14251
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Histórias com engano

Conheça histórias que trazem no seu enredo algum tipo de engano - e que têm efeito de tensão, medo ou humor - veja orientações de como conduzir a leitura em sala.

Plano 05 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Maira Franco Tangerino

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Para esta proposta escolha uma história em que acontecem enganos. Elas, geralmente são caracterizadas quando algum personagem pratica uma ação mas, no enredo, fica claro que sua intenção era outra, gerando situações de tensão, medo ou humor. Preparamos uma coletânea de alguns títulos que trazem em sua narrativa situações de engano. Você pode acessá-la aqui. *

Observe que você precisa conhecer bem a história que escolher, preparando-se para fazer uma leitura de qualidade, respeitando as pausas, as entonações e as características desse tipo de enredo, garantindo a fluidez da história, encadeando os acontecimentos como sugere o escritor e fazendo mediações para as crianças pensarem sobre a relação entre as características das personagens, suas intenções e ações ao longo da narrativa.

Materiais:

Para esta proposta é necessário que você selecione uma história com engano.*

Espaços:

Organize um espaço considerando que sua estrutura proporcione sentimento de acolhida e conforto para o grupo de crianças, de maneira que elas sintam-se confortáveis para acompanhar a história. Considere organizar a turma em pequenos grupos para a proposta, caso seja mais adequado para seu contexto. Para tal, garanta um planejamento em que um grupo estará com você escutando a história e o outro estará em uma proposta que já realizam com autonomia, por exemplo, brincando com jogos de construção, fazendo brincadeiras nos espaços da sala ou manipulando uma massinha.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 40 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Ao interagir com a narrativa, as crianças reconhecem as situações de engano e fazem relações com as características da personagem? *

2. Quando aparecem os momentos de engano, qual é a reação das crianças? Elas acham engraçado, sentem medo ou têm alguma outra reação?

3 .Na conversa sobre as situações de engano, quais comentários as crianças fazem? Elas fazem articulações ou aproximações entre as intenções da personagem e suas ações? Elas questionam ou problematizam essas situações?

?

.


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender às necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Caso identifique alguma necessidade individual das crianças, proponha possibilidades para que ela possa acompanhar a história com o grupo, fazendo o convite e oferecendo que ela fique mais próxima de você, por exemplo. Em algumas situações, as crianças não querem estar envolvidas na contação, respeite esse movimento, sugerindo propostas que podem ser concomitantes à contação, por exemplo, um jogo de montar. *

*

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se acomodarem no espaço escolhido. Quando todas estiverem acomodadas, diga a elas que você escolheu uma nova história para o momento de leitura do dia. Conte ainda que após a leitura vocês conversarão um pouco mais sobre a história. Apresente o livro para as crianças, perguntando sobre detalhes da capa, das imagens ou de personagens que aparecem nas primeiras páginas do livro, a fim de aproximá-las da obra, dando espaço para que elaborem hipóteses de antecipação do conteúdo da história. Destaque as personagens da história, convidando as crianças para descobrir quem são e como agem é uma estratégia que as aproxima da possibilidade de compreensão das peculiaridades desse tipo de enredo. Conte ainda quem a escreveu, ilustrou ou traduziu. Considere que o momento de apresentação fortalece as estratégias de leitura e de escuta das crianças, oferecendo uma relação de qualidade quanto ao conhecimento das características que compõem uma história. Essas ações oportunizam a elas construir, em seus cotidianos, saberes apoiados em bons modelos leitores.

a

,

Possíveis falas do professor: Pessoal, hoje eu trouxe uma nova história para o nosso momento de leitura. Quando eu terminar a leitura, vamos conversar sobre a história. Vejam, eu trouxe este livro. Aqui está o título. Olhando para o título sabem me dizer que história seria essa? E os personagens, como serão, quais são suas características? O que vocês acham que os personagens fazem nessa história? Nossa tem uma raposa! O que ele faz na história?


2

Leia a apresentação que está na contracapa do livro. Conte para as crianças que ali encontra-se um pequeno resumo da história. Geralmente, nessa apresentação, em histórias com engano, o texto deixa no ar uma pergunta para aguçar a curiosidade do leitor sobre a ação do personagem. Apoie-se nessa pergunta para instigar no pensamento sobre a ela.

so


3

Após essa leitura, convide-as para ouvir a história e descobrir o que acontece. Considere fazer uma pausa na primeira vez em que o personagem que engana aparece, instigando as crianças a pensar por que a personagem agiu dessa forma. Nesse momento, questione sobre o que acontecerá, pautando-se na narrativa escolhida.

..*


4

Ao terminar a história, investigue junto ao grupo quais foram as impressões acerca da narrativa, acolhendo as percepções que as crianças trazem acerca da narrativa. Neste momento, comece a fazer perguntas sobre o(s) momento(s) de engano, resgatando, inclusive, algumas reações das crianças. Observe que um ponto importante das histórias com engano é a percepção de que alguns personagens praticam uma ação, porém, a intenção é outra. Portanto, articule perguntas que instiguem as crianças nesse sentido. .

Possíveis falas do professor: Pessoal, o que vocês acharam dessa história? E o que vocês acharam do personagem (nome do personagem) que queria fazer (descreva a ação) mas, na verdade, queria fazer outra coisa (descrever a intenção)? E o que aconteceu com a história depois disso? E vocês acharam engraçado, tiveram medo ou ficaram preocupados com o que iria acontecer depois? Por que vocês acham que a personagem agiu dessa maneira? Haveria outra forma? O que aconteceria se ela agisse assim como vocês pensaram? Vocês conhecem outra histórias em que o personagem agem assim?

**

Para finalizar:

Ao finalizar, convide as crianças para organizar o espaço que vocês utilizaram. Caso você tenha optado por dividir o grupo, após os dois grupos terem ouvido a história, convide-os, também, para a organização da atividade em que estiveram envolvidos.

Desdobramentos

Selecione outros livros de histórias com engano e realize outros momentos como este para que as crianças possam compreender progressivamente esse tipo de enredo. As crianças demonstram interesse nesses personagens que agem de uma forma ambígua e é possível explorar mais suas características, criando um repertório muito rico. Com ele, o grupo pode criar peças teatrais, recontos e filmagens das histórias com engano.*

Engajando as famílias

Escolha um momento de abertura ou encerramento de uma reunião com as famílias e faça a mesma dinâmica do plano, contando para as famílias o que são histórias de engano e apresentando o registro de como foi contar para as crianças esse tipo de repertório.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO04 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano