com eles e deixe-os livres no espaço.


Para finalizar:Encerre a atividade convidando os bebês para guardar os instrumentos na caixa e se sentar no chão. Em seguida comece a cantar as músicas das brincadeiras de forma tranquila e convide-os para que cantem com você e finalize.

Desdobramentos

A atividade poderá ser realizada posteriormente com:

- outros instrumentos e na área externa;

- com cada criança seguindo o exemplo do professor, balançando seu próprio corpo de um lado para outro, pra frente e para trás;

- professor usando um lençol, puxando as pontas formar uma canoa e ser usado para balançar os bebês, na área externa;

- apresentando uma nova canção, como Serra, serra, serrador ou Bambalão.

Engajando as famílias

Coloque as fotos da atividade realizada num mural na porta da sala para que todas as famílias possam vê-lo e, se tiver filmado, grave CDs e envie-os aos pais com a sugestão de realizarem em casa as brincadeiras, colocando a importância desse tipo de canção onde o corpo vira um brinquedo e possibilita muitas descobertas e aprendizados para o desenvolvimento da criança.


Este plano de atividade foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor:  Vera Regina Corrêa de Mello

Mentora: Adriana Vidaletti

Especialista do subgrupo etário: Ana Teresa Gavião

Campos de Experiência:  

Corpo, gestos e movimentos; Traços, sons, cores e formas; Escuta, fala, pensamento e imaginação; Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

Objetivos e códigos da Base:

(EI01TS03) Explorar diferentes fontes sonoras e materiais para acompanhar brincadeiras cantadas, canções, músicas e melodias.

(EI01ET06) Vivenciar diferentes ritmos, velocidades e fluxos nas interações e brincadeiras (em danças, balanços, escorregadores etc.).

(EI01CG02) Experimentar as possibilidades corporais nas brincadeiras e interações em ambientes acolhedores e desafiantes.

Abordagem didática:

Quando o bebê escuta uma música, um canto e um acalanto, ele, na maioria dos casos, se atenta e faz movimentos com o corpo – uma maneira de acompanhar e interagir. Esses momentos contribuem para desenvolver senso de ritmo, atenção, escuta, além do aprendizado sobre apreciar e se relacionar com algo culturalmente construído. Os cantos e acalantos devem ser realizados no decorrer do cotidiano da escola: no acolhimento do bebê, na espera para o banho ou em um momento direcionado para apresentar novas músicas aos grupos.

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

ATIVIDADES DESSA UNIDADE:

ATIVIDADE 01

Brincando, cantando e acarinhando

VOCÊ ESTÁ AQUI

ATIVIDADES DESSA DISCIPLINA:

ATIVIDADES RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes