9868
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 8º ano > Probabilidade e Estatística

Plano de aula - Conceituar e Calcular Média, Mediana e Moda (medidas de tendência central)

Plano de aula de matemática com atividades para 8 do Fundamental sobre conceituar e calcular média, mediana e moda

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ellen Roberta Braga Bosso

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

OBJETIVO select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Ellen Roberta Braga Bosso

Mentor: Tatiane C Guadagnucci

Especialista de área: Rita Batista

Habilidade da BNCC

(EF08MA22) - Obter os valores de medidas de tendência central de uma pesquisa estatística (média, moda e mediana) com a compreensão de seus significados e relacioná-los com a dispersão de dados, indicada pela amplitude.

Conhecimentos Prévios

Resolver situações-problema, calculando e utilizando o conceito de média estatística.

Resolver divisões que resultam em decimais.

Interpretar tabelas de acordo com o contexto.

Objetivos específicos

Conceituar e calcular média, mediana e moda

Conceito-chave

Média, Mediana e Moda

Recursos necessários

- Lousa;

- Giz;

- Caderno (para os alunos);

- Lápis;

- Borracha;

- Se necessário, as atividades impressas (para os alunos).


Tempo Sugerido: 2 minutos

Orientação: Leia o objetivo para a turma e esclareça sobre possíveis questionamentos. Os alunos podem levantar hipóteses sobre os conhecimentos que serão veiculados na aula.

Propósito: Conhecer o objetivo que se deseja alcançar ao final da aula

AQUECIMENTO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 min.

Orientação: Permita que os alunos comentem sobre o questionamento. A ideia é possibilitar que eles reflitam sobre o significado de média em contextos cotidianos e não apenas escolares.

Propósito da aula: Refletir sobre o uso da média e seu significado na vida cotidiana.

Discuta com a turma:

  • Como você acha que os institutos meteorológicos conseguem estabelecer esta média? Como se dá este cálculo?
  • A que conclusão você pode chegar sobre o clima em Recife apenas observando a média?
  • “A temperatura em Recife não costuma ter grandes variações ao longo do ano.” Esta afirmação permite que a média tenha maior credibilidade ou não? Por quê?

ATIVIDADE PRINCIPAL select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Há valores maiores em confirmados pois não foi necessária uma análise para confirmar que era febre amarela. Os casos que precisam ser analisados são registados em “notificados”.

Propósito: interpretar os dados apresentados pela tabela.

Discuta com a turma:

  • Existe alguma forma que resumir esses dados em um único valor?
  • Qual estratégia você usaria para simplificar todos os dados em um único termo numérico?

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

ATIVIDADE PRINCIPAL select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Os casos que ainda precisam ser analisados são registados em “notificados”.

É importante que os alunos discutam com seus pares sobre a conclusão de Pedro considerando os dados da tabela. O que se pretende é que eles percebam que embora seja possível tirar a média, nem sempre ela é um bom parâmetro para chegar a conclusões ou tomar decisões.

Propósito: Analisar a adequação do uso de média para interpretação e conclusão de um conjunto de dados

Discuta com a turma:

  • Como Pedro fez os cálculos de média em cada caso?
  • Uma pessoa do Distrito Federal que ler apenas a informação concluída por Pedro poderia se preocupar tanto quanto se ela visualizasse as informações apontadas na tabela? Por quê?
  • Você acha que a média sozinha, neste caso, é uma boa medida para ser usada como parâmetro para possíveis conclusões e interpretações?

ATIVIDADE PRINCIPAL select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Os casos que ainda precisam ser analisados são registados em “notificados”.

É importante que os alunos discutam com seus pares sobre a conclusão de Pedro considerando os dados da tabela. O que se pretende é que eles percebam que embora seja possível tirar a média, nem sempre ela é um bom parâmetro para chegar a conclusões ou tomar decisões.

Propósito: Analisar a adequação do uso de média para interpretação e conclusão de um conjunto de dados

Discuta com a turma:

  • Você concorda com a interpretação de Pedro? Por quê?
  • Com base apenas na interpretação de Pedro as políticas públicas de saúde poderiam implementar as mesmas ações de combate e tratamento em todos os estados e no Distrito Federal. Considerando a tabela, você acha que isto seria necessário? Há necessidade de realizar as mesmas ações? Por quê?

ATIVIDADE PRINCIPAL select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 24 minutos (slides 4, 5 e 6).

Orientação:

Comece perguntando sobre cada palavra. Por exemplo, o que eles entendem por medida? Como explicariam o que é tendência? E central?

Vá colocando o significado e a explicação na lousa e depois resuma tudo, unificando um conceito.

Medida: Quantidade fixa que serve para avaliar extensões ou quantidades mensuráveis - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.https://www.priberam.pt/dlpo/medida [consultado em 21-12-2017].

Tendência: .Ação ou força pela qual um corpo (um dado) tende a mover-se para alguma parte - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. https://www.priberam.pt/dlpo/tend%C3%AAncia [consultado em 21-12-2017].

Central: 3. Que está no ponto mais movimentado da povoação. 4. Que passa pelo meio de um território - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. https://www.priberam.pt/dlpo/central [consultado em 21-12-2017].

Esses são os significados de cada palavra, para auxiliar nas explicações que os alunos derem com suas próprias palavras.

Conclua, então, que podemos centralizar as informações da tabela em um único valor. Quando fazemos isso estamos encontrando as medidas de tendência central que são conhecidas como média, mediana e moda.

Propósito: mostrar que um conjunto de dados apresentados podem ser resumidos em um único valor e que esse valor nos dá a interpretação, a tendência para onde todos os outros estão indo.

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10min

Orientação: Resgate as soluções dos alunos antes de apresentar este slide. É importante a argumentação própria para apresentação dos resultados. Pontue com os alunos que nenhuma particularidade (estados que têm mais casos ou que têm menos) podem ser observados à luz da média sozinha mesmo que esta medida seja coerente com o conjunto de dados. Para esta análise é importante verificar os dados, sejam veiculados em tabela, texto ou gráfico. O que se pretende aqui é que os alunos observem as discrepâncias (dispersão: amplitude) entre os dados, mesmo que não estejamos falando diretamente de medidas de dispersão.

Propósito: Discutir e argumentar sobre possíveis soluções referentes ao uso da média

Discuta com a turma:

  • Que alterações poderíamos ter nos dados da tabela para a média ser um bom parâmetro de análise de dados?
  • Se fizéssemos duas tabelas: uma com os estados mais acometidos da doença e outro com os estados menos acometidos, a média seria uma boa medida para chegar a conclusões coerentes? Justifique.

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10min

Orientação: Resgate as soluções dos alunos antes de apresentar este slide. É importante a argumentação própria para apresentação dos resultados.O que se pretende aqui é que os alunos observem as discrepâncias (dispersão: amplitude) entre os dados, mesmo que não estejamos falando diretamente de medidas de dispersão.

Propósito: Discutir e argumentar sobre possíveis soluções referentes ao uso da média

Discuta com a turma:

  • Quando a média é uma boa medida para que ela, sozinha, possa servir de base para conclusões e tomada de decisão?

ENCERRAMENTO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientação:

Comece falando que as três medidas vistas tem o nome de “Medidas de Tendência Central” e é assim pois elas permitem que encontremos padrões em um conjunto de dados numéricos, ou seja, o padrão encontrado é o único valor que resume toda situação dos dados. Esse valor nos mostra que todos os dados estão em torno desse resultados encontrado.

Faça uma breve lembrança sobre como encontramos cada uma dessas tendências.

Propósito: Resumir em poucas palavras o que vimos na aula, ou seja, as medidas de tendência central.

RAIO X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação:

Essa atividade será feita individualmente. Peça aos alunos que façam o registro no caderno e circule pela sala. Se houver dúvidas no desenvolvimento da questão, auxilie.

Propósito: Analisar as aprendizagens acerca do uso adequado e coerente da média.

Discuta com a turma:

  • Observando os dados, que estimativa você faria da média das idades?

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo Sugerido: 2 minutos

Orientação: Leia o objetivo para a turma e esclareça sobre possíveis questionamentos. Os alunos podem levantar hipóteses sobre os conhecimentos que serão veiculados na aula.

Propósito: Conhecer o objetivo que se deseja alcançar ao final da aula


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Ellen Roberta Braga Bosso

Mentor: Tatiane C Guadagnucci

Especialista de área: Rita Batista

Habilidade da BNCC

(EF08MA22) - Obter os valores de medidas de tendência central de uma pesquisa estatística (média, moda e mediana) com a compreensão de seus significados e relacioná-los com a dispersão de dados, indicada pela amplitude.

Conhecimentos Prévios

Resolver situações-problema, calculando e utilizando o conceito de média estatística.

Resolver divisões que resultam em decimais.

Interpretar tabelas de acordo com o contexto.

Objetivos específicos

Conceituar e calcular média, mediana e moda

Conceito-chave

Média, Mediana e Moda

Recursos necessários

- Lousa;

- Giz;

- Caderno (para os alunos);

- Lápis;

- Borracha;

- Se necessário, as atividades impressas (para os alunos).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 min.

Orientação: Permita que os alunos comentem sobre o questionamento. A ideia é possibilitar que eles reflitam sobre o significado de média em contextos cotidianos e não apenas escolares.

Propósito da aula: Refletir sobre o uso da média e seu significado na vida cotidiana.

Discuta com a turma:

  • Como você acha que os institutos meteorológicos conseguem estabelecer esta média? Como se dá este cálculo?
  • A que conclusão você pode chegar sobre o clima em Recife apenas observando a média?
  • “A temperatura em Recife não costuma ter grandes variações ao longo do ano.” Esta afirmação permite que a média tenha maior credibilidade ou não? Por quê?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Há valores maiores em confirmados pois não foi necessária uma análise para confirmar que era febre amarela. Os casos que precisam ser analisados são registados em “notificados”.

Propósito: interpretar os dados apresentados pela tabela.

Discuta com a turma:

  • Existe alguma forma que resumir esses dados em um único valor?
  • Qual estratégia você usaria para simplificar todos os dados em um único termo numérico?

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Os casos que ainda precisam ser analisados são registados em “notificados”.

É importante que os alunos discutam com seus pares sobre a conclusão de Pedro considerando os dados da tabela. O que se pretende é que eles percebam que embora seja possível tirar a média, nem sempre ela é um bom parâmetro para chegar a conclusões ou tomar decisões.

Propósito: Analisar a adequação do uso de média para interpretação e conclusão de um conjunto de dados

Discuta com a turma:

  • Como Pedro fez os cálculos de média em cada caso?
  • Uma pessoa do Distrito Federal que ler apenas a informação concluída por Pedro poderia se preocupar tanto quanto se ela visualizasse as informações apontadas na tabela? Por quê?
  • Você acha que a média sozinha, neste caso, é uma boa medida para ser usada como parâmetro para possíveis conclusões e interpretações?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos

Orientação:

Organize a sala em dupla e comece falando brevemente o que é a febre amarela, que é uma doença transmitida por mosquitos infectados e os primeiros sintomas são os mesmos que a febre comum, porém com mais intensidade.

Mostre a tabela (para acessar a tabela de impressão) de dados registrados em alguns estados brasileiros no ano de 2017. Mencione a diferença entre os casos notificados e os casos confirmados. Os casos que ainda precisam ser analisados são registados em “notificados”.

É importante que os alunos discutam com seus pares sobre a conclusão de Pedro considerando os dados da tabela. O que se pretende é que eles percebam que embora seja possível tirar a média, nem sempre ela é um bom parâmetro para chegar a conclusões ou tomar decisões.

Propósito: Analisar a adequação do uso de média para interpretação e conclusão de um conjunto de dados

Discuta com a turma:

  • Você concorda com a interpretação de Pedro? Por quê?
  • Com base apenas na interpretação de Pedro as políticas públicas de saúde poderiam implementar as mesmas ações de combate e tratamento em todos os estados e no Distrito Federal. Considerando a tabela, você acha que isto seria necessário? Há necessidade de realizar as mesmas ações? Por quê?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 24 minutos (slides 4, 5 e 6).

Orientação:

Comece perguntando sobre cada palavra. Por exemplo, o que eles entendem por medida? Como explicariam o que é tendência? E central?

Vá colocando o significado e a explicação na lousa e depois resuma tudo, unificando um conceito.

Medida: Quantidade fixa que serve para avaliar extensões ou quantidades mensuráveis - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.https://www.priberam.pt/dlpo/medida [consultado em 21-12-2017].

Tendência: .Ação ou força pela qual um corpo (um dado) tende a mover-se para alguma parte - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. https://www.priberam.pt/dlpo/tend%C3%AAncia [consultado em 21-12-2017].

Central: 3. Que está no ponto mais movimentado da povoação. 4. Que passa pelo meio de um território - Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. https://www.priberam.pt/dlpo/central [consultado em 21-12-2017].

Esses são os significados de cada palavra, para auxiliar nas explicações que os alunos derem com suas próprias palavras.

Conclua, então, que podemos centralizar as informações da tabela em um único valor. Quando fazemos isso estamos encontrando as medidas de tendência central que são conhecidas como média, mediana e moda.

Propósito: mostrar que um conjunto de dados apresentados podem ser resumidos em um único valor e que esse valor nos dá a interpretação, a tendência para onde todos os outros estão indo.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10min

Orientação: Resgate as soluções dos alunos antes de apresentar este slide. É importante a argumentação própria para apresentação dos resultados. Pontue com os alunos que nenhuma particularidade (estados que têm mais casos ou que têm menos) podem ser observados à luz da média sozinha mesmo que esta medida seja coerente com o conjunto de dados. Para esta análise é importante verificar os dados, sejam veiculados em tabela, texto ou gráfico. O que se pretende aqui é que os alunos observem as discrepâncias (dispersão: amplitude) entre os dados, mesmo que não estejamos falando diretamente de medidas de dispersão.

Propósito: Discutir e argumentar sobre possíveis soluções referentes ao uso da média

Discuta com a turma:

  • Que alterações poderíamos ter nos dados da tabela para a média ser um bom parâmetro de análise de dados?
  • Se fizéssemos duas tabelas: uma com os estados mais acometidos da doença e outro com os estados menos acometidos, a média seria uma boa medida para chegar a conclusões coerentes? Justifique.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10min

Orientação: Resgate as soluções dos alunos antes de apresentar este slide. É importante a argumentação própria para apresentação dos resultados.O que se pretende aqui é que os alunos observem as discrepâncias (dispersão: amplitude) entre os dados, mesmo que não estejamos falando diretamente de medidas de dispersão.

Propósito: Discutir e argumentar sobre possíveis soluções referentes ao uso da média

Discuta com a turma:

  • Quando a média é uma boa medida para que ela, sozinha, possa servir de base para conclusões e tomada de decisão?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientação:

Comece falando que as três medidas vistas tem o nome de “Medidas de Tendência Central” e é assim pois elas permitem que encontremos padrões em um conjunto de dados numéricos, ou seja, o padrão encontrado é o único valor que resume toda situação dos dados. Esse valor nos mostra que todos os dados estão em torno desse resultados encontrado.

Faça uma breve lembrança sobre como encontramos cada uma dessas tendências.

Propósito: Resumir em poucas palavras o que vimos na aula, ou seja, as medidas de tendência central.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação:

Essa atividade será feita individualmente. Peça aos alunos que façam o registro no caderno e circule pela sala. Se houver dúvidas no desenvolvimento da questão, auxilie.

Propósito: Analisar as aprendizagens acerca do uso adequado e coerente da média.

Discuta com a turma:

  • Observando os dados, que estimativa você faria da média das idades?

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Probabilidade e Estatística do 8º ano :

Com o plano de aula sobre probabilidade e estatística os alunos aprendem cálculo de probabilidade em eventos aleatórios e espaços amostrais equiprováveis, representação gráfica de espaços amostrais, pesquisa e processos de coleta de dados e medidas de tendência central.

MAIS AULAS DE Matemática do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08MA25 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano